Os Deuses Estão Mortos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Os Deuses Estão Mortos
Informação geral
Formato Telenovela
Criador(es) Lauro César Muniz
País de origem Brasil Brasil
Idioma original (português (idioma))
Produção
Diretor(es) Dionísio Azevedo
Exibição
Emissora original Brasil RecordTV
Formato de exibição Preto e branco
Transmissão original 8 de março - 14 de dezembro de 1971
Episódios 242

Os Deuses Estão Mortos é uma telenovela brasileira exibida pela RecordTV, entre 8 de março a 14 de dezembro de 1971, às 20h, em 242 capítulos. Foi escrita por Lauro César Muniz, com direção de Dionísio de Azevedo.[1]

Foi a primeira grande telenovela de Lauro César Muniz, com uma produção esmerada e um marco na teledramaturgia da RecordTV. O sucesso de crítica foi tão grande que a telenovela ganhou uma continuação, Quarenta Anos Depois, do próprio Lauro César Muniz.[1]

O interior de São Paulo daria ainda mais dois cenários para as tramas do autor: Escalada e O Casarão.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Contava a história de duas famílias que disputavam a herança política em uma cidade no interior paulista, uma delas de republicanos (Lobo Ferraz) e outra de monarquistas (Almeida Santos).[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d FERNANDES, Ismael (1982). Memória da Telenovela Brasileira. São Paulo: Proposta Editorial. p. 55 
Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.