Petrônio Gontijo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Petrônio Gontijo
Petrônio como Aarão da novela Os Dez Mandamentos.
Nome completo Petrônio Gontijo de Alvarenga
Nascimento 5 de julho de 1968 (48 anos)
Varginha,  Minas Gerais
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação ator
Atividade 1991–presente
IMDb: (inglês)

Petrônio Gontijo de Alvarenga (Varginha, 5 de julho de 1968) é um ator brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Mineiro de Varginha, Petrônio iniciou seu caminho como ator com apenas 2 anos de idade, em uma peça teatral como o Menino Jesus em uma escola onde sua irmã estudava, por lá fazia teatro amador e, aos 17 anos, em 1987, decide se mudar para São Paulo e é aprovado pro curso de Artes Cênicas na Universidade de Campinas.[1] Por lá, ingressou na peça acadêmica Deixa Estar com direção de Adilson Barros e como conclusão do curso a peça Vem...Senta Aqui ao Meu Lado e Deixa o Mundo Girar, Jamais Seremos Tão Jovens.[2] Em 1991, estreia na TV com convite para protagonizar a novela Salomé, na Rede Globo ao lado de Patrícia Pillar e teve que ir para o Rio de Janeiro.[3] Após o folhetim, participou de Olho no Olho em 1993, Pátria Minha em 1994 e Malhação em 1995.[1]

Em 1996, transfere-se para o SBT, onde faz Razão de Viver e Os Ossos do Barão. Em 1998, protagoniza Serras Azuis na Rede Bandeirantes ao lado de Adriana Londoño.[1]

Em 1999, retorna à Globo onde interpreta Padre Alexandre em Malhação. Em 2000, vai para a Rede Record interpretar o personagem Zé em Vidas Cruzadas.[1]

Em 2001, volta ao SBT e estrela ao lado de Bianca Rinaldi a novela Pícara Sonhadora, além de fazer uma participação em Marisol e o vilão Vítor de Seus Olhos.[1]

Devido ao personagem, Petrônio aceitaria convite para retornar à Rede Record em 2005, onde ficou até 2010, participando de Essas Mulheres, Cidadão Brasileiro, Luz do Sol, Os Mutantes: Caminhos do Coração e Poder Paralelo.[1]

Em 2011, volta à Rede Globo para interpretar o advogado mulherengo Beto Fischer em Insensato Coração, porém, ao encerramento da novela, o ator não teve seu contrato renovado pela emissora. Ainda em 2011, retorna à Record e faz o especial O Madeireiro. No ano seguinte, vive o psquiatra Décio Navarro de Máscaras, em 2014, volta à TV nas séries Milagres de Jesus e Conselho Tutelar. Em 2015, interpreta Arão na novela Os Dez Mandamentos.[1]

Em 2016, junto com os colegas da novela, foram nomeados Personalidades do Ano pela revista Gente na Argentina pelo sucesso de Dez Mandamentos e confirmado na terceira temporada de Conselho Tutelar para 2017.[4]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Emissora
1991 Salomé Duda Rede Globo
1993 Olho no Olho Marco Antônio
1994 Pátria Minha Murilo Henrique Pellegrini Vilela
1995 Você Decide Vários Personagens
Malhação Gregório
1996 Razão de Viver Pedro SBT
1997 Os Ossos do Barão Vicente
1998 Serras Azuis Gaius Gutemberg Rede Bandeirantes
1999 Malhação Padre Alexandre Rede Globo
2000 Vidas Cruzadas Zé Carlos Rede Record
2001 Pícara Sonhadora Alfredo Rockfield SBT
2002 Marisol João Vicente (Participação Especial)
2004 Seus Olhos Vitor
2005 Essas Mulheres Dr. Torquato Ribeiro Rede Record
2006 Cidadão Brasileiro Gustavo (Participação Especial)
2007 Luz do Sol Antônio Vasconcelos (Tom)
2008 Os Mutantes Fredo Cavalcanti
2009 Poder Paralelo Rodolfo Castellammare (Rudi)
2011 Insensato Coração Roberto Fischer (Beto) Rede Globo
O Madeireiro Júlio Rede Record
2012 Máscaras Dr. Décio Navarro
2014 Milagres de Jesus Quiramin (Episódio: O Paralítico de Cafarnaum)
2014–17 Conselho Tutelar André Noronha
2015 Os Dez Mandamentos Aarão
2016 Os Dez Mandamentos - Nova Temporada Aarão

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1992 O Palco (curta-metragem) Músico
2000 Cronicamente Inviável Gerente do Grupo de Percussão
2001 Memórias Póstumas Brás Cubas (jovem)
2002 Ofusca (curta-metragem) Marcelo[5]
Mutante (curta-metragem) Pedro
2003 Tudo Que Ela Vê (curta-metragem) Homem
Cristina Quer Casar Viriato Benucci
2004 Um Show de Verão Isaac Freire
2006 Boleiros 2 - Vencedores e Vencidos Rafael Benitez
2016 Os Dez Mandamentos - O Filme Arão

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1987 Deixa Estar [6]
1991 Vem... Senta Aqui ao Meu Lado
e Deixa o Mundo Girar, Jamais Seremos Tão Jovens
Homem[6]
1992 Dois Perdidos numa Noite Suja Tonho[6]
I Love Maiakovski & Lili Brik Maiakówski[6]
1993 Teresa D'ávila O Inquisador[7]
1995 Roberto Zucco Roberto Zucco[6]
Abelardo, Heloisa Pedro, o Venerável[6]
1996 O Professor Aluno[6]
1997 Algo em Comum Artur[6]
Caixa Dois Henrique[6]
1999–00 Últimas Luas Filho[8]
2001 Dias das Mães Jonathan[9]
2003 Tudo de Mim Juliano[10]
2004 K2 Harold[6]
O Mistério do Fantasma Apavorado Escritor[6]
2006 Acorda, Brasil Laerte[11]
2006–07 Pequenos Crimes Conjugais Gilberto[12]
2013 Três Dias de Chuva Theo/Pip[13]
2014 Caros Ouvintes Vicente[14]
2017 Jamais ou Calabar [15]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado Ref
1997 Troféu APCA Melhor ator Algo em Comum Venceu [1]
1998 Prêmio Qualidade Brasil Melhor ator Serras Azuis Venceu [6]
2001 Academia Brasileira de Arte e História Honra ao mérito Memórias Póstumas Venceu [6]
2004 Câmara Municipal de São Paulo Melhor ator Seus Olhos Venceu
2009 Prêmio Extra de Televisão Melhor ator coadjuvante Poder Paralelo Indicado [16]
Prêmio Qualidade Brasil Melhor ator coadjuvante Indicado [17]
2010 12º Prêmio Contigo! de TV Melhor ator coadjuvante Indicado [18]
2015 17º Prêmio Contigo! de TV Melhor ator de série ou minissérie Conselho Tutelar Indicado [19]

Referências

  1. a b c d e f g h "«Com apenas dois anos PETRÔNIO GONTIJO sua estreia na arte ao interpretar Jesus». Central Notícias. Consultado em 14 de janeiro de 2017 
  2. "Peça 'Deixa Estar'". Ebah. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  3. "Petrônio Gontijo entre a rebeldia e o chamego". Caras. 17/11/2009. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  4. "Petrônio Gontijo, Guilherme Winter, Gisele Itié e Camila Rodrigues foram nomeados “Personalidades do Ano” na Argentina". Uol. 18/12/2016. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  5. "Ofusca. Curta-metragem de Flávio Frederico". Curta o Curta. 2002. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  6. a b c d e f g h i j k l m "«PETRÔNIO GONTIJO: trabalhos no teatro». Ina Sinisgalli. Consultado em 14 de janeiro de 2017 
  7. "Petrônio Gontijo, no papel do inquisidor que queria condenar Teresa na peça". Books. 2014. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  8. "Folha de S.Paulo - Teatro: Fagundes traz "Últimas Luas" a Campinas". Folha de São Paulo. 13/10/2000. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  9. "Dia das Mães: Peça dirigida por Paulo Autran - ISTOÉ Gente Online". Terra. 19/03/2001. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  10. ""TUDO DE MIM", com Petrônio Gontijo e Bianca Rinaldi, está em cartaz no Teatro Folha". Conteudo Teatral. 01/03/2003. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  11. "Espetáculo inspirado em projeto social de Heliópolis percorreu CEU’s da cidade de São Paulo.". AT Cultura. 2006. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  12. "Peça 'Pequenos Crimes Conjugais', tem no elenco os atores Maria Fernanda Cândido e Petrônio Gontijo". Jornal da USP. 29/10/2006. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  13. "TRÊS DIAS DE CHUVA direção Jô Soares ". Veja São Paulo. 2013. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  14. "Peça “Caros Ouvintes” estreia em São Paulo". Jornal de Teatro. 08/08/2014. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  15. "Jorge Farjalla à frente da direção de 'Jamais ou Calabar', no Recife". Uol. 07/01/2017. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  16. "Atores da Rede Record concorrem ao prêmio, concedido pelo jornal Extra". Folha Vitória. 11/11/2009. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  17. "Você escolheu e Aqui estão os ganhadores do PRÊMIO ARTE QUALIDADE BRASIL 2009". Prêmio Arte Qualidade Brasil. 2009. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  18. "Atores de Poder Paralelo indicados ao 12º Prêmio Contigo! de TV". Folha Vitória. 04/05/2010. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  19. "A lista completa dos vencedores do Prêmio Contigo! 2015". E! BR Online. 2015. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.