Pérsia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Pérsia (desambiguação).
O antigo Império Aquemênida em seu auge em 500 a.C.. Até hoje, o Império Aquemênida é considerado um dos maiores de todos os impérios da história

Pérsia (em latim: Persia; em em grego clássico: Περσίς; romaniz.: Persís) é o nome metonímico[1] pelo qual os gregos da Antiguidade designavam o território governado pelos reis aquemênidas, cuja dinastia (c. 550–330 a.C.) marcou o apogeu do império, que, graças às conquistas territoriais empreendidas por Dario I e Xerxes I, tornara-se o maior império do mundo conhecido.

No século III, sob o Império Sassânida, aparece a palavra Ērān (Irã/Irão) ou Ērānšahr ("País dos Arianos" ou "País dos Iranianos"). No século VII, após a queda dos Sassânidas, o país volta a ser chamado de "Pérsia", pelos estrangeiros. Essa denominação seria usada até 1934, quando Reza Pálavi, por decreto firmado em 31 de dezembro daquele ano, substitui o nome "Pérsia" por Irã/Irão.[2] De fato, o país sempre fora chamado "Irã/Irão", pelo seu povo, embora, durante séculos, tivesse sido referido pelos europeus como "Pérsia" (de Pars ou Fars, província no sul do Irã/Irão), por influência dos escritos dos historiadores gregos. Mais tarde, em 1959, ambos os nomes passaram a ser admitidos oficialmente pelo governo iraniano,[3][4] embora a denominação "Irã/Irão" tenha se tornado a mais usual no Ocidente a partir de 1935.

Atualmente, o termo Pérsia costuma ser reservado ao Império Persa, que foi fundado por um grupo étnico (os persas) a partir da cidade de Ansã, situada na atual província iraniana de Fars. O império foi governado por dinastias sucessivas (persas ou não), que controlavam o planalto Iraniano e os territórios adjacentes.

"Persa" pode, portanto, significar:

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Pelo menos desde 600 a.C., o termo Pérsis era usado pelos gregos para referir-se à Pérsia/Irã/Irão. Pérsis provém do persa Pars ou Parsa – o nome do clã principal de Ciro e que também deu o nome da região onde habitavam os persas (correspondente, hoje, à moderna província iraniana de Fars). O latim emprestou o termo do grego, transformando-o em Persia, forma adotada pelas diversas línguas europeias. Em aramaico, o nome Pérsia, significa divisão, desdobramento, ato de repartir.

O povo iraniano, para se referir ao próprio país, usava, desde o período sassânida, o termo "Iran", que significa “terra dos arianos”, derivado de Aryanam, forma encontrada em textos persas antigos. No período aquemênida, os persas usavam o termo Parsa.

Em 1935, o Reza Pahlavi solicitou formalmente que a comunidade internacional passasse a empregar o nome nativo do país, Iran (Irã/Irão ou Irão, em português). Em 1959, o xá Mohammad Reza Pahlavi anunciou que tanto Pérsia como Irã/Irão eram formas corretas de referir-se ao seu país.[5]

Economia[editar | editar código-fonte]

Os persas praticavam a agricultura, a pesca, o artesanato, a metalurgia e a mineração de metais e de pedras muito preciosas. Também eram muito bons no comércio, construíam estradas de pedras, para facilitar o transporte, trocas e como correio. Eram bons também em economia monetária. Dario I criou o dárico, a moeda que foi unificada no vasto Império Aquemênida.

Guerras[editar | editar código-fonte]

Os persas tinham um exército tão poderoso que era conhecido pelos gregos como "Imortais", nomeado assim por conter 10 000 homens e, a cada morto, um outro soldado ocupar o seu lugar. Os persas eram conhecidos também por usarem elefantes em batalha.

História[editar | editar código-fonte]

História da Pérsia Antiga: Império Aquemênida
Persas e Medos Império Aquemênida
Império Macedônico
*helenístico
Império Selêucida
*helenístico
Reino Greco-Bactriano Império Arsácida
ou Império Parta
Império Cuchana Império Sassânida

Cidades históricas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. A região denominada Pars, Pārsa em persa antigo ou Pārs em persa médio, designa um território reduzido à área em torno de Persépolis.
  2. Olivier Pironet (junho de 2007). «Iran : chronologie historique». Le Monde diplomatique 
  3. "Persia or Iran - A Brief History Pre-Twentieth Century". Iransaga.
  4. Iranian.ws Arquivado em 26 de dezembro de 2008, no Wayback Machine., Iranian & Persian Art.
  5. Pejman Akbarzadeh (20 de setembro de 2005). «A Note on the terms "Iran" and "Persia"». Payvand's Iran News. NetNativ. Consultado em 3 de maio de 2007