Hierápolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a cidade na Síria também conhecida como "Hierápolis", veja Manbij.
Pix.gif Hierápolis-Pamukkale *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Hierapolis teatr5 RB.jpg
Teatro romano de Hierápolis
País  Turquia
Critérios (iii)(iv)(vii)
Referência 485 en fr es
Região** Europa
Coordenadas 37° 56′ 00″ N, 29° 08′ 00″ L
Histórico de inscrição
Inscrição 1988  (12.ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
** Região, segundo a classificação pela UNESCO.

Hierápolis (em grego: Ἱεράπολις; transl.: Hierapolis)[1] foi uma antiga cidade localizada no vale do rio Lico, próxima as cidades de Laodiceia e Colossas[2], na região clássica da Frígia. Suas ruínas ficam ao lado da cidade de Pamukkale, na Turquia.

História[editar | editar código-fonte]

A cidade foi fundada por Eumenes II, rei de Pérgamo, no século II a.C. Desmoronou após um terremoto durante o reinado de Tibério no ano 17. A cidade foi reconstruída e teve transformações significativas nos séculos II e III d.C. que o fizeram perder todo o seu antigo caráter helenístico para se tornar uma típica cidade romana. Nesse período, tornou-se um importante centro de descanso de verão para os nobres de todo o império, que iam a cidade atraídos pelas águas termais. Mais tarde sob o domínio bizantino, caiu nas mãos dos seljúcidas em 1210. Foi completamente destruída por um terremoto em 1354.

Nesta cidade residiram Papias, discípulo do apóstolo João e Epiteto, filósofo estoico.

Hierápolis no contexto bíblico[editar | editar código-fonte]

A cidade de Hierápolis é mencionada uma única vez na Bíblia[3], na Epístola aos Colossenses, onde o apóstolo Paulo encarcerado em Roma cita sobre o zelo que Epafras, um companheiro de suas aflições, tem pela igreja de Hierápolis «Saúda-vos Epafras, que é dos vossos, servo de Cristo, combatendo sempre por vós em orações, para que vos conserveis firmes, perfeitos e consumados em toda a vontade de Deus. Pois eu lhe dou testemunho de que tem grande zelo por vós, e pelos que estão em Laodiceia, e pelos que estão em Hierápolis» (Colossenses 4:12-13).

Arqueologia[editar | editar código-fonte]

Hoje a cidade é um importante sítio arqueológico[4]. Lá ficam, entre outros monumentos, o Martírio de São Felipe, túmulo construído no século V, segundo um complexo plano da época bizantina (quarto octogonal, formando uma cruz dupla, rodeado por uma praça), o Teatro Romano e as fontes termais que atraem milhares de pessoas doentes a esta área.

A cidade foi declarada Património Mundial da UNESCO em conjunto com Pamukkale.

Referências

  1. «Strong's Greek Concordance». Bible Hub 
  2. «Imagem de satélite das cidades do vale do rio Lico.». Bible Atlas from Space, sponsored by www.DeeperStudy.com 
  3. «Hierapolis Occurrences in the Bible». Bible Hub 
  4. «Imagem de satélite e planta de Hierápolis.». Bible Atlas from Space, sponsored by www.DeeperStudy.com 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hierápolis
Imagem: Hierápolis-Pamukkale Hierápolis está incluida no sítio Hierápolis-Pamukkale, Património Mundial da UNESCO. Welterbe.svg
Ícone de esboço Este artigo sobre arqueologia ou arqueólogos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.