Abas I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Abas I
Retrato de Abas, século XVI-XVII
da Pérsia
Reinado 01 de outubro de 1588-19 de janeiro de 1628
Consorte de Madi-Alia Canum
Oglane Paxá Canum
Iacane Begum
Faquiri-Jeã Begum
Marta
Leila Sultana Begum
Antecessor(a) Maomé Codabanda
Sucessor(a) Safi
 
Nascimento 27 de janeiro de 1571
  Herate, Pérsia
Morte 19 de janeiro de 1628
  Tabaristão, Pérsia
Sepultado em Caxã, Irã
Casa Safávida
Pai Maomé Codabanda
Mãe Cair Niça Begum
Religião Xiismo duodecimano

Abas I, o Grande[1] (em persa: عباس اول; Herate, 27 de janeiro de 1571 - Tabaristão, 19 de janeiro de 1629) foi do Império Sefévida, sucessor de Maomé Codabanda (r. 1578–1587), seu pai, e antecessor de Safi (r. 1629–1642).[2][3]

Acabou com a guerra que herdou contra os otomanos, concedendo territórios em 1590, por molde a conseguir expulsar os turcos uzbeques do nordeste da Pérsia, em 1598.[2][4] Em 1618, fortaleceu o seu exército, ao sujeitar os chefes turcomanos, que lhe forneceram os recrutas, recorrendo aos serviços de conselheiros estrangeiros e reconquistado as terras cedidas aos otomanos.

Estabeleceu as actuais fronteiras do Irão e transferiu a capital para a cidade de Ispaão, em 1596.[1]

Morreu antes do fim da guerra na Mesopotâmia (1623-9).

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Abas I

Referências

  1. a b Bigotte de Carvalho, Maria Irene (1997). Nova Enciclopédia Larousse vol. 1. Lisboa: Círculo de Leitores. p. 9. 314 páginas. ISBN 972-42-1477-X. OCLC 959016748 
  2. a b Field, Cecil (1947). The Great Cossack: The Rebellion of Stenḱa Razin Against Alexis Michaelovitch, Tsar of All the Russias (em inglês). Londres: H. Jenkins. p. 58 
  3. The Kingfisher History Encyclopedia (em inglês). Nova Iorque: Kingfisher. 1998. p. 209 
  4. Horne, Charles Francis (1926). The Great Events by Famous Historians: A Comprehensive and Readable Account of the World's History, Emphasizing the More Important Events, and Presenting These as Complete Narratives in the Master-words of the Most Eminent Historians ... (em inglês). [S.l.]: National Alumni. p. 392