O Tronco (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Tronco
 Brasil
1999 •  cor •  109 min 
Direção João Batista de Andrade
Roteiro João Batista de Andrade, baseado no romance de Bernardo Élis
Elenco Ângelo Antônio
Chico Diaz
Rolando Boldrin
Letícia Sabatella
e Antônio Fagundes
Género Drama Aventura
Idioma Português
Página no IMDb (em inglês)

O Tronco é um filme de 1999 dirgido por João Batista de Andrade baseado no romance homônimo do escritor goiano Bernardo Élis. É estrelado por Ângelo Antônio, Letícia Sabatella, Chico Diaz, Rolando Boldrin e Antônio Fagundes. Foi produzido pela Raiz Produções Cinematográficas, tendo recebido financiamento do governo de Goiás e das universidades católica e federal do estado. Foi filmado no município de Pirenópolis.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O coletor de impostos Vicente Lemos (Ângelo Antônio) é enviado para um pequeno município da região norte de Goiás (Dianopolis/To) - atual estado do Tocantins. Lá, entra em conflito com o coronel Pedro Melo (Rolando Boldrin), seu próprio tio, por discordar dos métodos que este utiliza para manter o domínio absoluto das terras da região. O filho de Pedro, Artur (Henrique Rovira), é ex-deputado e ex-aliado dos coronéis sulistas. A discordância acaba fazendo com que os Melo e seus aliados coloquem fogo na coletoria de Vicente, o que faz com que este denuncie a família para a sede do governo. O governo manda uma tropa do exército para a região. Também envia o juiz Carvalho (Antônio Fagundes), que leva consigo uma ordem de prisão aos membros da família Melo. Os Melo reagem à prisão; Pedro é assassinado e Artur foge. O exército trata os capturados como escravos, prendendo todos os homens da família no antigo tronco da propriedade Melo. Enquanto isso, Artur reúne jagunços para iniciar uma verdadeira guerra contra os militares.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Festival de Brasília
  • Melhor filme (Comissão Brasil 500 anos)
  • Melhor ator coadjuvante – Rolando Boldrin

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.