Xuxa Especial de Natal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Xuxa Especial de Natal
Informação geral
Formato Série
Duração 2h aprox.
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Apresentador(es) Xuxa Meneghel
Exibição
Emissora de televisão original Rede Globo
Formato de exibição HDTV
Transmissão original 24 de dezembro de 198624 de dezembro de 2010
N.º de temporadas 25
N.º de episódios 25

Xuxa Especial de Natal é um especial de final de ano da Xuxa, exibido antes da Missa do Galo, na Rede Globo. O Programa costuma marcar cerca de 20 pontos no Ibope, um índice elevado para um programa da Xuxa, já que TV Xuxa costuma marcar cerca de 10 pontos no Ibope, a metade da audiência do especial. O único programa brasileiro da Xuxa com um Ibope maior foi Xou da Xuxa (22 pontos), mesmo assim quase empatado com o Xuxa Especial de Natal.

Entre 1996 e 2001 os especiais eram direcionados a todas as idades, mas desde sua reformulação em 2003 o programa é dedicado exclusivamente às crianças e pré-adolescentes

Sinopse[editar | editar código-fonte]

  • 2003

Em 2003, Xuxa, Bruna Marquezine e Brunno Abrahão foram numa igreja, na véspera de natal, e lá, se encantaram com a orquestra, mas acharam uma estrelinhas, que havia caído do céu, e que morreria se até meia-noite ninguém encontrasse todos os seus pedaços e os juntassem novamente.

  • 2004

Em 2004, Xuxa e suas sobrinhas Mariana e Ana Paula estavam calmamente, numa véspera de natal, fazendo os preparativos da festa, quando uma mulher telefona para Xuxa e avisa que o Papai Noel foi assassinado pela Bruxa Keka, em companhia de um diabólico cúmplice, que ninguém sabe quem é. Juntas, Xuxa, Aninha, Mari e uma equipe de pessoas bondosas e bem-educadas, resolvem salvar Papai Noel.

  • 2005

Em 2005, o especial de natal de Xuxa deixou de ser uma história para virar um musical. Neste ano, ao lado de Milton Nascimento, Elba Ramalho e outros cantores, Xuxa canta várias músicas natalinas e, com narração de Caco Ciocler, a rainha dos baixinhos mostra como é comemorado o natal em cada cantinho do Brasil. E a maiora é comemorado com folias de natal.

  • 2006

Em 2006, Xuxa se chama Espírito de Natal, e com cinco crianças, ela vai mostrar para o ser humano o quanto o meio ambiente é importante para nós, e como o homem está destruindo-o, com resíduos, aquecimento global, desmatamento, poluição e etc. Enquanto isso, através de um disco de vinil, Xuxa canta lindas canções natalinas dos anos 80, e o Papai Noel diz que só virá esse ano se o homem parar de poluir.

  • 2007

Em 2007, Xuxa, Gabriel, O Pensador e outros cantores mostram como o natal é comemorado em cada cantinho do mundo. Mostra as diferentes culturas e religiões e suas importâncias para a gente. O Natal seja na Europa, na Índia, na China, nos Estados Unidos, na América Latina, é sempre Natal.

  • 2008

Em 2008, O especial de Natal da Xuxa é inspirado no clássico ‘Noviça Rebelde’. ‘Xuxa e as Noviças’ conta a história de um Natal que tinha tudo para ser triste. Um show beneficente, para arrecadar fundos para a festa das crianças de um orfanato, estava prestes a ser cancelado porque praticamente todas as freiras da Congregação Salut Marie foram parar no hospital com uma intoxicação alimentar. Sem festa, com as freiras internadas, uma dívida enorme no hospital e as crianças tristes, só um milagre de Natal poderia reverter essa situação.

  • 2009

Neste ano, Xuxa dá vida à maestrina Maria em ‘Natal Mágico’. Na véspera da festa em que seu coral fará uma apresentação, o solista Emanuel (Renan Mayer) perde a voz. Aflitos, todos fazem o possível para curá-lo e o remédio pode estar em uma noite bem dormida. Em sonho, o jovem chega a Natalândia, onde todos os dias têm cara, cheiro e gosto de Natal. A cidade, porém, está triste porque as partituras mágicas desapareceram. Sem elas, não há músicas e a Estrela de Belém (Bel Kutner) não consegue guiar os reis magos. Para recuperá-las, a prefeita Natália (Xuxa) conta com a ajuda do visitante, das pastorinhas Azul (Fernanda Paes Leme) e Encarnada (Juliana Didone), e da dupla de detetives Jingle (André Marques) e Bell (Gustavo Novaes), que suspeitam até de Mamãe Noel (Cissa Guimarães). O nervosismo do duende Próspero (Eri Johnson) chama a atenção de Emanuel, que desconfia que ele esteja envolvido com a história. O especial tem texto de Cláudio Lobato e Cristiane Dantas, direção de núcleo de Roberto Talma e direção de Tande Bressane e Marco Rodrigo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

2003

e grande elenco...

2004

e grande elenco...

2005

e grande elenco...

2006
2007
2008

e grande elenco...

2009

e grande elenco...

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Normalmente, o especial é exibido na véspera de Natal à noite, mas em 2006, foi ao ar dia 20, depois da telenovela das oito, numa quarta-feira. Dia 24, à noite, foi ao ar, o especial "Papai Noel Existe". Em 2007, voltou a ser exibido na véspera de natal à noite.
  • De 1995 a 2000, o especial já era um tradicional clássico de fim de ano da Rede Globo. Em 2001 e 2002, os especiais do Sítio do Picapau Amarelo passaram a ser exibidos no lugar. Em 2003, o Xuxa Especial voltou ao ar.
  • Foi no programa de 1988 que a apresentadora iniciou uma amizade, depois namoro com o piloto de Fórmula 1 Ayrton Senna.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.