Fuscão Preto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2014). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Fuscão Preto
Black Beetle (USA)
 Brasil
1983 •  cor •  100 min 
Direção Jeremias Moreira Filho
Coprodução Mobile Cinematográfica
Roteiro Francisco de Assis
Elenco Almir Rogério
Xuxa Meneghel
Monique Lafond
Denis Derkian
Gênero aventura
romance
musical
Distribuição UCB
Idioma português

Fuscão Preto é um filme brasileiro baseado na música "Fuscão Preto" de Atílio Versutti e Mariel e interpretada por Almir Rogério, foi filmado nas cidades de Mogi Guaçu, Mogi Mirim e Espírito Santo do Pinhal, todas do interior do estado de São Paulo.

A música foi lançada em 1978 pela dupla GEOVANTE E MARIEL. Com o sucesso, muitas dupla se aproveitaram do momento e regravaram. Artistas como: Os Gladiadores; Trio Parada Dura; Almir Rogério entre outros.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

História de amor de um carro por uma mulher, a jovem Diana. A ação se passa numa cidade do interior onde o Prefeito Rui força o casamento do seu filho Marcelo com Diana. Mas o carro, ou melhor o "Fuscão Preto", não vai deixar.[1]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Gabriel Carneiro em sua crítica para o Cinequanon escreveu: "Lançado quando a música já havia saído das paradas de sucesso, com forte competição no mercado por conta dos filmes de sexo explícito, o longa foi o testamento cinematográfico de Jeremias por muito tempo (...) Infelizmente (...) fracasso de público e com crítica inexistente, ficou no lodo, marcado como um dos filmes tranqueiras da Xuxa antes de ficar realmente famosa. (...) O grande trunfo do filme talvez esteja em como o cineasta opta por terminar seu filme."[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. «Fuscão Preto». Cinemateca Brasileira 
  2. Gabriel Carneiro (abril de 2013). «Viva a Boca do Lixo–"Fuscão Preto"». www.cinequanon.art.br. Consultado em 15 de outubro de 2016. Arquivado do original em 4 de agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.