Xuxa em Sonho de Menina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Xuxa em Sonho de Menina
Cartaz de divulgação do filme 2007.
 Brasil
2007 •  cor •  107 min 
Direção Rudi Lagemann
Produção Conspiração Filmes
PlayArte ,Warner Bros. Entertainment, Xuxa Produções e Globo Filmes
Roteiro Flávio de Souza
Elenco Xuxa
Carlos Casagrande
Betty Lago
Dirce Migliaccio
Marcelo Adnet
Lançamento 21 de dezembro de 2007 (2007-12-21)[1]
Orçamento R$ 4,5 milhões[2]
Cronologia
Xuxa Gêmeas
Xuxa em O Mistério de Feiurinha
Página no IMDb (em inglês)

Xuxa em Sonho de Menina é um filme brasileiro de 2007, do gênero aventura, dirigido por Rudi Lagemann[3] e estrelado por Xuxa e Carlos Casagrande.

O filme foi produzido por Conspiração Filmes[3] e pela PlayArte, a direção de fotografia foi de André Horta e Paulo Souza, a produtora delegada foi Ilana Brakarz e a direção de produção de Cecília Grosso e Katiuscha Mello. Esse foi o primeiro filme de Xuxa que não produzido por Diler Trindade, uma vez que sua produtora (Diler & Associados), finalizou sua parceria com a Xuxa Produções em 2007.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Kika é uma professora que vem do interior para realizar seu sonho de ser atriz na cidade grande. Incentivada por sua amiga de infância, Lara, ela decide realizar um teste de elenco no Rio de Janeiro, mas perde sua carteira com todos os documentos e dinheiro. Já na rodoviária, ela conhece uma simpática senhora que decide ajudá-la a embarcar. Ao mesmo tempo, uma poderosa produtora de TV, Pandora, coloca policiais atrás de Kika por ela ter destruído seu cenário em um teste para um espetáculo teatral. A vovozinha, juntamente com sua neta Juju, decide ajudar a moça dando-lhe um bolo de maçã mágico que a transforma em criança novamente.

A partir daí, Kikinha começa uma longa aventura a bordo do ônibus Stromboli que está levando várias crianças para a capital carioca para um teste de matemática. Guiados pelo aloprado motorista Jeandro e pela rigorosa coordenadora da excursão, Tia Memélia, a menina começa uma viagem rumo ao Rio de Janeiro, mas o motor do ônibus quebra e eles são obrigados a se hospedar no Hotel Paratodos onde, além de conhecerem um pouco mais de si mesmos, se divertem como podem para passar o tempo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Marcelo Forlani em sua crítica para o Omelete chamou o filme de "um pesadelo".[4] Diego Benevides em sua revisão para o Cinema com Rapadura destacou: "A tortura anual de filmes da Xuxa presenteia este período natalino com 'Xuxa Em Sonho de Menina', mais uma investida fracassada da apresentadora infantil no cinema."[5] Nathália Salomoni do Cineclick disse que o filme "mantém as características de seus filmes anteriores. Tirando os cantores e o vasto elenco global que não são encontrados nessa produção, é seguido o padrão das anteriores: aventura, um romance de leve, crianças e um vilão medonho. Se você é fã da rainha, aproveite e não deixe de assistir. Caso contrário, não será desta vez que passará a apreciá-la."[6]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde fevereiro de 2012).
  • Primeiro filme em que Xuxa se transforma em menina, ao comer um doce de maçã. A menina, chamada Kikinha, passa a ser interpretada por Letícia Botelho. A transformação, porém, não passa de um sonho, o que explica o título do filme.
  • Em entrevista a Jô Soares, no Programa do Jô, Xuxa declarou que considera o filme como uma sequência de Lua de Cristal (1990), devido ao fato de ambos apresentarem a mensagem de persistência que as pessoas devem manter em relação à realização de seus sonhos.

Referências

  1. «Dirigido por Rudi Lagemann, "Xuxa em sonho de menina" estréia nesta sexta-feira (21)». G1. 21 de dezembro de 2007. Consultado em 27 de abril de 2015 
  2. «Xuxa diz que novo filme é a continuação de 'Lua de Cristal'». Terra. 14 de dezembro de 2007. Consultado em 29 de junho de 2016 
  3. a b Cinema Total. «Xuxa em Sonho de Menina». MAC Innovation Technologies, Ltda. Consultado em 30 de junho de 2013 
  4. Marcelo Forlani (27 de dezembro de 2007). «Xuxa em Sonho de Menina». omelete.uol.com.br. Consultado em 15 de outubro de 2016 
  5. Diego Benevides (2 de janeiro de 2008). «Xuxa em Sonho de Menina». cinemacomrapadura.com.br. Consultado em 15 de outubro de 2016 
  6. Nathália Salomoni (21 de dezembro de 2007). «Xuxa em Sonho de Menina». www.cineclick.com.br. Consultado em 15 de outubro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]