Solange Couto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Solange Couto[1] [2]
Nome completo Solange Couto dos Santos
Nascimento 1 de julho de 1956 (59 anos)
São Luís,  Maranhão
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação Atriz, cantora, modelo e apresentadora
Cônjuge Sidney Magal (separada)
Widson Cordeiro (divorciada)
Jamerson Andrade (2010–atual)
IMDb: (inglês)

Solange Couto, cujo nome de batismo é Solange Couto dos Santos (São Luís, 1 de julho de 1956), é uma atriz de cinema e TV, ex-modelo e apresentadora brasileira.[2] A atriz, que foi uma das mulatas do Sargentelli, consagrou-se na televisão em 2001 com a personagem Dona Jura, em O Clone.[1]

Em 2010, na 8ª edição do Troféu Raça Negra, a atriz disputou prêmio na categoria Melhor Atriz por seu papel em Ribeirão do Tempo.[3] Já no 15º Prêmio Contigo disputou como Melhor Atriz Coadjuvante por sua atuação em Balacobaco.[4]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Solange Couto começou a carreira como umas das mulatas de Sargentelli na década de 1970, o que lhe ajudou a iniciar a carreira de atriz na novela Os Imigrantes (1981), na Bandeirantes.[2] Depois vieram Sinhá Moça (1986), na Globo, e Kananga do Japão (1989), na Manchete.[2] A consagração na televisão veio quando interpretou a personagem Dona Jura, em O Clone, cujo bordão "não é brinquedo, não!" foi um grande sucesso.[1] Esse é considerado até hoje seu mais marcante papel em telenovelas.[1] O bordão fez tanto sucesso que se tornou a letra de uma canção.

A atriz foi contratada da Rede Record, onde atuou na telenovela Balacobaco.[1]

Após cinco anos, a atriz Solange Couto decidiu deixar a Record. Em entrevista ao colunista Léo Dias, do jornal 'O Dia', a ex-global, que tinha contrato até 2017, revelou o que motivou sua saída da emissora. "Foi uma rescisão bilateral. Saí pela porta da frente, a mesma que entrei. Nunca tive problema nenhum com a emissora, mas vi a necessidade de trabalhar mais. Não me encaixo nos próximos projetos e não consigo ficar muito tempo sem trabalhar", explicou ela.

Além de fazer novelas, Solange Couto apresentou o programa Bom Dia Mulher, da RedeTV!, em 2002.[5]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

A atriz foi casada dos 18 aos 23 anos de idade com o cantor Sidney Magal, seu primeiro marido, de quem não teve filhos.[2] A atriz namorou também por um breve período o ator Roberto Bonfim, seu colega de cena na telenovela O Clone.[2] O segundo casamento com Widson Cordeiro, Márcio Felipe e Morena Mariah são frutos de outros relacionamentos .[2]

Em janeiro de 2011, engravidou de seu terceiro filho fruto da união com o atual marido, o estudante de engenharia Jamerson Andrade, que é 30 anos mais jovem. O diagnóstico foi um susto para o casal, já que ela tinha 54 anos, o que se tornou uma gravidez de risco. Benjamim, perfeitamente saudável, nasceu dia 15 de agosto do mesmo ano.[6]

Em 2011, a atriz posou nua com o marido.[7]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Na televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2015 Malhação Vanda [8]
Os Suburbanos Solange de Souza dos Santos (Mãe Má) [9]
2013 Pecado Mortal Betty Valle
Uma Noite de Arrepiar Justina Leal
2012 Balacobaco Cremilda Paranhos
2010 Ribeirão do Tempo Sancha Fulgêncio
2008 Três Irmãs Janaína
2007 Sítio do Picapau Amarelo Cuca (150 capítulos)
Amazônia, de Galvez a Chico Mendes
2005 América Dalva
2004 Começar de Novo Joana Pimenta
Da Cor do Pecado Dona Lita de Sousa
2003 Kubanacan Pomba Gira
2002 Bom Dia Mulher Apresentadora
2001 O Clone Jurema Cordeiro (Dona Jura)
1999 Chiquinha Gonzaga Rosa Maria de Lima Gonzaga
1998 Dona Flor e Seus Dois Maridos Zulmira
1997 Canoa do Bagre Lina
O Olho da Terra Ceição
1995 Tocaia Grande Sabina
1994 A Viagem Zulmira
1993 Agosto Tereza
Renascer Inácia de Jesus Galvão (jovem)
1992 Deus Nos Acuda Manon
1990 Araponga
Escrava Anastácia Quequerém
1989 Kananga do Japão Ritinha (Rita)
1986 Sinhá Moça Adelaide Coutinho
1985 Tenda dos Milagres Sabina de Iansã
1983 Voltei pra Você Gisa
1982 Campeão Suely
Os Imigrantes - Terceira Geração Teca
1981 Os Imigrantes Bia

No cinema[editar | editar código-fonte]

No teatro[editar | editar código-fonte]

  • Orfeu da Conceição, de Vinícius de Moraes e Haroldo Costa (Teatro Municipal, RJ)
  • Oito Mulheres, de Robert Thomas e direção de Kiko Jaez (Teatro Hilton, SP) -
  • Ferias extra conjugais, de Marcos Caruso e direção de Atílio Riccó (Teatro da Praia, RJ)
  • Orfeu da Conceição, de Vinícius de Moraes (leitura dramatizada, Espaço Cultural BB)
  • Sua Excelência o Candidato, de Marcos Caruso e direção de Atílio Riccó (Teatro da Praia)
  • Greta Garbo quem diria acabou no Irajá (Teatro Brigite Blair)
  • Tango, Bolero, Tcha Tcha Tcha, de Miguel Falabella e direção de Bibi Ferreira
  • Cinco Mulheres por um Fio (Teatro Castro Alves)
  • Tem alguém na linha? (monólogo, 2005)

Referências

  1. a b c d e Solange Couto conta que estava com "sede de trabalho" depois de ser mãe novamente Rodrigo Monteiro UOL Entretenimento (23 de setembro de 2012). Visitado em 5 de maio de 2013.
  2. a b c d e f g É brinquedo Sim Eduardo Minc Istoé Gente (29 de abril de 2002). Visitado em 5 de maio de 2013.
  3. Artistas do SBT disputam Troféu Raça Negra 2010 Da redação Portal SBTista (10 de novembro de 2010). Visitado em 5 de maio de 2013.
  4. Balacobaco concorre em oito categorias no Prêmio Contigo de TV! Da redação R7 – Famosos e TV (21 de fevereiro de 2013). Visitado em 5 de maio de 2013.
  5. Nei Gonçalves Dias, a atriz Solange Couto e a personal trainer Solange Frazão dividem a apresentação na nova atração da Rede TV! Mariane Morisawa Istoé Gente (25 de novembro de 2002). Visitado em 5 de maio de 2013.
  6. Mamãe Solange Couto e o pequeno Benjamim Da redação Revista Caras (10 de outubro de 2011). Visitado em 5 de maio de 2013.
  7. Grávida, Solange Couto posa nua com o marido Da redação Ego – Globo.com (29 de junho de 2011). Visitado em 5 de maio de 2013.
  8. Nicolas Prattes, Lívian Aragão, Lucas Lucco e elenco apresentam nova 'Malhação' Gshow (4 de agosto de 2015). Visitado em 6 de agosto de 2015.
  9. Louise Soares (25 de junho de 2015). 'Já estou querendo dar cambalhota', diz Solange Couto após infarto F5 - televisão. Visitado em 8 de julho de 2015.
  10. Cinemateca Brasileira cinemateca.gov.br. Visitado em 2015-12-02.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Solange Couto