Villa-Lobos - Uma Vida de Paixão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Villa-Lobos - Uma vida de paixão
 Brasil
2000 •  cor •  130 min 
Direção Zelito Viana
Roteiro Joaquim Assis
Syd Field
Elenco Antônio Fagundes
Marcos Palmeira
Letícia Spiller
Ana Beatriz Nogueira
José Wilker
Género drama biográfico
Lançamento 21 de abril de 2000[1]
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Villa-Lobos - Uma vida de paixão é um filme brasileiro de 2000, do gênero drama biográfico, dirigido por Zelito Viana. A trilha sonora é do maestro Sílvio Barbato.

Informações técnicas[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme relata a vida de Heitor Villa-Lobos, o mais importante compositor do Brasil e da América Latina. A história tem início com um Villa-Lobos já velho, saindo para um concerto de gala no Teatro Municipal, onde seria homenageado. Esta foi a última vez que o maestro saiu de casa com vida. A partir dali vão surgindo as lembranças de sua vida.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Grande Prêmio BR do Cinema Brasileiro 2001 (Brasil)

  • Venceu na categoria de Melhor Trilha Sonora.
  • Indicado nas categorias de Melhor Ator (Antônio Fagundes) e Melhor Montagem.

Festival de Cinema Brasileiro de Miami 2001 (EUA)

  • Venceu na categoria de Melhor Direção de Arte.

Festival de Moscou 2000 (Rússia)

  • Indicado na categoria de Melhor Filme.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Durante 25 anos o diretor Zelito Viana tentou realizar o filme sobre a vida de Villa-Lobos.
  • O ator originalmente escolhido pelo diretor para interpretar Villa era Glauber Rocha.
  • O filme teve quatro paralisações durante as filmagens, todas por falta de dinheiro.
  • O diretor Zelito Viana é pai do ator Marcos Palmeira, que interpretou Villa-Lobos em sua fase jovem no filme.
  • A Orquestra Sinfônica Brasileira gravou a trilha sonora do filme.
  • O grande concerto com quarenta mil vozes ocorreu na verdade no Estádio São Januário, mas a cena alusiva ao fato foi gravada no estádio das Laranjeiras.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Antônio Fagundes encara um novo desafio: a estréia do longa "Villa-Lobos"». A Notícia. 16 de abril de 2000. Consultado em 29 de abril de 2015