Deus Nos Acuda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Deus nos Acuda
logotipo da novela.
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Comédia romântica
Suspense
Duração 50 min. aproximadamente
Criador(es) Sílvio de Abreu
Baseado em Rainha da Sucata
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Jorge Fernando
Elenco Cláudia Raia
Edson Celulari
Francisco Cuoco
Glória Menezes
Marieta Severo
Dercy Gonçalves
Louise Cardoso
Jorge Dória
Raul Gazolla
Aracy Balabanian
Gracindo Júnior
Maria Cláudia
Diogo Villela
Regina Braga
Cláudio Fontana
Mylla Christie
Cláudio Corrêa e Castro
(ver mais)
Tema de abertura "Canta Brasil", Gal Costa
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Transmissão original 31 de agosto de 199226 de março de 1993
N.º de episódios 179 (original)
80 (reprise)
Cronologia
Programas relacionados Rainha da Sucata
Sassaricando
Sete Pecados

Deus Nos Acuda é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida no horário das 19 horas, de 31 de agosto de 1992 a 26 de março de 1993, substituindo Perigosas Peruas e sendo substituída por O Mapa da Mina. Teve 179 capítulos. Foi a 47ª "novela das sete" exibida pela emissora. Escrita por Sílvio de Abreu, Alcides Nogueira e Maria Adelaide Amaral, foi dirigida por Jorge Fernando, Marcelo Travesso e Rogério Gomes, com direção geral e de núcleo de Jorge Fernando.

Trata-se de uma sequência de Rainha da Sucata (1990), também escrita por Silvio de Abreu.[1] A novela contou com Glória Menezes, Francisco Cuoco, Dercy Gonçalves, Jorge Dória, Paula Manga, Edson Celulari, Cláudia Raia e Marieta Severo nos papéis principais da história.

Foi reexibida pelo Vale a Pena Ver de Novo de 8 de novembro de 2004 a 25 de fevereiro de 2005, substituindo Terra Nostra e sendo substituída por Laços de Família, em 80 capítulos.[2]

História[editar | editar código-fonte]

No Céu, Celestina é o anjo responsável pelo Brasil. Ao ouvir, de Deus, a ameaça de ser mandada para o país que deveria ajudar a crescer, ela pede o auxílio do anjo Gabriel, que convence o Todo-Poderoso a deixar Celestina ficar no céu por mais seis meses, mas com uma condição: sem desrespeitar o livre-arbítrio que todo ser humano deve ter. Ela teria de modificar o cidadão brasileiro, tornando-o mais honesto, digno e trabalhador.

Celestina, então, escolhe a bela Maria Escandalosa, filha de Tomás Euclides, uma dupla de trambiqueiros do porto de Santos, que vivem na pensão de Dona Armênia, uma mulher que chora o abandono de "seus três filhinhos": Geraldo, Gerson e Gino. Convencida de que poderia transformar o caráter de Maria, Celestina passa por cima das leis divinas e a salva de uma explosão. Depois disso, ela passa a zelar pela vida da jovem na Terra. No entanto, a trambiqueira não sabe que é objeto de atenção divina, e muito menos que é vigiada dia e noite.

Maria Escandalosa se envolve com o jovem aventureiro Ricardo, filho de Otto Bismark, um viúvo milionário acusado de matar suas ex-mulheres. Há várias tentativas de apurar acusações contra Otto. Para isso, a perua Baby Bueno, cunhada do suspeito, volta ao Brasil. Mas ela tem uma oponente de peso: Elvira, mulher misteriosa, de caráter duvidoso e secretária de Otto, que, além de fiel a Otto, é apaixonada pelo chefe.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Francisco Cuoco interpretou o milionário Otto.
Cláudia Raia interpretou a protagonista Maria Escandalosa.
Edson Celulari interpretou o protagonista Ricardo.
Marieta Severo interpretou a vilã Elvira.
Dercy Gonçalves interpretou a anja Celestina.
Ator/Atriz Personagem
Cláudia Raia Maria Rodrigues (Maria Escandalosa)
Edson Celulari Ricardo Bismark
Dercy Gonçalves Celestina de Todos os Anjos
Glória Menezes Bárbara Silveira Bueno (Baby Bueno)
Francisco Cuoco Otto Bismark
Marieta Severo Elvira Sampaio
Jorge Dória Tomás Euclides Rodrigues
Aracy Balabanian Dona Armênia Giovani
Ary Fontoura Félix Goulart
Cláudio Correia e Castro Anjo Gabriel
Carmem Verônica Xena
Louise Cardoso Gilda
Diogo Vilela Danilo Sampaio
Marisa Orth Valquíria Silveira Bueno
Raul Gazolla Paco de Sousa
Cláudio Fontana Igor Bismark
Paula Manga Sabrina
Emiliano Queiroz Quaresma
Maria Cláudia Kelly Garcia
Gracindo Júnior Heitor Garcia
Adelaide Chiozzo Juscelina
Marcello Novaes Geraldo Giovani (Gera)
Gerson Brenner Gerson Giovani
Jandir Ferrari Gino Giovani / Gina
Tatiana Issa Yeda Bismark
Flávio Silvino Hugo
Mylla Christie Ully Bismark
Paulo César Grande Wagner
Regina Braga Clarisse
Oscar Magrini Marco
Jairo Mattos Ivan
Luigi Baricelli Zelito
Cristina Mutarelli Laureta de Sousa
Edgard Amorim Jasão
Eduardo Martini Querubim
Marcela Muniz Edith
Hilda Rebello Violante
João Rebello Nicolau Silveira Bueno
Fernanda Rodrigues Maria Eduarda Garcia (Duda)


Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Em sua exibição original entre 1992 e 1993, a trama acumulou 40 pontos de média, se tornando assim um sucesso.[3]

A novela foi reprisada com o intuito de subir os 17 pontos de audiência deixados por Terra Nostra, mas os índices pioraram de 17 para apenas para 14 pontos. Em alguns dias, a novela não saia da casa dos 11 pontos, perdendo por vários dias para a segunda reprise de Maria do Bairro que facilmente ultrapassava 15 pontos de audiência. [4] A reprise saiu de cena com 14 pontos de média e cerca de 100 capítulos a menos que a exibição original.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Nacional[editar | editar código-fonte]

Deus Nos Acuda Nacional
Trilha sonora
Lançamento 1992
Gênero(s) Vários
Gravadora(s) Som Livre

Capa: Cláudia Raia

N.º Título Música Personagem Duração
1. "Não Olhe Assim"   Leandro & Leonardo Ully 3:15
2. "Rio e Canoa"   Fábio Jr. Paco 4:21
3. "Ainda Lembro" (part. Ed Motta) Marisa Monte Ricardo 4:00
4. "Deus Nos Acuda"   Tadeu Matthias Locação: Santos 3:11
5. "Vento Ventania"   Biquíni Cavadão Igor 4:18
6. "Falso"   Brigitte Tomás 3:22
7. "Heaven Seven"   A Caverna Celestina 2:53
8. "Brigas" (part. Cauby Peixoto) Altemar Dutra Félix e Gilda 3:10
9. "La Barca"   Luis Miguel Ricardo e Maria Escandalosa 3:28
10. "Maria Escandalosa"   Ney Matogrosso Maria Escandalosa 3:06
11. "Taça de Veneno"   Guilherme Arantes Elvira 4:10
12. "Paixão Esquecida"   Yahoo Clarisse 4:50
13. "Canta Brasil"   Gal Costa Abertura 3:13
14. "Balada do Otto"   A Caverna Otto 2:50

Internacional[editar | editar código-fonte]

Deus Nos Acuda Internacional
Trilha sonora de Vários Artistas
Lançamento 1992
Gênero(s) Vários
Formato(s) CD, LP, K7
Gravadora(s) Som Livre

Capa: Edson Celulari

N.º Título Música Personagem Duração
1. "Would I Lie To You"   Charles & Eddie Tema de Kelly 3:36
2. "Mr. Loverman"   Shabba Ranks Gerson 5:38
3. "Friday I'm in Love"   The Cure Geraldo 3:30
4. "Bang Bang"   David Sanborn Maria Escandalosa 4:00
5. "I Fall All Over Again"   Dan Hill Paco e Clarisse 4:13
6. "I Get a Kick Out Of You" (part. Oscar Peterson Trio) Louis Armstrong Baby 4:16
7. "Hard Fight"   Lorrie Company Geral 2:22
8. "Crybaby"   Information Society Ricardo e Maria Escandalosa 5:08
9. "My Lovin' (You're Never Gonna Get It)"   En Vogue Locação: Santos 4:42
10. "You Won't See Me Crying"   Wilson Phillips Ully 3:48
11. "Work To Do"   Vanessa Williams Locação: São Paulo 4:38
12. "Good Enough"   Bobby Brown Gino 4:58
13. "Decadence Avec Elegance"   Deborah Blando Sabrina 3:18
14. "Frantic Temptation"   Peter Trad Geral 2:48

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Troféu APCA (1992):

  • Melhor ator coadjuvante - Jorge Dória

Troféu Imprensa

  • Melhor atriz - Glória Menezes

Referências

  1. Aracy Balabanian: "Atores são atores, celebridades vêm e passam"
  2. «Deus Nos Acuda será reprisada em Vale a Pena Ver de Novo». Área Vip. 23 de outubro de 2004. Consultado em 25 de julho de 2015 
  3. Jeferson Cardoso (5 de janeiro de 2012). «IBOPE, IBOPE E MAIS IBOPE!». O Planeta TV. Consultado em 7 de agosto de 2015 
  4. «"Maria do Bairro" bate "Deus nos acuda" no Ibope». Terra. 8 de dezembro de 2004. Consultado em 25 de julho de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]