Mylla Christie

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mylla Christie
Mylla em 2015
Nome completo Mylla Christie Vitta Gorga
Data de nascimento 10 de junho de 1971 (46 anos)
Local de nascimento São Paulo, SP
Nacionalidade Brasileira
Altura 1,62 m[1]
Cor do cabelo Castanho escuro
Cor dos olhos Castanhos
Medidas 90-62-90[1]
Peso 51 kg[1]
Principais trabalhos Silene, em Engraçadinha
Eleonora, em Senhora do Destino
Cônjuge Malcolm Montgomery (1993–1999) (divorciada)
Tutu Sartori (2007–presente)

Mylla Christie Vitta Sartori (São Paulo, 10 de junho de 1971) é uma atriz,[2] modelo, apresentadora, cantora e empresária brasileira.

Início da vida[editar | editar código-fonte]

Integrante de família de classe média paulistana, o pai, Odair Gorga era diretor de teatro e sua mãe Joyce Helena Vitta, uma instrumentadora cirúrgica. Tem um irmão chamado Juliano Gorga.[3]

Mylla é formada em balé clássico, moderno e sapateado. Aos 10 anos, foi campeã paulista de ginástica olímpica pelo Clube Pinheiros. Estreou na televisão em 1979 no Roberto Carlos Especial interpretou o Garoto,[4] enquanto o cantor fazia o papel de Charlie Chaplin (Carlitos).

Carreira[editar | editar código-fonte]

Modelo[editar | editar código-fonte]

Como modelo fez fotos para a revista Capricho, além de ser capa da Boa Forma, Manequim e Criativa, entre outras, realizou inúmeras campanhas publicitárias, tais como Philco Hitachi, Pepsi, Colgate, C&A, Goodyear,[5] Molico, Carefree, Ryder e Sabonete Lux.[6] Aos 15 anos, trabalhou e residiu no Japão.[7]

Realizou ensaios e foi capa das revistas masculinas Interview, em setembro de 1995 e Playboy em novembro de 1997.[8]

Apresentadora[editar | editar código-fonte]

Retornou ao Brasil e tornou-se apresentadora de televisão do programa Zaap, da Rede Record,[9] e entre junho de 1993 e março de 1994 do Clube da Criança, da extinta Rede Manchete, e como cantora gravou um disco.[10]

Foi indicada para participar da Casa dos Artistas, no SBT, mas recusou o convite, preferiu comandar o programa Mylla in Forma, na Rede Mulher.[11]

Atriz[editar | editar código-fonte]

Como atriz, fez aulas na oficina de interpretação da atriz Míriam Muniz, estreou em Meu Bem, Meu Mal, interpretando a Jéssica, uma garota rebelde, temperamental, mimada e carente, filha de Ricardo Miranda (José Mayer),[12] atuou em várias novelas, ganhou projeção nacional em 1995, quando interpretou Silene, a filha da protagonista vivida por Cláudia Raia na minissérie Engraçadinha... Seus Amores e Seus Pecados,[13] atuou também em episódios do Você Decide, A Comédia da Vida Privada e no Renato Aragão Especial.[14][15]

Depois de Quem É Você?, trocou de emissora e foi para Rede Record, atuou na novela Tiro e Queda.[16][17] Teve destaque também em 2004, ao retornar à Globo,[18] com cabelos curtos e loira, vivendo a polêmica Eleonora, uma estudante de medicina homossexual, em Senhora do Destino.[19][20][21] Contratada pela Record em 2007, fez Amor e Intrigas.[22]

No cinema, debutou com Era uma vez..., filme infanto-juvenil do diretor Arturo Uranga,[23] atuou com a direção de Walter Hugo Khoury, fez longas-metragens ainda com os diretores Emiliano Ribeiro[24][25] e Del Rangel.[26] Foi protagonista de um curta-metragem de André Ristum.[27]

No teatro, em 2005, encenou Veneza,[28] peça com texto do dramaturgo argentino Jorge Acame dirigida por Miguel Falabella, e, em 2006, esteve em cartaz em com a peça Acorda Brasil,[29] de Antonio Ermírio de Moraes,[30] com direção de José Possi Neto.[31]

Participou, em 2009, das filmagens do longa-metragem As Doze Estrelas, do diretor Luis Alberto Pereira, no qual interpreta uma das protagonistas.[32] O filme foi lançado em 2011.[33]

Em 2013, após 5 anos longe da televisão, Mylla retorna na minissérie bíblica José do Egito, interpretando a personagem bíblica Raquel.[34] Em 2017, depois de anos longe da TV, retorna às novelas em Carinha de Anjo, no SBT.[35] No mesmo ano e ainda no SBT, assinou contrato para integrar o elenco de As Aventuras de Poliana.[36]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Uma característica marcante da atriz são suas sardas.[37] Formada em Jornalismo.[38] Praticou musculação, que a deixou com um corpo extremamente forte,[39] segundo a atriz, houve um exagero por parte da mídia,[40] atualmente faz aulas de ioga[1] e reeducação postural global (RPG).

Em 1990 namorou o vocalista Matheus, da banda Selva.[41] Foi casada de 1993 a 1999 com o ginecologista Malcolm Montgomery.[42] Em 1999, namorou Fabiano Muniz Proa.[43] Foi noiva do advogado e ator João Lima Junior, com quem namorou de 2004 a 2006.[44]

Mylla se casou no dia 8 de dezembro de 2007 com o empresário Paulo Luis Sartori, conhecido como Tutu Sartori,[45][46][47] namoraram por apenas sete meses, mas já se conheciam da infância e haviam estudado juntos no colegial,[48] em 2008 o casal abriu um spa no Rio de Janeiro,[49][50][51] em 2009 se mudaram para uma nova residência em São Paulo.[52] No dia 19 de julho de 2011, nasceu Arthur, o primeiro filho do casal.[53]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem / Cargo Notas
1989 Zap Apresentadora
1990 Meu Bem, Meu Mal Jéssica Miranda
1992 Deus Nos Acuda Ully Silveira Bueno Bismark
1993–94 Clube da Criança Apresentadora
1994 A Viagem Carlota Episódios: "23 de agosto–21 de outubro de 1994"
1995 Engraçadinha Silene
A Comédia da Vida Privada Débora (Luly) Episódio: "A Casa dos Quarenta"
Você Decide Cláudia Episódio: "Remédio Duvidoso"
Malhação Branca / Alva Episódios: "20 de novembro–6 de dezembro de 1995"
1996 Quem É Você? Ivana Cintra
Você Decide Ana Episódio: "Bala Perdida"[54]
1997 A Justiceira Rosário Episódio: "Filha Única"
Renato Aragão Especial Dani Episódio: "Conto de Natal"
1999 Você Decide Laura Episódio: "O Lobisomem"
Tiro e Queda Daniela Amarante de Castro
2000 Mylla em Forma Apresentadora
2003 Kubanacan Cassandra Episódios: "11–14 de julho de 2003"
2004 Senhora do Destino Eleonora Ferreira da Silva
2007 Amor e Intrigas Rafaela Noronha
2013 José do Egito Raquel
2017 Carinha de Anjo Drª. Alessandra
2018 As Aventuras de Poliana Verônica Pessoa

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1993 Era uma vez...
1998 Pobres Por um Dia Lurdes Curta-metragem
Paixão Perdida Anna (a babá)
2001 Condenado à Liberdade Ângela
Os Cristais Debaixo do Trono Yasmin
2006 O Caso Morel
2011 As Doze Estrelas Sandra Bis

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • Equus
  • 1994 - Um Passeio no Cometa .... estrelinha Alfa
  • 2005 - Veneza .... Madalena
  • 2006 - Acorda Brasil

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns
  • 1993: CD Menudo - Vem Pra Mim (convidada especial)
  • 1994: CD Fazendo a Festa

Singles[editar | editar código-fonte]

  • Eu Só Queria (Hoy Solo Quiero) .... participação
  • Meu Primeiro Amor (You're Gonna Lose That Girl)

Referências

  1. a b c d «Mylla Christie, nova de corpo e alma». Corpo a Corpo, ed. 189. Setembro de 2004 
  2. «Mylla Christie - 'requer assinatura'». Folha de S.Paulo. 12 de novembro de 1995 
  3. «Close 'requer assinatura'». Folha de S.Paulo. 21 de maio de 1995 
  4. «Você Sabia que... 'requer assinatura'». Folha de S.Paulo. 21 de maio de 1995 
  5. PEIXOTO, Eliette. Estreante Pega no Pesado, Jornal O Dia (18 de novembro de 1990)
  6. «Coluna Joyce Pascowitch 'requer assinatura'». Folha de S.Paulo. 4 de abril de 1996 
  7. «15 Famosos aos 15». Caras 
  8. «Escoriações 'requer assinatura'». Folha de S.Paulo. 28 de outubro de 1997 
  9. LEME, Lúcia. "Os Primeiros Degraus da Fama", O Globo (13 de novembro de 1990)
  10. «Mylla Christie». ISTOÉ Gente (285). 31 de janeiro de 2005 
  11. «Garota Zen». ISTOÉ Gente (122). 3 de dezembro de 2001 
  12. ALMEIDA, Lívia de. "Garota Rebelde e Temperamental", O Globo (11 de março de 1991)
  13. Veja, edição 1391, pág. 82 (10 de maio de 1995). Editora Abril.
  14. FIUZA, Sílvia Regina de Almeida. Dicionário da TV Globo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2003. pág. 497, 503, 521, 533, 762 ISBN 857110722-X
  15. «Fim de ano: Presente repetido 'requer assinatura'». Folha de S.Paulo. 21 de dezembro de 1997 
  16. «Gata ferida». AN Tevê. 5 de setembro de 1999 
  17. «Mylla Christie revive sua carreira na moda em novela». Portal Terra. 8 de fevereiro de 2008 
  18. «Reconstruindo Mylla Christie». ISTOÉ Gente, ed. 256. 5 de julho de 2004 
  19. «Mylla Christie volta à TV com novo visual». Estado de São Paulo. 7 de julho de 2004 
  20. «"Sou mais emoção do que razão", diz Mylla Christie». Terra. 12 de janeiro de 2005 
  21. «A hora da virada». Criativa 
  22. «Mylla Christie e Tutu: tour ecológico». Caras, edição 837. 17 de novembro de 2009 
  23. ORSINI, Elizabeth. "Um Jeito Menina-Moça de Ser", Jornal do Brasil (3 de maio de 1991)
  24. «Brasileiro "Condenado à Liberdade" estréia em 20 cidades». Folha de S.Paulo. 20 de abril de 2001 
  25. «Ficha de longa». Cinemateca Brasileira - Secretaria do Audiovisual 
  26. «Filme com Ana Paula Arósio decepciona público de Recife». Terra. 28 de abril de 2001 
  27. «Ficha de curta». Cinemateca Brasileira - Secretaria do Audiovisual 
  28. «Mylla Christie - Beleza». Cyber Diet. 25 de julho de 2005 
  29. «Acorda Brasil!». antonioermirio.com.br 
  30. «O teatro social de Antonio Ermírio». ISTOÉ, ed. 1908. 17 de maio de 2006 
  31. «Acorda Brasil encerra suas apresentações». Instituto Baccarelli 
  32. «Mylla Christie: protagonista no cinema». Caras. 7 de agosto de 2009 
  33. «As Doze Estrelas (2011)». Omelete. Caras. Consultado em 24 de janeiro de 2018. 
  34. «"Eu amadureci com José do Egito", afirma Mylla Christie». R7. 22 de janeiro de 2013 
  35. «Após quatro anos longe da TV, Mylla Christie vai participar de 'Carinha de Anjo'» 
  36. «Com Dalton Vigh e Myriam Rios: SBT anuncia elenco de 'As Aventuras de Poliana'». Caras. Uol.com. 6 de setembro de 2017. Consultado em 24 de outubro de 2017. 
  37. «Todas as sardas a salvo». Veja, ed. 1520. 5 de novembro de 1997 
  38. DEODORO, Paola. "Pronta para a Polêmica", Zero Hora (22 de agosto de 2004)
  39. «A nova estética muscular». Veja, ed. 1602. 16 de junho de 1999 
  40. «Antes e Depois». Quem, ed. 77. 1 de março de 2002 
  41. SALLES, Marcos. "Menina Carente, Só na Televisão", O Globo (23 de dezembro de 1990).
  42. «Mylla tem a força». ISTOÉ Gente, ed. 7. 23 de setembro de 1999 
  43. «O remédio foi a paixão carioca». Época, ed. 50. 3 de maio de 1999 
  44. «Mylla Christie e seu novo par». Caras, edição 723. 14 de setembro de 2007 
  45. «A Paixão de Mylla Christie e Tutu». Caras, edição 736. 14 de dezembro de 2007 
  46. «Noite cor-de-rosa». Quem, ed. 379. 12 de dezembro de 2007 
  47. «Hora do Sim». O Fuxico. 12 de dezembro de 2007 
  48. «O Amor de Mylla Christie e Tutu». Caras, ed. 735. 5 de dezembro de 2007 
  49. «Negócio de famoso». Contigo 
  50. «Mylla e Tutu, Paixão e Negócios de Mãos Dadas». Caras, ed. 761. 30 de maio de 2008 
  51. «Negócios, Mylla Christie inaugura o próprio SPA». O Fuxico. 15 de abril de 2008 
  52. «Um Palazzo para Mylla Christie e Tutu». Caras, ed. 814. 12 de junho de 2009 
  53. Renata Sakai (19 de julho de 2011). «Nasce Arthur, o primeiro filho de Mylla Christie». Ego. Globo.com. Consultado em 24 de janeiro de 2018. 
  54. «Bala perdida é tema de "Você Decide"». Folha de S.Paulo. UOL.com. 8 de dezembro de 1996. Consultado em 24 de janeiro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]