Carmem Verônica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde Abril de 2012).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Carmem Verônica
Nome completo Carmelita Varella Alliz Sicart
Nascimento 12 de junho de 1933 (84 anos)
Recife,  Pernambuco
Nacionalidade brasileira
Cônjuge Jacques Sicart (1955—atualmente)
IMDb: (inglês)

Carmelita Varella Alliz Sicart, mais conhecida como Carmem Verônica (Recife, 12 de junho de 1933), é uma atriz e ex-vedete brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nos anos 50, Carmem foi uma das vedetes mais belas e cobiçadas do país. Ficou por dez anos na lista das "Certinhas do Lalau", escrita pelo jornalista Sérgio Porto (Stanislaw Ponte Preta) que elegia as maiores beldades do país.

Carmem ficou conhecida nos anos 50 como a "Rainha da Frescura" devido à sua voz melosa, suas piscadelas de cílios e o jeito mole de falar.

É conhecida também pelos bordões, tanto o de suas personagens como os próprios, e por frases suas irreverentes, como "a bunda cai, mas o talento fica". Em 1992, ela popularizou "Oh, darling!" com a Xena; ,"Oooooh, Môôôôôônicaaaa!", de Mary Montilla e "Ô prima você é otima" da Prima Rica e também "Chichanellll".

A parceria com Íris Bruzzi em os "Furacões de Cuba", como são conhecidas as personagens delas em Belíssima, agradou ao público.

Carmen Verônica fez uma participação em “Paraíso tropical” como Mary Montilla. Foi a primeira vez que uma personagem criada por outro autor aparece numa novela. Trata-se de uma homenagem de Gilberto Braga ao grande amigo Sílvio de Abreu.

É casada há mais de 50 anos com o industrial francês Jacques Sicart.[1]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1961 Miss Campeonato Ela mesma (1961/1964) [2]
1965 Quem Bate Lolita
Ceará Contra 007 Tereza
1992 Deus nos Acuda Xena
1997 Por Amor Karla
2002 Desejos de Mulher Verônica
2003 Kubanacan Anita Calábria
2005 Belíssima Maria Benedita Piedade (Mary Montilla)
2006 O Profeta Luci Carvalho
2007 Zorra Total Prima Rica
Paraíso tropical Mary Montilla
2008 Toma Lá, Dá Cá D. Leda
2009 Zorra Total Madame Sofia
Caras & Bocas Josefa (Jojô)
2011 Batendo Ponto Leonora
2013 Sangue Bom Carmita Lancaster
2015 Aí Eu Vi Vantagem Elza
2017 Dois Irmãos Estelita Raposo

Cinema[3][editar | editar código-fonte]

Filmes
Ano Título Papel
2013 Vendo ou Alugo Dagmar
A Casa da Mãe Joana 2 Madame Pedregal
1967 A Espiã que Entrou em Fria Jane Bond
1960 Amor para Três Estela
1959 Aí Vem Alegria

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Carmem Verônica