Glória Menezes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Glória Menezes
Glória durante um encontro com artistas em apoio à candidatura de José Serra à presidência, em novembro de 2010.
Nome completo Nilcedes Soares de Magalhães
Outros nomes Glória Menezes
Nascimento 19 de outubro de 1934 (85 anos)
Pelotas, RS
Nacionalidade brasileira
Ocupação atriz
Atividade 1959–presente
Cônjuge Tarcísio Meira (c. 1962)
Filho(s) Tarcísio Filho

Nilcedes Soares de Magalhães, mais conhecida como Glória Menezes (Pelotas, 19 de outubro de 1934), é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aos seis anos mudou para São Paulo com a família, onde cursou a Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo e montou um grupo de teatro chamado Jovens Independentes.[1] Sua carreira profissional teve início na TV Tupi de São Paulo em 1959, na novela “Um Lugar ao Sol”, sob direção de Dionísio Azevedo. Em 1962 participou do filme O Pagador de Promessas, ao lado de Leonardo Vilar e Anselmo Duarte.[2] Em 1963, ao lado de Tarcísio Meira, protagonizou a primeira novela diária da televisão brasileira, 2-5499 Ocupado, transmitida pela TV Excelsior. Foi durante esta novela que os dois atores começaram a namorar.[3]

Considerada uma das principais atrizes da televisão brasileira, interpretou diversos personagens marcantes durante sua trajetória na TV, como a mulher de muitas personalidades Maria de Lara, Diana e Marcia em Irmãos Coragem (1970); a mulher do povo Ana Preta em Pai Herói (1979), ambas de Janete Clair; as românticas Jordana em Jogo da Vida (1981) e Roberta Leone em Guerra dos Sexos (1983); a malvada Laurinha de Albuquerque Figueroa em Rainha da Sucata (1990), a divertida Bárbara Bueno em Deus nos Acuda (1992) e Marta em Torre de Babel (1998), todas do autor Silvio de Abreu; a ambiciosa Teresa Fraga Dantas de Corpo a Corpo (1984) de Gilberto Braga; a brega Rosemere da Silva em Brega e Chique (1987) de Cassiano Gabus Mendes; a aristocrata baronesa de Bonsucesso (Laura Correia de Andrade e Couto) em Senhora do Destino, de Aguinaldo Silva; a riquíssima Irene Fontini em A Favorita (2008), de João Emanuel Carneiro, e a divertida perua Stelinha Alcântara, em Totalmente Demais, de Rosane Svartman e Paulo Halm.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

O nome verdadeiro de Glória Menezes é Nilcedes, resultado da junção dos nomes de seu pai, José Nilo e de sua mãe, Mercedes. Glória é casada com o ator Tarcísio Meira desde 1962, um dos casamentos mais duradouros entre atores no Brasil. Dessa união nasceu o também ator Tarcísio Filho, único filho do casal. Glória tem outros dois filhos, João Paulo e Maria Amélia, de um casamento anterior, arranjado pela família quando ela tinha dezoito anos, com um primo. Esse casamento já havia terminado quando Glória e Tarcísio se conheceram.[3][1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Trabalho/Obra Personagem Notas
1959 Um Lugar ao Sol Eloá
1960 Há Sempre o Amanhã Lucy
1960–62 TV de Comédia Várias personagens
TV de Vanguarda
1962 A Estranha Clementine Clementine
1963 2-5499 Ocupado Emily
1964 Uma Sombra em Minha Vida Maria Rosa
1965 A Deusa Vencida Cecília Maciel
Pedra Redonda, 39 Jane
1966 Almas de Pedra Cristina Ramalho
As Minas de Prata Zana
1967 Sangue e Areia Doña Sol
O Grande Segredo Marta / Ana Célia
1968 Passo dos Ventos Vivian Chevalier
1969 Rosa Rebelde Rosa Malena / Simone Grandet
1970 Irmãos Coragem Maria de Lara Barros Lemos (Lara) / Diana / Márcia
1971 O Homem Que Deve Morrer Ester
1972–73 Caso Especial Hermínia / Marina / Marguerite Gautier Episódio: "O Crime do Silêncio"
Episódio: "Meu Primeiro Baile"
Episódio: "Dama das Camélias"
1973 O Semideus Ângela
Cavalo de Aço Miranda
1975 O Grito Marta Mourão
1977 Espelho Mágico Leila Lombardi
1979 Pai Herói Ana Maria Garcia
(Ana Preta)
1981 Jogo da Vida Jordana Ramos Cruz Vieira
1983 Guerra dos Sexos Roberta Leone
1984 Corpo a Corpo Teresa Bastos Fraga Dantas
1987 Brega & Chique Rosemere da Silva Francis
1988 Tarcísio e Glória Ava Becker
1990 Rainha da Sucata Laura Albuquerque Figueroa (Laurinha)
1991 Xuxa e a Fábrica de Ilusões Ela mesma Especial de fim de ano
1992 Deus Nos Acuda Bárbara Silveira Bueno
(Baby Bueno)
1995 A Próxima Vítima Júlia Braga
1996 Vira Lata Stella Beatriz Gouveia Visconti
1998 Torre de Babel Marta Toledo
2001 Porto dos Milagres Clotilde Marimbás (Dona Coló) Episódios: "5–30 de fevereiro"
2002 O Beijo do Vampiro Zoroastra Marques
2004 Um Só Coração Camila Matarazzo
Da Cor do Pecado Kiki de Queensburg Episódios: "7–9 de fevereiro"
Senhora do Destino Dona Laura Correia de Andrade e Couto, Baronesa de Bonsucesso
2006 Páginas da Vida Amália Fragoso Martins de Andrade (Lalinha) Episódios: "10–21 de julho"
2008 A Favorita Irene Fontini
2010 Cama de Gato Ela mesma Episódio: "8 de abril"
2012–13 Louco por Elas Violeta Corrêa Santiago
2014 Joia Rara Pérola Fonseca Hauser (adulta) Episódio: "4 de abril"[4]
2015 Totalmente Demais Stela Carneiro de Alcântara (Stelinha)[5]
2018 Tá no Ar: a TV na TV Ela mesma Episódio: "20 de janeiro"[6]
2020 Os Casais que Amamos Ela mesma Primeiro episódio da série, exibido em 6 de junho no canal Viva.[7]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1962 O Pagador de Promessas Rosa
1964 Lampião, o Rei do Cangaço Açucena
1969 Máscara da Traição Cristina
1972 Independência ou Morte Marquesa de Santos
1973 O Descarte Cláudia Land
1979 O Caçador de Esmeraldas Maria Betim
1984 Para Viver um Grande Amor Olga
2006 Se Eu Fosse Você

Vivian Medeiros de Albuquerque (Vivinha)

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Categoria Nomeação Resultado Ref
1958 Troféu Imprensa Melhor Atriz Revelação
Teleteatro da Tupi
Venceu
1959 Troféu Imprensa Melhor Atriz Venceu
1960 Troféu Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) Melhor Atriz Revelação
As Feiticeiras de Salém
Venceu [8]
1962 Festival de Cinema de Curitiba Melhor Atriz Revelação
O Pagador de Promessas
Venceu [9]
Troféu Cinelândia Melhor Atriz Venceu
Prêmio Cidade de São Paulo Melhor Atriz Venceu
1963 Troféu Imprensa Melhor Atriz
2-5499 Ocupado
Venceu
1966 Troféu Imprensa Melhor Atriz
A Deusa Vencida
Indicada
1967 Troféu Imprensa Melhor Atriz
Almas de Pedra
Indicada
1968 Troféu Imprensa Melhor Atriz
O Grande Segredo
Indicada
1971 Troféu Imprensa Melhor Atriz
Irmãos Coragem
Indicada
1972 Troféu Imprensa Melhor Atriz
O Homem Que Deve Morrer
Indicada
1973 Troféu Imprensa Melhor Atriz Indicada
1974 Troféu Imprensa Melhor Atriz
Cavalo de Aço
Indicada
Prêmio Diploma de Mérito dos Diários Associados Melhor Atriz
O Descarte
Venceu [10]
1984 Troféu Imprensa Melhor Atriz
Guerra dos Sexos
Indicada
1992 Troféu Imprensa Melhor Atriz
Deus nos Acuda
Venceu
2000 Prêmio Governador do Estado do Rio de Janeiro Melhor Atriz
Jornada de um Poema
Venceu [11]
2004 Troféu Mário Lago Contribuição Artística
Conjunto da Obra
Venceu
2005 Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Coadjuvante
Senhora do Destino
Indicada
Festival Internacional de Cinema de Gramado Troféu Oscarito
Contribuição c/ Arte
Venceu
2008 Prêmio Extra de Televisão Melhor Atriz Coadjuvante
A Favorita
Indicada [12]
2009 Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Coadjuvante Indicada
Prêmio Mambembe Melhor Atriz Venceu
2012 Prêmio Extra de Televisão Prêmio Honorário
Homenagem
Venceu
2013 Prêmio Contigo! de TV Prêmio Especial Venceu
Melhor Atriz de Série
Louco por Elas
Indicada
2020 Prêmios CinEuphoria Homenagem
Carreira
Venceu

Referências

  1. a b «Glória Menezes». Memoria Globo. Consultado em 9 de abril de 2016 
  2. «Glória Menezes». Museu da TV. Consultado em 9 de abril de 2016 
  3. a b «Glória Menezes revela histórias de amor e talento que marcaram os seus (quase) 81 anos de vida». Revista Donna. Consultado em 9 de abril de 2016 
  4. «Careca! Glória Menezes muda o visual para viver Pérola em sua fase monja». 3 de abril de 2014. Consultado em 3 de abril de 2014 
  5. «Glória Menezes vai demorar um pouco para aparecer em Totalmente Demais, saiba o motivo» 
  6. «Glória Menezes encarna policial durona no 'Tá No Ar'». Gshow.com. Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  7. Os Casais que Amamos
  8. AS Feiticeiras de Salém. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2020. Disponível em: site. Acesso em: 26 de Mar. 2020
  9. O Pagador de Promessas :: Cinemateca
  10. «O Descarte». Cinemateca Brasileira. Consultado em 31 de agosto de 2011 
  11. JORNADA de um Poema. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2020. Disponível em: site. Acesso em: 26 de Mar. 2020.
  12. Ganhadores do Prêmio Extra de TV 2008

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons
Wikinotícias Notícias no Wikinotícias
Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.