Jussara Freire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Jussara Freire
Nome completo Jussara Rocha
Outros nomes Jussara Rocha Freire
Nascimento 8 de fevereiro de 1951 (65 anos)
Campo Grande,  Mato Grosso do Sul
Nacionalidade Brasil brasileira
Ocupação Atriz
Atividade 1970-presente
Cônjuge Ednaldo Freire (1970-1973)
Marcos Caruso (1974-1994)
IMDb: (inglês)

Jussara Freire cujo nome de solteira é Jussara Rocha (Campo Grande, 8 de fevereiro de 1951) é uma renomada atriz brasileira.

Iniciou sua carreira na Rede Record na década de 1970, tendo outras três importantes passagens pela emissora. Além de atuar na emissora paulista, teve passagens pela Rede Bandeirantes, Rede Manchete, SBT, TV Globo e Rede Tupi. Interpretou a Filó em Pantanal, da Rede Manchete, que lhe conferiu o Troféu Imprensa e Troféu APCA de melhor atriz em 1991. A atriz voltou a receber o Troféu Imprensa de melhor atriz em 2008 por Vidas Opostas, pela Rede Record, onde interpretou Carmem Laranjeira. Além de atuar em importantes novelas de todas grandes emissoras do Brasil, especialmente da Rede Record, Jussara trabalhou como apresentadora de tv na Rede Bandeirantes, apresentando o programa Mulheres do Brasil, em 1999.

Em 2013, atuou em Pecado Mortal, pela Rede Record..

Atualmente, está no ar simultaneamente em duas produções da tv brasileira, ambas pelas Rede Record, na reprise de Chamas da Vidas às 15h45, que vai ao ar após a reprise de Amor e Intrigas em que intepreta Arlete Monteiro, mãe da protagonista Carolina, interpretada por Juliana Silveira e na produção de época, inédita, Escrava Mãe, que vai ao ar às 19h35, após o Cidade Alerta, antecedendo A Terra Prometida, em que interpreta a nobre bem humorada Urraca, mãe do antagonista Comendador Almeida, interpretado por Fernando Pavão.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Trabalhos na televisão[editar | editar código-fonte]

Televisão
Ano Título Papel
1973 Venha Ver o Sol na Estrada Celina
Vidas Marcadas
Meu Adorável Mendigo Rita
1974 Os Inocentes Gigi
A Barba-Azul Gláucia Brandão
1975 O Sheik de Ipanema Michele
1977 Éramos Seis Olga
1978 O Direito de Nascer Manon
1981 Os Imigrantes Dora Castilhos
1982 Os Imigrantes - Terceira Geração Dora Castilhos
1983 Braço de Ferro Odete
1984 Jerônimo Suzana
1990 Pantanal Filó
1991 Amazônia Bárbara
1993 Guerra sem Fim Rosa Vieira da Costa, a Delegada Rosa Choque
1994 Éramos Seis Clotílde
1995 Sangue do Meu Sangue Salomé
1997 Os Ossos do Barão Bianca
1998 Estrela de Fogo Graciosa
2000 Marcas da Paixão Vilma
2001 Os Maias Amélia
2002 Coração de Estudante Lígia Gouvêia
2003 Esperança Tia Amália
2004 Cabocla Siá Bina (Balbina de Oliveira)
2005 Belíssima Tosca (Flávia Tosca Rodrigues)
2006 Vidas Opostas Carmem Laranjeira
2008 Chamas da Vida Arlete Monteiro Azevedo de Castro
2010 Uma Rosa com Amor Dona Pepa Fontenelle
2012 Máscaras Elvira Duval
2013 Pecado Mortal Donana Vêneto (Ana)
2014 Plano Alto Dora Titino
2016 Escrava Mãe Urraca de Góis Almeida (Baronesa de Barangalha)

Filmes[editar | editar código-fonte]

Filmes
Ano Título Papel
1974 O Super Manso Miriam
Sedução Prostituta
1975 O Sexo Mora ao Lado Mércia[1]
1979 Adultério por Amor Flora
1983 O Médium

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • A atriz trabalhou duas vezes na novela "Éramos Seis", em épocas distintas, com também personagens distintos. Em 1977, na Tupi, em "Éramos Seis" viveu Olga, contracenando com Paulo Figueiredo, que viveu o Zeca. Em 1994, no SBT, Jussara retornou fazendo Clotilde e contracenando novamente com Paulo Figueiredo que na nova versão interpretou o Almeida.
  • No ano de 1991,recebe o Troféu imprensa de melhor atriz por sua atuação em Pantanal (telenovela),novela da extinta Rede Manchete.Esta foi a primeira vez em 16 anos que a Globo perdia o Troféu Imprensa de melhor atriz para uma emissora concorrente (tirando o Anexo:Troféu Imprensa de 1981,em que Dercy Gonçalves da Band ganhou,mas como empatou com Dina Sfat da Globo,não foi considerado uma perda).
  • Em 2007, duas novelas estreladas por Jussara, Coração de Estudante e Cabocla, foram apresentadas em sequência no Vale a Pena Ver de Novo. Em ambas interpreta a mãe das protagonistas Clara (Helena Ranaldi) em Coração de Estudante e Zuca (Vanessa Giacomo) em Cabocla.
  • Em 2008, pôde ser vista simultaneamente em três novelas de três emissoras diferentes: Chamas da Vida da Rede Record e as reprises de Pantanal da extinta Rede Manchete no SBT e Cabocla na Globo.
  • Em "A Barba-Azul", a atriz interpretou Gláucia. Pérfida!
  • Até o fim de 2009 a atriz tinha contrato com a Rede Record, mas no começo de 2010 a atriz se transferiu para o SBT.E causou polêmica.Assim que assinou o contrato com a emissora de Silvio Santos, justificou sua saída da Record pelo fato de não ter recebido aval dos diretores para se dedicar ao teatro, por achar desorganizado o cronograma de gravações e por acreditar que as novelas do canal estavam muito voltadas para a violência.Mas no final de 2010 a atriz retornou para a Rede Record.
  • A atriz torce para a Portuguesa de Desportos.
  • Foi casada com o ator Marcos Caruso.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedida por:
Joana Fomm por Tieta e
Tereza Rachel por Que Rei Sou Eu?
Troféu Imprensa de Melhor Atriz
por Pantanal

1991
Sucedida por:
Fernanda Montenegro
por O Dono do Mundo
Precedida por:
Glória Pires
por Vale Tudo
Prêmio APCA de Melhor Atriz
por Pantanal

1991
Sucedida por:
Glória Pires
por O Dono do Mundo
Precedida por:
Lília Cabral
por Páginas da Vida
Prêmio APCA de Melhor Atriz
por Vidas Opostas
Camila Pitanga por Paraíso Tropical

2008
Sucedida por:
Patrícia Pillar
por A Favorita
Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. O Sexo Mora ao Lado