Arlete Salles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde Agosto de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Arlete Salles
Nome completo Arlete Sales Lopes
Nascimento 17 de junho de 1942 (75 anos)
Paudalho, PE
Nacionalidade Brasileira
Ocupação Atriz
Atividade 1958-presente
Página oficial
IMDb: (inglês)

Arlete Sales Lopes, mais conhecida como Arlete Salles (Paudalho, 17 de junho de 1942), é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida no interior de Pernambuco, foi casada, entre 1958 e 1970, com o ator Lúcio Mauro, com quem tem dois filhos: Alexandre Barbalho (ator) e Gilberto Salles (cineasta). É avó de Pedro Medina (Ator) e Joana. Divorciou-se de Lúcio Mauro e, no fim da década de 70, foi casada com o ator Tony Tornado. Arlete Salles iniciou a sua carreira profissional como Instrumentadora num consultório odontológico.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou a sua carreira em 1955, aos 13 anos, como locutora na Rádio Jornal do Commercio, no Recife. Integrou a companhia teatral de Barreto Júnior, onde recebeu o prémio de atriz revelação, em 1958 pela peça A Cegonha se Diverte.[1] Em 1960 foi para os Diários Associados, trabalhando na Rádio Tamandaré e na TV Rádio Clube de Pernambuco. Em 1963, transferiu-se com Lúcio Mauro para o Rio de Janeiro, para trabalhar como atriz na TV Tupi, e passou a integrar o elenco fixo da Tupi, onde atuou nos programas A, E, I, O... Urca e Grande Teatro Tupi. Em seguida, apresentou com Lúcio, o programa humorístico I Love Lúcio. [2] tendo sido demitida quando a rede de emissoras associadas entrou em declínio.

Em seguida, foi trabalhar na Rede Globo, onde interpretou inúmeros papéis marcantes, engraçados e extravagantes, em novelas e minisséries, nomeadamente: a Laura de Selva de Pedra, Germana Steen em A Sucessora, Pepa em Cabocla, Dolores Moreira em Baila Comigo, Sílvia em Amor com Amor se Paga, Carmosina em Tieta, Kika Jordão em Lua Cheia de Amor, Delegada Francisquinha em Pedra sobre Pedra, Madame Janete em Hilda Furacão, Augusta Eugênia Proença de Assumpção em Porto dos Milagres e Ademilde Goldoni em A Lua me Disse, entre outros. Durante esses anos, atuou em diversas peças teatrais como Feira do Adultério, Roda Cor de Rosa, A Partilha, A Vida Passa, Veneza.[3]

Contudo, o seu papel de maior destaque na televisão foi como a ardente Copélia Rocha, no humorístico Toma Lá Dá Cá, uma série de sucesso exibido pela Rede Globo, entre 2007 e 2009 com um total de três temporadas. Trabalhou, também, na Rede Manchete, tendo voltado depois para a Globo.

Em 2011 Arlete voltou a atuar numa telenovela, após cinco anos de ausência, assumindo o papel da taxista Vilma Moreira Prado em Fina Estampa.[4]. Esteve em cartaz no teatro com a segunda versão da peça A Partilha de Miguel Falabella. Atualmente estava em cartaz com a peça O Que o Mordomo Viu, porém foi substituída por Marisa Orth, para a retirada de um tumor, tendo posteriormente voltado já nas últimas sessões da peça.

Em 2015, voltou às telenovelas interpretando a religiosa vilã cômica Consuelo Pimenta na novela Babilônia.[5][6]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Nota
1963 A, E, I, O... Urca Várias
1963 Grande Teatro Tupi Várias
1964 I Love Lúcio Apresentadora
1967 Sangue e Areia Mercedes
1968 A Gata de Vison Gladys
1969 A Ponte dos Suspiros Impéria
1970 Verão Vermelho Selma
Assim na Terra Como no Céu Jurema
1971 O Homem Que Deve Morrer Lia Sanches
1972 Selva de Pedra Laura Vilhena
1973 Cavalo de Aço Lenita
1974 O Rebu Lídia Braga
1975 Bravo! Myrian Serpa
1976 O Casarão Maria Helena
Duas Vidas Naná
1977 Sem Lenço, Sem Documento Das Dores (Dorzinha)
1978 A Sucessora Germana Steen
1979 Cabocla Pepa, la Sevillana
1980 Água Viva Celeste
1981 Baila Comigo Dolores Moreira
Jogo da Vida Isaura
1983 Louco Amor Isadora
1984 Amor com Amor se Paga Sílvia
1986 Memórias de um Gigolô Ester
Dona Beija Genoveva
1987 O Outro Vilma
1989 Tieta Carmosina
1990 Lua Cheia de Amor Kika Jordão (Maria Quitéria da Silva)
1992 Pedra Sobre Pedra Delegada Francisquinha
1993 Fera Ferida Margarida Weber
1995 Engraçadinha... Seus Amores e Seus Pecados Araci
Cara e Coroa Cacilda
1996 Salsa e Merengue Anabel Muñoz
1998 Hilda Furacão Madame Janete
Meu Bem Querer Tonha da Pamonha
Sai de Baixo Gigi Marcondes Episódio: "Baixaria na Alta Costura"
1999 Você Decide Madame Sussu Episódio: "Madame Sussu"
Terra Nostra Irmã Letícia Participação Especial
2000 Você Decide Episódios "A Viagem"
Episódio: "Ídolos de Barro"
Sai de Baixo Margot Fontana Episódio: "Vestida Pra Rebolar"
2001 Porto dos Milagres Augusta Eugênia Proença de Assumpção
Os Normais Nanci Episódio: "Seguir a Tradição é Normal"
2002 Sabor da Paixão Zenilda Paixão
2003 Sítio do Picapau Amarelo Hermengarda Episódio: "Rapunzel"
2004 A Diarista Nereide Fontinhas Episódio: "Emergente como a Gente"
Sob Nova Direção Dona Leda Episódio: "Disque Belinha"
2005 América Rita Episódio: "14 de março"
A Lua Me Disse Ademilde Goldoni
2006 Sob Nova Direção Dona Leda Episódio: "O Casal do Momento"
Pé na Jaca Gioconda Tamburello
2007-2009 Toma Lá, Dá Cá Copélia Rocha
2010 S.O.S. Emergência Madame Zaira Episódio: "Um Caso Cabeludo"
A Vida Alheia Vanusa Lessa Episódio: "Amor de Mãe"
2011–12 Fina Estampa Vilma Moreira Prado
2013 Louco por Elas Estela Episódio: "Mãe de Giovana vem da Itália para encontrar a filha"
A Grande Família Leandra Episódio: "Bebel e Sua Moto"
Sai de Baixo Raimunda Episódio: "O Garoto do Adeus"
2013–14 Malhação Elvira Episódios: "6 de dezembro-24 de fevereiro"
2015 Babilônia Consuelo Pimenta
Tomara que Caia Dona Olga Episódio: "Deu pra Esquecer?"
2017 Os Trapalhões Super-Mamãe Episódio: "8 de outubro"
2018 Brasil a Bordo Berna Cavalcanti

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1963 Terra Sem Deus
1972 O Grande Gozador
A Dama das Camélias
1974 O Sexo das Bonecas Gracinha
A Cartomante
1975 A Extorsão Kátia
2006 Acredite, um Espírito Baixou em Mim Yolanda
Irma Vap - O Retorno Vanda
A Ilha do Terrível Rapaterra Dona Tude
2008 A Casa da Mãe Joana Cliente
Polaróides Urbanas Lise Delamare
2013 Até que a Sorte nos Separe 2 Estela
2014 Até que a Sbórnia nos Separe Alba Delacroix

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1958 A Cegonha se Diverte
1969 Pai de Hippie Não Tem Vez
1971 O Camarada Mioussov
1973 Greta Garbo, Quem Diria, Acabou no Irajá Mary
1974 Um Amor Hippie Luciana
1976 A Mulher Integral
1976 A Feira do Adultério
1978 Roda Cor de Rosa
1981 Swing – A Troca de Casais
1983 La Ultima Noche
1985 Felisberto Café
1990–91 A Partilha Maria Lúcia
2000 A Vida Passa
2003 Todo Mundo Sabe que Todo Mundo Sabe Evangelina
2003–04 Veneza Rita
2009–10 Hairspray Velma Von Tussle
2010–11 Amores, Perdas e meus Vestidos
2012 A Partilha Maria Lúcia
2014–15 O Que o Mordomo Viu Mirta

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado Ref
1997 Troféu APCA Melhor Atriz Salsa e Merengue Venceu [7]
2002 Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Cômica Porto dos Milagres Indicado [8]
2003 Prêmio Contigo! de TV Melhor Vilã Sabor da Paixão Indicado [9]
2008 Prêmio Contigo! de Cinema Nacional Melhor Atriz Coadjuvante Polaróides Urbanas Indicado [10]
2008 Prêmio Qualidade Brasil Melhor Atriz Cômica Toma Lá, Dá Cá Indicado [11]
2009 Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Cômica Indicado [12]

Referências

  1. «Arlete Salles nasceu na cidade de Pau D'Alho, em Pernambuco». Museu da TV. Consultado em 9 de outubro de 2017 
  2. «ARLETE SALLES - TRAJETÓRIA - Memória Globo». Memoria Globo. Consultado em 9 de outubro de 2017 
  3. «Peças de teatro como Arlete Salles». Todo Teatro Carioca. Consultado em 9 de outubro de 2017 
  4. «Arlete Salles volta às novelas em "Fina Estampa"». 15 de janeiro de 2011. Consultado em 25 de janeiro de 2011 
  5. «Após superar câncer, Arlete Salles se prepara para voltar à TV em 'Babilônia'». F5 - televisão. Contigo!. 20 de novembro de 2014. Consultado em 16 de fevereiro de 2015 
  6. Ana Cora Lima (23 de maio de 2015). «"É hipócrita e canalha", diz Arlete Salles sobre Consuelo de "Babilônia"». UOL Televisão. Consultado em 24 de maio de 2015 
  7. «Folha de S.Paulo - Premiados da APCA - 24/3/1997». Folha Uol. Consultado em 9 de outubro de 2017 
  8. «4º Prêmio Contigo! - Vencedores». Contigo!. Consultado em 6 de outubro de 2011 
  9. Redação Terra (20 de maio de 2003). «Globais se reúnem em festa de gala no Rio» (htm). Terra. Consultado em 2 de outubro de 2011 
  10. «'Tropa de elite' e 'Não por acaso' lideram indicações a prêmio de cinema». Extra. Consultado em 9 de outubro de 2017 
  11. «Categoria Televisão - 2008 - Prêmio Arte Qualidade Brasil». Prêmio Arte Qualidade Brasil. Consultado em 9 de outubro de 2017 
  12. «Conheça os indicados e vencedores do Prêmio Contigo! de TV 2009». Bol. Consultado em 9 de outubro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Arlete Salles