Plano Alto (minissérie)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Plano Alto
Informação geral
Formato Série
Gênero Drama político
Duração 45 minutos
Criador(es) Marcílio Moraes[1]
País de origem  Brasil
Idioma original (português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Ivan Zettel
Câmera Multicâmera
Roteirista(s) Joaquim Assis
Aline Bargati
Elenco
Tema de abertura "Teto de Vidro", Pitty
Empresa(s) de produção RecordTV
Localização Rio de Janeiro, RJ
Exibição
Emissora de televisão original RecordTV
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 30 de setembro – 17 de outubro de 2014
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 12

Plano Alto é uma minissérie brasileira produzida e exibida pela RecordTV entre 30 de setembro a 17 de outubro de 2014. Escrita por Marcílio Moraes com a colaboração de Joaquim Assis e Aline Bargati, sob direção de Leonardo Miranda e Nádia Bambirra e direção geral de Ivan Zettel.[2][3]

Conta com Gracindo Júnior, Milhem Cortaz, Daniela Galli, Paulo Gorgulho, André Mattos, Juan Alba, Victor Fasano e Esther Góes nos papeis principais.

Produção[editar | editar código-fonte]

Preocupado com eventuais interpretações políticas do trabalho, o autor Marcílio Moraes registrou uma mensagem em seu blog pessoal, na qual afirma não ter a intenção de fazer uma denúncia, mas sim propor uma análise sobre os bastidores da política. [4][5]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Guido Flores (Gracindo Júnior) lutou contra a ditadura na década de 1970, sendo exilado e retornando ao Brasil no fim da década de 1980, onde galgou posições na política até chegar ao cargo de governador do Rio de Janeiro. No passado ele teve um caso com Dora (Jussara Freire) e um filho com ela, João Titino (Milhem Cortaz), que se tornou líder dos caras-pintadas durante o Impeachment de Fernando Collor e fez carreira na política inicialmente como maior opositor ao pai por ser tido como bastardo, mas que posteriormente se tornou aliado dele ao ser reconhecido como primogênito. Depois Guido se casou com Yolanda (Esther Góes), uma mulher infeliz por ter abdicado à carreira para se tornar primeira-dama, tendo com ela sua filha mais nova, Maria Luísa (Francisca Queiroz), que odeia política.

Candidato a presidência em primeiro lugar nas pesquisas, ele vê sua vida política ruir quando, há um mês das eleições, começam a surgir acusações de corrupção e lavagem de dinheiro em sua campanha, culminando em uma inquérito no Ministério Públicco. As acusações são trazidas ao conhecimento público pelo jornalista Carlos Alberto (Juan Alba), ironicamente genro de Guido, que decide expor os fatos para se vingar de Maria Luísa após descobrir sua traição com o deputado Geraldo (Floriano Peixoto). Guido conta com a ajuda de João e da esposa dele, Júlia (Daniela Galli) – uma ambiciosa e politicamente agressiva deputada, que adora o poder – para limpar seu nome e investigar quem está por trás das acusações, desconfiando do atual presidente, Ângelo (Paulo Gorgulho), que tenta a reeleição e está em segundo lugar nas pesquisas, e do deputado Papudo (André Mattos), líder da oposição sem nenhum escrúpulo.

Além disso, a trajetória política-social da família começa a tomar a terceira geração, quando seu neto Rico (Bernardo Falcone) se envolve manifestações de 2013 e também com Lucrécia (Carla Diaz), amiga de sua namorada Paula (Mariah Rocha), uma jornalista ambiciosa que usa do relacionamento para se aproximar dos poderosos. Nos bastidores dos jogos políticos ainda há Renata (Raquel Nunes), esposa de Papudo que acredita em Guido e investiga por conta o próprio marido na expectativa de desmascará-lo; Geraldo, deputado ambíguo que vai para o lado que bem lhe convém e se torna suspeito das acusações; e Melissa (Camila Rodrigues), a chefe de gabinete de Guido instruída por Yolanda para seduzir João e tentar descobrir se tudo não se trata de um golpe do filho.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem [7]
Gracindo Júnior Governador Guido Flores[8][9]
Milhem Cortaz Deputado João Titino Flores[10][11]
Daniela Galli Deputada Júlia Titino[12][13]
Paulo Gorgulho Presidente Ângelo Torril[14]
André Mattos Deputado Luis Siqueira (Papudo)
Juan Alba Carlos Alberto Guimarães[15]
Victor Fasano Secretário de Segurança Hernani Moreira
Esther Góes Yolanda Alcântara Flores[16]
Jussara Freire Dora Titino[17]
Floriano Peixoto Deputado Geraldo Rebolo[18][19]
Francisca Queiroz Maria Luisa Flores Guimarães[20]
Raquel Nunes Renata Siqueira[21]
Camila Rodrigues Melissa Martins
Bernardo Falcone Frederico Titino Flores (Rico)[22]
Carla Diaz Lucrécia Bezerra[23]
Mariah Rocha Paula Castro
Flávia Monteiro Enfª. Soraia Ribas
Henri Pagnoncelli Dr. Jorge Ubirajara
Giuseppe Oristanio Acácio Cunha (Traçado)
Nill Marcondes Álcio Cunha[24]
Bemvindo Sequeira Frederico Leão[25]
Raul Gazolla Delegado Santeiro
Bia Montez Investigadora Soninha
Alexandre Barillari Camargo
Sandro Rocha Aldomar[26]
Lana Rodes Arlete[27]
Janaína Ávila Adriana Rebolo
Bruno Padilha Josimar
Babi Xavier Claudia
André Ramiro Enfº. Alfredo Carvalho
Paulo Hamilton Ramos

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Robertha Portella Jornalista
Fernando Sampaio Jornalista
Jandir Ferrari Casemiro
Matheus Rocha Soares
Camilo Bevilacqua Franco

Recepção[editar | editar código-fonte]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Plano Alto estreou na Rede Record em terceiro lugar com 4,7 pontos na Grande São Paulo e perdeu para o SBT, que exibia o filme Jet Li Contra o Tempo que teve 8,2 no Cine Espetacular.[28] Na Rede Globo era exibido debates entre candidatos ao governo de São Paulo que cravou 14 pontos.[29] O segundo episódio caiu para 4,0 e também fechou atrás de Globo e SBT. O terceiro episódio caiu 30% e marcou 3,3 pontos, metade do concorrente A Praça É Nossa, que marcou 6,9.[30] O último episódio registrou 3,1 pontos na Grande São Paulo, fechando em quarto lugar, atrás da reprise do Pânico na Band que teve 3,2. No mesmo horário, o SBT marcou 7,9 e a Rede Globo cravou 12. Desde o primeiro capítulo, quando marcou 4,0 pontos, a minissérie perdeu 52% de público.[31]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Para Mauricio Stycer, "Plano Alto faz reflexão política inteligente, filmada com vastos recursos e muito cuidado, planos pouco convencionais e ótima direção de atores, Plano Alto também chama a atenção pelo roteiro complexo.[32]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloMúsica Duração
1. "A Massa"  Pitty  
2. "Comportamento Geral"  Gonzaguinha  
3. "O Que é, o Que é?"  Gonzaguinha  
4. "Pra não dizer que não falei das flores"  Charlie Brown Jr  
5. "Pra não dizer que não falei das flores"  Zé Ramalho  
6. "Teto de Vidro"  Pitty  

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicado Resultado Ref.
2014 Prêmio F5 Série ou Minissérie do Ano Plano Alto Indicado [33]
Ator do Ano (série ou minissérie) Milhem Cortaz Indicado [34]
2014 Troféu APCA Melhor obra de dramaturgia Plano Alto Indicado [35]

Referências

  1. a b Montes, Jéssica (23 de setembro de 2014). «"Foi um desafio falar a respeito da nossa situação governamental", diz autor de Plano Alto». R7 - Plano Alto. Consultado em 24 de setembro de 2014 
  2. «Sabrina Sato comenta participação em Plano Alto: "Me senti à vontade, todo mundo sabe que adoro sambar"». R7 - Plano Alto. 2 de outubro de 2014. Consultado em 2 de outubro de 2014 
  3. Kogut, Patrícia (31 de agosto de 2014). «Sabrina Sato grava 'Plano alto' em quadra de escola de samba». O Globo. Consultado em 2 de outubro de 2014 
  4. Moreira, Paulo Ricardo (30 de setembro de 2014). «'Plano Alto', nova minissérie da Record, se passa durante manifestações de 2013». O Dia. Televisão. Consultado em 30 de setembro de 2014 
  5. Britto, Thaís (30 de setembro de 2014). «Record estreia 'Plano alto', minissérie inspirada nos recentes acontecimentos políticos do país». O Globo. Revista da TV. Consultado em 30 de setembro de 2014 
  6. Marcílio Moraes. «Categoria». Consultado em 3 de outubro de 2014 
  7. Xavier, Nilson. «Plano Alto - Teledramaturgia». Teledramaturgia. Consultado em 2 de outubro de 2014 
  8. Montes, Jéssica (23 de setembro de 2014). «"Nenhum outro trabalho foi tão bem recebido", revela Gracindo Junior sobre Plano Alto». R7 - Plano Alto. Consultado em 24 de setembro de 2014 
  9. Jimenez, Keila (3 de setembro de 2014). «Neto de governador será black bloc em minissérie política da Record». Folha Online. Outro Canal. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  10. Montes, Jéssica (23 de setembro de 2014). «"João Titino é um personagem atípico na política atual", diz Milhem Cortaz sobre Plano Alto». R7 - Plano Alto. Consultado em 24 de setembro de 2014 
  11. Sousa, Jeferson de (30 de setembro de 2014). «Milhem Cortaz fala sobre "Plano Alto"». Yahoo Brasil. Tela Plena. Consultado em 30 de setembro de 2014 
  12. Jéssica Montes, Jéssica (23 de setembro de 2014). «Daniela Galli interpreta deputada Júlia em Plano Alto: "Ela tem sede de poder e não mede esforços"». R7 - Plano Alto. Consultado em 24 de setembro de 2014  |último= e |autor= redundantes (ajuda)
  13. Bittencourt, Carla (26 de agosto de 2014). «Atriz Daniela Galli será deputada ambiciosa na minissérie 'Plano alto'». Extra. Telinha. Consultado em 4 de setembro de 2014 
  14. R7 (27 de setembro de 2014). «"Minha preparação foi abrir jornais", diz Paulo Gorgulho sobre papel de presidente em Plano Alto». R7 - Plano Alto. Consultado em 29 de setembro de 2014 
  15. Montes, Jéssica (23 de setembro de 2014). «"Ele é um jornalista não muito imparcial", comenta Juan Alba sobre personagem em Plano Alto». R7 - Plano Alto. Consultado em 24 de setembro de 2014 
  16. Oliveira, Fernando (15 de julho de 2014). «Conheça o elenco completo e as descrições dos personagens de 'Plano Alto', próxima série da Record». R7. Mundo da TV. Consultado em 4 de setembro de 2014. Arquivado do original em 6 de outubro de 2014 
  17. Portal R7 (29 de setembro de 2014). «"Não enxergamos luz no fim do túnel e isso apavora", diz Jussara Freire sobre política atual». R7 - Plano Alto. Consultado em 29 de setembro de 2014 
  18. Jéssica Montes, Jéssica (23 de setembro de 2014). «Floriano Peixoto se envolve com traições em Plano Alto». R7 - Plano Alto. Consultado em 24 de setembro de 2014  |último= e |autor= redundantes (ajuda)
  19. Bittencourt, Carla (3 de julho de 2014). «Floriano Peixoto será deputado federal e líder sindical em nova minissérie da Record». Extra. Telinha. Consultado em 7 de setembro de 2014 
  20. Oliveira, Fernando (7 de junho de 2014). «Floriano Peixoto e Francisca Queiroz terão caso extraconjugal tórrido em 'Plano Alto', próxima série da Record». R7. Mundo da TV. Consultado em 7 de setembro de 2014. Arquivado do original em 10 de julho de 2014 
  21. Ferreira, Renata (1 de setembro de 2014). «Após maternidade, Raquel Nunes se prepara para voltar às telinhas em Plano Alto». R7. Entretenimento - R7 Famosos e TV. Consultado em 4 de setembro de 2014 
  22. Oliveira, Fernando de (5 de agosto de 2014). «Veja Carla Diaz e Bernardo Falcone caracterizados como black blocs para Plano Alto', nova minissérie da Record». R7. Mundo da TV. Consultado em 4 de setembro de 2014 
  23. Jéssica Montes, Jéssica (23 de setembro de 2014). «Carla Diaz será Lucrécia em Plano Alto: "É um divisor de águas na minha carreira"». R7 - Plano Alto. Consultado em 24 de setembro de 2014  |último= e |autor= redundantes (ajuda)
  24. Montes, Jéssica (23 de setembro de 2014). «Nill Marcondes será empresário em Plano Alto: "Ele é bem sucedido, mas nunca abandonou as raízes"». R7 - Plano Alto. Consultado em 24 de setembro de 2014 
  25. Kogut, Patrícia (27 de julho de 2014). «Bemvindo Siqueira será líder de ONG corrupto em série». O Globo. Consultado em 4 de setembro de 2014 
  26. Junyor, Vadho (4 de outubro de 2014). «Sucesso em 'Tropa de elite', os amigos Milhem Cortaz, Sandro Rocha, André Ramiro e André Mattos comemoram mais um trabalho político juntos». Extra. Consultado em 4 de outubro de 2014 
  27. Bittencourt, Carla (26 de julho de 2014). «Lana Rhodes será uma prostituta que participa de orgia em 'Plano alto'. Veja foto». Extra. Telinha. Consultado em 4 de setembro de 2014 
  28. «Prejudicada por A Fazenda, Plano Alto perde para o SBT na estreia». Notícias da TV. UOL. 1 de outubro de 2014. Consultado em 2 de outubro de 2014 
  29. «Corinthians rende à Globo maior audiência do ano após a Copa». Notícias da TV. UOL. 2 de outubro de 2014. Consultado em 3 de outubro de 2014 
  30. «Debate na Globo derruba Record, e A Fazenda tem pior eliminação». Notícias da TV. UOL. 3 de outubro de 2014. Consultado em 3 de outubro de 2014 
  31. «Final de Plano Alto na Record perde para reprise do Pânico na Band». Notícias da TV. UOL. 17 de outubro de 2014. Consultado em 20 de outubro de 2014 
  32. Stycer, Mauricio (1 de outubro de 2014). «"Plano Alto" faz reflexão política inteligente, mas estreia na errada». UOL. Consultado em 3 de outubro de 2014 
  33. «Prêmio F5 - Série ou Minissérie do Ano» 
  34. «Prêmio F5 - Ator do Ano (série ou minissérie)» 
  35. «'Plano Alto', da TV Record, é indicada ao prêmio de melhor obra de dramaturgia pela APCA». Portal Correio. 24 de novembro de 2014. Consultado em 21 de dezembro de 2014 


Ligações externas[editar | editar código-fonte]