Paulo Gorgulho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Paulo Gorgulho
Nascimento 5 de maio de 1959 (59 anos)
São Lourenço , MG
Ocupação Ator
Atividade 1981-presente

Paulo Gorgulho (São Lourenço, Minas Gerais, 5 de maio de 1959) é um ator brasileiro.

Ficou conhecido por atuar na novela Pantanal e no filme O Cangaceiro, ambos na década de 90, além de ter interpretado Anrão, pai de Moisés na novela Os Dez Mandamentos em 2015.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Paulo vem de uma família grande – tem 13 irmãos – e se mudou para São Paulo aos três anos. Na adolescência pensou em ser piloto e médico, mas graças às aulas de teatro amador da escola descobriu sua vocação.

Formado pela EAD (USP), surgiu na televisão na telenovela Carmem, em 1987, mas estourou mesmo como galã em Pantanal, de 1990, gigantesco sucesso da extinta Rede Manchete . Viveu José Leôncio na primeira fase da telenovela e, por pedidos do público, voltou na segunda fase, como José Lucas de Nada.

Em 1991, já na Rede Globo, fez O Dono do Mundo, de Gilberto Braga e, em 1992, Despedida de Solteiro, escrita por Walter Negrão. Em 1994 foi a vez de Fera Ferida, de Aguinaldo Silva e, um ano depois, a minissérie Decadência, de Gilberto Braga. Em 2002 participou da minissérie O Quinto dos Infernos, dirigido por Wolf Maya. Em 2007, Paulo Gorgulho fez uma participação em Caminhos do Coração, novela da Rede Record, onde interpretou Josias, o marido de Cassandra (Angelina Muniz), que desaparece no início da história.

No teatro, Gorgulho protagonizou peças como Sua Excelência, o Candidato (1990), de Marcos Caruso, e Mephisto (1993), com direção de José Wilker. Em 2001, encenou Eu Falo o que Elas Querem Ouvir, de Mário Prata, sob direção de Roberto Lage. Também atuou no espetáculo Frankenteins, de Jô Soares.

No cinema, Gorgulho estreou em Filhos e Amantes (1981), dirigido por Francisco Ramalho Jr.. A seguir fez O País dos Tenentes (1987), de João Batista de Andrade. Trabalhou também em For All - O Trampolim da Vitória (1997), de Luiz Carlos Lacerda; O Cangaceiro (1997), de Aníbal Mussaini e Uma Aventura do Zico (1999), de Antonio Carlos da Fontoura.

É casado com a professora Vânia Gnaspini com quem tem três filhos: Catarina, Guilherme e Francisco.

Em 2008, Paulo Gorgulho pôde ser visto na reprise da telenovela Pantanal, pelo SBT.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Emissora
1984 Anarquistas, Graças a Deus Hugo Rede Globo
1987 Carmem José Rede Manchete
1989 Kananga do Japão Capitão Juarez Távola
1990 Pantanal José Leôncio (jovem) / José Lucas de Nada
1991 O Dono do Mundo Otávio Rede Globo
O Farol Romão Rede Manchete
1992 Despedida de Solteiro Pedro da Vinci Rede Globo
1993 Retrato de Mulher Edu (Episódio: "Era Uma Vez Helô")
Fera Ferida Ataliba Timbó
Você Decide Vários Personagens
1995 Explode Coração Lima Júnior
Decadência Detetive Etevaldo Morsa
1996 Quem É Você? Gabriel Resende (Álvaro)
1997 Zazá Victor
1999 Malhação Rubem Almeida
2002 Coração de Estudante Caio
O Quinto dos Infernos Juvêncio
2003 Agora É que São Elas Joaquim Galvão
2005 Essas Mulheres Manoel Lemos RecordTV
2006 Bicho do Mato Alfredo Camargo Redenção
2007 Caminhos do Coração Josias Martinelli (Participação)
2009 Poder Paralelo José Santana (Participação)
2010 História de Ester Hamã
2011 Ribeirão do Tempo Presidente da República (Elenco de Apoio)
2014 Milagres de Jesus Dror
Plano Alto Ângelo Torril
Conselho Tutelar Carvalho Brito
2015 Os Dez Mandamentos Anrão
2017 O Rico e Lázaro Abraão
A Vida Secreta dos Casais Edgar Eleno Andreazza HBO
Belaventura Bartolion RecordTV
2018 Apocalipse Moisés
Jesus Rei Herodes, O Grande[1]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1981 Filhos e Amantes
1987 O País dos Tenentes Integralista
1990 O Quinto Macaco
Césio 137 - O Pesadelo de Goiânia Wagner Mota
1991 Vai Trabalhar, Vagabundo II
1993 Vagas para Moças de Fino Trato
1997 For All - O Trampolim da Vitória João Marreco
O Cangaceiro Capitão Galdino
1998 Uma Aventura do Zico Edílson
2000 A Segunda Chance
2003 Viva Voz Policial
2016 Os Dez Mandamentos: O Filme Anrão
2017 O Matador (The Killer) Tenente Sobral

Musica[editar | editar código-fonte]

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências