Célia Biar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Célia Biar
Nome completo Célia Raphaella Martins Biar
Nascimento 10 de março de 1918
São Paulo
Nacionalidade brasileira
Morte 6 de novembro de 1999 (81 anos)
São Paulo
Ocupação atriz, apresentadora
IMDb: (inglês)

Célia Raphaella Martins Biar (São Paulo, 10 de março de 1918 — São Paulo, 6 de novembro de 1999) foi uma atriz e apresentadora brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em 10 de março de 1918, Célia Biar era filha da modista Beatriz Biar e foi integrada ainda muito jovem no Grupo de Teatro Experimental, dirigido por Alfredo Mesquita. Sua primeira montagem no grupo foi a peça Pif-Paf, de Abílio Pereira de Almeida, em 1947. Em 1949, profissionalizou-se no Teatro Brasileiro de Comédia, onde teve participação ativa nas comédias sofisticadas.[1]

Teve rápidas participações na Companhia Brasileira de Comédia , no Pequeno Teatro de Comédia e na Companhia Nydia Lícia. Aos poucos, Biar tornou-se uma atriz característica da alta comédia.[1]

Fez filmes de relativo sucesso, estreando em 1950 com o filme Caiçara.

Célia estreou na televisão na década de 60 como apresentadora de variados programas, dentre eles Sempre Mulher , Oh,Que delícia de Show, Quem é quem? e Sessão das Dez, este último produzido e exibido pela recém-inaugurada Rede Globo e dirigido por Walter Clark. O programa exibia filmes apresentados por Célia, que aparecia sempre com uma longa piteira na mão e um gato angorá no colo — o famoso Zé Roberto.[2]

Em 1970, Célia estreou como atriz de televisão na TV Globo, única emissora para qual trabalhou. Interpretou personagens sofisticados e chiques que caíram no gosto do público.

Célia Biar adorava fumar. Não se casou e nem teve filhos, falecendo em 1999, de câncer no pulmão, aos 81 anos.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão (como apresentadora)[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1965 Sempre Mulher Ela Mesma
Sessão das Dez Ela Mesma
1966 Quem é quem? Ela Mesma
1967 Oh,Que delícia de Show Ela Mesma

Televisão (como atriz)[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
1970 Pigmalião 70 Mirtes Catalão
A Próxima Atração Dulce
1971 Minha Doce Namorada Tia Miquita
1972 O Primeiro Amor Olga
Bicho do Mato Alzira
1973 Carinhoso Hermínia Vasconcelos
1974 Corrida do Ouro Gilda Diniz Steiner
1975 A Moreninha Dona Violante Miranda
1976 Estúpido Cupido Adelaide
1977 Locomotivas Sílvia Almeida
1978 Te Contei? Laura
A Sucessora Filomena Steen
1979 Plantão de Polícia Olívia
1980 Marina Rita
1981 Viva o Gordo Vários Personagens
1982 Final Feliz Jandira
1987 Brega & Chique Francine Alvaray
Sassaricando Kiki
1990 Gente Fina Eulália
1992 Deus nos Acuda Fraçoise
1994 Quatro por Quatro Amiga de Isadora Participação Especial
1995 Você Decide (episódio: Milionário Por Engano)
1996 Você Decide (episódio:Molambo de Gente)
1997 A Justiceira Dra. Jacqueline
1998 Você Decide (episódio:A Primeira Vez de Carlinhos)
Torre de Babel Terezinha Romano
1999 Suave Veneno Freira Participação Especial

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1950 Caiçara Amiga no Orfanato
1951 Terra É Sempre Terra
1953 Uma Pulga na balança
1954 É Proibido Beijar
Floradas na Serra
1962 As Sete Evas Mãe[4]
1966 As Cariocas
1967 Garota de Ipanema
O Mundo Alegre de Helô[5] Marilu
1968 Una rosa per tutti Nilse
1973 O Descarte Renata [6]
1974 O Marido Virgem Tia Dadá

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 1947 - Pif-Paf
  • 1948 - A Noite de 16 de Janeiro
  • 1948 - Dois Destinos
  • 1949 - Arsênico & Alfazema
  • 1949 - Luz e Gás
  • 1949 - Nick Bar - Álcool, Brinquedos e Ambições
  • 1950 - O Mentiroso
  • 1950 - Os Filhos de Eduardo
  • 1950 - Do Mundo Nada se Leva
  • 1950 - Lembranças de Bertha
  • 1951 - O Cavaleiro da Lua
  • 1951 - Harvey
  • 1951 - Convite ao Baile
  • 1951 - Seis Personagens à Procura de um Autor
  • 1952 - Inimigos Íntimos
  • 1952 - Relações Internacionais
  • 1953 - Divórcio para Três
  • 1953 - Treze à Mesa
  • 1954 - Se Eu Quisesse
  • 1954 - Uma Mulher do Outro Mundo
  • 1955 - Santa Marta Fabril S.A.
  • 1955 - A Folha de Parreira
  • 1955 - O Sedutor
  • 1956 - A Casa de Chá do Luar de Agosto
  • 1956 - Gata em Teto de Zinco Quente
  • 1957 - Adorável Júlia
  • 1957 - Leonor de Mendonça
  • 1959 - Píc-Nic
  • 1961 - Um Elefante no Caos
  • 1961 - Quarto de Despejo
  • 1962 - Terceira Pessoa do Singular
  • 1964 - Apartamento Indiscreto
  • 1966 - A Sinistra Comédia
  • 1967 - Oh, Que Delícia de Guerra!
  • 1974 - Dr. Knock
  • 1979 - Teu Nome É Mulher

Referências

  1. a b «Enciclopédia Itaú Cultural - Célia Biar». Itaú Cultural. Consultado em 27 de abril de 2013. 
  2. «Sessão das Dez - Célia Biar». Patrícia Kogut - Nostalgia: O Globo. Consultado em 27 de abril de 2013. 
  3. «Atriz Célia Biar morre aos 81 anos em SP». Diário do Grande ABC. Consultado em 27 de abril de 2013. 
  4. «As Sete Evas». Cinemateca Brasileira. Consultado em 23 de janeiro de 2017. 
  5. «O Mundo Alegre de Helô». Cinemateca Brasileira. Consultado em 27 de abril de 2013. 
  6. «O Descarte». Cinemateca Brasileira. Consultado em 23 de janeiro de 2017. 
Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.