A Moreninha (1975)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"A Moreninha"
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 45 minutos
Criador(es) Marcos Rey
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Herval Rossano
Elenco Nívea Maria
Mário Cardoso
Eduardo Tornaghi
Marco Nanini
Roberto Bolant
e grande elenco
Tema de abertura Waltel Branco e sua orquestra
Exibição
Transmissão original 20 de outubro de 1975 - 2 de fevereiro de 1976
N.º de episódios 79
Cronologia
Último
Senhora
Vejo a Lua no Céu
Próximo

"A Moreninha" foi uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo, baseada no romance homônimo de Joaquim Manuel de Macedo, com 79 capítulos, tendo sido exibida originalmente de 20 de outubro de 1975 a 5 de fevereiro de 1976, substituindo Senhora e sendo substituída por Vejo a Lua no Céu.[1] Foi a "novela das seis" exibida pela emissora.

Escrita por Marcos Rey e dirigida por Herval Rossano, foi um dos maiores sucessos da dupla Herval Rossano e Nívea Maria, casal na vida real e que dominou a teledramaturgia do horário das 18 horas da televisão brasileira à época.

Foi a segunda novela das seis horas da Rede Globo produzida em cores (a primeira foi "Senhora"). A novela trazia, ainda, trechos de outra obra do autor Joaquim Manuel de Macedo, "Memórias da Rua do Ouvidor".

Elenco

Produção

  • A novela foi baseada na obra A Moreninha, mas também tinha semelhanças com Memórias da Rua do Ouvidor, também de Joaquim Manuel de Macedo.[2]
  • Originalmente a história se passa em 1844. Porém na novela, graças à adaptação livre, a história se passa entre 1866 e 1868 [3]
  • Teve locações na Ilha de Paquetá, que se tornou conhecida graças à novela.[4]

Reapresentações

Foi reapresentada pela primeira vez entre 23 de agosto e 10 de dezembro de 1976, às 13h30.

Foi reapresentada novamente, agora em Vale a Pena Ver de Novo, entre 04 de outubro e 31 de dezembro de 1986, substituindo As Três Marias e sendo substituída por Plumas e Paetês, em 65 capítulos.

Trilha sonora

  1. "Landa" - Ormy Toledo
  2. "Sonho" - Waltel Branco
  3. "A Moreninha" - Waltel Branco (tema de abertura)
  4. "Sem Ti, A Vida é Nada" - João Melo
  5. "Romanza" - Waltel Branco
  6. "Rumpi" - Waltel Branco

Ver também

Referências

  1. «A Moreninha». Teledramaturgia. Consultado em 14 de dezembro de 2015. 
  2. «A Moreninha - Bastidores». Teledramaturgia. Consultado em 14 de dezembro de 2015. 
  3. «A Moreninha - Bastidores». Teledramaturgia. Consultado em 14 de dezembro de 2015. 
  4. «A Moreninha - Bastidores». Teledramaturgia. Consultado em 14 de dezembro de 2015. 
Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.