As Três Marias (telenovela)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
As Três Marias
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 50 minutos Aproximado
Criador(es) Walther Negrão[1]
Wilson Rocha[1]
Baseado em As Três Marias de Rachel de Queiroz
País de origem  Brasil
Idioma original (Português)
Produção
Diretor(es) Herval Rossano[1]
Elenco Glória Pires
Maitê Proença
Nádia Lippi
Mauro Mendonça
Kadu Moliterno
Edwin Luisi
Cláudio Corrêa e Castro
Jacqueline Laurence
e elenco
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Transmissão original 10 de novembro de 1980 - 16 de maio de 1981
N.º de episódios 156[1]
Cronologia
Marina
Ciranda de Pedra

As Três Marias é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo, no horário das 18 horas, entre 10 de novembro de 1980 e 16 de maio de 1981, em 156 capítulos , substituindo Marina e sendo substituída por Ciranda de Pedra. Foi a 21ª "novela das seis" exibida pela emissora.

Escrita por Wilson Rocha, que foi substituído por Walther Negrão ainda no primeiro mês , baseado em romance homônimo de Rachel de Queiroz e dirigida por Herval Rossano.[1][1]

Contou com Glória Pires, Maitê Proença, Nádia Lippi, Marco Nanini, Edney Giovenazzi, Kadu Moliterno, João Paulo Adour, Edwin Luisi e Jacqueline Laurence nos papéis principais.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Relata a história de três jovens, conhecidas como as "Três Marias", amigas desde os tempos de colégio na Suíça. O reencontro das três põe a prova essa amizade quando elas se envolvem com os problemas umas das outras. Paralelamente, corre a investigação sobre a morte misteriosa de Teresa, outra amiga de colégio das três jovens.[2]

Produção[editar | editar código-fonte]

No romance original, as protagonistas estudavam no Brasil. Já nesta versão elas estudavam na Suiça, sendo esse um dos pontos que distanciou a novela da grande realidade brasileira.

O autor Wilson Rocha teve desentendimentos com o diretor Herval Rossano e pediu pra deixar a novela. Walther Negrão o substituiu[3].

A primeira missão de Walther Negrão foi de mudar os rumos da história, que não tinha ainda chamado a atenção do público. Ele então transformou o romance em drama policial, matando os personagens Teresa (Kátia D'Angelo), Antônio (Denis Derkian) e Macedo (Roberto de Cleto) e deixando a identidade do assassino em segredo, revelando-a só no último capítulo[4].

Elenco[editar | editar código-fonte]

Glória Pires interpretou "Jô".
Maitê Proença interpretou "Glória".
José de Abreu interpretou "Leonel".
Marco Nanini interpretou "Aluísio".
Ator Personagem
Glória Pires Maria José ()
Nádia Lippi Maria Augusta (Guta)
Maitê Proença Maria da Glória (Glorinha)
Com
Ator Personagem
Kadu Moliterno Lucas
Marco Nanini Aluísio
Edney Giovenazzi Raul Torreão
Edwin Luisi Davi
João Paulo Adour Afonso
Kátia D'Angelo Teresa
Mauro Mendonça Conrado
Glauce Graieb Aurinívea
Elizabeth Hartmann Lourdes
José Augusto Branco Ramiro
Elizabeth Gasper Dona Júlia
Patrícia Bueno Fernanda
Reinaldo Gonzaga Augusto
Ana Ariel Dona Luísa
Roberto de Cleto Macedo
Carlos Kroeber Olímpio
Ana Lúcia Torre Norma
Joyce de Oliveira Ruth
Dênis Derkian Antônio
Érica Kupper Cecília (Ciça)
José de Abreu Leonel
Clarisse Derziê Jandira
Ivan de Almeida Marcelo
Edson Silva Genésio
Heloísa Raso Violeta
Mônica Torres Ester
Antônio Carlos Pires Dr. Jorge Guimarães
Lícia Magna Lucila
Jorge Cherques Delegado Damasceno
Felipe Donavan Rui
Darcy de Souza Dona Carmela
Participação especial
Ator Personagem
Cláudio Corrêa e Castro Jonas
e
Jacqueline Laurence como Alzira

Reprise[editar | editar código-fonte]

Foi reexibida pelo Vale a Pena Ver de Novo de 9 de agosto a 1 de outubro de 1982, substituindo Marron Glacê e sendo substituída por A Moreninha, em 40 capítulos.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

  1. "Meninas do Brasil" - Moraes Moreira[5]
  2. "Cicatrizes" - Joanna[5]
  3. "Rua Ramalhete" - Tavito[5]
  4. "Bons Ventos" - João Nogueira[5]
  5. "Coração" - Glória Pires[5]
  6. "Canção de Verão" - Roupa Nova[5]
  7. "Eu e a Brisa" - Baby Consuelo[5]
  8. "Três Marias" - Olívia Hime[5]
  9. "Two Kites" - Tom Jobim[5]
  10. "All Of Me" - Miúcha[5]
  11. "Sexto Sentido" - Fafá de Belém[5]
  12. "Tanto Que Aprendi de Amor" - Fátima Guedes[5]
  13. "Fonte da Saudade" - Kleiton & Kledir[5]
  14. "Caso de Amor" - Terezinha de Jesus[5]

Referências

  1. a b c d e f «As Três Marias - Ficha técnica». Memória Globo. Consultado em 28 de novembro de 2013. 
  2. «As Três Marias - Trama principal». Memória Globo. Consultado em 28 de novembro de 2013. 
  3. «Wilson Rocha, 83 anos. Redator de clássicos da TV brasileira». O Globo. 26 de maio de 2014. Consultado em 9 de dezembro de 2017. 
  4. «As Três Marias, uma trama policial». Junior de Castro. 1 de outubro de 2017. Consultado em 9 de dezembro de 2017. 
  5. a b c d e f g h i j k l m n «As Três Marias - Trilha sonora». Memória Globo. Consultado em 28 de novembro de 2013.