Orlando Drummond

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde setembro de 2011). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Orlando Drummond
Nome completo Orlando Drummond Cardoso
Nascimento 18 de outubro de 1919 (98 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade  Brasil
Ocupação Ator
Dublador
Comediante
Radialista
Atividade 1942-presente
Cônjuge Glória Drummond (1951-presente)

Orlando Drummond Cardoso (Rio de Janeiro, 18 de outubro de 1919[1]) é um ator, dublador, comediante e radialista brasileiro.

Orlando é célebre pelo personagem Seu Peru da Escolinha do Professor Raimundo[2] bem como por dublar os personagens Scooby Doo, Alf (em Alf: O ETeimoso), Popeye, Vovô Cão e Dr. Urso Marrom (Peppa Pig) e Vingador (em Caverna do Dragão), entre outros.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Orlando iniciou sua carreira no ano de 1942 como contrarregra e com auxílio de Paulo Gracindo começou a atuar como dublador, após o mesmo perceber o potencial de Orlando para tal.[3] Posteriormente, atuou em alguns filmes como Rei do Movimento (1954) e Angu de Caroço (1955) até chegar à carreira de dublador, a qual exerce desde o fim dos anos 50. Interrompeu o trabalho como dublador em junho de 2015 após sofrer um acidente.[4]

Ganhou notoriedade pelo personagem Seu Peru da Escolinha do Professor Raimundo, criado em 1952 para a versão do programa ainda no rádio. Em novelas, sua primeira participação ocorreu em Caça Talentos, interpretando Zaratustra de 1996 a 1998. Atuou no programa Zorra Total entre 1999 e 2013, interpretando diversos personagens, entre eles o Seu Peru; apareceu ainda no Vídeo Show em fevereiro de 2015.[5]

Entrou para o Livro Guinness dos Recordes por dublar Scooby Doo por mais de 35 anos.[6] Entretanto, na série Scooby Doo - Mistério S/A, Orlando dublou Scooby apenas na 1ª temporada por causa de uma exigência da Warner, sendo substituído então por Reginaldo Primo.[7]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Orlando é casado desde 1951 com Glória Drummond, com quem possui[8] 2 filhos, 5 netos – dos quais 3 (Felipe, Alexandre e Eduardo)[9] são também dubladores – e 2 bisnetos.[10]

Dublagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Aos 95 anos, Orlando Drummond celebra seus 75 anos de carreira
  2. «EU ESTOU RINDO, MAS POR DENTRO ESTOU CHORANDO", DIZ SCOOBY-DOO. .». Portal G1. 20 de Dezembro de 2006 
  3. «Dia do Dublador: As vozes por trás dos grandes personagens». MSN Entretenimento. 29 de junho de 2010. Consultado em 19 de maio de 2012 
  4. «Aos 96 anos e fora da TV, Seu Peru aprova Caruso: Já tenho substituto - Últimas Notícias - UOL TV e Famosos». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 25 de novembro de 2015 
  5. «Aos 96 anos e fora da TV, Seu Peru aprova Caruso: Já tenho substituto - Últimas Notícias - UOL TV e Famosos». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 25 de novembro de 2015 
  6. a b c d e f g h «Orlando Drummond fala sobre a arte da dublagem e como criou as vozes de Popeye e Scooby Doo». Revista da cultura. Dezembro de 2011. Consultado em 19 de maio de 2012 
  7. «Mudaram as vozes do Scooby-Doo». Consultado em 26 de Março de 2013 
  8. «Orlando Drummond, o Seu Peru da 'Escolinha', completa 95 anos e festeja a carreira como dublador e humorista». Extra. 18 de outubro de 2014. Consultado em 18 de outubro de 2014 
  9. «Dia do Dublador: As vozes por trás dos grandes personagens». MSN Entretenimento. 29 de junho de 2010. Consultado em 16 de maio de 2012 
  10. «Orlando Drummond dá exemplo de humor e longevidade aos 97 anos». g1.globo.com. 6 de dezembro de 2016. Consultado em 1 de dezembro de 2017