Rocky III

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rocky III
Rocky iii poster.jpg
Pôster Promocional
 Estados Unidos
1982 •  cor •  100 min 
Direção Sylvester Stallone
Produção Robert Chartoff
Irvin Winkler
Roteiro Sylvester Stallone
Elenco Sylvester Stallone
Talia Shire
Burt Young
Carl Weathers
Burgess Meredith
Tony Burton
Hulk Hogan
Mr. T
Gênero Ação
Drama
Esporte
Música Bill Conti
Cinematografia Bill Butler
Edição Mark Warner
Don Zimmerman
Companhia(s) produtora(s) United Artists
Distribuição Metro-Goldwyn-Mayer
Lançamento Estados Unidos 28 de Maio de 1982
Brasil 13 de Agosto de 1982
Portugal 2 de Setembro de 1982
Idioma Inglês
Receita US$ 270 milhões
Cronologia
Rocky II (1979)
Rocky IV (1985)
Página no IMDb (em inglês)

Rocky III é um filme americano de drama esportivo de 1982 escrito, dirigido, e estrelado por Sylvester Stallone.[1] É a terceira parte da série de filmes Rocky, e a segunda na franquia a ser dirigida por Stallone.

O filme é co-estrelado por Carl Weathers, Burgess Meredith, Talia Shire, Burt Young e Tony Burton retomando seus papéis dos filmes anteriores. Rocky III também marca o filme estreia de Mr. T como James "Clubber" Lang, e do lutador profissional Hulk Hogan como o personagem de apoio "Thunderlips".

Rocky III é a primeira parte da série a ser distribuída pela MGM/UA em vez ser apenas pela United Artists. Em 1980, a United Artists, que possuía os direitos dos filmes Rocky, fez O Portal do Paraíso, um filme que custou 44 milhões de dólares e ganhou apenas 3 milhões. Em resposta, a dona da United Artists, a Transamerica, vendeu a United Artists para a MGM, formando MGM/UA em 1981.

O tema principal do filme, "Eye of the Tiger", escrito pelo grupo Survivor tornou-se um único sucesso, superando as tabelas do Billboard dos EUA e recebendo uma indicação ao Óscar de Melhor Canção Original.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Após se sagrar campeão dos pesos pesados vencendo Apollo Creed, e defender seu título por dez vezes, Rocky Balboa (Stallone) decide largar sua carreira de pugilista, até ser desafiado e insultado por Clubber Lang (Mr. T), que era o primeiro do ranking e estava ansioso para enfrentar o campeão Rocky Balboa. No dia da luta, durante uma discussão entre Rocky e Clubber, o treinador Mickey sofre um ataque do coração e faz com que Rocky fique abalado e assim sofre uma derrota humilhante para o feroz desafiante Clubber Lang. Depois da luta, Mickey morre e Rocky cai em profunda depressão. Porém, Apollo Creed, seu antigo rival, ao compadecer-se de Rocky e tomar certa antipatia por Clubber Lang, oferece-se para ajudar Rocky e o convence a treinar para juntos retomarem o título de campeão mundial.

No filme Rocky III o Protagonista participa de uma luta beneficente contra Thunderlips (Hulk Hogan). Já no ring, Rocky ao ver Thunderlips chegando pergunta se o estão carregando, devido a sua altura e porte. Ao ser perguntado quem faria uma luta beneficente contra aquele lutador ele responde: Bob Hope faria "Bob Hope do".

O filme foi indicado ao Oscar na categoria de melhor canção do ano com a música Eye of the tiger.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Em preparação para o filme, Stallone afirma ter reduzido a porcentagem de gordura corporal. Ele afirmou que ele comeu apenas dez claras e um pedaço de torrada por dia, tendo uma fruta a cada três dias. Seu treinamento consistiu em uma jogada de duas milhas pela manhã, seguido de duas horas de treinamento com pesos, uma soneca durante a tarde, seguida de 18 rodadas de sparring, outra seção de musculação e terminando o dia com um mergulho.[2]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Rocky III foi um enorme sucesso na bilheteria e ultrapassou a de seu antecessor.[3] O filme arrecadou US$ 16.015.408 em seu fim de semana de abertura e ganhou US$ 125.049.125 durante sua corrida teatral norte-americana,[4] tornando-se o quarto filme de maior bilheteria de 1982;[5] os ganhos mundiais em bilheteria totalizam cerca de 270 milhões de dólares.[6]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Rocky III recebeu uma recepção geralmente positiva dos críticos. O filme detém uma classificação de 63% no site de revisão agregada Rotten Tomatoes, com uma média de 5,5 / 10. O consenso do filme diz: "Está visivelmente sujeito à lei de retornos decrescentes, mas o Rocky III ainda tem um espetáculo bastante musculoso para ficar no ringue com as melhores entradas da franquia".[7]

Referências

  1. «Rocky III». TCM database (em inglês). Turner Classic Movies. Consultado em 28 de Fevereiro de 2016 
  2. Muscle & Fitness, Sept, 2004 by Michael Berg
  3. «Box Office History for Rocky Movies». The Numbers. Nash Information Services. Consultado em 3 de Janeiro de 2012 
  4. «Box Office Information for Rocky III». Box Office Mojo. Consultado em 11 de Junho de 2010 
  5. «1982 Domestic Grosses». Box Office Mojo. Consultado em 11 de Junho de 2010 
  6. Scott, Vernon (12 de Novembro de 1982). «Stallone found new life in new film». The Bulletin. Bend, Oregon. Consultado em 4 de Julho de 2012 
  7. «Rocky III Movie Reviews, Pictures». Rotten Tomatoes. Consultado em 11 de Junho de 2010 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]