Hulk Hogan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde julho de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Hulk Hogan
Hogan em 2005.
Nome completo Terry Gene Bollea
Nascimento 11 de agosto de 1953 (62 anos)
Estados Unidos Augusta, Geórgia
Residência Tampa, Flórida
Beverly Hills, Califórnia
Cônjuge Linda Claridge (c. 1983–2007)
Jennifer McDaniel (c. 2010)
Filho(s) Brooke Ellen Bollea
(n. 5 de maio de 1988)
Nicholas Allan Bollea
(n. 27 de julho de 1990)
Alma mater Hillsborough Community College
Ocupação Lutador profissional
Ator
Personalidade televisiva
Empreendedor
Músico
Período de atividade 1976 (músico)
1977–presente (lutador)
1982–presente (ator)
Carreira na luta profissional
Nome(s)
no ringue
Hollywood Hulk Hogan[1]
Hollywood Hogan[2]
Hulk Hogan
Mr. America
Sterling Golden
Terry Boulder[1]
The Super Destroyer
Hulk Machine
Altura
anunciada
6 ft 7 in 2 01 m[3]
Peso
anunciado
302 lb (137 kg)[3]
Anunciado
de
Venice Beach, Califórnia[3]
(como Hulk Hogan)
Washington, D.C.
(como Mr. America)[4]
Hollywood, Califórnia
(como Hollywood Hogan)
Estreia 1977[1]

Terry Gene Bollea[1] [5] [6] (Augusta, 11 de agosto de 1953), mais conhecido pelo seu nome no ringue Hulk Hogan, é um lutador de luta livre profissional, ator, apresentador de televisão, empresário e músico americano.

Hogan alcançou popularidade nacional em 1980 e 1990 como o personagem Hulk Hogan na World Wrestling Federation (WWF, agora WWE) e como "Hollywood" Hulk Hogan, sendo o líder do grupo vilanesco New World Order (nWo) na World Championship Wrestling (WCW). Ele encabeçou diversos pay-per-views em ambas as organizações, fechando em várias vezes os mais importantes eventos da WWF e WCW – WrestleMania e Starrcade, respectivamente. Ele foi introduzido no Hall da Fama da WWE em 2005. Hogan ainda trabalhou para a Total Nonstop Action Wrestling (TNA) entre 2009 até 2013, onde ele era o gerente geral.[7] A IGN descreveu Hogan como "a estrela de luta livre profissional mais reconhecida mundialmente e o lutador mais popular dos anos 80".[8]

Hulk Hogan foi 12 vezes campeão mundial, tendo conquistado seis vezes o WWF/E (World Heavyweight) Championship e outras seis vezes o WCW World Heavyweight Championship. Ele tem o terceiro reinado combinado mais longo como campeão da WWF (após Bruno Sammartino e Bob Backlund), o campeão com mais longo reinado da década de 1980, detendo dois recordes de maiores de maiores reinados da história, tendo ocupado o título da WWF por 1.474 dias de 1984 a 1988 (o quarto reinado mais longo de todos os tempos) e de 364 dias entre 1989 e 1990 (o nono mais longo reinado). Ele também foi quem mais tempo permaneceu consecutivamente com o WCW World Heavyweight Championship, com um reinado 469 dias entre 1994 e 1995. Hogan ganhou o Royal Rumble em 1990 e 1991, tornando-se o primeiro lutador a vencer duas consecutivas dessa luta.

Dados gerais[editar | editar código-fonte]

Um dos mais carismáticos lutadores de todos os tempos, Hulk Hogan é um dos homens que ajudou a transformar o mundo da luta-livre profissional de uma brincadeira com fantasias em um dos bastiões do entretenimento norte americano. Seu nome é Terry Bollea, mas o mundo o conhece como "Hulk Hogan", um dos maiores de todos os tempos. A luta livre estava presente na América do Norte por décadas, mas foi com o crescimento de Hogan que a popularidade do desporto excedeu todos os padrões anteriores. Hogan chamava as atenções não só por seus bíceps de 24 polegadas, mas por encorajar seus "pequenos Hulksters" a "Treinar, orar, tomar vitaminas e acreditar em si mesmo".

A enorme forma física de Hogan e sua personalidade o levaram além do mundo da luta livre até aparições pessoais, endossos, ações de caridade e mais recentemente à shows na TV e filmes. Hogan é considerado uma das figuras mais conhecidas do mundo. A "Hulkamania" gerou uma série de desenhos animados bem como pôsteres, camisetas e um incontável número de produtos. Uma comparação da luta livre americana antes de sua chegada ao alcance nacional e o que ela se tornou após sua ascensão ao estrelato revela um crescimento em popularidade sem paralelo em qualquer outro desporto. O impacto de Hulk na luta livre lembra o impacto de Michael Jordan no basquete; mas enquanto Jordan revolucionou seu desporto por puro talento, a influência de Hogan se deve quase que totalmente por sua personalidade e sua habilidade de animar o público. Ele era uma figura imponente no ringue e tinha pouco além disso para mostrar. Quem conhece luta livre diria que Hogan e suas técnicas são praticamente inexistentes. Não importava que Hulk Hogan não se aperfeiçoou na luta livre e sim que pelo outro lado Hulk Hogan fez a luta livre o que ela é hoje. Vince McMahon pode ter tornado sua federação nacional, mas sua busca pelo domínio global não teria sucesso sem uma estrela que pudesse vender ingressos, encabeçar pay-per-views, e trazer o desporto à grande mídia. Se não houvesse um Hulk Hogan, há uma grande dúvida se a luta livre teria alcançado a popularidade que desfruta hoje!

Era um super-herói vivo, um exemplo no qual sua mensagem de "treino, orações, vitaminas" era também popular entre seus pais. Hulk Hogan se tornou o maior herói de seu desporto. Quando ele chocou o mundo da luta livre em 1996 no Bash at the Beach ao se tornar um vilão, ele instantaneamente se tornou o maior vilão após se tornar o maior herói, o que ajudou a impulsionar a audiência da WCW. Tudo o que ele fez parecia transcender a realidade. Ele se tornou parte da cultura americana.

Como o lutador mais dominante, um dos maiores feitos de Hogan aconteceu em 1987 quando ele executou um slam e venceu Andre the Giant, com 2,24m e 260 kg(sendo a unica pessoa da companhia a conseguir erguer Andre do chão), perante o recorde mundial de público do WrestleMania III. Este ainda é o recorde de público em lugar fechado, ultrapassando recordes anteriores do Papa e dos Rolling Stones.

História[editar | editar código-fonte]

Início de carreira[editar | editar código-fonte]

Hulk Hogan no SummerSlam 2005

Hulk Hogan desde pequeno excedeu um pouco os padrões comuns, pesando 4,734 quilos à nascença. Quando era criança, assistiu às suas primeiras lutas de wrestling com o seu pai, Pete, no Tampa Armony pouco depois de a sua família se ter mudado para a Flórida.

A sua história de sucesso começou em 1967 num ginásio em Tampa, onde ele começou a praticar musculação. Depois de ter estudado gestão e música na University of South Florida, Hogan começou a treinar como lutador de wrestling em 1976. Sua primeira luta ocorreu em 1977 na Championship Wrestling from Florida, tendo passagens pela Continental Wrestling Association.

WWF[editar | editar código-fonte]

Hulk Hogan no TNA 2013

Durante seu auge nos anos 1980 na World Wrestling Federation como o principal herói "Hulk Hogan," Terry Bollea se tornou o mais conhecido e lucrativo lutador da história dos negócios.

WCW[editar | editar código-fonte]

Após perder popularidade, um escândalo de esteróides, "aposentadorias" e ações judiciais prejudicarem sua força nos anos 1990, ele assinou com a rival da WWF, a World Championship Wrestling.

Ele depois se tornou vilão em Julho de 1996, re-energizando e redefinindo sua carreira como o ambicioso e manipulador Hollywood Hogan como parte da nWo.

Retorno à WWE[editar | editar código-fonte]

Após a WCW terminar no início de 2001, Hogan retornou à WWE, a companhia que o fez uma mega-estrela, em Fevereiro de 2002.

Durante sua longa carreira, ele apareceu e estrelou em vários filmes e shows de TV e agora faz aparições ocasionais na World Wrestling Entertainment e agencia a carreira musical de sua filha Brooke Hogan.

Hogan é oficialmente reconhecido como 14 vezes campeão mundial pesos-pesados, desde que seus dois títulos na American Wrestling Association [AWA] foram validados em Abril de 2005. Seus fãs leais são conhecidos por "Hulkamaniacs". Hulk Hogan foi também o porta-voz do jogo Legends of Wrestling.

A última luta que teve até hoje foi no Summerslam 2006, contra Randy Orton, que o desafiara querendo o incluir em sua lista de "Lendas Mortas". Mas Hogan saiu vitorioso, provando que mesmo estando velho, ainda tem a força de um "deus do wrestling".

TNA[editar | editar código-fonte]

Hogan assinou com a empresa TNA. Hulk Hogan teve uma luta contra Sting , no Bound for Glory no dia 16/10/2011 , pelo controle da companhia da TNA. Hogan saiu da TNA em outubro de 2013.

Retorno a WWE (2014–2015)[editar | editar código-fonte]

Hogan no Raw em abril de 2014.

Em 21 de fevereiro de 2014, a WWE anunciou por meio de seu site oficial que Hogan havia voltado para a companhia e serviria com anfitrião do WrestleMania XXX.[9] Ele fez sua aparição no Raw (show em que não aparecia desde 2007), para promover o WWE Network na edição de 24 de fevereiro.[10] Na edição de 10 de março do Raw, Hogan anunciou uma Battle royal em memória de Andre the Giant na WrestleMania XXX, (comemorando 30 anos de WrestleMania e homenagiando o legado de Andre) e o vencedor ganharia um troféu de Andre the Giant.[11] Na edição do Raw em 24 de março, Hogan introduziu os convidados especiais Arnold Schwarzenegger e Joe Manganiello para promover o filme Sabotage, jogando The Miz para fora do ringue após o mesmo interferir no segmento.[12]

No WrestleMania XXX, Hogan serviu como o anfitrião, começando o show com um discurso. Durante o discurso, ele erroneamente referiu-se ao Superdome, o local onde o evento estava sendo realizado com o Silverdome, que se tornou o assunto de piadas durante toda a noite. Hogan foi mais tarde se juntou a The Rock e Steve Austin, e eles terminaram o segmento bebendo cerveja juntos no ringue. Mais tarde no show, Hogan compartilhou um momento com Mr. T, Paul Orndorff e Roddy Piper, cujo participaram juntos do evento principal do primeiro WrestleMania.[13] [14]

Durante um podcast com Chris Jericho em janeiro 2015, Hogan indicou que, em 1990, na sequência do WrestleMania VI ele perguntou a Vince McMahon se ele poderia se transformar em um vilão. Hogan disse que sentia que sua personagem estava envelhecida e os adeptos estavam começando a vaiar. Ele deu a ideia de uma personagem chamada Hollywood Hogan, que ele usaria anos depois, na WCW, no entanto McMahon recusou. Hogan também afirmou que ele nunca quis estar em um grupo vilanesco como a New World Order (nWo), mas ser um vilão individual. Ele também disse que queria mais uma luta e mencionou Rusev como um possível adversário e que ele queria ser parte da equipe de John Cena no Survivor Series de 2014.[15]

Hogan (centro) com Kevin Nash (esquerda) e Scott Hall (direita) como membros da New World Order no WrestleMania 31, em 2015.

Foi anunciado pela WWE em 11 de janeiro de 2015 que Hogan iria empossar seu amigo de longa data e rival, Randy Savage na classe de 2015 do Hall da Fama da WWE em 28 de março.[16] Durante o inicio de 2015, Hogan afirmou que ele disse a Vince MacMahon que queria um último combate no WrestleMania 32 e que queria disputar pela última vez um título na WWE.[17] [18]

Em 27 de fevereiro de 2015, Hogan foi homenageado no Madison Square Garden durante um evento da WWE ao vivo apelidado de "Hulk Hogan Appreciation Night" com uma bandeira comemorativa especial pendurado nas vigas, honrando a sua carreira na luta livre profissional e lutas históricas que ele teve na arena.[19] A bandeira era apenas uma parte do show e não permaneceu na arena depois.[20]

No episódio de 23 de março de 2015 do Raw, Hulk Hogan, juntamente com Snoop Dogg confrontou Curtis Axel - que na época usava "emprestada" a personagem "Hulkamania" de Hogan, com Axel referindo-se a si mesmo como "AxelMania". Axel acabou sendo expulso do ringue pelos dois.[21] Em 28 de março, na noite antes do WrestleMania 31, Hogan introduziu Randy Savage no Hall da Fama da WWE.[22] Na noite seguinte, no WrestleMania 31 , Hogan se reuniu com Scott Hall e Kevin Nash para reformar a nWo e ajudar Sting em sua luta contra Triple H, que se foi acompanhado por seus amigos da D-Generation X. Sting perdeu, mas ele e Triple H apertaram as mãos após o confronto acabar.[23]

Há oito anos, usei linguagem ofensiva durante uma conversa. Foi inaceitável ter usado as ofensas, não há desculpas para isso e eu peço perdão pelo ocorrido. Isso não é quem eu sou.

—Resposta de Hagan a revista People sobre a revelação de seus comentários anteriores.[24] [25]

Em junho de 2015, Hogan tornou-se um dos juízes da sexta temporada do Tough Enough, ao lado de Paige e Daniel Bryan.[26]

Em 24 de julho de 2015 a WWE rescindiu o contrato de Hogan, afirmando que eles são "comprometidos em abraçar e celebrar indivíduos de todas origens".[27] [24] Um dia antes, a WWE removeu praticamente todas as referências a Hogan de seu site, incluindo sua posição como um juiz do Tough Enough, sua mercadoria no WWE Shop e seu perfil.[24] [28] [29] O advogado de Hogan disse que ele havia se demitido A denúncia coincidiu com o lançamento de uma investigação pelo National Enquirer e Radar Online de comentários racistas feitos por Hogan em uma fita de sexo vazada.[30] [31]

Na luta livre profissional[editar | editar código-fonte]

Hogan aplicando seu movimento característico running leg drop em Mr. McMahon no WrestleMania XIX
Hogan enfrentando Ric Flair.
Hogan aplicando um body slam em Flair da corda mais alta.
Hogan fazendo a pose de "escutar" o público, um de seus gestos característicos.
  • Alcunhas
    • "The Fabulous"
    • "The Incredible"
    • "The Hulkster"[1]
    • "The Immortal"[1]
    • "Hollywood"[1]
    • "The Unstoppable Force"[37]

Títulos e prémios[editar | editar código-fonte]

  • Professional Wrestling Hall of Fame and Museum
    • Classe de 2003
  • Southeastern Championship Wrestling
    • NWA Southeastern Heavyweight Championship (divisão do norte) (1 vez)[1]
    • NWA Southeastern Heavyweight Championship (divisão do sul) (2 vezes)

1 O último reinado de Hogan foi como campeão indiscutível da WWF. O título foi rebatizado para Undisputed WWE Championship em 6 de maio de 2002, depois da World Wrestling Federation Entertainment perder um processo legal para a World Wide Fund for Nature pelo direito do usado da sigla "WWF", e tornou-se simplesmente World Wrestling Entertainment.

Referências[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s Hulk Hogan's Profile Online World of Wrestling. Visitado em 2007-12-10.
  2. a b Patrick Jones. "Hulk Hogan", St. James Encyclopedia of Pop Culture. Página visitada em 2007-10-25.
  3. a b c d Hulk Hogan bio WWE. Visitado em July 24, 2015. Cópia arquivada em July 17, 2015.
  4. Judgment Day 2003 [DVD]. WWE Home Video.
  5. $40,000 a month not enough for Hogan's wife UPI.com (November 23, 2008). Visitado em 2009-06-26.
  6. Hulk Hogan Divorce Papers (PDF) TMZ.com. Visitado em 2007-12-10.
  7. Hulk Hogan Joins TNA Wrestling! Total Nonstop Action Wrestling (October 27, 2009). Visitado em 2009-10-27. Cópia arquivada em October 29, 2009.
  8. Top 50 Wrestlers of All Time ign.com. Visitado em 2014-04-10.
  9. Breaking news: Hulk Hogan returns to WWE! WWE (2014-02-21). Visitado em 2014-02-21.
  10. CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 2/24: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - Chamber PPV fall-out, Hogan's return, Taker's return, stage set for WM30, more Pro Wrestling Torch (2014-02-24). Visitado em 2014-02-25.
  11. |url=http://topropeprowrestling.com/wwe-video-hulk-hogan-announces-andre-giant-memorial-wm30%7Ctitle=Hogan announces Battle Royal in Memory of Andre The Giant
  12. http://www.wwe.com/shows/raw/2014-03-24/arnold-schwarzenegger-and-joe-manganiello-join-hulk-hogan-in-the-ring-photos
  13. Caldwell, James. WRESTLEMANIA 30 PPV RESULTS (Hour 1): Complete "virtual-time" coverage of Bryan vs. Hunter, Hogan & Austin & Rock open PPV Pro Wrestling Torch. Visitado em 10 de abril de 2014.
  14. Caldwell, James. WRESTLEMANIA 30 PPV RESULTS (Hour 4): Complete "virtual-time" coverage of WWE Title main event, Divas Title Pro Wrestling Torch. Visitado em 10 de abril de 2014.
  15. WWE News: Hulk Hogan Talks Death Of The Ultimate Warrior, Reveals He Wanted To Turn Heel After WrestleMania 6 The Inquisitr News. Visitado em 18 July 2015.
  16. Credo, Steve (13 de janeiro de 2015). Randy 'Macho Man' Savage's brother on Hall of Fame induction: 'Randy loved the fans' (em inglês) Fox News. Visitado em 25 de julho de 2015.
  17. > News about Silicon Valley Companies, Technology Innovations, and Other Cool Stuff – Tech Times techtimes.com. Visitado em 18 July 2015.
  18. WWE: Hulk Hogan Wants One Last Title Run — Should He Get It? The Inquisitr News. Visitado em 18 July 2015.
  19. Nick Paglino (27 February 2015). PHOTOS: MSG Honors Hulk Hogan with "Hulkamania" Banner Wrestlezone. Visitado em 18 July 2015.
  20. UPDATE ON HULK HOGAN'S BANNER AT MADISON SQUARE GARDEN - PWInsider.com pwinsider.com. Visitado em 18 July 2015.
  21. Caldwell, James (23 de março de 2015). CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 3/23: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - Sting opens Raw, Lesnar-Reigns ends Raw, Bryan vs. Ziggler, final WM31 hype, more (em inglês). Visitado em 26 de março de 2015.
  22. Caldwell, James (28 de março de 2015). WWE HALL OF FAME REPORT 3/28: Complete "virtual-time" coverage of 2015 Ceremony - Randy Savage inducted, Nash, Zbyszko, Schwarzenegger, Flair, Michaels, more (em inglês) PW Torch. Visitado em 6 de julho de 2015.
  23. Caldwell, James (29 de março de 2015). CALDWELL'S WM31 PPV RESULTS 3/29: Ongoing "virtual-time" coverage of WWE World Title match, Taker's return, Sting vs. Triple H, Cena vs. Rusev, more big matches (em inglês) PW Torch. Visitado em 29 de março de 2015.
  24. a b c Astro do WWE, Hulk Hogan é demitido após caso de racismo Terra (24 de julho de 2015). Visitado em 25 de julho de 2015.
  25. Hulk Hogan Apologizes for 'Unacceptable' Racist Rant as He Is Scrubbed from WWE Hall of Fame People. Visitado em 25 July 2015.
  26. Hulk Hogan, Chris Jericho, Paige and Daniel Bryan headline new season of WWE Tough Enough (7 May 2015). Visitado em 7 May 2015.
  27. WWE has terminated its contract with Terry Bollea (aka Hulk Hogan) WWE. Visitado em 24 July 2015.
  28. Hulk Hogan removed from all-things WWE, including Tough Enough, plus Hogan posts cryptic tweet. Visitado em 24 July 2015.
  29. Montag, Ali. "WWE splits with Hulk Hogan amid reported comments", CNBC.com, July 24, 2015.
  30. Matt Bonesteel (24 July 2015). WWE terminates Hulk Hogan’s contract, erases him from Web site (updated) Washington Post. Visitado em 24 July 2015.
  31. Hulk Hogan Racist Scandal — Pro Wrestling Icon Caught On Tape Saying N-Word In Bigoted Rant About Daughter Brooke's Dating - Radar Online Radar Online. Visitado em 24 July 2015.
  32. Finishing Moves List Other Arena. Visitado em 2009-08-28.
  33. a b Mega Powers profile Online World of Wrestling. Visitado em 2009-09-04.
  34. a b c d e (17 de novembro de 1979 (8 de outubro de 2013)). Hulk Hogan's WWE Debut (mídia digital). YouTube: WWE. (em inglês) Acessado em 25 de julho de 2015. Evento ocorre em todo o vídeo.
  35. Just for Kicks: WWE’s top 10 kicks WWE (2014-01-03). Visitado em 2014-01-05.
  36. Jimmy Hart profile Online World of Wrestling. Visitado em 2009-09-04.
  37. WWE Top 24 Matches WWE. Visitado em 2011-11-02.
  38. McNichol, Rob (2012-01-26). 1/26 TNA results Nottingham, U.K.: Hogan & Sting in main event, Joe vs. Crimson, Styles vs. Ray Pro Wrestling Torch. Visitado em 2012-01-26.
  39. a b c d Entrance themes.
  40. WWE Anthology at Allmusic.
  41. The History of Rock & Pop Vol. 1.
  42. WCW Mayhem: The Music at Allmusic.
  43. Immortal Theme Total Nonstop Action Wrestling. Visitado em 2011-05-12.
  44. The 1st International Wrestling Grand Prix Championship Tournament Wrestling-Titles.com. Visitado em 2007-10-21.
  45. Pro Wrestling Illustrated Award Winners Inspirational Wrestler of the Year Wrestling Information Archive. Visitado em 2008-07-27.
  46. Pro Wrestling Illustrated Top 500–1991 Wrestling Information Archive. Visitado em 2009-03-14.
  47. Pro Wrestling Illustrated's Top 500 Wrestlers of the PWI Years Wrestling Information Archive. Visitado em 2009-03-14.
  48. a b Pro Wrestling Illustrated's Top 100 Tag Teams of the PWI Years Wrestling Information Archive. Visitado em 2009-03-26.
  49. The Great Hisa's Puroresu Dojo: Puroresu Awards: 1990s. Puroresu.com. Retrieved on May 8, 2011.
  50. The Great Hisa's Puroresu Dojo: Puroresu Awards: 1980s. Puroresu.com. Retrieved on May 8, 2011.
  51. History of the WCW World Championship WWE.com. Visitado em 2007-10-21.
  52. World Tag Team Championship official title history WWE. Visitado em 2007-10-21.
  53. History of the WWE World Heavyweight Championship WWE. Visitado em 2007-10-21.
  54. Past Rumble Winners WWE. Visitado em 2007-10-21. Cópia arquivada em October 20, 2007.
  55. Hulk Hogan Statement on Racist Rant : People.com PEOPLE.com. Visitado em 25 July 2015.
  56. Milner, John. Hulk Hogan SLAM! Wrestling. Visitado em 2009-02-05.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hulk Hogan