Randy Orton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Randy Orton
Randy Orton May 2014.jpg
Orton em maio de 2014.
Informações pessoais
Nome completo Randal Keith Orton[1]
Nascimento 1 de abril de 1980 (37 anos)
Knoxville, Tennessee
Residência St. Charles, Missouri[2]
Cônjuge(s) Samantha Speno (c. 2007; div. 2013)
Kimberly Marie Kessler (c. 2015)
Filho(s) 1
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Randy Orton
Altura
anunciada
1,96 m (6 ft 5 in)[3]
Peso
anunciado
250 lb (113 kg)[3]
Anunciado
de
St. Louis, Missouri[3]
Treinado
por
Bob Orton Jr.
Mid Missouri Wrestling Alliance
Ohio Valley Wrestling[4]
South Broadway Athletic Club[4]
Estreia 18 de março de 2000[5]

Randal Keith "Randy" Orton[6] (Knoxville, 1 de abril de 1980)[7][8] é um lutador profissional e ator americano, que atualmente trabalha para a WWE no programa SmackDown. Ele foi por 13 vezes campeão mundial, tendo conquistado o Campeonato da WWE nove vezes e o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados em quatro ocasiões; Ele também foi o último campeão da WWE, antes do título ser unificado ao Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados, criando assim o atual Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE.[9]

Orton faz parte da terceira geração de uma família de lutadores: seu avô Bob Orton, Sr., seu pai "Cowboy" Bob Orton e seu tio Barry Orton eram lutadores profissionais.[7][10] Antes de se juntar ao plantel principal da WWE, Orton treinou e lutou na Mid-Missouri Wrestling Association-Southern Illinois Conference Wrestling por um mês. Ele foi mandado para a Ohio Valley Wrestling (OVW), onde foi Campeão Hardcore por duas vezes.[11]

Após assinar com a WWF, Orton se tornou membro do grupo Evolution, ganhando rapidamente o Campeonato Intercontinental da WWE, seu primeiro título na companhia.[12] Ele adquiriu a alcunha de "The Legend Killer" ("O Matador de Lendas") durante uma história onde desrespeitava membros do Hall da Fama, atacando veteranos da indústria.[3] Aos 24 anos de idade, Orton se tornou o mais jovem campeão Mundial dos Pesos-Pesados.[13] Com essa vitória, Orton deixou a Evolution e começou uma rivalidade com seus antigos parceiros de grupo. Em 2006, Orton se juntou com Edge em uma dupla conhecida como Rated-RKO. Juntos, eles venceram o Campeonato Mundial de Duplas da WWE.[14]

Após o Rated-RKO se separar em meados de 2007, Orton ganhou duas vezes o Campeonato da WWE em uma mesma noite.[15] Ele formou o grupo The Legacy com Cody Rhodes e Ted DiBiase em 2008. Depois da dissolução em 2010, Orton voltou as competições individuais. Em 2013, ele integrou a The Authority, que nomeou ele como o "rosto da WWE". No total, Orton ganhou 14 títulos na WWE. Ele também foi o vencedor dos Royal Rumbles de 2009 e 2017, e do Money in the Bank do Raw em 2013.[16][17]

Vida[editar | editar código-fonte]

Orton nasceu em 1° de abril de 1980, em St. Louis, Missouri.[7][8] Filho de Elaine e "Cowboy" Bob Orton,[18] ele teve dois irmãos mais novos: Becky e Nathan.[19] Sabendo das dificuldades de uma carreira no wrestling profissional, os pais de Orton tentaram convencê-lo a ficar longe do negócio,[7] com seu pai lhe alertando que uma vida no ringue significava ficar longe da família.[3] Orton estudou na Hazelwood Central High School, onde foi um lutador amador.[3][7] Após se formar em 1998,[20] Orton se alistou ao Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos. Na base, ele foi dispensado por má conduta após desobedecer por duas vezes ordens superiores.[21] Julgado pela corte marcial, Orton foi preso por 38 dias.[18]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Treinamento[editar | editar código-fonte]

Orton se estreou no wrestling em 2000, na Mid-Missouri Wrestling Association-Southern Illinois Conference Wrestling (MMWA-SICW) em St. Louis, Missouri.[5] Lá, ele foi treinado pela promoção e por seu pai, "Cowboy" Bob Orton.[18] Ele lutou na MMWA-SICW por um mês,[22] onde enfrentou lutadores como Ace Strange e Mark Bland.[5][22] Orton trabalhou como árbitro de algumas lutas na World Organized Wrestling, promoção onde trabalhava seu tio, Barry Orton.[4]

Em 2001, Orton foi contratado pela World Wrestling Entertainment (WWE), sendo mandado para o território de desenvolvimento, Ohio Valley Wrestling (OVW) em Louisville,Kentucky, continuando seu treinamento. Na OVW, Orton enfrentou Rico Constantino e The Prototype, formando uma dupla com Bobby Eaton em um torneio pelo título de duplas. Ele ganhou o OVW Hardcore Championship em duas ocasiões, ao derrotar Mr. Black em 14 de fevereiro de 2001, e Flash Flanagan em 5 de maio do mesmo ano.[11]

World Wrestling Federation / Entertainment (WWE) (2002—presente)[editar | editar código-fonte]

Evolution (2002—2005)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Evolution (luta profissional)

Uma das primeiras aparições oficiais de Orton na WWF aconteceu em 16 de março de 1999, na convenção de fãs do WrestleMania X8, onde foi derrotado por Tommy Dreamer. A primeira aparição televisionada de Orton na WWF foi em uma luta contra Hardcore Holly no SmackDown! de 25 de abril 2002.[23] Logo depois, Orton se tornou um mocinho, sendo colocado em uma série de lutas contra Holly.[24][25][26][27] Em setembro de 2002, Orton foi transferido para o Raw, onde foi derrotado por Stevie Richards em sua estreia.[28][29] Semanas após sua estreia no Raw, Orton sofreu uma lesão no ombro,[30] tendo que ficar longe dos ringues por meses.[31][32] Enquanto se recuperava, Orton continuava a aparecer no Raw em um segmento chamado Randy News Network, onde falava de sua lesão e recuperação.[31][33] O segmento interrompia outros segmentos do Raw, o que causou a transformação do personagem de Orton para um vilão narcisista.[34]

Após se recuperar da lesão, Orton se juntou ao grupo Evolution, que consistia também de Ric Flair, Triple H e Dave Batista. No Armageddon de 2003, todos os títulos masculinos da companhia foram capturados por membros do grupo.[35] Em 2003, Orton ajudou Triple H a manter seu World Heavyweight Championship.[36][37][38] Orton se uniu a Triple H em uma luta Elimination Chamber pelo World Heavyweight Championship no SummerSlam, sendo eliminado por Goldberg.[39]

Orton como o mais jovem Campeão Mundial dos Pesos-Pesados na história da WWE.

Mais tarde, Orton se autoproclamou "The Legend Killer" ("O Assassino de Lendas"). Ele começou diversas rivalidades com lutadores "legendários", mostrando seu desrespeito por eles. Com a ajuda de Flair, ele derrotou Shawn Michaels no Unforgiven.[40] Orton cuspiu no rosto de Harley Race no Raw de 26 de abril de 2004.[41][42]

Durante essa época, Orton começou a usar o movimento RKO.[43] Orton derrotou Rob Van Dam pelo WWE Intercontinental Championship no Armageddon em 14 de dezembro de 2003.[44] Com essa vitória, Orton começou o mais longo reinado com o título em sete anos, que durou sete meses.[45]

Orton continuou a se solidificar como "Legend Killer" durante 2004, desafiando o lutador semi-aposentado Mick Foley. Orton derrotou Foley e manteve seu título.[46] Dois meses depois, no Bad Blood, ele novamente defendeu seu Intercontinental Championship, contra Shelton Benjamin.

Em julho, no Vengeance, Edge derrotou Orton pelo Intercontinental Championship.[47] Após perder o título, Orton se tornou desafiante pelo World Heavyweight Championship após ganhar uma Battle Royal de 20 lutadores em 26 de julho.[48] No SummerSlam, Orton derrotou Chris Benoit pelo título, se tornando o mais jovem Campeão Mundial dos Pesos-Pesados da história, com 24 anos.[49][50]

Na noite seguinte, Orton defendeu seu título contra Benoit. Após a luta, Evolution anunciou que não estava feliz com a vitória de Orton, com Batista e Flair lhe atacando. Triple H ordenou que Orton lhe entregasse o título, mas Orton se recusou, cuspindo em seu rosto e lhe atacando com o cinturão.[51][52] Orton se tornou novamente um mocinho, começando uma rivalidade com seu antigo grupo.[52][53] Um mês depois, Orton perdeu o título para Triple H no Unforgiven.[54] Orton passou a surpreender os membros da Evolution, lhes atacando em ocasiões adversas.[55] No Taboo Tuesday, Orton derrotou Ric Flair em uma luta Steel Cage. Após isso, Orton se tornou Gerente Geral do Raw por uma noite, após uma estipulação de sua luta no Survivor Series, onde eliminou Triple H de uma luta 4-contra-4.[56] Ele continuou sua rivalidade com Triple H, usando sua posição de autoridade para forçá-lo a defender o título.[57] Orton teve uma nova luta pelo título em janeiro de 2005, mas perdeu uma Elimination Chamber para Triple H no New Year's Revolution.[58] No Raw de 10 de janeiro, Orton derrotou Batista para poder enfrentar Triple no Royal Rumble pelo World Heavyweight title.[59] No Royal Rumble, Triple H derrotou Orton.[60]

Lutas individuais (2005—2006)[editar | editar código-fonte]

Orton começou um relacionamento amoroso com Stacy Keibler, na qual a mesma acabou traindo Orton com Christian em fevereiro de 2005.[61] No Raw de 28 de fevereiro, "Superstar" Billy Graham aconselhou Orton a "ir aonde ele nunca fora".[62] Orton produziu uma cópia da revista SmackDown!, que tinha The Undertaker na capa.[63] Ele decidiu, então, desafiar Undertaker por seu recorde de vitórias no WrestleMania.[64] Durante março de 2005, Orton provocou Undertaker, dizendo não temê-lo. No Raw de 21 de março, Orton se tornou novamente um vilão, aplicando um RKO em Keibler.[65] Durante segmentos, Orton imediatamente fugiria ao avistar qualquer sinal de Undertaker (trovão, escuridão ou fumaça).[66] Orton aplicou um RKO em Jake Roberts quando este lhe avisou para tomar cuidado com Undertaker.[67] Com distrações de seu pai, "Cowboy" Bob Orton, Randy conseguiu atacar Undertaker nas semanas anteriores ao WrestleMania. No WrestleMania 21, Orton foi derrotado.[60]

Orton em um evento da WWE em 2005

No Raw da noite seguinte, Orton enfrentou Batista, que havia se tornado Campeão Mundial dos Pesos-Pesados. Orton afirmou que sua luta com Undertaker havia agravado sua lesão no ombro.[68][69] Enquanto se recuperando, Orton apareceu no Raw e afirmou que não poderia participar da WWE Draft Lottery. Ele foi informado pelo presidente da WWE Vince McMahon que ele era um candidato ao Draft sim, criando a possibilidade de um retorno ao SmackDown!.[70] Orton retornou ao SmackDown! em 16 de junho, anunciando que ele foi o segundo transferido do Draft de 2005.[71] Ele recomeçou sua rivalidade com Undertaker, o derrotando no SummerSlam após distração de seu pai.[72] Dois meses depois, Orton e seu pai Bob Orton derrotaram The Undertaker em uma luta Casket 2-contra-1.[73] No mês seguinte, Orton fez parte do Time SmackDown contra o Time Raw no Survivor Series. Ele foi o último participante da luta, eliminando Shawn Michaels para ganhar a vitória para seu time.[74] No evento, The Undertaker retornou,[75] saindo de um caixão em chamas.[74] A rivalidade acabou em uma luta Hell in a Cell no Armageddon, onde The Undertaker ofereceu sua aposentadoria caso perdesse.[76] Em 16 de dezembro, The Undertaker foi atacado Orton e um de seus druidas, Bob Orton disfarçado.[77] The Undertaker derrotou os Ortons na Hell in a Cell, acabando a longa rivalidade.[78]

Orton em sua pose característica.

Após o Armageddon, Orton participou do 2006 Royal Rumble como o 30° e último lutador, mas foi eliminado por Rey Mysterio.[78] Mysterio ganhou a luta e o direito por uma luta por um título mundial no WrestleMania, e Orton o desafiou pelo direito no No Way Out.[79] Nas semanas anteriores ao No Way Out, Orton fez comentários sobre o falecido Eddie Guerrero, amigo pessoal de Rey.[80][81][82][83] Orton ganhou no No Way Out, ganhando uma luta pelo World Heavyweight Championship no WrestleMania 22.[84] Theodore Long recolocou Mysterio na luta, entre Orton, Mysterio e o campeão Kurt Angle.[85] No WrestleMania, Mysterio ganhou a luta.[86]

Em 4 de abril de 2006, Orton foi suspenso por 60 dias por "conduta antiprofissional".[87] Em uma entrevista, Orton afirmou que sua conduta era a de um campeão.[88] Para esconder a suspensão, foi inventado que Orton havia lesionado seu tornozelo durante uma luta com Kurt Angle.[89] Em julho, Orton afirmou que sua suspensão aconteceu por ele ter conduta impropria.[90] Orton retornou em junho, no Raw,[91][92] onde começou uma rivalidade com Angle, o que culminou com lutas no One Night Stand e Vengeance antes de Orton começar uma rivalidade com Hulk Hogan. Orton começou a insultar Hogan e flertar com sua filha, Brooke.[93][94] Os dois se enfrentaram no SummerSlam, em uma luta vencida por Hogan.[95]

Rated-RKO e Era de Orton (2006—2008)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Rated-RKO

Após a reformada D-Generation X (DX) (Triple H e Shawn Michaels) custar a Edge o WWE Championship diversas vezes, Edge propôs a Orton uma parceria contra a DX. Orton, cujo reinado como campeão foi encerrado por Triple H em 2004, aceitou a proposta, formando o time Rated-RKO. Os dois derrotaram DX e dominaram a divisão de duplas do Raw, tornando-se Campeões Mundiais de Duplas.[96][97] Rated-RKO atacou Ric Flair com cadeiras de aço para enfurecer DX em 27 de novembro.[98] No New Year's Revolution, Rated-RKO defendeu o título de duplas contra DX, mas a luta acabou sem vencedor após Triple H se lesionar.[99]

Edge e Orton como Rated-RKO

Com Triple H lesionado, Rated-RKO continuou sua rivalidade com Shawn Michaels, que se aliou a John Cena para derrotar Rated-RKO pelos títulos em 29 de janeiro.[100] Orton e Edge foram derrotados por Michaels e Cena diversas vezes nos meses seguintes. Edge e Orton se tornaram rivais na busca pelo WWE Championship. Os dois foram derrotados por Cena no Backlash.[101] Orton continuou seu personagem de "Assassino de Lendas", atacando Shawn Michaels. Orton derrotou Michaels no Judgment Day. Michaels desmaiou durante a luta, com o árbitro dando a vitória a Orton.[102] Orton começou rivalidades com Rob Van Dam,[103] Ric Flair,[104] Dusty Rhodes,[105] e Sgt. Slaughter.[106]

No Raw de 23 de julho, Orton foi nomeado desafiante pelo WWE Championship de Cena no SummerSlam.[105] Semanas antes da luta, Orton atacou Cena em três ocasiões diferentes, lhe aplicando RKOs.[105][107][108] No SummerSlam, Orton foi derrotado por Cena.[109] No Raw da noite seguinte, Orton exigiu uma revanche, mas teve seu pedido negado pelo Gerente Geral William Regal. Orton levou seu pedido a Mr. McMahon, que também se recusou a dar a luta a Orton. Na mesma noite, Orton interferiu em uma luta de Cena e atacou seu pai, que estava na platéia.[110] Orton recebeu uma revanche contra Cena no Unforgiven, vencendo por desqualificação, após Cena se recusar a parar de socá-lo no córner;[111] no entanto, Cena manteve seu título pelas regras.[111] No No Mercy, Orton ganhou o título após Cena se lesionar.[112] Orton perdeu o título para Triple H na primeira luta do evento, fazendo desse reinado o quarto mais curto da história da WWE.[113] Mais tarde naquela noite, Orton derrotou Triple H em uma luta Last Man Standing para reconquistar o título.[114]

Após o No Mercy, Orton continuou sua rivalidade com Shawn Michaels, que retornara no Raw de 8 de outubro, aplicando um Sweet Chin Music em Orton.[115] Os dois se enfrentaram em uma luta pelo título no Cyber Sunday, com Michaels sendo votado em uma enquete entre ele, Jeff Hardy e Mr. Kennedy.[116][117] Orton foi desqualificado após um golpe baixo, retendo o título.[117] Em uma revanche,[118] Orton defendeu seu título no Survivor Series, derrotando Michaels.[119][120]

Após semanas de desentendimentos, Orton derrotou Jeff Hardy em uma luta pelo título no Royal Rumble.[121] Ele recomeçou sua rivalidade com Cena após ele retornar de uma lesão e ganhar a luta Royal Rumble de 2008.[121] Ao invés de usar sua luta pelo título no WrestleMania XXIV, Cena decidiu enfrentar Orton pelo título no No Way Out.[122] Orton foi derrotado após se desqualificar propositadamente, mantendo o título.[123] No WrestleMania, Orton derrotou Cena e Triple H para manter o WWE Championship.[124] No Backlash, Orton perdeu o título para Triple H, em um luta que também envolvia Cena e John "Bradshaw" Layfield.[125] Após perder uma revanche no Judgment Day,[126] Orton enfrentou Triple H em outra luta Last Man Standing no One Night Stand, sendo derrotado após quebrar a clavícula durante o combate.[127]

The Legacy (2008—2010)[editar | editar código-fonte]

Orton após ganhar a luta Royal Rumble de 2009

Antes de retornar, Orton se lesionou novamente em um acidente de moto. Ele retornou ao Raw no início de setembro, criticando todos os campeões do programa. Cody Rhodes e Ted DiBiase decidiram, então, ganhar o respeito de Orton.[128] No Unforgiven, os dois, com Manu, atacaram o Campeão Mundial dos Pesos-Pesados CM Punk, lhe custando o título.[129] No Raw de 3 de novembro, Orton foi derrotado por Punk após uma interferência de DiBiase.[130] Em retaliação, Orton atacou DiBiase.[130] Em 1° de dezembro, Orton propôs uma aliança entre ele, Rhodes e Manu.[131][132] Na semana seguinte, eles derrotaram Batista e Triple H em uma luta 3-contra-2, chamando-se The Legacy.[133] Em 25 de janeiro de 2009, Orton ganhou a luta Royal Rumble de 2009 ao eliminar, por último, Triple H.[16] No Raw de 2 de março, Orton desafiou Triple H por uma luta pelo WWE Championship no WrestleMania XXV,[134] onde Orton foi derrotado.[135] Orton, no entanto, ganhou o título no Backlash em uma luta de trio com Cody Rhodes e Ted DiBiase, enfrentando Triple H, Batista e Shane McMahon, com a estipulação de que se o time de Orton vencesse, ele ganharia o título.[136] No Extreme Rules, ele perdeu o título para Batista em uma luta Steel Cage.[137] No Raw seguinte, Orton e Legacy atacaram Batista, na história, quebrando seu braço.[138] Em 15 de junho, no Raw, Orton reconquistou o título em uma luta que também envolvia Triple H, John Cena e The Big Show.[139] Orton foi derrotado por Cena em uma luta "I Quit" no Breaking Point, perdendo o título,[140] mas o reconquistando em uma luta Hell in a Cell no evento Hell in a Cell em outubro.[141] No Bragging Rights, Orton foi derrotado por Cena e perdeu o título em uma luta Iron Man.[142]


No Raw de 11 de janeiro de 2010, Orton ganhou uma luta, com a ajuda de Rhodes e DiBiase, para desafiar Sheamus pelo WWE Championship no Royal Rumble.[143] No Royal Rumble, Orton foi desqualificado após interferência de Rhodes. Após a luta, Orton atacou Rhodes e DiBiase.[144] Em uma revanche no Raw de 15 de fevereiro, Orton foi novamente desqualificado após interferência do Legacy.[145] Orton e DiBiase participaram de uma Elimination Chamber pelo WWE Championship no evento Elimination Chamber, e DiBiase eliminou Orton do combate após acertá-lo com um cano entregue por Rhodes.[146] Na noite seguinte, Orton atacou Rhodes e DiBiase.[147] No WrestleMania XXVI, Orton derrotou Rhodes e DiBiase, se tornando um mocinho.[148]

Reinados como campeão mundial, várias rivalidades e lesões (2010—2013)[editar | editar código-fonte]

Orton posando em um evento da WWE.

Após abandonar o Legacy, Orton enfrentou Jack Swagger pelo World Heavyweight Championship no Extreme Rules, mas acabou por perder.[149] Durante o Draft de 2010, Orton foi atacado por Edge em uma luta que decidiria o desafiante pelo WWE Championship.[150] Ele enfrentou Edge no Over the Limit, mas se lesionou durante a luta, que acabou em dupla contagem.[151] No Fatal 4-Way ele competiu em uma luta pelo WWE Championship contra John Cena, Sheamus e Edge, mas não venceu.[152] No Raw de 19 de julho, Orton derrotou Edge e Chris Jericho para ganhar uma luta pelo título de Sheamus no SummerSlam.[153] Orton ganhou a luta por desqualificação, não conquistando o título.[154] Orton derrotou John Cena, Chris Jericho, Wade Barrett, Edge e Sheamus para ganhar o WWE Championship no Night of Champions, em uma luta de eliminação.[155]

Após defender o título contra Sheamus no Hell in a Cell,[156] Orton começou uma rivalidade com Wade Barrett, que tentou usar Cena para tomar o título de Orton. Após defender seu título contra Barrett no Bragging Rights e no Survivor Series,[157][158] Orton derrotou Barrett novamente no Raw de 22 de novembro, perdendo o título imediatamente para The Miz, que usou seu contrato Money in the Bank.[159] Orton não conseguiu reconquistar o título numa Tables match contra The Miz no TLC: Tables, Ladders & Chairs[160] e novamente no Royal Rumble em janeiro de 2011, após interferência do New Nexus, começando uma rivalidade com o líder do grupo, CM Punk.[161] No Elimination Chamber, Orton participou da luta Elimination Chamber do Raw, sendo derrotado.[162] Nas semanas seguintes, Orton atacaria os membros do New Nexus, Michael McGillicutty, David Otunga e Mason Ryan.[163][164][165] No WrestleMania XXVII, Orton derrotou CM Punk.[166] No Raw de 11 de abril, McGillicutty, Otunga e Ryan retornaram e custaram a Orton uma luta que lhe daria direito a uma luta pelo WWE Championship.[167] Duas semanas depois, no Draft de 2011, Orton foi transferido para o SmackDown, e derrotou Punk no Extreme Rules.[168]

Orton antes de aplicar seu movimento de finalização, RKO.

No SmackDown de 29 de abril, Orton fez sua estreia no programa, se aliando a Christian em uma luta contra Alberto Del Rio e Brodus Clay.[169] Na semana seguinte, Orton derrotou Christian, ganhando pela segunda vez o World Heavyweight Championship.[170] No Over the Limit e no Capitol Punishment, Orton defendeu seu título contra Christian.[171][172] Em julho, no Money in the Bank, Orton perdeu o título para Christian após Christian cuspir em seu rosto, o que o enfureceu e o levou a dar um chute ilegal em Christian, causando uma desqualificação,[173] em uma luta onde Orton perderia o título caso fosse desqualificado.[174] Um mês depois, no SummerSlam, Orton reconquistou o título ao derrotar Christian em uma luta No Holds Barred.[175][176] Orton começou, então, uma rivalidade com Mark Henry quando este se tornou o desafiante pelo título.[177] Nas semanas seguintes, Orton seria atacado por Henry em diversas ocasiões.[178][179][180][181] No Night of Champions, Orton perdeu o World Heavyweight Championship para Henry.[182] No Hell in a Cell, ele foi novamente derrotado por Henry, em uma luta Hell in a Cell. Ele começou uma rivalidade com Cody Rhodes após este lhe custar uma luta pelo título. Ele derrotou, então, Rhodes no Vengeance.[183][184] Orton começaria uma rivalidade com Wade Barrett após os dois serem nomeados capitães de times rivais no Survivor Series.[185] [186] O time de Orton foi derrotado no evento.[187] Orton continuou sua rivalidade com Barrett, o derrotando em uma Tables match no TLC: Tables, Ladders & Chairs.[188] Orton se lesionou em uma luta contra Barrett em 27 de dezembro, sendo substituído por Sheamus em eventos não televisionados.[189][190] Ele retornou no SmackDown de 27 de janeiro, enfrentando Barrett em uma luta que terminou sem vencedor após Orton desobedecer o árbitro e atacar Barrett. Após a luta, Orton atacou lutadores que tentavam apartar a briga.[191] Orton se lesionou durante uma luta com Big Show no Raw de 13 de fevereiro, sendo substituído na Elimination Chamber do SmackDown por Santino Marella.[192] Ele retornou no SmackDown de 2 de março, sendo derrotado por Daniel Bryan após um ataque de Kane. No WrestleMania XXVIII, Orton foi derrotado por Kane. No Extreme Rules, Orton derrotou Kane em uma luta Falls Count Anywhere.[193] No Over the Limit participou de uma luta pelo World Hevyweight Championship também envolvendo Sheamus, Chris Jericho e Alberto Del Rio, mas não venceu. Em 30 de maio, Orton foi suspenso por 60 dias após violar pela segunda vez a política antidrogas da WWE.[194]

Orton no WWE Tribute to the Troops em 2010.

Orton retornou no Raw de 30 de julho, derrotando Heath Slater.[195] Ele começaria uma rivalidade com o Mr. Money in the Bank Dolph Ziggler, após atingi-lo com um RKO enquanto tentava usar seu contrato contra um vulnerável Sheamus no SmackDown de 24 de agosto.[196] No SmackDown da semana seguinte, Orton derrotou Ziggler.[197] No Raw, três dias depois, Orton foi derrotado por Ziggler.[198] No Night of Champions, Orton derrotou Ziggler. No SmackDown de 28 de setembro, Orton deveria enfrentar Big Show em luta para determinar o desafiante pelo World Heavyweight Championship. Alberto Del Rio atacou Orton antes da luta, dando a vitória para Show.[199] No Hell in a Cell, Orton derrotou Del Rio.[200] Ele fez parte do time de Mick Foley em uma luta de eliminação no Survivor Series contra o time de Dolph Ziggler. No combate, Orton foi o último membro de seu time a ser eliminado, por Ziggler.[201] No SmackDown de 14 de dezembro, Orton foi atacado nos bastidores por The Shield (Seth Rollins, Dean Ambrose e Roman Reigns), sofrendo uma lesão no ombro.[202] Na realidade, Orton havia lesionado seu pulso durante as gravações do Tribute to the Troops.[203] Ele retornou no Raw de 31 de dezembro, salvando Ryback de um ataque da Shield.[204] Ele manteve uma rivalidade com Shield, aliando-se a Sheamus e Big Show. No WrestleMania 29, Shield derrotou Orton, Sheamus e Show. Após a luta, Big Show atacou Orton e Sheamus. No Extreme Rules, Orton derrotou Show em uma luta Extreme Rules.[205] Após o Extreme Rules, Orton começou uma aliança com Daniel Bryan contra a Shield.[206][207] No SmackDown de 14 de junho, Kane, Orton e Bryan derrotaram a Shield.[208][209] No WWE Payback, Orton e Bryan foram derrotados por Roman Reigns e Seth Rollins.[210] No Raw da noite seguinte, uma luta entre Bryan e Orton teve de ser parada por uma lesão de Bryan.[211] Quatro dias depois, Orton derrotou Bryan por contagem.[212] Orton e Bryan se enfrentaram pela terceira vez em um episódio do Raw, mas a luta acabou sem vencedor após ambos serem contados fora do ringue.[213] Mais tarde na mesma noite, Orton foi derrotado por Bryan em uma Street Fight.[214]

Mr. Money in the Bank e campeão da WWE (2013-2014)[editar | editar código-fonte]

No evento Money in the Bank, Orton venceu a luta Money in the Bank para conquistar uma luta pelo Campeonato da WWE. No SummerSlam, Orton usou seu contrato e derrotou o recém-coroado Campeão da WWE Daniel Bryan após um ataque de Triple H, se tornando vilão e campeão pela sétima vez.[215] No Night of Champions, Orton perdeu o título de volta para Bryan após uma contagem rápida do árbitro Scott Armstrong. No Raw da noite seguinte, Triple H vagou o título. A luta entre Bryan e Orton pelo título no WWE Battleground acabou sem vencedor após interferência de Big Show. Orton derrotou Bryan em uma Hell in a Cell no evento Hell in a Cell com Shawn Michaels como árbitro para conquistar o título vago após Michaels aplicar um Sweet Chin Music em Bryan. No Survivor Series, Orton derrotou Big Show após distração de Triple H, Stephanie McMahon e Kane. Após a luta, Orton foi encarado pelo Campeão Mundial dos Pesos-Pesados John Cena. No Raw da noite seguinte, Triple H e Stephanie anunciaram que Orton e Cena se enfrentariam em uma luta Tables, Ladders, and Chairs no TLC: Tables, Ladders & Chairs para unificar os títulos. No evento, Orton derrotou Cena para se tornar Campeão Mundial dos Pesos-Pesados da WWE. Ele voltou a derrotar Cena no Royal Rumble, após distração da Wyatt Family. Ele venceu o combate Elimination Chamber de 2014 tendo como adversários Cesaro, John Cena, Daniel Bryan, Sheamus e Christian. Ele venceu devido as interferências da Wyatt Family e de Kane.

Orton com a The Authority.

No WrestleMania XXX, Orton perdeu o titulo da WWE para Daniel Bryan num combate ameaça tripla sendo o outro participante Batista. No Raw de 7 de abril, a The Shield e Daniel Bryan atacaram Orton, Batista, Triple H e Kane. No Raw seguinte depois do The Shield ser atacado por Alexander Rusev, Rybaxel, 3MB, Fandango, Bad News Barret, Jack Swagger, Alberto Del Rio e Titus O'Neil logo depois um combate de desvantagem 11 para 3, após essa luta terminar sem vencedor (No contest) logo apareceram Batista, Orton e Triple H atacando o Shield e reunindo outra vez o Evolution. No Extreme Rules (2014) o Evolution perdeu para o Shield. A rivalidade durou mais um mês quando voltaram a se enfrentar no Payback (2014), e novamente o The Shield venceu. No Raw do dia seguinte Batista anunciou a sua demissão que pois um fim no Evolution. Nesse mesmo dia, Seth Rollins atacou Dean Ambrose e Roman Reings pondo um fim no The Shield. Seth Rollins se juntou a Randy Orton, Triple H e Kane, formando o The Authority. No Money in the Bank (2014) Orton participou de uma ladder match pelo WWE World Championship, também lutaram Sheamus, Bray Wyatt, Antonio Cesaro, Alberto Del Rio, Kane, John Cena e Roman Reigns. Cena acabou vencendo e enfrentou novamente Orton no Battleground (2014) que também lutaram Kane e Roman Reings. Depois, Orton enfrentou Roman Reings no SummerSlam e Chris Jericho no Night of Champions.

No mês de outubro, Dean Ambrose e John Cena se juntaram contra o The Authority. No último Raw antes do Hell in a Cell, Seth Rollins atacou Randy Orton que No Hell in a Cell (2014) perdeu a luta contra John Cena para ser o desafiante ao principal titulo da WWE. No Raw enquanto Stephanie McMahon, Triple H e todo o resto do The Authority parabenizava e comemorava a vitoria de Rollins sobre Ambrose no Hell In a Cell, Orton entra Furioso e culpa Seth Rollins por ter sido derrotado, pois no Raw passado Randy e Rollins se estranharam, após isso, Orton anunciou que não faria mas parte do The Authority e aplicou um RKO em Seth Rollins. Na semana seguinte foi confirmado um combate de Randy Orton vs Seth Rollins na qual Seth Rollins saiu como Vencedor após isso Triple H mandou que Randy Orton e Seth Rollins fizessem as pazes, mas, Randy Orton aplicou mais um RKO em Seth Rollins, Orton também atacou Triple H, Kane e os seguranças de Seth Rollins, confirmando sua saída do The Authority. Depois o The Authority atacou Randy Orton lesionando-o. No Raw do dia 29 de dezembro, depois que o show saiu do ar, Orton apareceu para salvar John Cena, esse foi seu retorno não-oficial.

Retorno (2015-presente)[editar | editar código-fonte]

Randy Orton retorna no Fastlane atacando os membros da Authority com RKO´s, mas no dia seguinte no Raw Orton volta a Authority e faz tag com Rollins enfrentando Bryan e Reigns, os dois perdem a luta e Orton olha bravo para Rollins, mas não o ataca. No Raw Seth Rollins enfrentava Roman Reigns quando Randy entrou e se aproximou do ringue; quando Roman ia aplicar o spear Randy o segurou e Rollins venceu a luta. No Raw seguinte o The Authority discursava quando Randy pegou o microfone e disse que só regressou ao The Authority para se aproximar de Rollins e quando eles estivessem sozinhos ele ia se vingar do que rollins fez com ele no ano anterior. Então quando os outros membros da autoridade estavam se preparando para atacar Orton ele disse que era tudo uma brincadeira e que não ia fazer isso, mas, mais tarde quando ele e Rollins enfrentavam Reigns e os outros membros do The Authority não estavam presentes ele distraiu Rollins, e Reigns venceu a luta. Agora eles estavam sozinhos e Randy Orton atacou Seth Rollins. No WrestleMania 31, ele derrotou Rollins.[216]

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Em 2004, Orton apareceu no talk show Jimmy Kimmel Live! para promover o pay-per-view Taboo Tuesday.[217] Em março de 2007, com Edge, John Cena e Bobby Lashley, Orton apareceu no game show da NBC Deal or No Deal.[218] Em julho de 2009, Orton revelou que tinha o papel principal do filme Busca Explosiva 2. Ele teve que abandonar o projeto após uma lesão, sendo substituído por Ted DiBiase.[219] Orton participou do filme "That's What I Am", com Ed Harris e Amy Madigan.[220] Em 3 de setembro de 2012, foi anunciado que Orton estrelaria o filme 12 Rounds: Reloaded.[221]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2011 That's What I Am Ed Freel
2013 12 Rounds: Reloaded Nick Malloy Papel principal
2015 The Condemned 2: Desert Prey (Não Confirmado) (Não Divulgado)

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Enquanto no Raw, Orton foi acusado de perseguir as empregadas da WWE Amy Weber e Rochelle Loewen. Loewen, que afirmou que Orton era "um animal," disse também que Orton vandalizou objetos pessoais seus e a perseguiu.[222]

Em 19 de março de 2007, Sports Illustrated publicou um artigo em seu website sobre uma investigação sobre o uso ilegal de esteróides por diversos atletas. Orton foi um dos mencionados.[223][224]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2005, Orton anunciou o noivado com sua namorada Samantha Speno.[225] Eles se casaram em 21 de setembro de 2007.[226][227] Em dezembro de 2007, Orton anunciou que ele e sua esposa estavam esperando uma filha.[228][229] Orton e sua esposa tiveram Alanna Marie Orton em 12 de julho de 2008.[230] Em julho de 2013, Randy e Samantha anunciaram o divórcio. Speno alegou que seu casamento estava "quebrado". Eles assinaram o divórcio em junho do mesmo ano, mas estavam separados desde 2012. Samantha ficou com a guarda da filha, e receberá 4.500 dólares de pensão alimentícia. Orton tem o direito de visitar Alanna. Orton tem tatuado o nome de sua filha Alanna no braço esquerdo, e o de sua ex-mulher Samantha no direito. Atualmente namora com Kim Kessler

Ele tinha uma tatuagem em seu braço esquerdo escrita "USMC" de United States Marine Corps, mas a cobriu após ser expulso da corporação.[21]

Orton sofre de ombros hipermóveis.[231] Ele lesionou sua clavícula diversas vezes, durante lutas e em um acidente de moto.[232][233]

No wrestling[editar | editar código-fonte]

Randy Orton aplicando um chinlock em John Cena.
Orton aplicando o RKO em The Miz.
Orton aplicando um Elevated DDT em Sheamus.
  • Alcunhas
    • The Legend Killer
    • The Viper
    • Apex Predator

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

Orton é um oito vezes Campeão Mundial dos Pesos-Pesados da WWE (título á direita), e um quatro vezes Campeão dos Pesos-Pesados (título á esquerda) – fazendo dele 12 vezes campeão mundial na WWE.

Referências

  1. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome http:.2F.2Frandy-orton.com.2Ffacts
  2. Ayulo, Santiago C. (14 de agosto de 2009). «St. Louis son Randy Orton on life in (and out of) the ring». St. Louis Post-Dispatch. Consultado em 26 de agosto de 2009. Cópia arquivada em 24 de setembro de 2009 
  3. a b c d e f g «Randy Orton's WWE Profile». World Wrestling Entertainment. Consultado em 26 de abril de 2011 
  4. a b c d e f g h i j k l m n «Randy Orton Bio». Online World of Wrestling. Consultado em 16 de julho de 2008  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "OWOW" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  5. a b c «MMWA-SICW Archive — March 18, 2000 results». Mid-Missouri Wrestling Association-Southern Illinois Conference Wrestling. Consultado em 14 de agosto de 2007. Cópia arquivada em 10 de fevereiro de 2008 
  6. «Life & Career Facts - Randy-Orton.com». Randy-Orton.com (em inglês) 
  7. a b c d e Oliver, Greg (2007). The Pro Wrestling Hall of Fame: The Heels. [S.l.]: ECW Press. p. 205. ISBN 1550227599 
  8. a b Milner, John; Richard Kamchen (7 de outubro de 2004). «Slam! Sports biography». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 10 de julho de 2007 
  9. WWE.com: Retired Championships
  10. WWE: The Most Powerful Families in Wrestling (DVD). WWE Home Video. 2007 
  11. a b c «OVW Hardcore Championship (retired)». Ohio Valley Wrestling. Consultado em 3 de abril de 2011 
  12. «W.W.F./W.W.E. Intercontinental Heavyweight Title». Wrestling-Titles.com. Consultado em 8 de outubro de 2007 
  13. «World Heavyweight Title (W.W.E. Smackdown!)». Wrestling-Titles.com. Consultado em 8 de outubro de 2007 
  14. «W.W.W.F./W.W.F./W.W.E. World Tag Team Title». Wrestling-Titles.com. Consultado em 8 de outubro de 2007 
  15. «History of the WWE Championship». World Wrestling Entertainment. Consultado em 10 de agosto de 2007 
  16. a b Plummer, Dale; Tylwalk, Nick (26 de janeiro de 2009). «Orton triumphs, Cena survives, Hardy falls at Royal Rumble». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 26 de janeiro de 2009 
  17. Clapp, John. «Randy Orton won the Money in the Bank All-Stars Match». Consultado em 24 de junho de 2013 
  18. a b c Before They Were WWE Superstars 2 (DVD). WWE Home Video. 2003 
  19. «Randy Orton basic facts». Randy-Orton.com. Consultado em 25 de janeiro de 2009 
  20. «Hazelwood Central Alumni — Class of 1998». Hazelwood Central Alumni. Consultado em 17 de agosto de 2007 
  21. a b Zack Zeigler. «Orton's tattoo secrets». World Wrestling Entertainment. Consultado em 11 de outubro de 2007 
  22. a b «MMWA-SICW archives — April 22, 2000». Mid-Missouri Wrestling Association-Southern Illinois Conference Wrestling. 22 de abril de 2000. Consultado em 23 de março de 2008. Cópia arquivada em 28 de setembro de 2007 
  23. «SmackDown! results — April 25, 2002». PWWEW.net. 25 de abril de 2002. Consultado em 1 de março de 2008 
  24. «SmackDown! results — May 2, 2002». Online World of Wrestling. Consultado em 22 de março de 2008 
  25. «SmackDown! results — May 9, 2002». Online World of Wrestling. Consultado em 22 de março de 2008 
  26. «SmackDown! results — May 16, 2002». Online World of Wrestling. Consultado em 22 de março de 2008 
  27. «SmackDown! results — September 9, 2002». Online World of Wrestling. Consultado em 22 de março de 2008 
  28. «Raw results — September 23, 2002». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de março de 2008 
  29. «Raw results — September 23, 2002». PWWEW.net. 23 de setembro de 2002. Consultado em 23 de março de 2008 
  30. «Raw results — October 14, 2002». Online World of Wrestling. Consultado em 12 de março de 2008 
  31. a b Oppliger, Patrice A. (2003). Wrestling and Hypermasculinity. [S.l.]: McFarland. p. 112. ISBN 0786416920 
  32. «Raw results — January 20, 2003». Online World of Wrestling. Consultado em 12 de março de 2008 
  33. «Raw results — October 28, 2002». Online World of Wrestling. Consultado em 12 de março de 2008 
  34. Michael McAvennie (2003). «WWE The Yearbook: 2003 Edition». Pocket Books. pp. 305–306, 314 
  35. Tywalk, Nick; Dale Plummer (14 de dezembro de 2003). «WWE Armageddon a flop». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  36. Jennette, Brad (20 de janeiro de 2003). «411's WWE Raw Report 01.20.03». 411mania.com. Consultado em 12 de março de 2008 
  37. Droste, Ryan (23 de fevereiro de 2003). «Full WWE No Way Out PPV Results – 2/23/03 – Montreal, Quebec». WrestleView. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  38. Martin, Adam (16 de novembro de 2003). «Full WWE Survivor Series PPV Results – 11/16/03 – Dallas, Texas». WrestleView. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  39. «2007 Wrestling Almanac & Book of Facts». Wrestling’s Historical Cards. Kappa Publishing. 2007. pp. 113–114 
  40. Martin, Finn (22 de outubro de 2003). «Power Slam Magazine, issue 112». Goldberg grabs gold (Unforgiven 2003). SW Publishing. pp. 22–23 
  41. Race, Harley (2004). King Of The Ring: The Harley Race Story. [S.l.]: Sports Publishing LLC. p. 164. ISBN 1596701625 
  42. «Raw results — April 26, 2004». Online World of Wrestling. Consultado em 10 de julho de 2007 
  43. Tello, Craig. «RK-Ode». World Wrestling Entertainment. Consultado em 6 de abril de 2009. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2010 
  44. «Inside WWE Title History Intercontinental 20031214 – Randy Orton». World Wrestling Entertainment. Consultado em 10 de julho de 2007 
  45. «W.W.F./W.W.E. Intercontinental Heavyweight Title». Wrestling-Titles. Consultado em 23 de agosto de 2007. Randy Orton 03/12/14 Orlando, FL 
  46. Powell, John (18 de abril de 2004). «Feature bouts save Backlash». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  47. «2007 Wrestling Almanac & Book of Facts». Wrestling’s Historical Cards. Kappa Publishing. 2007. p. 116 
  48. «Raw results — July 26, 2004». Online World of Wrestling. Consultado em 11 de julho de 2007 
  49. a b «History Of The World Heavyweight Championship — Randy Orton». World Wrestling Entertainment. Consultado em 10 de julho de 2007 
  50. Clevett, Jason (16 de agosto de 2004). «Orton-Benoit, Guerrero-Angle save SummerSlam». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 18 de novembro de 2009. Benoit left the ring and then returned and extended his hand saying, "Be a man." The two shook hands 
  51. «Raw results — August 16, 2004». Online World of Wrestling. Consultado em 11 de julho de 2007 
  52. a b «Raw results — August 23, 2004». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de agosto de 2007 
  53. Dijk, Lutz van; Crawford, Translated From the German by Elizabeth D (7 de julho de 2006). «Van Damned». New York: Holt. Daily Star. ISBN 0805037705 
  54. Martin, Finn (22 de setembro de 2004). «Power Slam Magazine, issue 123». Panic Stations! (Unforgiven 2004). SW Publishing. pp. 24–25 
  55. «Raw results — September 19, 2004». Online World of Wrestling. Consultado em 11 de julho de 2007 
  56. Sokol, Chris (15 de novembro de 2004). «Orton survives at Series». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  57. «Raw results — October 25, 2004». Online World of Wrestling. Consultado em 11 de julho de 2007 
  58. Evans, Anthony (21 de janeiro de 2005). «Power Slam Magazine, issue 127». Tripper strikes back (New Years Revolution 2005). SW Publishing. pp. 30–31 
  59. «Raw results — January 10, 2005». Online World of Wrestling. Consultado em 11 de julho de 2007 
  60. a b «2007 Wrestling Almanac & Book of Facts». Wrestling’s Historical Cards. Kappa Publishing. 2007. p. 117 
  61. «Raw results — February 14, 2005». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de agosto de 2007 
  62. «Raw results — February 28, 2005». Online World of Wrestling. Consultado em 2 de abril de 2008 
  63. «Raw results — February 28, 2005». Online World of Wrestling. Consultado em 6 de agosto de 2007 
  64. «SmackDown results — March 17, 2005». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de agosto de 2007 
  65. Wade, Ryan (28 de março de 2005). «Inside the Squared Circle». Bartlesville Examiner-Enterprise. Randy Orton ... stated on Monday that he had a simple message for anyone who doubted his ability to bring the Undertaker's 13–0 record at WrestleMania to a crashing halt. After having to drag the answer he wanted out of his female companion, Stacy Keibler, Orton clearly knew that Keibler didn't like his chances in the big match. Orton sent his message to all the people who doubted him by way of a RKO to Keibler. 
  66. «Raw results — March 28, 2005». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de agosto de 2007. Randy Orton says his undefeated streak started last year and years from now people will talk about HIM! The lights suddenly went out and a very impressive video played chronicling all of Undertaker's victims! Randy Orton fled the ring in fear after all four corner posts caught on fire.. 
  67. «Raw results — March 14, 2005». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de agosto de 2007 
  68. «Profile on Online World of Wrestling». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de agosto de 2007. April 2005: Randy Orton has shoulder surgery under Dr. James Andrews and will be out of action for six months. 
  69. Detore, Rennie (26 de junho de 2005). «Smackdown still has life». Pittsburgh Tribune-Review. Consultado em 26 de agosto de 2009. Cópia arquivada em 24 de setembro de 2009 
  70. «Raw results — May 16, 2005». Online World of Wrestling. Consultado em 6 de agosto de 2007 
  71. «SmackDown results — June 16, 2005». Online World of Wrestling. Consultado em 6 de agosto de 2007 
  72. Martin, Adam (21 de agosto de 2005). «SummerSlam PPV Results – 8/21/05 – Washington, DC (Hogan/HBK)». WrestleView. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  73. Sokol, Chris (9 de outubro de 2005). «Latest WWE PPV unmerciful». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  74. a b «Team SmackDown def. Team Raw in a Classic Survivor Series Match». World Wrestling Entertainment. 27 de novembro de 2005. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  75. «SmackDown Special results — November 29, 2005». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de agosto de 2007 
  76. «SmackDown results — December 9, 2005». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de agosto de 2007 
  77. «SmackDown results — December 16, 2005». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de agosto de 2007 
  78. a b «2007 Wrestling Almanac & Book of Facts». Wrestling’s Historical Cards. Kappa Publishing. 2007. p. 119 
  79. «Rey's a main-eventer – for now». Chicago Sun-Times: A82. 5 de fevereiro de 2006 
  80. Serrels, Mark (4 de maio de 2006). «WWE and Kayfabe: Retaining the Real». PopMatters. Consultado em 26 de agosto de 2009. Cópia arquivada em 24 de setembro de 2009 
  81. «SmackDown results — February 3, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 24 de agosto de 2007 
  82. «SmackDown results — February 10, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 24 de agosto de 2007 
  83. «SmackDown results — February 24, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 24 de agosto de 2007 
  84. Sokol, Chris (20 de fevereiro de 2006). «Main events salvage No Way Out». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de maio de 2008 
  85. «SmackDown results — February 24, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de agosto de 2007 
  86. Hurley, Oliver (20 de abril de 2006). «Power Slam Magazine, issue 142». WrestleMania In Person (WrestleMania 22). SW Publishing. pp. 16–19 
  87. Brown, Blackjack (9 de abril de 2006). «More Triple H, ECW on tap». Chicago Sun-Times: A65 
  88. Brown, Timothy (6 de abril de 2006). «Randy Orton Speaks Out On His Suspension». Headline Planet. Consultado em 22 de agosto de 2007. Cópia arquivada em 11 de março de 2007 
  89. Marvez, Alex (14 de abril de 2006). «McMahons Getting Ready For A Blasphemous Bout». South Florida Sun-Sentinel: 31 
  90. «Wrestling Information Archive — Other WWF Information». Consultado em 20 de dezembro de 2007 
  91. «Raw results — June 5, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 24 de março de 2008 
  92. «WWE vs ECW Head-to-Heat results — June 7, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 24 de março de 2008 
  93. «Raw results — July 3, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 24 de março de 2008 
  94. «Saturday Night's Main Event results — July 15, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de agosto de 2007 
  95. «2007 Wrestling Almanac & Book of Facts». Wrestling’s Historical Cards. Kappa Publishing. 2007. pp. 121–122 
  96. Elliott, Brian (6 de novembro de 2006). «K-Fed costs Cena at Cyber Sunday». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 17 de janeiro de 2008 
  97. a b «History Of The World Tag Team Title — Edge & Randy Orton». World Wrestling Entertainment. Consultado em 10 de julho de 2007 
  98. «Raw results — November 27, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de agosto de 2007 
  99. Dale Plummer and Nick Tylwalk (8 de janeiro de 2007). «Cena retains, Triple H injured at Revolution». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de maio de 2008 
  100. «Pro Wrestling Illustrated». Arena Reports. Kappa Publishing. 2007. p. 134 
  101. Elliott, Brian (29 de abril de 2007). «No filler makes for a consistent Backlash». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 17 de janeiro de 2008 
  102. Martin, Adam (20 de maio de 2007). «Judgment Day PPV Results – 5/20/07 – St. Louis, MO (Cena vs. Khali)». WrestleView. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  103. Robinson, Bryan (3 de junho de 2007). «An ECW legend killed at One Night Stand?». World Wrestling Entertainment. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  104. «Raw results — June 4, 2007». Online World of Wrestling. Consultado em 10 de julho de 2007 
  105. a b c «Raw results — July 23, 2007». Online World of Wrestling. Consultado em 24 de julho de 2007 
  106. «Raw results — July 30, 2007». Online World of Wrestling. Consultado em 8 de agosto de 2007 
  107. Clayton, Corey (18 de julho de 2007). «Legend Killer strikes on Saturday Night». World Wrestling Entertainment. Consultado em 13 de novembro de 2007 
  108. «Raw results — August 20, 2007». Online World of Wrestling. Consultado em 29 de agosto de 2007 
  109. Robinson, Bryan (26 de agosto de 2007). «Champ's legend lives on». World Wrestling Entertainment. Consultado em 17 de novembro de 2007 
  110. McAvennie, Mike (29 de agosto de 2007). «Should Cena step up... or step down». World Wrestling Entertainment. Consultado em 7 de novembro de 2007 
  111. a b Martin, Adam (16 de setembro de 2007). «Unforgiven PPV Results – 9/16 – Memphis, TN (Return of Undertaker)». WrestleView. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  112. «ECW results — October 2, 2007». Online World of Wrestling. Consultado em 19 de março de 2008 
  113. Robinson, Bryan (7 de outubro de 2007). «Kings of Kings reigns supreme again». World Wrestling Entertainment. Consultado em 8 de outubro de 2007 
  114. Robinson, Bryan (7 de outubro de 2007). «Championship hot potato: Legend Killer's time comes after all». World Wrestling Entertainment. Consultado em 8 de outubro de 2007 
  115. Robinson, Bryan (8 de outubro de 2007). «HBK shows Orton his 'appreciation'». World Wrestling Entertainment. Consultado em 19 de março de 2008 
  116. «WWE Championship Match: Fans' Choice». World Wrestling Entertainment. Consultado em 23 de março de 2008. Cópia arquivada em 30 de dezembro de 2007 
  117. a b Martin, Adam (28 de outubro de 2007). «Cyber Sunday PPV Results – 10/28 – Washington, DC (Batista/Taker)». WrestleView. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  118. Robinson, Bryan (29 de outubro de 2007). «Brotherly love, DX-style». World Wrestling Entertainment. Consultado em 23 de março de 2008 
  119. Robinson, Bryan (18 de novembro de 2007). «Cementing a 'one-man dynasty'». World Wrestling Entertainment. Consultado em 19 de novembro de 2007 
  120. Robinson, Bryan (7 de novembro de 2007). «The music is silenced». World Wrestling Entertainment. Consultado em 7 de fevereiro de 2008 
  121. a b Robinson, Bryan (28 de janeiro de 2008). «Fate on the Legend Killer's side». World Wrestling Entertainment. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  122. Robinson, Bryan (28 de janeiro de 2008). «Ready to get some at No Way Out». World Wrestling Entertainment. Consultado em 28 de abril de 2008 
  123. Martin, Adam (17 de fevereiro de 2008). «No Way Out PPV Results – 2/17 – Las Vegas (Two Chambers, & more)». WrestleView. Consultado em 1 de abril de 2008 
  124. Eck, Kevin (31 de março de 2008). «WrestleMania XXIV thoughts». The Baltimore Sun. Consultado em 6 de abril de 2009 
  125. Keller, Wade (27 de abril de 2008). «Keller's WWE Backlash PPV Report 4/27: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV event». PW Torch. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  126. Kapur, Bob (18 de maio de 2008). «Judgment Day spoils streak of good shows». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 26 de agosto de 2009 
  127. Tello, Craig (1 de junho de 2008). «Orton suffers broken collarbone». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2 de junho de 2008 
  128. Sitterson, Aubrey (1 de setembro de 2008). «Forgive, don't forget». World Wrestling Entertainment. Consultado em 19 de abril de 2009 
  129. Bishop, Matt (8 de setembro de 2008). «Scramble matches make for wild Unforgiven». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 19 de abril de 2009 
  130. a b Golden, Hunter (3 de novembro de 2008). «Raw Results – 11/3/08 – Tampa, FL». WrestleView. Consultado em 5 de janeiro de 2009 
  131. Golden, Hunter (1 de dezembro de 2008). «Raw Results – 12/1/08 – Washington, DC». WrestleView. Consultado em 5 de janeiro de 2009 
  132. «Raw results — December 1, 2008». Online World of Wrestling. 1 de dezembro de 2008. Consultado em 5 de janeiro de 2009 
  133. Golden, Hunter (8 de dezembro de 2008). «Raw Results – 12/8/08 – Philadelphia, PA». WrestleView. Consultado em 5 de janeiro de 2009 
  134. Sitterson, Aubrey (2 de março de 2009). «Breaking the news». World Wrestling Entertainment. Consultado em 6 de abril de 2009 
  135. Plummer, Dave (6 de abril de 2009). «Wrestlemania 25: HBK steals the show». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 6 de abril de 2009 
  136. Sitterson, Aubrey (26 de abril de 2009). «Punter's quarry». World Wrestling Entertainment. Consultado em 26 de abril de 2009 
  137. Tello, Craig (7 de junho de 2009). «Steel of fortune». World Wrestling Entertainment. Consultado em 7 de agosto de 2010 
  138. «Wounded Animal». World Wrestling Entertainment. 9 de junho de 2009. Consultado em 16 de junho de 2009 
  139. Plummer, Dale (15 de junho de 2009). «Raw: Vince strikes a deal; Orton strikes gold». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 16 de junho de 2009 
  140. Sitterson, Aubrey (13 de setembro de 2009). «Results: Quitting time». World Wrestling Entertainment. Consultado em 14 de agosto de 2009 
  141. Tello, Craig (4 de outubro de 2009). «Results: Serpent's Structure». World Wrestling Entertainment. Consultado em 29 de setembro de 2010 
  142. Tello, Craig (25 de outubro de 2009). «Results: Iron will in the Steel City». World Wrestling Entertainment. Consultado em 18 de outubro de 2010 
  143. Plummer, Dale (11 de janeiro de 2010). «Raw: Iron Mike and DX reunite». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 3 de março de 2010 
  144. Plummer, Dale; Tylwalk, Nick (1 de fevereiro de 2010). «The 2010 Royal Rumble is Rated R in Atlanta». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 3 de março de 2010 
  145. Plummer, Dale (15 de fevereiro de 2010). «Raw: Springing into the Elimination Chamber». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 3 de março de 2010 
  146. Plummer, Dale; Tylwalk, Nick (22 de fevereiro de 2010). «Batista, Jericho and Michaels capitalize on Elimination Chamber opportunities». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 3 de março de 2010 
  147. Plummer, Dale (22 de fevereiro de 2010). «Raw: Finding a Jewel on the Road to Wrestlemania». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 3 de março de 2010 
  148. Martin, Adam (28 de março de 2010). «Wrestlemania 26 Results – 3/28/10». WrestleView. Consultado em 29 de março de 2010 
  149. «Results: All-American victory». World Wrestling Entertainment. 25 de abril de 2010. Consultado em 26 de abril de 2010 
  150. Plummer, Dale (26 de abril de 2010). «Raw: Feeling a draft». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 24 de maio de 2010 
  151. Eck, Kevin (24 de maio de 2010). «Ring Posts: Over the Limit thoughts». The Baltimore Sun. Consultado em 27 de maio de 2010 
  152. Eck, Kevin (21 de junho de 2010). «Fatal Fourway thoughts». The Baltimore Sun. Consultado em 21 de junho de 2010 
  153. Bishop, Matt (19 de julho de 2010). «Raw: Hart returns as Cena leads team to face Nexus». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de agosto de 2010 
  154. Plummer, Dale; Nick Tylwalk (15 de agosto de 2010). «Rumored return helps Team WWE fend off Nexus at SummerSlam». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de agosto de 2010 
  155. Tylwalk, Nick (20 de setembro de 2010). «Few gimmicks, more title changes at Night of Champions». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de setembro de 2010 
  156. Hillhouse, Dave (4 de outubro de 2010). «Hell in a Cell: Betrayal, fan interference, and flying shoes». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de novembro de 2010 
  157. Sokol, Bryan (25 de outubro de 2010). «Cena central to Bragging Rights; Smackdown wins again». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de novembro de 2010 
  158. Plummer, Dale; Tylwalk, Nick (22 de novembro de 2010). «The fate of Cena is finally decided at so-so Survivor Series». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de novembro de 2010 
  159. Plummer, Dale (22 de novembro de 2010). «RAW: The Miz cashes in as Nexus costs Orton WWE title». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de novembro de 2010 
  160. Wortman, James (19 de dezembro de 2010). «Results: Stalking in a splinter wonderland». World Wrestling Entertainment. Consultado em 21 de dezembro de 2010 
  161. Plummer, Dale; Nick Tylwalk (31 de janeiro de 2011). «Super-size Royal Rumble saves biggest surprise for last». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 31 de janeiro de 2011 
  162. Hillhouse, Dave (20 de fevereiro de 2011). «Elimination Chamber mostly eliminates dramatic intrigue». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 21 de fevereiro de 2011 
  163. Plummer, Dale (28 de fevereiro de 2011). «Raw: Triple H talks Wrestlemania; The Miz loses an ally». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  164. Plummer, Dale (7 de março de 2011). «Raw: Stone Cold stuns Cole's Wrestlemania plans». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  165. Plummer, Dale (14 de março de 2011). «Raw: Cena wrecked on the Road to Wrestlemania». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  166. Bishop, Matt (3 de abril de 2011). «The Rock costs Cena as The Miz retains at WrestleMania XXVII». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  167. Plummer, Dale (11 de abril de 2011). «Raw: Edge calls it a career». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  168. Plummer, Dale (25 de abril de 2011). «Raw: Draft tries to shock WWE Universe». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 26 de abril de 2011 
  169. Pasero, Mitch (29 de abril de 2011). «SmackDown results: Venomous debut». World Wrestling Entertainment. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  170. Pasero, Mitch (6 de maio de 2011). «Smackdown Results: Christian's dream crushed». World Wrestling Entertainment. Consultado em 11 de junho de 2011 
  171. Hillhouse, Dave (22 de maio de 2011). «Over the Limit: Unpredictability makes for a good show». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  172. Kapur, Bob (19 de junho de 2011). «Cena, Orton retain titles at Capitol Punishment». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  173. Hillhouse, Dave (18 de julho de 2011). «Money in the Bank: The WWE gets Punk'd». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  174. Burdick, Michael (8 de julho de 2011). «SmackDown results: 'Money' breeds mayhem». World Wrestling Entertainment. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  175. Plummer, Dale; Nick Tylwalk (15 de agosto de 2011). «Punk-Cena feud comes to a head, but not without some wrinkles at SummerSlam». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 10 de setembro de 2011 
  176. Passero, Mitch (30 de agosto de 2011). «SuperSmackDown results: Mark Henry crashes the cage». World Wrestling Entertainment. Consultado em 10 de setembro de 2011 
  177. Hillhouse, Dave (20 de agosto de 2011). «Smackdown: Turning the page». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 18 de setembro de 2011 
  178. Bishop, Matt (31 de agosto de 2011). «Super Smackdown: Orton left laying after title defense». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 19 de setembro de 2011 
  179. Hillhouse, Dave (10 de setembro de 2011). «Smackdown: Friday night in Toledo, Ohio». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 19 de setembro de 2011 
  180. Waldman, Jon (12 de setembro de 2011). «Raw: More strong mics from Phil and Paul». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 19 de setembro de 2011 
  181. Hillhouse, Dave (17 de setembro de 2011). «Smackdown: Rated "R" for "Retirement"». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 19 de setembro de 2011 
  182. Burdick, Michael (19 de setembro de 2011). «Mark Henry def. Randy Orton (New World Heavyweight Champion)». World Wrestling Entertainment. Consultado em 19 de setembro de 2011 
  183. Styles, Joey. «Rhodes' defeated at Vengeance» 
  184. Burdick, Michael. «Orton def. Rhodes» 
  185. Burdick, Michael. «Barrett Barrage hits Orton» 
  186. Murphy, Ryan. «DQ win for Orton» 
  187. «Team Barrett def. Team Orton (Traditional Survivor Series Elimination Tag Team Match)». WWE. Consultado em 11 de novembro de 2011 
  188. Powers, Kevin. «Randy Orton def. Wade Barrett (Tables Match)». Consultado em 19 de dezembro de 2011 
  189. http://www.wwe.com/inside/orton-injured-live-events. Consultado em 28 de dezembro de 2011  Texto "Randy Orton injured in Indianapolis" ignorado (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  190. http://www.wwe.com/inside/randy-orton-injury-update. Consultado em 29 de dezembro de 2011  Texto "Injury update on Randy Orton" ignorado (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  191. Grate, Jake. «SmackDown results: The World's Largest Athlete powered through Bryan's sneak attack». WWE. Consultado em 28 de janeiro de 2011 
  192. «Santino to replace Randy Orton in the SmackDown Elimination Chamber Match». Consultado em 15 de fevereiro de 2012 
  193. Melok, Bobby. «Randy Orton def. Kane (Falls Count Anywhere Match)». Consultado em 30 de abril de 2012 
  194. «Randy Orton suspended for 60 days». WWE. Consultado em 30 de maio de 2012 
  195. Herrera, Tom. «Randy Orton def. Heath Slater in The Viper's return to Raw». Consultado em 31 de julho de 2012 
  196. «PARKS' WWE SMACKDOWN REPORT 8/24: Ongoing "virtual time" coverage of Friday night show, including Orton vs. Del Rio in a #1 Contender match» 
  197. «PARKS' WWE SMACKDOWN REPORT 8/31: Complete coverage of the Friday night show, including Dolph Ziggler vs. Orton» 
  198. «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 9/3: Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw - Punk returns home, Anger Management» 
  199. Parks, Greg (28 de setembro de 2012). «Parks' WWE SmackDown report 9/28: Ongoing "virtual time" coverage of Friday night show, including Randy Orton vs. The Big Show». Pro Wrestling Torch. Consultado em 28 de setembro de 2012 
  200. «Randy Orton def. Alberto Del Rio». Consultado em 29 de outubro de 2012 
  201. Benigno, Anthony. «Team Ziggler (Dolph Ziggler, Alberto Del Rio, Wade Barrett, Damien Sandow & David Otunga) def. Team Foley (Randy Orton, WWE Tag Team Champions Team Hell No, The Miz & Intercontinental Champion Kofi Kingston)». Consultado em 19 de novembro de 2012 
  202. Burdick, Michael. «SmackDown results: Cesaro def. Sheamus by Count-out, thanks to the strategic ruthlessness of Big Show». Consultado em 15 de dezembro de 2012 
  203. Clark, Ryan. «This Week's RAW Rating Is In + Randy Orton Injured». Consultado em 15 de dezembro de 2012 
  204. Benigno, Anthony. «Ryback, Sheamus and Randy Orton brawled with The Shield». Consultado em 1 de janeiro de 2013 
  205. «WWE Extreme Rules results and reactions from last night (May 19): Believe in Gold» 
  206. Cupach, Michael. «CUPACH'S WWE SMACKDOWN BLOG 5/31: Thoughts on Shield vs. D-Bryan collision course, Sandow the Carny, plus Mike's Reax». Pro Wrestling Torch. Consultado em 9 de junho de 2013 
  207. Parks, Greg. «PARKS' WWE SMACKDOWN REPORT 6/7: Ongoing "virtual time" coverage of Friday show, including Randy Orton, Kane, Daniel Bryan on Miz TV setting up the TV main event». Pro Wrestling Torch. Consultado em 9 de junho de 2013 
  208. «WWE NEWS: Significant Smackdown SPOILER for Friday's episode (w/Analysis of potential fall-out scenarios)». Pro Wrestling Torch. Consultado em 15 de junho de 2013 
  209. Plummer, Dale. «Smackdown!: The Shield handed their first loss heading into Payback». SLAM! Wrestling. Consultado em 15 de junho de 2013 
  210. Caldwell, James. «CALDWELL'S WWE PAYBACK PPV RESULTS 6/16 (Hour 3): Cena vs. Ryback main event, Tag Title match». Pro Wrestling Torch. Consultado em 21 de junho de 2013 
  211. «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 6/17 (Hour 2): Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw - Orton vs. Bryan, A.J. Lee-Stephanie McMahon promo exchange, U.S. Title match» 
  212. «PARKS' WWE SMACKDOWN REPORT 6/21: Complete coverage of Friday night show, including Bryan vs. Orton main event» 
  213. «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 6/24 (Hour 1): Bryan vs. Orton Take One, Jericho vs. World champ, World Title match announced for MITB PPV» 
  214. «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 6/24 (Hour 3): Punk in singles action, MITB match participants announced, Bryan vs. Orton main event represents major career moment for Bryan» 
  215. «Daniel Bryan def. WWE Champion John Cena; Randy Orton cashed in his Money in the Bank contract on Bryan to become WWE Champion». Consultado em 19 de agosto de 2013 
  216. Caldwell, James (29 de março de 2015). «CALDWELL'S WM31 PPV RESULTS 3/29: Ongoing "virtual-time" coverage of WWE World Title match, Taker's return, Sting vs. Triple H, Cena vs. Rusev, more big matches» (em inglês). PW Torch. Consultado em 29 de março de 2015 
  217. «Jimmy Kimmel Live! - October 14, 2004». 14 de outubro de 2004. No minuto 60. ABC  Em falta ou vazio |series= (ajuda)
  218. Zack Zeigler (1 de março de 2007). «Sign-ing a Deal?». World Wrestling Entertainment. Consultado em 25 de maio de 2007. Cópia arquivada em 3 de março de 2007 
  219. Martin, Adam (25 de junho de 2009). «Note on casting for "The Marine 2"». WrestleView. Consultado em 31 de agosto de 2009 
  220. Loewenstein, Lael (16 de fevereiro de 2011). «That's What I Am». Variety. Consultado em 21 de fevereiro de 2011 
  221. Dave Scherer (3 de agosto de 2012). «Orton starring in 12 Rounds: Reloded». PWInsider. Consultado em 4 de agosto de 2012 
  222. Starrs, Stu (16 de junho de 2005). «WWE Diva Rochelle Loewen talks about hazing from Randy Orton, claims he hated her». Lords of Pain. Consultado em 22 de agosto de 2007. Cópia arquivada em 14 de julho de 2007 
  223. «Wrestlers allegedly tied to drug ring». Sports Illustrated. 18 de março de 2007. Consultado em 22 de março de 2007 
  224. «A Statement From World Wrestling Entertainment, Inc.». World Wrestling Entertainment. Consultado em 22 de março de 2007 
  225. «Randy Orton Interview». New Zealand Wide Pro Wrestling. 4 de novembro de 2005. Consultado em 22 de agosto de 2007. Cópia arquivada em 24 de setembro de 2009 
  226. «Randy Orton news». Sescoops. Consultado em 27 de setembro de 2007. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2007 
  227. Koha, Nui Te (4 de janeiro de 2008). «Wrestling the truth». Herald Sun. Australia. Consultado em 1 de abril de 2009. Cópia arquivada em 24 de setembro de 2009 
  228. «Randy Orton and his wife expecting first child». World Wrestling Entertainment. 10 de abril de 2008. Consultado em 12 de abril de 2008 
  229. Eck, Kevin (27 de abril de 2008). «Orton taps bad side to raise up». The Baltimore Sun. Consultado em 28 de abril de 2008 
  230. «Randy Orton's wife gives birth». World Wrestling Entertainment. 17 de julho de 2008. Consultado em 18 de julho de 2008 
  231. «An interview with Randy Orton, conducted by Silver Vision». Silver Vision. Consultado em 22 de agosto de 2007. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2008 
  232. Robinson, Keith (11 de agosto de 2008). «Orton involved in motorcycle accident». World Wrestling Entertainment. Consultado em 11 de agosto de 2008 
  233. Baines, Tim (22 de novembro de 2008). «Maturity arrives for Randy Orton». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 25 de novembro de 2008 
  234. a b c Caldwell, James (17 de maio de 2007). «Caldwell's WWE Judgment Day PPV Report 5/17: Ongoing "virtual time" coverage of Orton vs. Batista, Edge vs. Jeff Hardy». Pro Wrestling Torch. Consultado em 8 de agosto de 2009 
  235. Tedesco, Mike (19 de dezembro de 2010). «WWE Tribute to the Troops Results - 12/18/10». WrestleView. Consultado em 21 de dezembro de 2010 
  236. Martin, Adam (19 de dezembro de 2010). «TLC PPV Results - 12/19/10». WrestleView. Consultado em 21 de dezembro de 2010 
  237. Ross, Jim (31 de janeiro de 2007). «Rumble... Raw... Bret/Austin... Goldberg... Government Mule». Consultado em 22 de agosto de 2007. The Garvin Stomp- In all due respect to Ronnie 'Hands of Stone' Garvin, it has been suggested to me that I call the move the 'Randy Orton Stomp' to which I have done. 
  238. Caldwell, James (19 de julho de 2010). «Caldwell's WWE Raw Results 7/19: Ongoing "virtual time" coverage of live Raw following Money in the Bank PPV». Pro Wrestling Torch. Consultado em 17 de outubro de 2010 
  239. Keller, Wade (19 de julho de 2010). «WWE Raw Results 7/19: Keller's complete coverage of live Money in the Bank fallout». Pro Wrestling Torch. Consultado em 17 de outubro de 2010 
  240. Spoor, Mark (20 de novembro de 2006). «We wonder ...». Nascar. Consultado em 19 de janeiro de 2010 
  241. Pena, Daniel (18 de fevereiro de 2008). «Hornswoggle Wins Pro Wrestling Illustrated's Rookie Of The Year Award; More 2007 Award Results Revealed». Lords Of Pain. Consultado em 13 de abril de 2008. Cópia arquivada em 2 de março de 2008. Most Hated Wrestler Of The Year – Randy Orton (36%) 
  242. Pro Wrestling Illustrated. 31 (3): 76–77. 2010 
  243. «Awards der Pro Wrestling Illustrated: 2004» (em German). Genickbruch: Die Wrestlingseite des alten Europa. Consultado em 13 de abril de 2008 
  244. «Achievement Awards: Most Popular». Pro Wrestling Illustrated. 11 de janeiro de 2011. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  245. Abreu, Donnie (13 de março de 2002). «Tough talent choices lay ahead for WWF». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 9 de janeiro de 2009 
  246. Pro Wrestling Illustrated. 31 (3): 82–83. 2010 
  247. «And, finally ... PWI's 2010 Wrestler of the Year». Pro Wrestling Illustrated. 17 de janeiro de 2011. Consultado em 17 de janeiro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Randy Orton