Tyson Kidd

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tyson Kidd
Tyson-Kidd-Jan-2012.jpg
Informações pessoais
Nome completo Theodore James Wilson
Nascimento 11 de julho de 1980 (37 anos)[1]
Calgary, Alberta, Canadá[1]
Residência Tampa, Flórida
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
TJ Wilson[1]
Stampede Kid
Tyson Kidd
Altura
anunciada
1.78m[1]
Peso
anunciado
204 lb (93 kg)[1]
Anunciado
de
Calgary, Alberta
Treinado
por
Davey Boy Smith[1]
Deep South Wrestling
Estreia 23 de julho de 1995[1]

Theodore James "TJ" Wilson (Calgary, 11 de julho de 1980)[1] é um lutador de wrestling profissional canadense que atualmente trabalha para a WWE, lutando no programa SmackDown como Tyson Kidd.

Na WWE, Wilson já foi uma vez Campeão Mundial de Duplas[2] e duas vezes Campeão de Duplas da WWE,[3] uma das vitórias com David Hart Smith, com Natalya, namorada de Kidd, eles formaram a The Hart Dynasty e outra com Cesaro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Inicio[editar | editar código-fonte]

Treinamento[editar | editar código-fonte]

Wilson treinou no Dungeon ("Calabouço") de Stu Hart em Calgary, Alberta, Canadá. Wilson aperfeiçoou sua técnica ao treinar com Tokyo Joe, que o ajudou a trabalhar para a New Japan Pro Wrestling (NJPW) e na Inglaterra.[4] Ele lutou sua primeira luta na Stampede Wrestling em Calgary aos 15 anos, em 1995.[4][5] Aos 16 anos, ele lutou a primeira luta de um evento não-televisionado em Calgary para a World Wrestling Federation, em uma dupla com Andrew Picarnic contra Teddy Hart e Harry Smith.[4][6] No ano seguinte, Wilson passou a treinar com Bret Hart.[6]

Japão, Reino Unido e Stampede Wrestling[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2002, Wilson passou a lutar no Japão.[4] Ele realizou cinco turnês no país,[7] including participando do Torneio Best of the Super Juniors de 2003 na NJPW.[4] Em 2004, TJ Wilson participou de uma turnê no Reino Unido com a All Star Wrestling. Ele competiu ao redor do país, lutando várias vezes por semana durante dois meses.

Como parte do Stampede Wrestling, Wilson ganhou o apelido de "Stampede Kid" ("O Garoto de Stampede").[4] Ele ganhou seu primeiro título em fevereiro de 2004, como parceiro de Bruce Hart e Stampede Wrestling International Tag Team Champion, substituindo o lesionado Teddy Hart.[8] Ele ganhou o Stampede British Commonwealth Mid-Heavyweight Championship em 15 de outubro de 2004 ao derrotar Duke Durrango.[9] Em outubro de 2005, Wilson e Durrango se tornaram roteiristas da Stampede Wrestling.[1] Em 15 de setembro de 2006, Wilson derrotou Apocalypse e ganhou o Stampede North American Heavyweight Championship em uma luta no intervalo do jogo Calgary Stampeders vs. Winnipeg Blue Bombers da Canadian Football League no McMahon Stadium.[1] Em 10 de novembro de 2006, Wilson substituiu o Tag Team Champion Pete Wilson, que havia se lesionado, e se tornou o novo parceiro de Juggernaut.[8] Wilson lutou sua última luta individual em 26 de janeiro de 2006, sendo derrotado por Apocalypse.[5][10] Ele retornou em 9 de fevereiro de 2007, lutando sua última luta, defendendo seu International Tag Team Championship, contra The A-Team (Michael Avery e Dusty Adonis).[11] Ele e Juggernaut venceram a luta, no entanto, Wilson deu os títulos para o A-Team.[11]

World Wrestling Entertainment (WWE) (2006-presente)[editar | editar código-fonte]

Territorios de desenvolvimentos (2006-2008)[editar | editar código-fonte]

Wilson foi contratado pela World Wrestling Entertainment em novembro de 2006,[7] após receber ótimas avaliações do treinador Bill DeMott. Ele foi mandado para o Deep South Wrestling (DSW) em fevereiro de 2007, com sua namorada Nattie Neidhart.[5][7] Quando a DSW e WWE acabaram seu acordo, Wilson foi mandado para a Florida Championship Wrestling. No fim de 2007, ele trabalhou com Harry Smith, Nattie Neidhart, Teddy Hart e Ted DiBiase, Jr. como Next Generation Hart Foundation.

Em 1 de dezembro de 2007, ganhou o FCW Southern Heavyweight Championship ao derrotar Afa, Jr. em uma ladder match.[12] Ele perdeu o título para Ted DiBiase, Jr. em 18 de dezembro.[13] Na metade de 2008, ele formou novamente uma dupla com Smith, a qual teve como manager Natalya (Nattie Neidhart).[14] Em 30 de outubro, eles venceram o FCW Florida Tag Team Championship,[14] mas o perderam para Tyler Reks e Johnny Curtis em 11 de dezembro de 2008.[15]

The Hart Dynasty (2009-2010)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Hart Dynasty

Wilson estreou na televisão em 10 de fevereiro de 2009, na ECW on Sci Fi sob o nome de Tyson Kidd, derrotando um lutador local, Bao Nguyen.[16] Apesar de Natalya acompanhar Kidd na ECW, ela continuou como membro oficial do SmackDown até 15 de abril de 2009, quando foi transferida para a ECW durante o Draft Suplementar.[17] Na ECW de 12 de maio, a luta de Kidd com Finlay foi interrompida por DH Smith, então sob o nome de David Hart Smith, que atacou Finlay para auxiliar Kidd.[18] Kidd, Smith e Neidhart formaram a The Hart Trilogy ("Trilogia Hart"), que logo foi renomeada The Hart Dynasty ("A Dinastia Hart") na ECW de 26 de maio.[19][20]

The Hart Dynasty (da esquerda para a direita) Kidd, Natalya e David Hart Smith como Campeões de Duplas da WWE em 10 de agosto de 2010.

Em 29 de junho, a Hart Dynasty foi transferida para o SmackDown.[21] Eles começaram uma rivalidade com Cryme Tyme em julho (a rivalidade terminou em outubro). No pay-per-view Bragging Rights, Kidd e Smith participaram de uma luta sete-contra-sete com Chris Jericho, Kane, Finlay, Matt Hardy e R-Truth como parte do Time do SmackDown, derrotando o Time do Raw.[22] A Hart Dynasty recebeu uma luta pelo Unified WWE Tag Team Championship em 25 de dezembro, no SmackDown, contra D-Generation X, mas não conseguiram ganhar os títulos. Eles começaram uma rivalidade com Hardy e The Great Khali em 22 de janeiro de 2010.

Os membros da Hart Dynasty se tornaram mocinhos no WrestleMania XXVI, ajudando Bret Hart durante sua luta contra Vince McMahon. Na noite seguinte, no Raw, derrotaram os Unified WWE Tag Team Champions ShoMiz (The Big Show e The Miz) em uma luta que não valia os títulos.[23][24] Eles receberam o direito de ter luta pelo Unified Tag Team Championship durante o Extreme Rules, ao derrotar ShoMiz em uma Gauntlet match (que também incluiu as duplas John Morrison e R-Truth, e Montel Vontavious Porter e Mark Henry).[25] No Draft de 2010, a Hart Dynasty, acompanhados por Natalya e Bret Hart, derrotaram ShoMiz, ganhando o Unified Tag Team Championship, quando Kidd Kidd obrigou Miz a desistir após um Sharpshooter.[2][3][26]

No dia seguinte, os três membros da Hart Dynasty foram transferidos para o Raw durante o Draft Suplementar de 2010.[27] No Raw de 10 de maio, Kidd derrotou The Miz, dando à Bret uma chance pelo WWE United States Championship, e, na semana seguinte, a Hart Dynasty ajudou Bret a ganhar o título.[28][29] No Over the Limit, eles defenderam seus títulos contra Chris Jericho e The Miz.[30] Na noite seguinte, no Raw de 24 de maio, eles foram atacados pelos Usos (Jimmy e Jey) e Tamina após uma luta, criando uma rivalidade entre os trios.[31][32] No Fatal 4-Way, eles derrotaram os Usos e Tamina, quando Natalya fez o pinfall em Tamina, e Smith e Kidd derrotaram os Usos no Money in the Bank, mantendo o título.[33][34] No Night of Champions, a Hart Dynasty perdeu o WWE Tag Team Championship para Cody Rhodes e Drew McIntyre em uma Tag Team Turmoil match que também envolveu os Usos, Vladimir Kozlov e Santino Marella, e Evan Bourne e Mark Henry.[35]

Após falhar em ganhar o título de volta, Kidd e Smith passaram a discutir. Isso culminou na separação da dupla no Raw de 15 de novembro, quando Kidd se recusou a ajudar e atacou Smith em uma luta pelo WWE Tag Team Championship contra The Nexus (Justin Gabriel e Heath Slater).[36] Na semana seguinte, Kidd enfrentou John Morrison numa luta qualificatória do King of the Ring, mas perdeu.[37] Em 2 de dezembro, no WWE Superstars, Kidd perdeu para Smith em uma luta individual. Mais tarde, Smith ofereceu um aperto de mão, mas Kidd o estapeou.[38] No Raw seguinte, Kidd derrotou Smith em uma revanche, durante a qual foi acompanhado por um guarda-costas, mais tarde revelado como Jackson Andrews.[39][40]

Lutas individuais (2010-2012)[editar | editar código-fonte]

Em 26 de abril, Kidd foi transferido para o SmackDown como parte do Draft Suplementar de 2011.[41] Ele teve sua primeira luta no programa em 6 de maio, mas perdeu para Sin Cara.[42] No Superstars de 12 de maio, Kidd foi acompanhado ao ringue por Michael Hayes, derrotando Trent Barreta.[43] Na semana seguinte, no entanto, Kidd foi derrotado por Yoshi Tatsu, fazendo Hayes o abandonar. Nas semanas seguintes, Kidd passou a ter um manager diferente a casa semana, com Armando Estrada, Matt Striker, Vickie Guerrero e JTG. Além disso, Kidd foi nomeado um pro na quinta temporada do NXT, mentorando Lucky Cannon, que foi o terceiro eliminado. Kidd começou uma rivalidade com Yoshi Tatsu, ainda no NXT, em uma história onde Kidd ridicularizava Yoshi por sua paixão por um boneco. Em 26 de julho, Tatsu derrotou Kidd em uma luta onde um colar com pedaços do boneco estava no topo de um mastro. Nas semanas seguintes, o vestiário de Tyson foi depredado e, durante uma luta sua com Trent Barreta, um kanji apareceu no telão, o distraindo e o fazendo perder a luta[44]. Na semana anterior, o mesmo símbolo havia aparecido durante uma luta entre Kidd e JTG. Em 6 de setembro, o perseguidor foi revelado como sendo Tatsu, que derrotou Kidd[45]. Nas semanas seguintes, Derrick Bateman se aliou a Kidd contra Tatsu.

Mocinho e International Airstrike (2012-presente)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: International Airstrike

No WWE Superstars de 26 de janeiro de 2012, Kidd se tornou um mocinho ao ser derrotado por Jinder Mahal. Sua primeira vitória como mocinho aconteceu no NXT Redemption de 1 de fevereiro, derrotando Trent Barreta.[46] No WrestleMania XXVIII, Kidd e Justin Gabriel enfrentaram Primo e Epico e The Usos pelo WWE Tag Team Championship, mas foram derrotados.[47] No No Way Out, Kidd e Gabriel participaram de uma luta também envolvendo Epico e Primo, The Usos e Prime Time Players para decidir os desafiantes pelos títulos de dupla, mas não venceram.[48] No SmackDown de 29 de junho, Kidd derrotou Jack Swagger para se qualificar para a luta Money in the Bank pelo World Heavyweight Championship no evento Money in the Bank.[49] Ele, no entanto, não venceu a luta.[50]

No WWE Superstars de 21 de junho, Kidd e Gabriel derrotaram Curt Hawkins e Tyler Reks,[51] um feito repetido em 26 de julho e 10 de agosto, no WWE Superstars.[52][53][54] No SmackDown de 24 de agosto, Kidd e Gabriel, agora chamados International Airstrike,[55] brigaram com diversos times nos bastidores.[56] Em 31 de agosto, eles foram derrotados pelos Prime Time Players.[57] Kidd e Gabriel participaram de um torneio para decidir os desafiantes pelo WWE Tag Team Championship no Hell in a Cell, sendo derrotados na primeira rodada por Zack Ryder e Santino Marella. No Survivor Series, Kidd e Gabriel fizeram parte do time de Brodus Clay em uma luta de eliminação. Kidd eliminou Epico e Titus O'Neil, com seu time vencendo a luta.[58] Em janeiro de 2013, Kidd sofreu uma lesão no joelho, deixando as lutas por, estimadamente, 6 à 12 meses. Após praticamente 11 meses sem aparições em shows ao vivo, Tyson Kidd faz seu retorno no Raw de 4 de Novembro, onde faz time com Natalya para vencer Fandango e Summer Rae em uma Mixed Tag Team Match. No WWE Fastlane em 22 de fevereiro de 2015 ele e Cesaro (tendo Natalya como manager) derrotaram os The Usos, conquistando o tag team champion. No Extreme Rules eles perderam o título para o The New Day.[59]

No wrestling[editar | editar código-fonte]

Wilson no ringue em 2007

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

Kidd como Campeão de Duplas da WWE em setembro de 2010.

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r «TJ Wilson Profile». Online World Of Wrestling. Consultado em 2 de maio de 2008 
  2. a b c «History of the World Tag Team Championship: David Hart Smith & Tyson Kidd». World Wrestling Entertainment. 26 de abril de 2010. Consultado em 27 de abril de 2010 
  3. a b c «History of the WWE Tag Team Championship: David Hart Smith & Tyson Kidd». World Wrestling Entertainment. 26 de abril de 2010. Consultado em 27 de abril de 2010 
  4. a b c d e f Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome boost
  5. a b c Clevett, Jason (27 de janeiro de 2007). «Bittersweet Stampede farewell for Neidhart & Wilson». Slam! Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 11 de março de 2008 
  6. a b Baines, Tim (7 de agosto de 2009). «Hart Dynasty courting hometown cheers». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 8 de agosto de 2009 
  7. a b c Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome pair
  8. a b «Stampede Wrestling International Tag Team Title». Wrestling-Titles. Consultado em 7 de março de 2009 
  9. a b «Independent Wrestling Results – October 2004 – October 15, 2004—Stampede Wrestling in Calgary, Alberta». Online World of Wrestling. 15 de outubro de 2004. Consultado em 5 de julho de 2008 
  10. «January 26th 2007 Results». Stampede Wrestling. 27 de janeiro de 2007. Consultado em 13 de março de 2009 
  11. a b «February 9th 2007 Results». Stampede Wrestling. 9 de fevereiro de 2007. Consultado em 13 de março de 2009 
  12. Wojcik, Alan J. (1 de dezembro de 2007). «December 1, 2007–Florida Championship Wrestling in New Port Richey, Florida at the Jewish Community Center». Online World of Wrestling. Consultado em 13 de maio de 2009 
  13. Wojcik, Alan J. (18 de dezembro de 2007). «December 18, 2007–Florida Championship Wrestling in New Port Richey, Florida at the Bourbon Street Night Club». Online World of Wrestling. Consultado em 13 de maio de 2009 
  14. a b c Varsallone, Jim (26 de novembro de 2008). «Wrestling tradition continues with confident Smith». The Miami Herald. Consultado em 18 de fevereiro de 2009. Cópia arquivada em 14 de fevereiro de 2009 
  15. a b «Champions Roll Call». Florida Championship Wrestling. Consultado em 1 de janeiro de 2011 
  16. Bishop, Matt (10 de fevereiro de 2009). «ECW: Christian returns to WWE». Slam! Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 11 de fevereiro de 2009 
  17. «2009 WWE Supplemental Draft results». World Wrestling Entertainment. 15 de abril de 2009. Consultado em 15 de abril de 2009 
  18. Bishop, Matt (13 de maio de 2009). «ECW: The new Hart Foundation?». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 13 de maio de 2009 
  19. Bishop, Matt (20 de maio de 2009). «ECW: Hart Trilogy keeps Finlay guessing». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de maio de 2009 
  20. Bishop, Matt (27 de maio de 2009). «ECW: Sorting out ECW Championship mess». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de maio de 2009 
  21. «Trump's Last Laugh». World Wrestling Entertainment. 28 de junho de 2009. Consultado em 7 de julho de 2009 
  22. Bishop, Matt. «Cena, Smackdown earn Bragging Rights». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de outubro de 2009  Texto "date-2009-10-25" ignorado (ajuda)
  23. Plummer, Dale; Tylwalk, Nick (29 de março de 2010). «Undertaker ends Shawn Michaels' career in thrilling rematch to cap off Wrestlemania XXVI». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 30 de março de 2010 
  24. Plummer, Dale (30 de março de 2010). «RAW: HBK says farewell to the WWE Universe». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 30 de março de 2010 
  25. Kapur, Bob (25 de abril de 2010). «WWE Extreme Rules features strong Mania rematches». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de abril de 2010 
  26. Plummer, Dale (26 de abril de 2010). «RAW: Feeling a draft». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de abril de 2010 
  27. «2010 WWE Supplemental Draft results». World Wrestling Entertainment. 27 de abril de 2010. Consultado em 27 de abril de 2010 
  28. Plummer, Dale (10 de maio de 2010). «RAW: The final show at the Igloo». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de julho de 2010 
  29. Plummer, Dale. «RAW: Some Buzz heading toward Over the Limit». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de julho de 2010  Texto "date-2010-05-17" ignorado (ajuda)
  30. Bishop, Matt (23 de maio de 2010). «Batista quits to end disappointing Over The Limit». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de julho de 2010 
  31. Clevett, Jason (25 de maio de 2010). «Family legacy important to Rikishi Fatu». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de julho de 2010 
  32. Plummer, Dale (24 de maio de 2010). «RAW: New GM has Hart; Batista quits». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de julho de 2010 
  33. Kapur, Bob (20 de junho de 2010). «4-Way matches Fatal for championship reigns». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 3 de abril de 2011 
  34. Mcnamara, Andy (19 de julho de 2010). «Kane, Miz make most of Money In The Bank». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 3 de abril de 2011 
  35. Tylwalk, Nick (20 de setembro de 2010). «Few gimmicks, more title changes at Night of Champions». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 25 de setembro de 2010 
  36. Waldman, Jon (16 de novembro de 2010). «Raw: Kickin' it old school». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de novembro de 2010 
  37. Plummer, Dale (22 de novembro de 2010). «RAW: The Miz cashes in as Nexus costs Orton WWE title». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de novembro de 2010 
  38. Johnson, Matt (3 de dezembro de 2010). «Superstars: The Hart Dynasty explodes». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 3 de dezembro de 2010 
  39. Plummer, Dale (7 de dezembro de 2010). «RAW: Cena pushes Nexus, Barrett to the breaking point». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 7 de dezembro de 2010 
  40. Martin, Adam (6 de dezembro de 2010). «Identity of the wrestler on Raw with Tyson Kidd». WestleView. Consultado em 7 de dezembro de 2010 
  41. Bishp, Matt; Waldman, Jon (April 26, 2011). «Live coverage: 2011 WWE Supplemental Draft». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em April 27, 2011  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  42. Hillhouse, Dave (May 7, 2011). «Smackdown: Peeps have a say». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em May 7, 2011  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  43. Caldwell, James (May 12, 2011). «Caldwell's WWE Superstars Report 5/12: Masterlock vs. Future Shock main event, Hayes debuts as Kidd's manager, Broskis reunite». Pro Wrestling Torch. Consultado em May 13, 2011  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  44. «WWE NXT results: Maxine is back with a vengeance». WWE. Consultado em 28 de agosto de 2011 
  45. «WWE NXT results: Tagging in for retribution». WWE. Consultado em 8 de julho de 2011 
  46. «WWE NXT TAPING RESULTS». Consultado em January 3, 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  47. Benigno, Anthony. «WrestleMania results: Primo & Epico vs. The Usos vs. Tyson Kidd & Justin Gabriel - Triple Threat Tag Team Championship Match». Consultado em 2 de abril de 2012 
  48. Medalis, Kara. «The Prime Time Players won a Fatal 4-Way Tag Team Match». Consultado em 18 de junho de 2012 
  49. Burdick, Michael. «Tyson Kidd def. Jack Swaggerto qualify for Money in the Bank». Consultado em 1 de julho de 2012 
  50. «World Heavyweight Championship Money in the Bank Ladder Match». WWE. Consultado em 15 de julho de 2012 
  51. «WWE Superstars: June 21, 2012 (41:17)». WWE. Consultado em June 21, 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  52. «WWE Superstars: July 26, 2012 (41:31)». WWE. Consultado em July 26, 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  53. «WWE Superstars Results, July 26». Wrestling Attitude. Consultado em August 7, 2012  Parâmetro desconhecido |las= ignorado (ajuda); |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda); Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  54. Ryan, Mike. «Video: 8.09 WWE Superstars». Wrestling Attitude. Consultado em August 9, 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  55. Gray, Richard. «International Airstrike In WWE, Smackdown's Return To Green Bay, More On The Return Of Wade Barrett». Wrestling News World. Consultado em August 28, 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  56. Trionfo, Richard. «WWE Smackdown Results 8/24/12». Lords of Pain. Consultado em August 24, 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  57. «WWE.com: Live SmackDown Results for Aug 31, 2012». WWE. Consultado em August 31, 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  58. Passero, Mitch. «Rey Mysterio, Sin Cara, Brodus Clay, Justin Gabriel & Tyson Kidd def. The Prime Time Players, Tensai, Primo & Epico (Traditional Survivor Series Elimination Tag Team Match)». Consultado em 19 de novembro de 2012 
  59. Caldwell, James (January 10, 2013). «WWE NEWS: Kidd out 6-12 months with severe knee injury». Pro Wrestling Torch. Consultado em January 11, 2013  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  60. Big D. «More WWE developmental TV taping for no TV – but there may be news on that front» (PDF). Wrestling Observer/Figure Four Online. Consultado em 16 de julho de 2009 
  61. a b c DiLiegro, Phil (17 de fevereiro de 2009). «ECW TV report by Phil DiLiegro». Wrestling Observer/Figure Four Online. Consultado em 16 de julho de 2009 
  62. a b «ECW TV report». Wrestling Observer/Figure Four Online. 28 de abril de 2009. Consultado em 16 de julho de 2009 
  63. Payne, Ontonio (31 de julho de 2009). «WWE Superstars TV report». Wrestling Observer/Figure Four Online. Consultado em 31 de julho de 2009 
  64. Caldwell, James (17 de fevereiro de 2009). «CALDWELL'S ECW TV REPORT 2/17: Christian continues to impress, Dreamer needs help from Ricky O, TAKA sighting». Pro Wrestling Torch. Consultado em 16 de julho de 2009 
  65. Medalis, Kara A. (5 de maio de 2009). «ECW on Sci Fi: Swagger's Cinco de Mayo fiesta». World Wrestling Entertainment. Consultado em 13 de março de 2009 
  66. «New Foundation (Legal Title)». Broadcast Music Incorporated. Consultado em 23 de janeiro de 2010 
  67. Milner, John M. «Harry Smith». Slam! Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de fevereiro de 2009 
  68. «"PWI 500": 1–100». Pro Wrestling Illustrated. 30 de julho de 2010. Consultado em 31 de julho de 2010 
  69. a b c «TJ Wilson-Alumni». Stampede Wrestling. 25 de janeiro de 2007. Consultado em 12 de fevereiro de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tyson Kidd