Bobby Roode

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Robert Roode)
Ir para: navegação, pesquisa
Bobby Roode
Bobby Roode at HoH 14.jpg
Roode em maio de 2016.
Informações pessoais
Nome completo Robert Francis Roode Jr.
Nascimento 11 de maio de 1977 (40 anos)[1]
Peterborough, Ontário, Canadá[2]
Residência Toronto, Ontário, Canadá
Cônjuge(s) Tracey Roode
Filho(s) 3
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Bobby Roode[2][3]
Bobby Rude[2]
Lee Awesome[2]
Mark Rude
Robert Roode[2]
Altura
anunciada
1 83 m[3]
Peso
anunciado
235 lb (110 kg)[3]
Anunciado
de
Toronto, Ontário, Canadá
Wall Street em Manhattan, Nova Iorque[2]
Treinado
por
Val Venis[2]
Shane Sewell[2]
Estreia 1998[4]

Robert Francis "Bobby" Roode Jr. [5] (Peterborough, 11 de maio de 1977), mais conhecido como Bobby Roode, é um lutador de luta livre profissional canadense que atualmente trabalha para a WWE no programa Smackdown Live, onde é o atual campeão dos Estados Unidos.

Roode é mais conhecido por ter trabalhado durante 12 anos para a Total Nonstop Action Wrestling (TNA) de 2004 a 2016. Roode estreou como membro do Team Canada em 2004, tornando-se duas vezes campeão mundial de duplas da NWA com Eric Young. Após a separação da equipe, ele ficou um bom tempo sendo lutador individual, até que ele formou uma dupla bem sucedida com James Storm chamada Beer Money, Inc. Juntamente com Storm, eles foram cinco vezes campeão mundial de duplas da TNA e eles são os campeões com o maior reinado da história da TNA. Roode posteriormente derrotou Storm para se tornar campeão mundial dos pesos-pesados da TNA e se tornou o campeão peso-pesado com o maior reinado na história da empresa, mantendo o título por 256 dias. Em seus últimos anos com a empresa, Roode teve um último reinado como campeão mundial dos pesos-pesados da TNA, ganhou também o Campeonato Mundial de Duplas da TNA com Austin Aries e foi uma vez campeão King of the Mountain da TNA.

Roode teve alguns combates pela WWE de 1998 a 2004 (principalmente luta preliminares), mas ele realmente assinou com a promoção em 2016 e começou sua carreira no território de desenvolvimento da empresa, o NXT, onde ele foi uma vez campeão do NXT antes de ir para o plantel principal. Roode estreou no SmackDown em 22 de agosto de 2017 e rapidamente entrou para o Team SmackDown, para paticipar da luta principal do Survivor Series daquele ano e entrando em rivalidades pelo Campeonato dos Estados Unidos, eventualmente ganhando o título em janeiro de 2018, do qual foi o seu primeiro título no plantel principal.

Carreira na luta profissional[editar | editar código-fonte]

Circuito independente (1998-2004)[editar | editar código-fonte]

Roode foi treinado em Peterborough, Ontário, sua cidade natal, pelos colegas Sean Morley e Shane Sewell.[6] Ele completou seu treinamento após um ano e teve sua luta de estreia em junho de 1998 como "Total" Lee Awesome contra Pete Rock.[7] Ele passou a trabalhar para várias promoções independentes canadenses, além de fazer aparições para a promoção porto-riquenha World Wrestling Council (WWC). Ele também passou a lutar em combates preliminares para a World Wrestling Federation/Entertainment (WWF/E) entre 1998 a 2004 antes de ser contratado pela Total Nonstop Action Wrestling (TNA).[8]

Roode atuou para a World Wrestling Federation (mais tarde renomeado World Wrestling Entertainment) várias vezes entre 2001 e 2004. Ele geralmente apareceu em programas de televisão secundários como Jakked/Metal, Sunday Night Heat ou Velocity. Ele também lutou em combates preliminares antes do Raw e do SmackDown.

Total Nonstop Action Wrestling (2004-2016)[editar | editar código-fonte]

Team Canada (2004-2006)[editar | editar código-fonte]

Roode em 2005 como membro do Team Canada.

Em maio de 2004, Roode foi trazido para a Total Nonstop Action Wrestling (TNA) por Scott D'Amore, o proprietário da Border City Wrestling, uma companhia independente canadense para a qual Roode trabalhou na ocasião. Roode estreou na TNA como membro da stable Team Canada, junto com Petey Williams, Johnny Devine e Eric Young, e participou da World X-Cup, que foi conquistada pelo Team USA. Como o maior e mais poderoso membro do Team Canada na época, Roode atuou como responsável pelo grupo, um papel popularizado por Arn Anderson. No início de 2006, ao reconhecer suas comparações com Anderson, ele solicitou que ele fosse chamado de "The Canadian Enforcer" a partir desse ponto, e começou a chegar ao ringue em roupões de lantejoula, parecidos com o estilo chamativo popularizado pelos Four Horsemen e Rick Rude no final da década de 1980.

Em outubro de 2004, Roode e Eric Young derrotaram Christopher Daniels e James Storm para se tornarem os novos campeões mundiais de duplas da NWA, mas em novembro perderam o título para a 3Live Kru (Konnan, BG James e Ron Killings), e reconquistaram o título em dezembro do mesmo ano, se tornando duas vezes campeões mundiais de duplas da NWA, mas em janeiro de 2005, perderam de novo o título, desta vez para o America's Most Wanted. Em 14 de agosto de 2005, no Pay-per-view Sacrifice, o Team Canada derrotou o America's Most Wanted e The Naturals em uma luta eight man tag team.

Em 15 de janeiro de 2006, no Final Resolution, Roode começou uma carreira solo, enquanto ainda estava ligado ao Team Canada, ao derrotar Ron Killings.[9] Cinco meses depois, no episódio de 29 de junho do TNA Impact!, o Diretor de Gestão da TNA, Jim Cornette, forçou a dissolução do Team Canada.[10] No entanto, no episódio de 6 de julho do Impact!, Cornette deu ao Team Canada mais uma chance de permanecer juntos, mas apenas se vencessem uma luta na semana seguinte contra Jay Lethal, Rhino e Team 3D (Brother Ray e Brother Devon).[11] No episódio de 13 de julho do Impact!, o Team Canada perdeu a luta, sendo eliminando de uma vez por todas.[12]

Robert Roode Inc. (2006-2008)[editar | editar código-fonte]

Após a dissolução do Team Canada, Roode começou a se referir como o "agente livre mais quente da TNA". As vinhetas começaram a aparecer com vários gerentes da TNA, como Simon Diamond, Jim Mitchell e Shane Douglas colocando a ideia de que Roode era um competidor do Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da NWA e declarando seu interesse em se tornar seu gerente, mas ele eventualmente os descartou. Tendo escolhido não trabalhar com um gerente atual da TNA, os segmentos começaram a ser exibidos com Roode entrevistando os gerentes para o cargo, Bobby "The Brain" Heenan em 7 de setembro, Col. Robert Parker em 14 de setembro e Sherri Martel em 21 de setembro.[13] Ele revelou seu gerente escolhido no Bound for Glory, como sendo Traci Brooks e ele prontamente começou a se referir como "Robert Roode", adotando uma gimmick de um comerciante de ações de Wall Street, com Brooks agora se referindo como "Ms. Brooks", sua "Diretora Executiva" (CEO).[14] Sua primeira rivalidade após a mudança foi contra Eric Young, de quem ficou com ciúmes quando percebeu que os fãs não estavam se alegrando com ele, e sim com os movimentos de Young. Depois que Young venceu Brooks em um concurso de biquíni no Turning Point de 2006, Roode exigiu que Brooks fizesse com que Young assinasse para "Robert Roode Inc.". Finalmente, no evento Against All Odds de 2007, Brooks seduziu Young para assinar um contrato a "Robert Roode Inc.", e Roode começou a controlar Young ao ordená-lo.[15]

Young, no entanto, começou a lutar de novo, devido ao conselho de um "amigo" misterioso. No Lockdown de 2007, Roode enfrentou Petey Williams, o homem que ele acreditava ser o "amigo" de Young, e ganhou a luta apesar de Young tentar ajudar Williams.[16] Na semana seguinte, Young disse que Williams não era seu "amigo", e Roode, que controlava o contrato de Young, deu a Young uma semana para dizer a ele quem era seu amigo ou ele seria demitido. Na semana seguinte, Young revelou que seu "amigo" era Jeff Jarrett, que resultou em Roode enfrentando Jarrett no Sacrifice. Roode derrotou Jarrett depois de aplicar um Pay Off.[17] Roode acabou enfrentando Young no Slammiversary 2007.[18] Roode fez a contagem em Young depois de acertá-lo com uma cadeira de aço, mas quando estava prestes a vencer, Jim Cornette aparece e ordena que a luta seja reiniciada.[19] Young então acabou vencendo a luta e no processo cortou seus laços com Roode.[20]

No início de 2008, após a chegada de Booker T na TNA, Roode se juntou à Ms. Brooks em uma luta de equipes mistas contra Booker T e sua esposa Sharmell no Final Resolution.[21] Depois de perder a luta, Roode finalmente confronta Brooks, culpando ela pela derrota e quando Sharmell corre para o ringue para detê-lo, Roode virou-se e acabou acertando ela na mandíbula, derrubando-a.[22] Enquanto Booker T correu para o ringue para ajudar a sua esposa, Roode escapou do ringue e percebeu o que havia feito.[23] No Impact! seguinte, Roode confrontou Brooks e a demitiu, mas foi interrompido por Jim Cornette quando ele tentou por as mãos sobre ela. Posteriormente, o "fã número um" de Roode atacou Brooks quando ela estava saindo do ringue. O fã de Roode, chamada Ms. Payton Banks, substituiu Brooks.

A Ms. Payton Banks é abusada verbalmente por Roode após a derrota para Booker T e Sharmell no Lockdown e depois de insultá-la, como costumava fazer com a Ms. Brooks nos meses anteriores, Roode efetivamente acaba encerrando sua aliança com ela.[24]

Beer Money, Inc. (2008-2011)[editar | editar código-fonte]

Beer Money, Inc. em setembro de 2008.

No episódio de 12 de junho do Impact!, Roode, juntamente com James Storm, desafiou a The Latin American Xchange (LAX) (Homicide e Hernandez) pelo Campeonato Mundial de Duplas da TNA. Storm e Roode ganharam, depois que Storm executou um Last Call em Hernandez, com um cinto enrolado em torno de sua bota. Hector Guerrero, gerente da LAX, estava no ringue e informou para o árbitro sobre o que aconteceu, reiniciando a luta. LAX então venceu, levando Roode, Storm e Jacqueline (gerente de Storm) a atacar a LAX. Na semana seguinte, a LAX desafiou Storm e Roode para uma luta Fan's Revenge Lumberjack no Victory Road. Roode e Storm começaram a chamar-se "Beer Money, Inc.", às vezes encurtados para simplesmente "Beer Money", com o nome baseado em suas gimmicks individuais (a gimmick de cowboy bebedor de cerveja de Storm representando "Beer" e a gimmick de comerciante de ações de Wall Street de Roode representando "Money"). No Victory Road, a LAX ganhou a luta.[25] No Hard Justice, a Beer Money se tornou os novos campeões mundiais de duplas da TNA, derrotando a LAX depois de acertarem uma garrafa de cerveja em Homicide.[26] A disputa continuou e no No Surrender, a Beer Money, Inc novamente venceu.[27] No Bound for Glory IV, a Beer Money defendeu com sucesso o título em uma luta Monster's Ball de quatro equipes, depois que Roode fez a contagem em Hernandez da LAX.[28]

Roode e Storm perderam os títulos para Jay Lethal e Consequences Creed no episódio de 8 de janeiro de 2009 do Impact!, mas os recuperou três dias depois no Genesis em uma luta 3-way, que também envolveu Abyss e Matt Morgan.[29] Beer Money, Inc. enfrentou Creed e Jay Lethal no Against All Odds e manteve o título.[30] No Lockdown, a Beer Money perdeu o Campeonato Mundial de Duplas da TNA para o Team 3D em uma Philadelphia Street Fight, onde os Títulos de Duplas da IWGP do Team 3D também estavam em jogo. Em 21 de maio, a Beer Money viraram mocinhos ao salvar o Team 3D, que estava sendo atacado pela The British Invasion (Doug Williams, Brutus Magnus e seu guarda-costas Rob Terry). Eles declararam que, todas as vezes em que lutaram, o Team 3D mostrou que, se você lutar, você deve pelo menos lutar de maneira justa. No Sacrifice, a Beer Money derrotou a The British Invasion para ganhar o Torneio Team 3D Invitational Tag Team e ganha o direito de desafiar o Team 3D pelos Títulos Mundiais de Duplas da TNA.[31] No Slammiversary, a Beer Money derrotou o Team 3D para ganhar o Campeonato Mundial de Duplas da TNA pela terceira vez. No mês seguinte, no Victory Road, a Beer Money perdeu os títulos para Booker T e Scott Steiner da The Main Event Mafia.

Beer Money, Inc. em julho de 2010.

Depois de quatro meses, após se aliarem ao Fortune, grupo liderado por Ric Flair, Roode e Storm voltaram à rota pelo Campeonato Mundial de Duplas da TNA, derrotando a Ink Inc. (Jesse Neal e Shannon Moore) no Final Resolution, para determinar o desafiante número um aos títulos.[32] Em 9 de janeiro de 2011, no Genesis, a Beer Money, Inc. derrotou a The Motor City Machine Guns para ganhar o Campeonato Mundial de Duplas da TNA pela quarta vez.[33] No início de maio, Roode voltou a usar mais uma vez o primeiro nome de Bobby.[34] No dia 13 de julho, a Beer Money, Inc. tornaram-se os campeões com o maior reinado do Campeonato Mundial de Duplas da TNA na história do título, quebrando o recorde anterior de 184 dias, estabelecido por AJ Styles e Tomko em 2007. No dia 7 de agosto, no Hardcore Justice, a Beer Money, Inc. defendeu com sucesso o Campeonato Mundial de Duplas da TNA contra a Mexican America (Anarquia e Hernandez).[35] Dois dias depois, nas filmagens do episódio de 18 de agosto do Impact Wrestling, a Mexican America derrotou a Beer Money, Inc. em uma revanche, após a interferência de Jeff Jarrett, para ganhar o Campeonato Mundial de Duplas da TNA, terminando o reinado recorde de Roode e Storm em 212 dias.[36]

Campeão Mundial dos Pesos-Pesados da TNA (2011-2013)[editar | editar código-fonte]

De junho a setembro, Roode foi um dos doze participantes da Série Bound for Glory para determinar o desafiante número um ao Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da TNA e ele venceu este torneio.[37] Em 16 de outubro, no Bound for Glory, Roode falhou na tentativa de ganhar o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados quando ele foi derrotado por Kurt Angle, depois que o árbitro não percebeu seu braço segurando as cordas.[38] No episódio seguinte do Impact Wrestling, depois de revelar que Roode não era elegível para uma revanche com Angle, a nova figura de autoridade, Sting, deu a luta a James Storm, que derrotou Angle para se tornar o novo campeão mundial dos pesos-pesados.[39] No episódio seguinte do Impact Wrestling, Roode derrotou Samoa Joe para se tornar o desafiante número um ao título de Storm.[40] No episódio de 3 de novembro do Impact Wrestling, Roode derrotou Storm para se tornar o novo Campeão Mundial dos Pesos-Pesados da TNA, depois de acertar Storm com sua própria garrafa de cerveja, dissolvendo a Beer Money, Inc. e também se tornando um vilão no processo.[41] Roode e Storm tiveram uma revanche pelo título na semana seguinte. Como resultado de um ataque nos bastidores, Storm entrou na luta sangrando e eventuamente perdeu, depois de passar pela perda de sangue.[42] No episódio de 24 de maio de 2012 do Impact Wrestling, Roode defendeu com sucesso o seu título contra AJ Styles para garantir que no dia seguinte ele quebrasse o reinado recorde de Styles de 211 dias como campeão mundial dos pesos-pesados da TNA.[43] No dia 8 de julho, no Destination X, Roode perdeu o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da TNA para Austin Aries, terminando seu reinado aos 256 dias.[44] Na tentativa de provar que a vitória de Aries tinha sido um acaso, Roode enfrentou o novo campeão mundial dos pesos-pesados em uma luta sem o título no episódio de 19 de julho do Impact Wrestling. No entanto, a luta terminou sem vencedor, quando ambos os concorrentes foram atacados por um grupo de agressores mascarados, conhecidos apenas como "Aces & Eights".[45] No dia 12 de agosto no Hardcore Justice, Roode desafiou sem sucesso Aries pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da TNA, com uma estipulação que o impediu de obter outra revanche pelo título, desde que Aries fosse campeão.[46] No episódio de 6 de dezembro do Impact Wrestling, Roode foi revelado como o homem que pagou os Aces & Eights para atacar o campeão mundial dos pesos-pesados Jeff Hardy no final do show.[47] Três dias depois, no Final Resolution, Roode falhou em sua tentativa de título contra Hardy, após que, ambos os homens foram atacados pelos Aces & Eights.[48] No episódio seguinte do Impact Wrestling, o membro do Aces & Eights, Devon, revelou que Roode foi superado por Austin Aries para evitar que ele ganhasse o título.[49] Na semana seguinte, Roode atacou Aries no evento principal da noite, custando-lhe sua luta pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados.[50] No episódio seguinte do Impact Wrestling, Roode e Aries se enfrentaram em uma luta para decidir o desafiante número um ao título. O combate terminou sem vencedor, após o árbitro Earl Hebner, Roode e Aries serem atacados por Hardy.[51] A rivalidade culminou em uma luta triple threat de eliminação em 13 de janeiro de 2013, no Genesis, onde Roode falhou novamente para conquistar o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados de Hardy.[52]

Perseguições por títulos e reinados (2013-2015)[editar | editar código-fonte]

Em 25 de janeiro, nas gravações do episódio de 31 de janeiro do Impact Wrestling, em Manchester, na inglaterra, Roode e Austin Aries derrotaram Chavo Guerrero Jr. e Hernandez para ganhar o Campeonato Mundial de Duplas da TNA pela quinta vez em sua carreira.[53] No episódio de 11 de abril do Impact Wrestling, Roode e Aries perderam o Campeonato Mundial de Duplas da TNA para Guerrero e Hernandez em uma luta Two-out-of-Three Falls, terminando seu reinado aos 76 dias.[54] Roode e Aries receberam sua revanche no episódio de 25 de abril do Impact Wrestling, mas foram novamente derrotados por Guerrero e Hernandez após a interferência de Christopher Daniels e Kazarian.[55]

No wrestling[editar | editar código-fonte]

  • Finishing moves
    • Fujiwara armbar[56] – 2011
    • Northern Lariat[2] (Running lariat)
    • Pay Off (Bridging cradle suplex)[57] – 2007–presente, rolling cutter – 2006–2007, ou um swinging neckbreaker[2] – 2006)
    • Double R Spinebuster (Spinning spinebuster)[58][59]
  • Com James Storm
    • Finishing moves
      • DWI – Drinking While Investing[64] (Simultaneous powerbomb (Storm) / neckbreaker slam (Roode) combinação)
    • Signature moves
      • Assisted swinging side slam[65]
      • Catapult por Roode seguido de um DDT por Storm
      • Clothesline (Roode) / double knee backbreaker (Storm) combinação
      • Double suplex[66]
      • Scoop slam por Roode seguido por um elbow drops juntos de Roode e Storm[66]
      • Simultaneous Samoan drop (Storm) / diving neckbreaker (Roode) combinação[61]
      • Spinning spinebuster (Roode) / Double knee backbreaker (Storm) combinação[66]
      • Wheelbarrow facebuster (Roode) / double knee facebreaker (Storm) combinação[67]
  • Música de entrada
    • "No More Fears" por Dale Oliver[69]
    • "Sorry About Your Damn Luck" por Dale Oliver (Como parte da Beer Money, Inc.)
    • "Take a Fall (Instrumental)" por Dale Oliver
    • "Take a Fall" por Dale Oliver ae Serg Salinas[70]
    • "Fortune 4" por Dale Oliver[71]
    • "Glorious Domination" por CFO$ (14 de julho de 2016 – presente)

Campeonatos e prêmios[editar | editar código-fonte]

  • All–Canadian Pro Wrestling
    • ACPW Heavyweight Championship (1 vez)[2]
  • Atlantic Coast Wrestling
    • ACW International Heavyweight Championship (1 vez)[2]
  • Maritime Wrestling
    • Maritime Cup (2003)[75]
  • Real Action Wrestling
    • RAW Heavyweight Championship (4 vezes)[2]
  • Twin Wrestling Entertainment
    • TWE Heavyweight Championship (1 vez)[82]
  • Universal Wrestling Alliance
    • UWA Heavyweight Championship (2 vezes)
    • UWA Tag Team Champion (1 vez) – com Petey Williams

Referências

  1. «Robert Roode» (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y «Bobby Roode profile». Online World of Wrestling. Consultado em 1 de janeiro de 2017 
  3. a b c «Bobby Roode». WWE NXT. Consultado em 11 de agosto de 2008. Arquivado do original em 25 de maio de 2011 
  4. Eck, David (9 de abril de 2008). «Q&A with Robert Roode». The Baltimore Sun. Consultado em 22 de setembro de 2010 
  5. «Home». WWE (em inglês) 
  6. «Home». WWE (em inglês) 
  7. «Home». WWE (em inglês) 
  8. «Home». WWE (em inglês) 
  9. «Home». WWE (em inglês) 
  10. «Home». WWE (em inglês) 
  11. «Home». WWE (em inglês) 
  12. «Home». WWE (em inglês) 
  13. «Home». WWE (em inglês) 
  14. «Home». WWE (em inglês) 
  15. «Home». WWE (em inglês) 
  16. «Home». WWE (em inglês) 
  17. «Home». WWE (em inglês) 
  18. «Home». WWE (em inglês) 
  19. «Home». WWE (em inglês) 
  20. «Home». WWE (em inglês) 
  21. «Home». WWE (em inglês) 
  22. «Home». WWE (em inglês) 
  23. «Home». WWE (em inglês) 
  24. «Home». WWE (em inglês) 
  25. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  26. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  27. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  28. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  29. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  30. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  31. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  32. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  33. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  34. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  35. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  36. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  37. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  38. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  39. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  40. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  41. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  42. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  43. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  44. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  45. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  46. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  47. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  48. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  49. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  50. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  51. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  52. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  53. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 30 de janeiro de 2018 
  54. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 30 de janeiro de 2018 
  55. «The Official Home of Impact Wrestling». Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 30 de janeiro de 2018 
  56. Bishop, Matt (17 de abril de 2011). «TNA delivers another dud with Lockdown». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 24 de maio de 2011 
  57. Keller, Wade (13 de maio de 2007). «TNA Sacrifice PPV flashback series - 2007 PPV Report: Kurt Angle captures TNA World Title vs. Sting and Christian». Pro Wrestling Torch. Consultado em 26 de junho de 2010 
  58. Bishop, Matt (6 de agosto de 2010). «Impact: On the road to Hardcore Justice». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 8 de agosto de 2010 
  59. Martin, Adam (25 de julho de 2008). «Impact Results - 7/24/08 (Joe vs Booker, Tables Elimination, & more)». WrestleView. Consultado em 15 de junho de 2010 
  60. Martin, Adam (12 de agosto de 2007). «Hard Justice PPV Results - 8/12/07 - Orlando, FL ("Winner Takes All")». WrestleView. Consultado em 1 de março de 2010 
  61. a b Martin, Adam (19 de abril de 2009). «Lockdown PPV Results - 4/19/09». WrestleView. Consultado em 13 de outubro de 2009 
  62. Boutwell, Josh (26 de junho de 2009). «Impact Results - 6/25/09». WrestleView. Consultado em 1 de março de 2010 
  63. Csonka, Larry (14 de maio de 2006). «411's TNA Sacrifice Report 5.14.06». 411Mania. Consultado em 1 de março de 2010 
  64. Keller, Wade (16 de março de 2010). «Keller's TNA Impact report 3/15: Week two of Monday Impact with Jeff Hardy vs. A.J. Styles, Foley-Bischoff angle, Destination X hype, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 26 de junho de 2010 
  65. Lansdell, Chris (11 de janeiro de 2009). «411's TNA Genesis Report 01.11.09». 411Mania. Consultado em 13 de outubro de 2009 
  66. a b c Boutwell, Josh (24 de abril de 2009). «Impact Results - 4/23/09». WrestleView. Consultado em 13 de outubro de 2009 
  67. Martin, Adam (14 de maio de 2010). «TNA Impact Results - 5/13/10». WrestleView. Consultado em 3 de junho de 2010 
  68. Martin, Adam (28 de fevereiro de 2006). «iMPACT! Taping Results from Orlando, FL for the next Two Weeks». WrestleView. Consultado em 1 de março de 2010 
  69. «Bobby Roode (No More Fears)». The American Society of Composers, Authors and Publishers. Consultado em 20 de junho de 2010 
  70. «Emergence». Total Nonstop Action Wrestling. Consultado em 13 de novembro de 2009 
  71. «Fortune Theme». Total Nonstop Action Wrestling. Consultado em 12 de maio de 2011 
  72. «BCW - Border City Wrestling Can-Am Heavyweight Title History». Solie. Consultado em 11 de agosto de 2008. Cópia arquivada em 31 de julho de 2008 
  73. «BCW - Border City Wrestling BCW - Can-Am Tag Team Title History». Solie. Consultado em 11 de agosto de 2008 
  74. «Independent Wrestling Results - September 2004». Online World of Wrestling. Consultado em 5 de julho de 2008 
  75. «Independent Wrestling Results - October 2003». Online World of Wrestling. Consultado em 5 de julho de 2008 
  76. Westcott, Brian. «Cyberspace Wrestling Federation/NWA Cyberspace Heavyweight Title History». Solie. Consultado em 11 de agosto de 2008 
  77. «PTW Heavyweight Championship». Cagematch. Consultado em 22 de setembro de 2010 
  78. Clark, Ryan (18 de setembro de 2008). «The Complete 'PWI 500' List For 2008». Pro Wrestling Illustrated. WrestlingInc.com. Consultado em 10 de março de 2009 
  79. «Impact Spoiler - World Title match result for 11/3». PWTorch. 26 de outubro de 2011. Consultado em 26 de outubro de 2011 
  80. Mills, Ian. «2/7 TNA IMPACT WRESTLING SPOILERS FROM MANCHESTER, UK». PW Insider. Consultado em 26 de janeiro de 2013 
  81. Duncan, Royal. «NWA National Wrestling Alliance NWA World Tag Team Title History». Solie. Consultado em 11 de agosto de 2008 
  82. «CygyWrestling profile». CygyWrestling. Consultado em 7 de outubro de 2009 
  83. Meltzer, Dave (22 de janeiro de 2007), «2006 Wrestling Observer Newsletter Awards», Campbell, CA, Wrestling Observer Newsletter, ISSN 1083-9593, pp. 1–12 
  84. Keller, Wade. «KELLER'S WWE SMACKDOWN REPORT 1/16: U.S. Title Tournament semi-finals with Xavier vs. Jinder, Roode vs. Mojo, Shane-Bryan drama continues» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 17 de janeiro de 2018 
  85. James, Justin (28 de janeiro de 2017). «NXT TAKEOVER REPORT 1/28: Ongoing coverage of event headlined with Nakamura vs. Roode live from San Antonio» (em inglês). PW Torch. Consultado em 29 de janeiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bobby Roode