Shelton Benjamin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shelton Benjamin
Shelton Benjamin.jpg
Shelton Benjamin num house show em Novembro de 2006
Informações pessoais
Nascimento 9 de julho de 1975 (40 anos)
Orangeburg, Carolina do Sul
Residência Houston, Texas
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Shelton Benjamin
Altura
anunciada
1,88 m[1]
Peso
anunciado
112 kg[1]
Anunciado
de
Orangeburg, South Carolina[1]
Treinado
por
Ohio Valley Wrestling
Estreia Novembro de 2000[2]

Shelton Benjamin, (Orangeburg, Carolina do Sul, 9 de Julho de 1975) é um lutador profissional de wrestling estadunidense mais conhecido por seu trabalho da WWE.

Benjamin praticou inicialmente wrestling amador, incluindo wrestling no colegial e na Universidade de Minnesota. Por pouco tempo, também foi assistente técnico. Depois de passar algum tempo na Ohio Valley Wrestling, onde conquistou o OVW Southern Tag Team Championship em quatro ocasiões, a WWE moveu-o para o elenco principal, colocando-o em aliança com Kurt Angle e Charlie Haas, que era conhecido como Team Angle (e mais tarde World's Greatest Tag Team). Durante seu tempo na companhia, ele ganhou o Intercontinental Championship três vezes, o WWE United States Championship uma e o Tag Team Championship duas vezes. Seu reinado com o título intercontinental foi o mais longo do Século XXI, e o sétimo maior em títulos norte-americanos, empatado com Steve Austin.

Infância e adolescência[editar | editar código-fonte]

Shelton nasceu e morou até a adolescência num bairro violento de Orangeburg, onde viu de perto vários assaltos e outras formas de violência. Ali chegou a participar de gangues para se defender. Foi neste ambiente que Benjamin encontrou o caminho para o esporte.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

No wrestling amador[editar | editar código-fonte]

Benjamin tornou-se lutador amador ainda em sua cidade natal.[1] Começou a praticar o esporte na Orangeburg-Wilkinson High School,[4] onde atingiu o recorde de 122 vitórias e 10 derrotas, e foi campeão da South Carolina State High School Heavyweight Wrestling por duas vezes, em 1993 e 1994.[1] [2] [4] [5] Benjamin também foi campeão da Junior College National Track nos 100 metros rasos e ganhou o Junior College National Wrestling Heavyweight Title em 1996.[4] [5] Foi aceito na Universidade de Minnesota, onde alcançou o recorde de 36 vitórias e 6 derrotas[2] e foi All-American Heavyweight Wrestler por duas vezes.[4]

Em vez de tentar qualificar-se para os Jogos Olímpicos de 2000, Benjamin decidiu-se pela carreira no wrestling profissional.[5]

Ohio Valley Wrestling (2000-2002)[editar | editar código-fonte]

Foi oferecido um contrato a Benjamin com a WWE, o qual ele aceitou. Foi colocado na Ohio Valley Wrestling (OVW) em dupla com Brock Lesnar, que era seu colega na universidade.[6] Juntos eram conhecidos como os Minnesota Stretching Crew[5] e detiveram o OVW Southern Tag Team Championship em três ocasiões.[7] Os primeiros dois reinos ocorreram durante fevereiro e julho de 2001.[5] Ganharam os títulos pela terceira vez de Rico Constantino e The Prototype em 29 de outubro. Depois de Lesnar ter sido chamado para o plantel principal da WWE, Benjamin formou equipe com Redd Dogg Begnaud "The Dogg Pound" e mais uma vez se tornou campeão do OVW Southern Tag Team, em 17 de julho de 2002.[2] [5]

Durante o resto de 2002, Benjamin lutou em vários house shows no plantel principal da WWE incluindo Sunday Night Heat como favorito dos fãs.[5]

World Wrestling Entertainment (2002-2010)[editar | editar código-fonte]

World's Greatest Tag Team (2002–2004)[editar | editar código-fonte]

Benjamin recebeu um contrato por tempo integral na WWE em setembro de 2002.[5] Ele juntou-se ao SmackDown como vilão a 26 de dezembro, formando o Team Angle com Charlie Haas e o medalhista olímpico Kurt Angle como seu mentor.[8] O primeiro combate oficial juntos na WWE foi contra Edge e Chris Benoit, a 2 de janeiro de 2003.[9] Eles continuaram a rivalidade com Benoit até o No Way Out, onde Benoit se juntou com Brock Lesnar para os vencer.[10] A 6 de fevereiro Benjamin e Haas ganharam o WWE Tag Team Championship de Los Guerreros (Eddie e Chavo Guerrero).[11] Retiveram os títulos no seu primeiro WrestleMania numa Triple Threat match contra Los Guerreros, Chris Benoit e Rhyno.[5] Mais tarde perderam os títulos para Eddie Guerrero e o seu novo parceiro Tajiri no Judgment Day num ladder match.[5]

No SmackDown de 12 de junho, Angle confrontou Benjamin e Haas e expulsou-os da Team Angle.[12] A equipa passou a chamar-se The World's Greatest Tag Team (A Melhor Dupla do Mundo) e conseguiram ganhar os títulos de volta na edição de 3 de julho.[13] Em 18 de setembro perderam os títulos depois de Benjamin ter sofrido uma lesão grave no joelho durante um combate contra Los Guerreros.[14] Benjamin ficou fora das gravações aproximadamente um mês.[5] Mais tarde voltou a competir com o seu parceiro Haas pelo WWE Tag Team Championship numa Fatal Four-Way match na WrestleMania XX, mas perderam.[15]

Raw; intercontinental Champion (2004–2006)[editar | editar código-fonte]

No WWE Draft Lottery, a 22 de março de 2004 Benjamin foi transferido para o WWE Raw.[16] Depressa se tornou um favorito dos fãs, ganhando de Triple H por imobilização.[17] Benjamin entrou em rivalidade com Triple H, vencendo-o três vezes no total: uma por imobilização, outra por contagem fora do ringue e outra por desqualificação.[18] Depois entrou em rivalidade com os restantes membros do Evolution ganhando de Ric Flair no Backlash e perdendo contra Randy Orton pelo WWE Intercontinental Championship no Bad Blood.[19] [20] Durante um combate com Garrison Cade no WWE Heat, Benjamin lesionou a sua mão gravemente, ficando fora de ação por algum tempo.[5] Foi mais tarde escolhido pelos fãs para competir num combate pelo Intercontinental Championship contra Chris Jericho no Taboo Tuesday, o qual ganhou.[2] [21] Durante o seu reinado como Intercontinental Championship reteve o título contra vários oponentes, tais como Christian no Survivor Series em novembro,[22] Maven no New Year's Revolution de janeiro,[23] e Chris Jericho no Backlash em maio.[24] Benjamin perdeu o título contra Carlito quando este estreou no RAW, em 20 de junho de 2005, acabando o maior reinado como Intercontinental Champion do Século XXI.[25]

Benjamin num house show em Kitchener, Ontário, Canadá em Agosto de 2005.

A 5 de dezembro estava marcado um combate de duplas com Benjamin e Shawn Michaels como parceiros. Michaels decidiu ter uma conversa com Benjamin para o motivar.[26] Durante o combate, Michaels estava prestes a ganhar quando Benjamin decidiu fazer o revezamento e "roubar" a vitória, mas ao falhar um crossbody permitiu que Carlito vencesse.[2] [27] Nas seguintes semanas Benjamin continuou a perder combates[2] o que fez com que "Momma" (no papel de sua mãe "Mamãe Benjamin") aparecese no RAW para confrontá-lo.[28] Momma gritava com Benjamin sempre que ele perdia.[29] Logo começou a assistir aos seus combates ao lado do ringue chegando a interferir.[30] Isto fez com que Benjamin se tornasse vilão mais uma vez. Já 2006 teve uma rivalidade com o Intercontinental Champion da época - Ric Flair, vencendo-o e recuperando o título de volta a 20 de fevereiro. (Com a ajuda de Momma que fingiu um ataque de coração o que causou distracção suficiente para Benjamin poder ganhar.)[31] [32] A rivalidade com Flair continuou, mas Momma deixou de acompanhar Benjamin ao lado do ringue. Segundo ele, Momma precisava de uma cirurgia no coração e Flair era o responsável.[33]

Benjamin competiu no segundo Money in the Bank ladder match na WrestleMania 22.[34] [35] O que resultou numa rivalidade com o vencedor do combate Rob Van Dam numa tentativa de lhe tirar o contrato ganho. Durante este tempo Benjamin passou a usar óculos de sol, joalharia e ocasionalmente camisetas coloridas para estar de acordo com a sua nova personagem.[36] Em 17 de abril foi derrotado pelo seu antigo parceiro de duplas Charlie Haas. Uma das estipulações do combate era que se Benajmin perdesse, ele tinha que defender o seu Intercontinental Championship no mesmo combate pelo contrato do Money in the Bank contra Van Dam no Backlash.[37] [38] Seria um combate Winner Takes All (Vencedor Leva Tudo) o qual Van Dam ganhou.[39] [40] Benjamin recuperou o título de volta no primeiro combate Handicap Texas Tornado Tag Team com Triple H e Chris Masters na sua equipe contra Van Dam e o WWE Champion da altura John Cena.[5] Ambos os títulos, WWE Championship e Intercontinental Championship podiam ser ganhos por imobilizar no respectivo campeão. Depois de Triple H aplicar um pedigree em Van Dam e virar a sua atenção para Cena, Benjamin imobilizou Van Dam e recuperou título intercontinental de volta, passando a ser campeão pela terceira vez.[41] [42] Benjamin então teve rivalidades com vários lutadores pelo título intercontinental incluindo Carlito até perder o título para John Morrison num Triple Threat match envolvendo Carlito no Vengeance.[43] [44]

A 4 de dezembro, Charlie Haas, antigo parceiro de Benjamin, apareceu para celebrar a sua vitória sobre Super Crazy.[45] [46] Em 11 de dezembro, The World's Greatest Tag Team estava oficialmente reunida ao derrotar os Highlanders.[47] [48] Agora reunidos, tiveram uma rivalidade com o Cryme Tyme, mas competiram na maior parte das vezes no WWE Heat.[49]

No fim da sua estadia no RAW Shelton pintou o seu cabelo, o que significava a mudança na sua personagem para The Gold Standard.

The Gold Standard e o United States Championship (2007–2010)[editar | editar código-fonte]

Na edição do ECW de 20 de novembro de 2007, Elijah Burke introduziu Shelton Benjamin como o novo lutador do ECW. Benjamin começou a receber mais atenção e melhores combates vencendo Tommy Dreamer na sua estreia.[50] Foi qualificado para o Royal Rumble de 2008 e ganhou um combate Over The Top Rope, uma amostra do Royal Rumble. No evento Benjamin foi o décimo sétimo a entrar mas foi eliminado por Shawn Michaels.[51] Shelton perdeu pela primeira vez no ECW contra Kane por contagem, a 29 de janeiro de 2008. Na edição do SmackDown de 22 de fevereiro, Benjamin venceu Jimmy Wang Yang num combate de qualificação para o Money in the Bank ladder match da WrestleMania XXIV,[52] o qual foi ganho por CM Punk.[53] Depois da WrestleMania Benjamin criou uma rivalidade com Kofi Kingston, este venceu-o na edição do ECW de 22 de abril. Na desforra em 29 de abril Kingston ganhou outra vez. No entanto, na centésima edição do ECW, foi Benjamin que ganhou acabando com a série de vitórias de Kingston. Para acabar com o confronto, Kingston venceu Benjamin numa ECW Extreme Rules match.

Como parte do Draft suplemental de 2008, Benjamin foi sorteado para o SmackDown.[54] A 11 de julho, Benjamin venceu o United States Champion Matt Hardy ganhando uma oportunidade pelo título.[55] Em 20 de julho no Great American Bash Benjamin venceu Hardy pelo título tornado-se United States Champion.[56] [57] Envolveu-se então em rivalidades com vários lutadores tais como Gregory Helms[58] [59] e R-Truth.[60] Até teve uma pequena rivalidade com The Undertaker[61] [62] que acabou no Royal Rumble com Benjamin a ser eliminado por ele. A 6 de março de 2009 Benjamin venceu Jeff Hardy por desqualificação e ganhou um lugar no Money in the bank ladder match da WrestleMania XXV.[63]

No 500º episódio de SmackDown a 20 de março, Shelton perdeu o título americano para Montel Vontavious Porter.[64] E voltou a perder no Money in the bank ladder match na WrestleMania.[65]

Dia 29 de junho foi noticiado que Benjamin foi transferido para a ECW. Na ECW, virou favorito do público, iniciou uma rivalidade com Zack Ryder que durou algumas semanas e acabou com a vitória de Shelton. A última rivalidade de Benjamin foi contra Sheamus. Sheamus foi para a Raw em 26 de outubro (segunda-feira). Para um combate final, na edição de 27 de outubro do ECW, Sheamus derrotou Shelton.[66] Atualmente está em rivalidade com Zack Ryder, na última luta com ele ganhou a oportunidade pelo título da ECW, numa ladder match contra Christian PPV TLC chegado o dia do PPV Shelton Benjamin enfrenta Christian mas não sai vitorioso.

Benjamin foi demitido da WWE em 22 de abril de 2010 [67] .

Fora do wrestling[editar | editar código-fonte]

Benjamin é um ávido jogador de videojogos. Ganhou o WWE THQ Superstar Challenge, um torneio de videojogos que se realiza durante o fim-de-semana da WrestleMania, quatro vezes de seguida até se reformar do torneio.[68] [69] Benjamin joga todos os dias.[69]

Também é perito em arte, cria livros de banda desenhada e presta atenção ao detalhe. Quase considerou uma carreira nessa área.[70]

Benjamin juntamente com Batista e Josh Matthews, representaram a WWE na "Democratic National Convention" num esforço de persuadir os fans a votarem nas Eleições presidenciais dos Estados Unidos da América de 2008.[71]

No wrestling[editar | editar código-fonte]

Benjamin aplicando um T-Bone Suplex em Carlito.
Benjamin aplicando uma clothesline em Lance Cade com os Highlanders a observar.
  • Ataques

Os ataques em negrito são os finishers (golpes de finalização). Os golpes em itálico são os golpes em que Shelton Benjamin modificou o nome do movimento.

    • 450° splash[2]OVW - O lutador salta e dá uma cambalhota e meia caindo sobre um inimigo na posição splash.
    • Paydirt[72] (Leaping reverse STO) – 2007–presente
    • Superkick[2] – 2002–presente
    • Dragon whip[73] / Money clip[2] / Shell Shocka[2] - 2002–presente
    • Cobra clutch backbreaker[2]
    • Diving clothesline[74]
    • Falling neckbreaker, como oposto ao vertical suplex onde Benjamin aterra com os pés primeiro
    • Inverted facelock backbreaker
    • Jumping DDT, como oposto ao back body drop
    • Múltiplas variações do suplex
      • Bridging / Release German
      • Bridging Northern lights[2]
      • Release exploder
      • Superplex
      • T–Bone Suplex[1] – 2004–presente
    • Roundhouse kick
    • Samoan drop
    • Shell Bomb[2] (Turnbuckle powerbomb)[75]
    • Somersault plancha
    • Spinebuster
    • Springboard leap para um bulldog modificado[2] ou um somersault neckbreaker[2]
    • Stinger splash[76]
    • Tornado DDT
    • Cross Body(correndo em direção ao córner)
    • Rope Flip
  • Managers
  • Alcunhas
  • The Gold Standard[77] (pode ser traduzido para "O Padrão de Ouro")

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

Shelton Benjamin com o WWE Tag Team Championship.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Black Athlete Sports Network
  • Wrestler Afro-Americano do Ano em 2005[82]
  • Wrestling Observer Newsletter awards
  • Most Underrated Wrestler (2005–2007)

Referências

  1. a b c d e f «Shelton Benjamin's WWE Bio». WWE. Consultado em 17/06/2007. 
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas oww
  3. «Benjamin, Shelton Biography» (em inglês). Starpulse. Consultado em 24 de novembro de 2009. 
  4. a b c d Scales, Jason (2002). «It's all about the Benjamin». Wrestling Digest. Consultado em 18/06/2007.  Parâmetro desconhecido |mês= ignorado (|data=) (Ajuda);
  5. a b c d e f g h i j k l m John Milner (17/04/2005). «Shelton Benjamin's Profile». SLAM! Wrestling. Consultado em 18/06/2007. 
  6. «Ohio Valley Wrestling Alumni». ovwrestling.com. Consultado em 17/06/2007. 
  7. a b «OVW Southern Tag Team Title». wrestling-titles.com. Consultado em 17/06/2007. 
  8. «SmackDown Results - December 26, 2002». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  9. «SmackDown Results - January 2, 2003». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  10. «No Way Out 2003 - February 23, 2003». prowrestlinghistory.com. Consultado em 2007-06-17. 
  11. «WWE Tag Team - Benjamin & Haas». wwe.com. Consultado em 2007-06-17. 
  12. «SmackDown Results - June 12, 2003». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  13. «SmackDown Results - July 3, 2003». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  14. «SmackDown Results - September 18, 2003». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  15. «WrestleMania XX - March 14, 2004». prowrestlinghistory.com. Consultado em 2007-06-17. 
  16. «RAW Results - March 22, 2004». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  17. Blackjack Brown (2004-04-04). «Benjamin stuns HHH – and WWE» Chicago Sun Times [S.l.] 
  18. «RAW Results - April 5, 2004». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  19. «Backlash 2004 - April 18, 2004». Pro Wrestling History. Consultado em 2007-06-17. 
  20. «Bad Blood 2004 - June 13, 2004». Pro Wrestling History. Consultado em 2007-06-17. 
  21. «Taboo Tuesday 2004 - October 19, 2004». prowrestlinghistory.com. Consultado em 2007-06-17. 
  22. «Survivor Series 2004 - November 14, 2004». Pro Wrestling History. Consultado em 2007-06-17. 
  23. «New Year's Revolution - January 9, 2005». Pro Wrestling History. Consultado em 2007-06-17. 
  24. «Backlash 2005 - May 1, 2005». Pro Wrestling History. Consultado em 2007-06-17. 
  25. «Intercontinental title reign: Carlito». WWE. Consultado em 2007-06-17. 
  26. «RAW Results - December 5, 2005». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  27. «McMahon to Bischoff: "You're fired!"». WWE. Consultado em 2009-04-15. 
  28. «The Chamber awaits». WWE. Consultado em 2008-04-15. 
  29. «RAW Results - January 2, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  30. PWI Staff (2007). «Pro Wrestling Illustrated presents: 2007 Wrestling almanac & book of facts». "Wrestling’s historical cards" Kappa Publishing [S.l.] p. 119. 
  31. «"Big Time" Pedigree». WWE. Consultado em 2008-04-15. 
  32. «RAW Results - February 20, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  33. «RAW Results - March 13, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  34. «WrestleMania 22 - April 2, 2006». Pro Wrestling History. Consultado em 2007-06-17. 
  35. «RVD wins the "Money in the Bank" Ladder Match». WWE. Consultado em 2008-04-15. 
  36. «Picture of Shelton Benjamin». Consultado em 2007-07-20. 
  37. «A sign of what's to come?». WWE. Consultado em 2008-04-15. 
  38. «RAW Results - April 17, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  39. «Backlash History 2006 Matches». WWE. Consultado em 2008-04-15. 
  40. «Backlash 2006 - April 30, 2006». Pro Wrestling History. Consultado em 2007-06-17. 
  41. «Money Shot». WWE. Consultado em 2008-04-15. 
  42. «RAW Results - May 15, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  43. «First time's the charm». WWE. Consultado em 2008-04-15. 
  44. «Vengeance 2006 - June 25, 2006». Pro Wrestling History. Consultado em 2007-06-17. 
  45. «Divide and conquer». WWE. Consultado em 2008-04-15. 
  46. «RAW Results - December 4, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  47. «Cena stands tall». WWE. Consultado em 2008-04-15. 
  48. «RAW Results - December 11, 2006». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  49. «The World's Greatest Tag Team OWoW Profile». Online World of Wrestling. Consultado em 2007-06-17. 
  50. «Heating up for the holidays». WWE. Consultado em 2007-11-20. 
  51. «2008 Royal Rumble Statistics». WWE. Consultado em 2008-02-03. 
  52. DiFino, Lennie (2008-02-22). «Two roads diverge». WWE. Consultado em 2008-03-12. 
  53. Clayton, Corey (2008-02-22). «Results:Perseverance makes Punk ‘Mr. Money’ in Orlando». WWE. Consultado em 2008-03-12. 
  54. «Official 2008 WWE Supplemental Draft Results». WWE. Consultado em 2008-06-25. 
  55. «SmackDown: Endless love?». WWE. Consultado em 2009-04-13. 
  56. a b «History Of The WWE United States Championship -Shelton Benjamin». WWE. 2008-07-20. Consultado em 2008-07-21. 
  57. DiFino, Lennie (2008-07-20). «The Great American Bash 2008». WWE. Consultado em 2008-07-21. 
  58. «Toronto title quest». WWE. Consultado em 2009-04-13. 
  59. «Bridgeport tunnel vision». WWE. Consultado em 2009-04-13. 
  60. «With destiny Arma-gotten, Superstars lookin’ to Rumble». WWE. Consultado em 2009-04-13. 
  61. «Hardy New Year!». WWE. Consultado em 2009-04-13. 
  62. «Lost in Jeopardy». WWE. Consultado em 2009-04-13. 
  63. «Disruption eruption». WWE. Consultado em 2009-04-13. 
  64. «Layin' the SmackDown 500 times over». WWE. Consultado em 2009-04-13. 
  65. «Twice as nice for CM Punk». WWE. Consultado em 2009-11-23. 
  66. Bishop, Matt (2009-10-27). «ECW: Christian, Tatsu engage in superb battle for title». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-10-28. 
  67. [ http://casadowrestling.wordpress.com/2010/04/22/wwe-demite-seis-wrestlers-shelton-benjamin-e-mickie-james-incluida/ Casa do Wrestling, português]
  68. Kapur, Bob (2007-05-11). «Shelton Benjamin hard to faze». SLAM! Wrestling. Consultado em 2007-06-18. 
  69. a b Gaudiosi, John (2007-05-18). «Shelton Benjamin: WWE Superstar and PSP® Fan». Consultado em 2007-06-18. 
  70. «Superstars and Divas Hidden Talents Revealed». WWE. Consultado em 2008-09-13. 
  71. «WWE at the Democratic and Republican National Conventions». WWE. 2008-08-22. Consultado em 2008-09-13. 
  72. Grimaldi, Michael C. (2008-08-12). «Early Smackdown TV report for August 22». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 2008-09-07. 
  73. «A Barbaric Batista». WWE. Consultado em 2008-07-15. 
  74. «McMahon to Bischoff: "You're fired!"». 2005-12-05. Consultado em 2008-07-15.  Texto "publisherWWE" ignorado (Ajuda)
  75. Mulligan, Ryan (2008-08-15). «Ryan Mulligan's Smackdown TV report for August 15». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 2008-09-07. 
  76. «Celebrating Eddie Guerrero». WWE. 2005-11-14. Consultado em 2008-07-15. 
  77. Rote, Andrew (2007-12-02). «Shelton Benjamin raises the bar». WWE. Consultado em 2008-03-27. 
  78. «ThemeAddict WWE the Music V6». top40-charts.com. Consultado em 2009-04-13. 
  79. «WWE Music Volume 8 CD». WWE. Consultado em 2008-03-27. 
  80. «WWE: Inside WWE > Title History > Intercontinental». wwe.com. Consultado em 2007-06-17. 
  81. «WWE: Inside WWE > Title History > WWE Tag Team». wwe.com. Consultado em 2007-06-17. 
  82. Thompson, Korbid (2006-01-03). «2005 African-American Wrestler of the Year». Consultado em 2007-06-18. 
  83. «Pro Wrestling Illustrated Top 500 - 2005». Consultado em 2007-06-17. 
  84. «Pro Wrestling Illustrated Award Winners - Tag Team of the Year». Consultado em 2007-06-17. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]