Edge (lutador)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edge
Adam Copeland 2013.jpg
Edge em 2013.
Informações pessoais
Nome completo Adam Joseph Copeland
Nascimento 30 de outubro de 1973 (43 anos)
Orangeville, Ontário[1][2]
Residência Asheville, Carolina do Norte
Cônjuge(s) Alanah Morley (c. 200104)
Lisa Ortiz (c. 200405)
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Adam Copeland[3]
Adam Impact[4]
Conquistador Uno[5]
Damon Striker[4]
Edge[6]
Sexton Hardcastle[7]
Altura
anunciada
1,96 m (6 ft 5 in)[6]
Peso
anunciado
241 lb (109 kg)[6]
Anunciado
de
Toronto, Ontário, Canadá[6]
Treinado
por
Ron Hutchison
Sweet Daddy Siki
Bret e Stu Hart
Dory Funk, Jr.[1]
Tom Prichard[1]
Leo Burke[8]
Estreia 1 de julho de 1992[9]
Aposentadoria 11 de abril de 2011

Adam Joseph Copeland[2] (Orangeville, 30 de outubro de 1973[10]), é um ator e lutador aposentado de luta livre profissional canadense, mais conhecido por seu trabalho na WWE, onde atuou com o nome de ringue Edge.

Copeland foi treinado por Sweet Daddy Siki e Ron Hutchinson. Durante a década de 1990, ele lutou em várias promoções independentes. Nessas promoções ele atuou tanto individualmente como em equipes, juntamente com seu amigo de longa data Christian. Em 1997, Copeland assinou um contrato de desenvolvimento com a WWF e começou a competir para a companhia mais tarde naquele ano; ele fez sua estreia televisionada em junho de 1998 com o nome Edge. Em julho de 1999, ele ganhou o WWF Intercontinental Championship em um evento ao vivo em Toronto, fazendo desta a sua primeira conquista na promoção. Ele e Christian, anunciado como irmãos e amigos de infância em histórias na WWF/WWE, ganharam juntos o WWF Tag Team Championship em sete ocasiões diferentes. Durante esse tempo, eles ganharam notoriedade na divisão de duplas, principalmente depois de suas participações em lutas Tables, Ladders, and Chairs.

Edge ganhou um total de 31 campeonatos na WWE, incluindo 11 títulos mundiais (o WWE Championship quatro vezes e o World Heavyweight Championship por sete vezes, o recorde de reinados), cinco vezes o Intercontinental Championship, uma o United States Championship e 14 vezes campeonatos de duplas (um recorde de 12 conquistas do World Tag Team Championship e duas vezes o WWE Tag Team Championship), fazendo dele o 14º lutador a completar a tríplice coroa e sétimo a realizar o Grand Slam. Edge ainda ganhou o torneio King of the Ring de 2001, a primeira luta Money in the Bank em 2005, bem como o combate Royal Rumble em 2010, fazendo dele o primeiro lutador na história a obter todas essas conquistas.[11] Ele também encabeçou vários eventos pay-per-view da WWE, incluindo o WrestleMania XXIV. Ele foi introduzido ao WWE Hall of Fame por Christian em 2012.[12] Críticos e fãs consideram Edge como um dos maiores lutadores profissionais e um dos mais condecorados de todos os tempos.[13]

Fora da luta livre profissional, Copeland apareceu nos filmes Highlander: Endgame e Bending the Rules. Ele também já fez aparições especiais em programas de televisão como The Weakest Link, Mind of Mencia, Deal or No Deal e MADtv. Ele atualmente aparece na série Haven da SyFy como um personagem recorrente chamado Dwight Hendrickson.

Infância e adolescência[editar | editar código-fonte]

Copeland nasceu em 30 de outubro de 1973, em Orangeville, Ontário, Canadá,[14] filho de Judy Copeland, uma mãe solteira, que trabalhava em dois empregos para sustentá-lo.[15] Até hoje, nunca conheceu seu pai, nem viu alguma foto dele.[16] Desde cedo, interessou-se no wrestling profissional. Seus lutadores favoritos eram Mr. Perfect, Randy Savage, Hulk Hogan, Ricky Steamboat, Shawn Michaels e Bret Hart.[17] Com 18 anos, Copeland ganhou um concurso de redação, do Sully's Gym, que oferecia treinamento wrestling gratuitamente a quem pudesse escrever um bom texto explicando por que eles gostariam de se tornar um lutador profissional. Vitorioso, Adam foi treinado por Sweet Daddy Siki and Ron Hutchinson [18], em Toronto[15]. Copeland colocou suas aspirações de wrestling de lado para ajudar a pagar as contas.[19] Trabalhou em vários empregos e decidiu ir para o Humber College, onde se graduou com um diploma de radio difusão.

Carreira no wrestling profissional[editar | editar código-fonte]

Antes da WWF/E[editar | editar código-fonte]

Adam Copeland começou lutando em companhias independentes na região de Ontário. Ele também lutou em uma região dos Estados Unidos chamada Great Lakes, com o nome de Sexton Hardcastle, e fez parte de uma tag-team muito bem sucedida chamada "Sex and Violence", onde era parceiro de Joe Legend. No ano de 1997 a dupla se tornou parte de uma stable conhecida como "Thug Lige", com o seu grande amigo Christian, Bloody Bill Skullion e Rhino Richards. Na sua carreira independente, Copeland ganhou o SSW Tag title e também venceu o ICW Street Fight Tag title com Christian.

Copeland se uniu à Reso em uma dupla chamada "Hard Impact", mas logo mudaram o nome para "The Suicide Blondes". No ano de 1996, Copeland e Reso foram lutar no Japão com o nome de "Canadian Rockers".[20] Copeland também trabalhou com o nome de Damon Striker numa edição do WCW Pro com Meng e Kevin Sullivan. Na sua biografia, Copeland diz que aquele foi o pior nome que já usou em sua carreira.[21]

World Wrestling Federation / Entertainment / WWE (1998-2012)[editar | editar código-fonte]

Estréia; Edge & Christian (1998–2001)[editar | editar código-fonte]

Em 1998, Adam Copeland assinou um contrato com a World Wrestling Federation, estreando oficialmente no dia 22 de junho do mesmo ano, numa edição do Raw is War sob o nome de "Edge", um personagem solitário que entrava pelo público[22] e que andava pela cidade atacando pedestres.[23] Sua primeira luta foi contra Jose Estrada, Jr., acabando em count out após um movimento de Edge causar uma lesão no pescoço de Estrada.[24] A sua estreia em um evento em pay-per-view foi no SummerSLam, onde se uniu à Sable, como um parceiro misterioso, derrotando a dupla de Marc Mero e Jacqueline.[25]

Edge & Christian no King of the Ring 2000.

Edge foi, então, colocado em uma rivalidade com o lutador "vampiro" Gangrel. Durante a rivalidade, Gangrel apresentou Christian Cage (agora conhecido apenas como "Christian"), o, na história, irmão de Edge e seu aliado.[26] Eventualmente, Gangrel e Christian convenceram Edge a se juntar a eles, formando um grupo conhecido como The Brood.[27] Os membros de The Brood acabaram sendo sequestrados e convertidos pelo Ministry of Darkness de The Undertaker. Em maio de 1999, a Brood se separou do Ministry após Christian ser atacado por Ken Shamrock, sendo obrigado a revelar o cativeiro da sequestrada Stephanie McMahon.[27] The Undertaker decidiu punir Christian, mas Edge e Gangrel o defenderam, traindo Undertaker e criando uma rivalidade com o Ministry.

Edge ganhou seu primeiro título individual, o WWF Intercontinental Championship, em 24 de julho de 1999 ao derrotar Jeff Jarrett em um evento não-televisionado em Toronto, Ontario.[28][29] Ele perdeu o título na noite seguinte, no Fully Loaded, para Jarrett.[28][30]

Mais tarde no ano, Edge foi colocado com Christian em uma história com The Hardy Boyz (Matt e Jeff). Logo, no entanto, Gangrel traiu The Brood, formando a New Brood com os Hardys. As duas duplas competiram em uma luta de escadas no No Mercy em outubro pelos serviços de manager de Terri Runnels e por $100,000, mas os Hardy Boyz acabaram vencendo.[31] No WrestleMania 2000 em 2 de abril, Edge e Christian derrotaram os Hardy Boyz e os Dudley Boyz (Bubba Ray e D-Von) para ganhar o WWF Tag Team Championship em uma Triangle Ladder match, que acabou dando origem à luta Tables, Ladders, and Chairs (TLC).[32][33]

Após essa vitória, Edge e Christian encontraram sucesso como uma dupla de vilões, mudando seus personagens de góticos para uma dupla de "caras legais" cômicos, ganhando o WWF Tag Team Title mais seis vezes (em um total de sete).[34] Durante esse período, a marca registrada da dupla era a "pose de cinco segundos" ("five second pose"), quando os dois posariam por cinco segundos no ringue "para aqueles com fotografias com flash", para insultar e zombar da platéia.[35] Eles também competiram nas três primeiras lutas TLC, vencendo as duas primeiras contra os Dudley Boyz e os The Hardy Boyz, no SummerSlam em 2000 e depois no WrestleMania X-Seven.[36][37] No Royal Rumble de 2001, Edge e Christian foram derrotados pelos Dudley Boyz e perderam o World Tag Team Championship.[37] Eles não conseguiram reconquistar os títulos no No Way Out contra os Dudley Boyz e os Brothers of Destruction (The Undertaker e Kane),[37] mas conseguiram ganhar os títulos novamente no WrestleMania X-Seven contra os Dudley Boyz e os Hardyz na segunda luta TLC.[37]

Lutas individuais (2001–2004)[editar | editar código-fonte]

Edge se consagrou como lutador individual ao vencer o torneio King of the Ring em 2001.[38] Christian traiu Edge logo depois,[39] e os dois entraram em uma rivalidade pelo Intercontinental Championship que Edge ganhara no SummerSlam e mais tarde perdeu para Christian no Unforgiven,[40] no entanto, Edge reconquistou o título mais tarde no No Mercy 2001.[41] Após isso, Edge perdeu o Intercontinental Championship para Test[42] e logo depois ganhou o WCW United States Championship de Kurt Angle.[43] Edge derrotou Test no Survivor Series para unificar o Intercontinental Championship com o U.S. Championship.[44]

No ano seguinte, Edge entrou em uma rivalidade com William Regal pelo Intercontinental Championship. Edge, no entanto, perdeu o título no Royal Rumble e não conseguiu conquistar mais o título.[45] No WrestleMania X8, Edge enfrentou Booker T em decorrência de Edge ter zombado de Booker por uma propaganda que ele teria feito para um shampoo japonês.[46] Logo após derrotar Booker no WrestleMania, Edge foi transferido para o SmackDown! na primeira WWE Draft Lottery. Logo que chegou, Edge entrou em uma nova rivalidade com Kurt Angle, que culminou com Edge raspando a cabeça de Angle após uma onde o perdedor deveria fazê-lo no Judgment Day em maio.[47] Dois meses depois, Edge venceria o WWE Tag Team Championship (depois renomeado World Tag Team Championship) com Hulk Hogan em 4 de julho 2002.[48].Pórem,perdeu os títulos para Lance Storm e Christian.Ele, então, formou uma dupla com Rey Mysterio; os dois participaram de um torneio exclusivo do SmackDown! que coroaria os novos WWE Tag Team Champions. Eles perderam as finais do torneio para Kurt Angle e Chris Benoit no No Mercy.[49] Após falhar em ganhar os títulos, Mysterio e Edge derrotaram Los Guerreros no SmackDown! de 24 de outubro, ganhando uma chance pelos títulos.[50] No SmackDown! de 7 de novembro eles derrotaram Angle e Benoit em uma luta Two Out of Three Falls, ganhando o Tag Team Championship.[51] Eles logo perderam os títulos para Los Guerreros em uma luta de eliminação que também envolveu Angle e Benoit no Survivor Series.[52] Depois da perda, Edge e Mysterio se separaram.

Em fevereiro de 2003, Edge sofreu uma lesão no pescoço, que obrigou-lhe a submeter-se a uma cirurgia.[53] A recuperação o manteve fora dos ringues por quase um ano. Ele foi mandado para o Raw no WWE Draft após o WrestleMania XX e voltou logo após o evento. Em 19 de abril de 2004, ele e Chris Benoit ganharam o World Tag Team Championship.[54] Eles continuaram a dupla mesmo após perderem os títulos, mas logo se separaram quando Edge ganhou o Intercontinental Championship de Randy Orton no Vengeance.[55] Edge acabou sofrendo uma lesão na virilha em um show não-televisionado, assim, tendo seu título vago pelo Gerente Geral do Raw Eric Bischoff.[56]

Disputas pelo World Heavyweight Championship (2004–2005)[editar | editar código-fonte]

Ao retornar, Edge voltou a se tornar um vilão, caracterizada por sua obsessão pelo World Heavyweight Championship. Edge, Chris Benoit e Shawn Michaels receberam uma chance pelo título de Triple H no Taboo Tuesday em outubro de 2004. Michaels foi votado pelos telespectadores e recebeu a luta pelo título, dando à Edge e Benoit uma luta pelo título de duplas. Durante a luta, Edge abandonou seu parceiro (mesmo assim Benoit conseguiu ganhar os títulos sozinho)[57], interferindo na luta pelo título e custando a chance de Michaels.[57] No Raw de 1 de novembro, Edge e Benoit perderam o World Tag Team Championship com Edge novamente abandonando Benoit. Após a conclusão da luta, Edge atacou Benoit.[58] Mais tarde, ambos Edge e Benoit participaram de uma battle royal por uma luta pelo World Heavyweight Championship, mas acabaram empatando quando os dois se eliminaram simultaneamente.[59] Triple H, então, foi forçado a defender seu título em uma luta Triple Threat. Na luta, Edge desistiu ao mesmo tempo em que fez o pinfall em Benoit, fazendo com que a luta acabasse em outro empate.[59] Como resultado, o World Heavyweight Championship se tornou vago no Raw seguinte.

Em janeiro de 2005, Edge competiu em sua primeira Elimination Chamber no New Year's Revolution pelo vago World Heavyweight Championship. Shawn Michaels (o juíz convidado) aplicou um chute em Edge em retaliação a um spear acidental, causando a eliminação de Edge.[60] Mais tarde naquele mês Edge derrotou Michaels no Royal Rumble.[61] No WrestleMania 21, Edge venceu a primeira Money in the Bank ladder match, ganhando um contrato que lhe garantia uma luta pelo World Heavyweight Championship quando ele quisesse pelo tempo de um ano.[62]

Mesmo já um vilão, Edge conseguiu mais ódio dos fãs devido a sua adúltera relação com a WWE Diva Amy Dumas, conhecida como Lita.[63] Dumas era namorada do amigo Edge na vida real, Matt Hardy. Quando se lesionou, ficando fora de ação por um tempo[64], começando, nesse período, uma relação com Edge enquanto Dumas ainda namorava Hardy. Logo que o incidente se tornou de conhecimento público, a WWE demitiu Hardy, o que levou ainda mais ódio à Edge e Dumas.[65] Quando Edge retornou, no entanto, a situação real se tornou parte de uma história.[63]

Na história, Lita traía seu marido Kane com Edge, que culminou em uma luta Stretcher vencida por Edge. Kane, logo depois, aplicou um Tombstone Piledriver em Lita.[66] No Raw de 11 de julho, uma luta entre Kane e Edge foi interrompida por Hardy. A situação foi um acontecimento real, com Hardy chamando Edge de "Adam" e ameaçando Lita.[67] Quando Hardy foi oficialmente levado de volta ao Raw, ele e Edge continuaram sua rivalidade, que culminou em uma luta no SummerSlam, onde Edge derrotou Hardy, causando perda excessiva de sangue do mesmo.[68] Eles também competiram em uma Street Fight que resultou em No-Contest.[69] Eles também se enfrentaram em uma luta Steel cage no Unforgiven em setembro, na qual Hardy derrotou Edge.[70] A rivalidade terminou em uma luta da qual o perdedor deveria deixar o Raw no WWE Homecoming em 3 de outubro. Edge venceu a luta, obrigando Hardy a ir para o SmackDown!.[71]

Logo depois de sua vitória no Homecoming, Edge sofreu uma lesão que lhe deixou de fora de lutas por várias semanas.[72] Durante o tempo que ficou fora, ele começou a apresentar seu próprio talks how no Raw, chamado The Cutting Edge,[73] se alto-proclamando o "Rated-R Superstar". Ele usou o programa para iniciar uma rivalidade com Ric Flair após uma prisão de Flair.[73][74] Edge passou a usar o The Cutting Edge para zombar de Flair, até que o mesmo apareceu e atacou Edge.[75]

Campeão da WWE (2006)[editar | editar código-fonte]

Edge durante seu segundo reinado como Campeão da WWE.

Edge e Ric Flair se encontraram formalmente no New Year's Revolution em 2006 em uma luta pelo Intercontinental Championship de Flair, a qual acabou com Flair retendo seu título após Edge ser desqualificado.[76] Mais tarde naquela noite, após a conclusão da última luta da noite, a Elimination Chamber, o presidente da WWE Vince McMahon apareceu no palco e anunciou que o Campeão da WWE John Cena teria que defender o WWE Championship logo após retê-lo. Como resultado, Cena foi forçado a defender o título contra Edge, que fez o cash-in do seu contrato da Money in the Bank. Edge derrotou Cena em menos de dois minutos, se tornando Campeão da WWE pela primeira vez.[76] Em uma entrevista conduzida após o evento, no WWE.com, Edge anunciou que ele e Lita fariam sexo no meio do ringue no Raw da noite seguinte para celebrar sua vitória. No Raw, Edge e Lita quase transaram, mas foram interrompidos por Flair.[77] Flair, no entanto, acabou recebendo um con-chair-to na mesa dos comentaristas até que Cena o salvou, aplicando um FU em Lita.[77] A "Celebração de Sexo ao Vivo" ("Live Sex Celebration") deu ao Raw uma audiência de 5.2,[78] a maior por mais de um ano,[79] levando Edge a se auto-intitular o campeão mais visto de todos os tempos.[80]

Três semanas depois, no Royal Rumble, Edge perdeu o WWE Championship para Cena.[81] Ele perdeu uma revanche em outro episódio de Raw, culpando o juíz da luta, Mick Foley, o acusando de ser parcial, o atacando.[82] No Saturday Night's Main Event, Foley se vingou, atacando Edge com um con-chair-to.[83] Eles se enfrentaram no WrestleMania 22 em abril, onde Edge derrotou Foley em uma luta Hardcore ao utilizar seu spear, jogando Mick contra uma mesa em chamas[84], também sofrendo queimaduras.[85]

Após sua rivalidade com Foley, Edge novamente desafiou John Cena pelo WWE Championship. Triple H estava envolvido em uma rivalidade com Cena na época, o que resultou em uma luta Triple Threat no Backlash, onde Cena fez o pinfall em Triple H para reter o título.[86] Após o Backlash, Edge continuou sua rivalidade com Mick Foley quando os dois entraram em uma luta Triple Threat Hardcore. Foley, no entanto, traiu seu amigo Tommy Dreamer com a ajuda de Edge.[87] Edge e Foley proclamaram que, pela brutalidade de sua luta no WrestleMania, eles eram os verdadeiros Hardcore Champions.[88] No One Night Stand, Edge, Foley e Lita derrotaram Dreamer, Terry Funk e Beulah McGillicutty em uma luta de duplas sem desqualificações.[89] No mesmo evento, Edge interferiu na luta pelo WWE Championship entre Cena e Rob Van Dam, ajudando o último a ganhar o título.[89] Edge enfrentou Van Dam pelo título no Vengeance, mas perdeu a luta.[90]

Edge enfrentando John Cena.

Duas semanas depois, no Raw, Edge fez o pinfall em Van Dam em uma luta Triple Threat, após atacar Cena com o cinturão, se tornando Campeão da WWE pela segunda vez.[91] No Saturday Night's Main Event, Edge se desqualificou da luta de propósito, retendo o título.[92] Uma luta foi marcada para o SummerSlam com a estipulação de que se Edge se autodesqualificasse, perderia o título. No evento, Edge usou um soco-inglês para derrotar Cena.[93] Na noite após o SummerSlam, Lita jogou o título customizado de Cena no Long Island Sound sob as ordens de Edge, que declarou o fim da "Era de Cena". Edge revelou o novo design "Rated R" do cinturão.[94] Cena, no entanto, interferiu na luta entre Edge e Jeff Hardy na mesma noite, perseguindo e jogando Edge no Long Island Sound.[94] Na semana seguinte, Cena fez um acordo com Edge: se Edge conseguisse derrotá-lo pelo WWE Championship, ele se transferiria para o SmackDown!.[95] Edge aceitou, com a condição de que a luta fosse uma luta TLC no Unforgiven na cidade natal de Edge, Toronto.[95] Ele perdeu a luta e o título.[96] Em um ponto da luta, Cena prendeu Edge em um movimento de submissão,[96] mais tarde, Edge revelou que foi a única vez em que ele ficou inconsciente durante uma luta.[97]

Rated-RKO; Campeão Mundial dos Pesos-Pesados (2006–2007)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Rated-RKO

Em 2 de outubro de 2006, no Raw, uma interferência da recém-reformada D-Generation X (DX) (Triple H e Shawn Michaels) custou a Edge sua "última chance" pelo WWE Championship de Cena em uma luta Steel Cage, apesar de sua inteferência ter sido uma resposta a de Lance Cade e Trevor Murdoch,[98], levou Edge a propor uma aliança a Randy Orton contra DX.[99] Os dois formaram a dupla conhecida como Rated-RKO.[100] Rated-RKO foi a primeira dupla a derrotar a DX desde sua reformação,[101] e logo se tornaram World Tag Team Champions,[102][103] fazendo Edge um recordista, então com 11 World Tag Team Championships em sua carreira.[103]

Como parte da história, Rated-RKO atacou Ric Flair com cadeiras para enfurecer DX em 27 de novembro.[104] No New Year's Revolution em janeiro de 2007, Rated-RKO enfrentou DX para defender seus títulos, mas o combate acabou em empate devido a uma lesão real de Triple H.[105] Com Triple H fora, a dupla continuou sua rivalidade com o membro restante, Shawn Michaels, que se uniu a Cena para ganhar os títulos de Rated-RKO em 29 de janeiro de 2007.[106] Edge e Orton sofreram uma série de perdas para Cena e Michaels nos meses seguintes, passando a odiar um ao outro. Edge e Orton se tornaram rivais para conseguir o WWE Championship. Nenhum dos dois conseguiu o título, já que perderam uma luta Triple Threat para Cena em abril.[107]

Em 7 de maio de 2007, no Raw, Edge derrotou Mr. Kennedy para ganhar seu contrato da Money in the Bank (Kennedy havia sofrido uma lesão antes da luta),[108] making Edge a two-time Money in the Bank holder.[109] No SmackDown! de 11 de maio, Edge fez o cash-in de seu contrato em The Undertaker, logo após o campeão sair vitorioso de uma luta contra Batista em uma luta Steel Cage. Após a luta, Mark Henry atacou The Undertaker. Enquanto Henry saia, Edge fez seu cash-in e derrotou The Undertaker, ganhando, então, seu primeiro World Heavyweight Championship.[110] Graças a sua vitória, Edge foi transferido para o SmackDown!, começando uma rivalidade com Batista e o derrotando no Judgment Day,[111] em uma luta Steel Cage no One Night Stand,[112] e uma terceira vez no Vengeance.[113] Edge entrou em uma rivalidade com Kane após o Gerente Geral do SmackDown! Theodore Long anunciar Kane como o desafiante pelo título de Edge.[114] Edge foi forçado a desistir do título após uma lesão em 20 de julho, no SmackDown!, após um ataque de Kane.[115]

La Familia (2007–2009)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: La Familia

No evento pay-per-view de novembro, Survivor Series, Edge interferindo na Hell in a Cell entre Batista e The Undertaker.[116] No SmackDown! seguinte, Edge e a Gerente Geral Vickie Guerrero tornaram seu relacionamento público,[117] anunciando seu retorno ao ringue em uma luta pelo World Heavyweight Championship de Batista em 30 de novembro, luta que terminou com uma interferência de Undertaker.[118] No Armageddon, Edge ganhou o World Heavyweight Championship, após atacar Undertaker com duas cadeiradas e realizar o pinfall em Batista em uma luta Triple Threat. Durante a luta, Edge usou dois sósias para distrair Undertaker e Batista.[119] Mais tarde foi revelado que os sósias eram os irmãos Major,[120] que depois foram renomeados Curt Hawkins e Zack Ryder. Edge também formou uma aliança com Chavo Guerrero, sobrinho de Vickie Guerrero, e na ECW de 22 de janeiro de 2008, ajudou Chavo a ganhar o ECW Championship de CM Punk,[121] mesmo que antes Chavo tenha ficado contra Edge[122] e se aliado a Rey Mysterio, o oponente de Edge no Royal Rumble.[123] O grupo de Edge, Vickie, Chavo, Ryder e Hawkins passou a ser chamado La Familia. No SmackDown do dia dos namorados, Edge pediu Vickie em casamento.[124]

No WrestleMania XXIV, Edge perdeu o World Heavyweight Championship para The Undertaker.[125] Em uma revanche, The Undertaker derrotou Edge novamente no Backlash.[126] Após o Backlash, Vickie Guerrero tirou o título de The Undertaker[127], que enfrentou Edge pelo título no Judgment Day em maio e depois no One Night Stand em uma luta TLC em junho.[128][129] A primeira luta acabou em uma vitória por countout de Undertaker, mas nenhum campeão foi coroado pelo resultado.[128] Na segunda, Edge ganhou o título e Undertaker foi obrigado a, na história, deixar a companhia.[129]

No Raw de 30 de junho de 2008, Edge perdeu o World Championship para CM Punk, após Batista atacá-lo e deixando Punk fazer o cash-in de seu contrato Money in the Bank.[130] Em 4 de julho de 2008, Edge cancelou seu casamento com Vickie.[131] Na semana seguinte, no entanto, Guerrero salvou Edge de um con-chair-to de The Big Show, fazendo Edge decidir reatar o relacionamento.[132] Em 18 de julho, Triple H mostrou um vídeo de Edge traindo Guerrero com a planejadora do casamento, Alicia Fox. A história continuou até o The Great American Bash, quando Fox tentou entregar a Edge o cinturão do WWE Championship para ser usado como arma contra Triple H, mas foi impedida por Vickie. Edge acabou, por acidente, acertando Vickie. A distração permitiu a Triple H aplicar um Pedigree em Edge e reter o título.[133] Edge tentou se desculpar com Guerrero, mas ela recontratou The Undertaker, marcando uma Hell in a Cell entre os dois no SummerSlam.[134] Edge, então, traiu La Familia em 8 de agosto, no SmackDown, fazendo um con-chair-to em Chavo, depois jogando Vickie de sua cadeira-de-rodas. Na semana seguinte, Edge humilhou Vickie, a obrigando a pedir desculpas e a acusando de fazer La Familia sofrer.[135] No SummerSlam, The Undertaker derrotou Edge, e depois da luta, Undertaker aplicou um Chokeslam em Edge do topo de uma escada, quebrando o chão do ring e abrindo um buraco no mesmo, de onde saiu fogo.[136]

Edge fez seu retorno em 23 de novembro de 2008, no Survivor Series, substituindo Jeff Hardy em uma luta Triple Threat pelo WWE Championship envolvendo Vladimir Kozlov e o campeão Triple H. Ele venceu a luta, se tornando WWE Champion pela terceira vez em sua carreira.[137] No mês seguinte, Edge perdeu o título para Hardy no Armageddon em uma luta Triple Threat, também envolvendo Triple H.[138] No Royal Rumble, no entanto, Edge recuperou o título em uma luta sem desqualificações, após interferência de Matt Hardy.[139] No No Way Out, Edge perdeu o título em uma Elimination Chamber após sofrer o pinfall de Jeff Hardy, sendo o primeiro eliminado.[140] Na mesma noite, Edge se infiltrou na Eliminatiom Chamber pelo World Championship após atacar Kofi Kingston, ganhando seu oitavo World Championship, eliminando por último Mysterio e levando o título ao SmackDown.[141] No WrestleMania XXV em abril, Edge perdeu o título para John Cena em uma luta Triple Threat, também envolvendo The Big Show.[142] Três semanas depois ele recuperou o título no Backlash, derrotando Cena em uma luta Last Man Standing, depois de uma interferência de The Big Show.[143] Depois de novamente defender o título contra Hardy no Judgment Day,[144] ele perdeu o mesmo para Jeff no Extreme Rules em uma luta de escadas, terminando novamente seu casamento com Vickie Guerrero.[145][146]

Em junho, Edge ganhou o Unified WWE Tag Team Championship (a versão unificada do World Tag Team Championship e do WWE Tag Team Championship) com Chris Jericho no The Bash após a dupla entrar em uma luta sem estar anunciados.[147] Em 3 de julho, Edge sofreu uma lesão no Tendão de Aquiles durante uma luta não-televisionada com Jeff Hardy, e teve de fazer cirurgia, que poderia deixá-lo de fora por quase um ano.[148][149] Durante a ausência de Edge, Jericho o substitui por Big Show e passou a zombar de Edge por sua lesão.

Retorno e aposentadoria (2010-2011)[editar | editar código-fonte]

Entrada de Edge no WrestleMania XXVI

No Royal Rumble em 31 de janeiro de 2010, Edge retornou de sua lesão ao entrar na a luta Royal Rumble como o número 29. Ele rapidamente eliminou Jericho e ganhou a luta ao eliminar por último John Cena. Após Jericho ganhar o World Heavyweight Championship de Undertaker durante o Elimination Chamber, Edge o desafiou a uma luta pelo World Heavyweight Championship no Wrestlemania XXVI.[150] No entanto, Edge foi derrotado.[151] No mês seguinte, Edge derrotou Jericho em uma luta Steel Cage no Extreme Rules.[152]

Na noite seguinte, no WWE Draft, Edge foi transferido de volta para o Raw, atacando Randy Orton e fazendo com que ele perdesse uma luta Triple Threat (também envolvendo Batista e Sheamus), o que lhe custou uma chance pelo título de Cena.[153] No SmackDown de 30 de abril, Edge traiu seus fãs, os chamando de marionetes, depois atacando Christian, se tornando um vilão novamente.[154] Edge começou uma rivalidade com seu ex-parceiro de Rated-RKO Randy Orton. Muito do antagonismo veio por Orton se negar a reformar a dupla Rated-RKO com Edge. Os dois se enfrentaram no Over the Limit, em uma luta que acabou com uma double-countout.[155] No Fatal 4-Way, Edge participou de uma luta Fatal Four-Way que incluiu Orton, Sheamus e John Cena pelo WWE Championship, mas Edge não conseguiu ganhar o título.[156]

No mês seguinte, Edge participou da Money in the Bank ladder match do Raw no pay-per-view Money in the Bank, mas não conseguiu a maleta. Edge lutou no SummerSlam em uma luta de eliminação sete-contra-sete contra The Nexus. No episódio 900 do Raw, ele abandonou uma luta de cinco-contra-cinco contra o Nexus, começando uma rivalidade com o Gerente Geral anônimo do Raw, durante a qual o Gerente Geral lhe custou diversas lutas. No Night of Champions, Edge participou de um Six Pack Elimination Challenge pelo WWE Championship de Sheamus, mas novamente falhou ao ganhar o título.

Edge e Christian destruindo o carro de Alberto Del Rio no WrestleMania XXVII.

No Hell in a Cell, Edge derrotou Jack Swagger. Na noite seguinte, no Raw, foi anunciado que ele foi transferido para o SmackDown em troca de CM Punk após ter destruído o computador do Gerente Geral, lhe tornando mocinho. Em seu retorno ao SmackDown, ele derrotou Jack Swagger. No SmackDown de 15 de outubro de 2010, ele derrotou Dolph Ziggler para se tornar parte do time do SmackDown no Bragging Rights. Junto com Rey Mysterio, Edge ganhou a taça.

Logo depois, Edge começou uma rivalidade com Kane pelo World Heavyweight Championship. Ele derrotou Mysterio e Alberto Del Rio para conquistar o direito de enfrentar Kane pelo título no Survivor Series, luta que acabou em um empate. Em 19 de dezembro de 2010, Edge derrotou Kane, Mysterio e Del Rio em uma luta TLC no TLC: Tables, Ladders & Chairs ganhando o World Heavyweight Championship pela sexta vez em sua carreira.[157] Após derrotar Kane em uma luta Last Man Standing, Edge começou uma rivalidade com Ziggler e Vickie Guerrero que foi até depois do Royal Rumble. No episódio 600 do SmackDown em 18 de fevereiro, Guerrero - então Gerente Geral interina - demitiu Edge e deu o título à Ziggler. O Gerente Geral do Smackdown Theodore Long retornou na mesma noite, recontratando Edge, que derrotou Ziggler para reganhar o título pela sétima vez, seu 11° título mundial. Após a luta, Long demitiu Dolph e Vickie. No Elimination Chamber, Edge defendeu seu World Heavyweight Championship em uma Elimination Chamber ao eliminar, por último, Rey Mysterio. Edge e Christian se reuniram contra Alberto Del Rio e seu guarda-costas Brodus Clay. No WrestleMania XXVII, Edge derrotou Del Rio, retendo o título.[158]

No Raw de 11 de abril, Edge anunciou que, devido à lesões, estava se aposentando do wrestling profissional.[159][160][160][161] Na mesma semana, no SmackDown, Edge oficialmente deixou seu World Heavyweight Championship vago. Ele reapareceu, no entanto, no Extreme Rules, durante a luta de escadas entre Christian e Alberto Del Rio pelo título vago, distraindo Del Rio e permitindo que Christian ganhasse o título.

Aparições esporádicas e Hall da Fama (2011-presente)[editar | editar código-fonte]

No SummerSlam, Edge foi revelado como o homem que ficaria ao lado de Christian em sua luta pelo World Heavyweight Championship contra Randy Orton. No entanto, antes da luta, Edge disse que discordava das ações do amigo, se recusando a ficar para a luta.[162] Edge retornou no SmackDown de 16 de setembro, confrontando Cody Rhodes e apresentando o Cutting Edge com Randy Orton e Mark Henry.[163]

No Raw de 9 de janeiro de 2012, foi anunciado que Edge seria introduzido ao Hall da Fama da WWE.[12][164] Ele retornou ao Raw em 23 de abril, confrontando John Cena sobre sua rivalidade com Brock Lesnar.[165] No SmackDown de 21 de setembro, Edge confrontou os Campeões de Duplas da WWE Kane e Daniel Bryan. Durante o segmento, ele abraçou Kane.[166] No Raw de 9 de setembro de 2013, Edge apresentou o Cutting Edge com Daniel Bryan. Após trocar ofensas com Edge, Triple H ordenou que a Shield mostrasse o ataque que fizera a Christian. No SmackDown, Edge distraiu Orton enquanto Bryan pôde lhe aplicar um Yes! Lock.

No Dia 06 de Outubro de 2014, Edge e Christian apresentaram o programa "Edge and Christian's SmackDown 15th Anniversary Show That Totally Reeks of Awesomeness" na WWE Network, relembrando alguns dos melhores momentos do Friday Night SmackDown em 15 anos.

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Em 2000, ele fez uma aparição no filme Highlander: Endgame, como "Road Bandit".[167]

Em março de 2002, Copeland com outros lutadores apareceu no programa Weakest Link. Ele foi eliminado na primeira rodada.[168] Em 6 de agosto de 2006, no Mind of Mencia, Copeland apareceu como Edge como comentarista do "The Royal Religious Rumble".[169] Em março de 2007, com Randy Orton, John Cena e Bobby Lashley apareceu no Deal or No Deal.[170] Semanas depois, apareceu no MADtv.[170]

Edge: a Decade of Decadence, um documentário em DVD sobre a vida de Copeland, foi lançado em dezembro de 2008.

Em junho de 2011, Copeland apareceu na série Sancturary,no último episódio da terceira temporada, "Into the Black" como Thelo, um Abnormal.[171]

Copeland aparece regularmente na série Haven, como Dwight Hendrickson.[172]

Ele participou do filme Bending the Rules, com Jamie Kennedy e Jennifer Esposito.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2000 Highlander: Endgame Road Bandit
2002 Weakest Link Edge
2006 Mind of Mencia Edge Episódio: Royal Religious Rumble
2007 Deal or No Deal Edge, com Randy Orton
MADtv Edge
2011 Sanctuary Thelo Episódio: Into the Black
Haven Dwight Hendrickson Papel recorrente. 2ª temporada–presente
2012 Bending the Rules Nick Blades Papel principal
2015 Interrogation[173] Lucas Nolan Papel principal
2015 The Flash Albert Rothstein / Atom Smasher Papel recorrente

No wrestling[editar | editar código-fonte]

Edge aplicando um spear em Mr. Kennedy
Edge aplicando um Sharpshooter em CM Punk
Edge, com seu segundo WWE Championship

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

Edge durante seu primeiro reinado como World Heavyweight Champion.

1 Venceu o WCW United States Championship durante a história da Invasion.
2 Venceu o contrato da Money in the Bank em 2007 ao derrotar o então-Mr. Money in the Bank, Mr. Kennedy, no Raw.

Luta de Apostas[editar | editar código-fonte]

Aposta Vencedor Perdedor Local Data Notas
Cabelo Edge Kurt Angle Nashville, Tennessee 02002-05-19 19 de maio de 2002 Cabelo vs. Cabelo no Judgment Day[47]

Referências

  1. a b c «Edge bio». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-01. 
  2. a b «IGN: Edge (WWE) Biography». IGN. Consultado em 2008-01-01. 
  3. a b c «Bodyslamming profile». Consultado em 2010-02-03. 
  4. a b c d e f g h i j k l m «Edge Profile». Online World of Wrestling. Consultado em 2008-07-27. 
  5. «World Wrestling Federation Entertainment Drops The "F" To Emphasize the "E" for Entertainment». World Wrestling Entertainment. 2002-05-06. Consultado em 2008-07-13. 
  6. a b c d «Edge's WWE Profile». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2010-10-05. 
  7. Copeland, Adam (November 2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 74. ISBN 0-7434-8347-2. 
  8. «Test bio». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-01. 
  9. Copeland, Adam. Adam Copeland On Edge (p.51)
  10. Copeland, Adam. Adam Copeland On Edge (p.16)
  11. Murphy, Ryan (2011-04-14). «WWE "Living on the Edge: The Career of Adam Copeland"». Wwe.com. Consultado em 2011-10-30. 
  12. a b «Edge». Consultado em 10 de janeiro de 2012. 
  13. «Edge's championships». WWE. Consultado em 2015-04-08. 
  14. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 16. ISBN 0743483472. 
  15. a b Press, Jordan. «Wrestle-maniac — Adam Copeland turns a childhood dream into a WWF career». Toronto Star [S.l.: s.n.]: D04. 
  16. Nemeth, Jason D. (2010). Edge Capston Press [S.l.] p. 8. ISBN 9781429633468. 
  17. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 129. ISBN 0743483472. 
  18. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 47. ISBN 0743483472. 
  19. Nemeth, Jason D. (2010). Edge Capston Press [S.l.] p. 12. ISBN 9781429633468. 
  20. Adam Copeland (2006-11-08). «Blog from the last Japan trip». Consultado em 2007-03-21. 
  21. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 75. «I wrestled as Damien Stryker (my worst moniker to date) against Meng and Kevin Sullivan.» 
  22. Copeland, Adam. Adam Copeland On Edge (p.109)
  23. Copeland, Adam. Adam Copeland On Edge (p.106)
  24. «WWF RAW is WAR recap». Slash Wrestling.com. 1998-06-22. Consultado em 2007-03-21. 
  25. Powell, John (1998-08-31). «Ladder match dominates SummerSlam». SLAM! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2008-05-25. 
  26. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 119. ISBN 978-1-4165-1130-4. 
  27. a b Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 120. ISBN 978-1-4165-1130-4. 
  28. a b «History of the Intercontinental Championship — Edge (1)». World Wrestling Entertainment. 1999-07-24. Consultado em 2009-02-26. 
  29. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 130. ISBN 0743483472. 
  30. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 131. ISBN 0743483472. 
  31. Powell, John (1999-10-18). «Tag match highlights No Mercy». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2008-01-20. 
  32. «2007 Wrestling almanac & book of facts». Wrestling’s historical cards Kappa Publishing [S.l.] 2007. p. 105. 
  33. Russo, Ric (2000-04-07). «WrestleMania Fallout — Solofa 'Rikishi' Fatu Is Riding High After 10 Years In Ring». Orlando Sentinel [S.l.: s.n.]: 21.  Parâmetro desconhecido |couauthors= ignorado (Ajuda)
  34. «Edge's Title History». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2010-10-05. 
  35. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 155. ISBN 978-1-4165-1130-4. 
  36. «2007 Wrestling almanac & book of facts». Wrestling’s historical cards Kappa Publishing [S.l.] 2007. p. 106. 
  37. a b c d «2007 Wrestling almanac & book of facts». Wrestling’s historical cards Kappa Publishing [S.l.] 2007. p. 107. 
  38. Powell, Jason (2001-06-25). «Angle and Edge rule KOTR». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-13. 
  39. Quijones, Eric (2001-09-13). «'Smackdown!' to be aired live». The Star-Ledger [S.l.: s.n.]: 80. 
  40. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 188. ISBN 0743483472. 
  41. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 189. ISBN 0743483472. 
  42. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 191. ISBN 0743483472. 
  43. «Edge's first reign». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2009-09-23. 
  44. Powell, John (2001-11-19). «WWF pulls out Survivor Series win». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-13. 
  45. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 195. ISBN 0743483472. 
  46. Grmalich, Chris (2002-03-18). «Hogan passes torch at WrestleMania». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-13. 
  47. a b Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 204. ISBN 0743483472. 
  48. «Edge & Hogan's first reign». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2009-09-23. 
  49. «No Mercy 2002 official results». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-05-18. 
  50. «SmackDown! results – October 24, 2002». Online World of Wrestling. Consultado em 2008-05-18. 
  51. «Rey Mysterio and Edge's first Tag Team Championship reign». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-05-18. 
  52. «Survivor Series 2002 official results». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-05-18. 
  53. Marvez, Alex (2003-02-28). «'Edge' Latest With Neck Problem As Injuries Come To A Head». South Florida Sun-Sentinel [S.l.: s.n.]: 42. 
  54. «Second high for Benoit». The Malay Mail [S.l.: s.n.] 2004-04-22. «To Raw's newest tag team ... [Chris] Benoit & Edge captured the World Tag Team Championship in front of their native Canadian fans by defeating Ric Flair & Batista» 
  55. Sokol, Chris (2004-07-12). «Canadians have Edge at Vengeance». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-13. 
  56. «Orton's great escape». The Malay Mail [S.l.: s.n.] 2004-09-09. 
  57. a b Sokol, Chris (2004-10-20). «Nothing Taboo at Tuesday PPV». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-13. 
  58. Ryan Allen and Mike Greenslade (2004-11-01). «WWE Raw Results – 11/01/04 – Peoria, IL (6 Man Tag + Tag Title Change)». WrestleView. Consultado em 2009-10-23. 
  59. a b Martin, Adam (2004-11-29). «Raw Results – 11/29/04 – Baltimore, MD (World Title up for grabs...)». WrestleView. Consultado em 2009-10-23. 
  60. Tylwalk, Nick (2005-01-10). «No Revolution: Triple H prevails». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-13. 
  61. Plummer, Dale; Tylwalk, Nick (2005-01-31). «Batista claims the Rumble». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-13. 
  62. a b Plummer, Dale; Tylwalk, Nick (2005-04-03). «Main events weak at WrestleMania 21 – Batista, Cena go over but undercard steals the show». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-01-21. 
  63. a b Clark, Jeff (2007-09-07). «The Luchagors Drop a Powerbomb». Stomp and Stammer. Consultado em 2007-10-02. 
  64. Clevett, Jason (2005-03-02). «Lita on road to recovery». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2007-10-18. 
  65. Blackjack Brown (2005-04-17). «WWE cuts Hardy, Rhyno, Holly». Chicago Sun-Times [S.l.: s.n.]: 87. 
  66. Evans, Ant. «Power Slam». What’s going down... SW Publishing LTD [S.l.] p. 4. 132. 
  67. Jordan, Ron (2005-07-16). «Loose Cannon: Matt Hardy's Return Is Retirement Of Pillman's». Winston-Salem Journal [S.l.: s.n.]: 9. 
  68. «All-Time SummerSlam Results». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2009-12-09. 
  69. Golden, Hunter (2005-08-29). «Raw Results – 8/29/05 – Tampa, Florida (Hardy & Edge Street Fight)». WrestleView. Consultado em 2009-09-23. 
  70. Sokol, Chris (2005-09-19). «Unforgiven marred by unfortunate ending». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-01-21. 
  71. Golden, Hunter (2005-10-03). «Raw Results-10/3/05-Dallas, TX -(Homecoming to USA Network)». WrestleView. Consultado em 2009-09-23. 
  72. Madigan, TJ (2005-11-05). «WWE starts to implode». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2007-03-22. 
  73. a b Golden, Hunter (2005-12-05). «Raw Results – 12/5/05 – North Charleston, SC (Eric Bischoff Fired...)». WrestleView. Consultado em 2010-01-12. 
  74. Martin, Adam (2005-12-12). «Raw Results – 12/12/05 – Boston, MA (Elimination Chamber & more)». WrestleView. Consultado em 2010-01-12. 
  75. Golden, Hunter (2005-12-26). «Raw Results – 12/26/05 – Bridgeport, CT (McMahon/Beat the Clock)». WrestleView. Consultado em 2010-01-12. 
  76. a b Sokol, Chris (2006-01-09). «Edge surprise champ after Revolution». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-13. 
  77. a b Golden, Hunter (2006-01-09). «Raw Results – 1/9/06 – Hershey, PA (Live sex celebration and more)». WrestleView. Consultado em 2009-12-09. 
  78. «Raw ratings rise». World Wrestling Entertainment. 2006-01-10. Consultado em 2007-03-21. 
  79. McAvennie, Mike (2006-12-24). «Raw's Sex Edge-ucation». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2007-03-21. 
  80. Plummer, Dale (2006-01-17). «Raw: A little TLC goes a long way». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-12-09. 
  81. Emanuel Jr., Bob (2006-01-30). «Wrestling Fans Get Their Show». The Miami Herald [S.l.: s.n.]: 3D. 
  82. Keller, Wade (2006-02-20). «Keller's Raw Report 2/20: Ongoing "virtual time" coverage of live show». PW Torch. Consultado em 2010-01-12. 
  83. "Saturday Night's Main Event XXXII". Saturday Night's Main Event. NBC. 2006-03-18. 90 minutos.
  84. Plummer, Dale; Tylwalk, Nick (2006-04-03). «WrestleMania delivers big time on PPV». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-13. 
  85. Lamont, Tom (2009-03-29). «How I got my body — Adam 'Edge' Copeland». The Observer. guardian.co.uk. Consultado em 2009-03-30. 
  86. Brown, Jeremy (2006). «Unholy Alliance». WWE Raw [S.l.: s.n.] 12: 44–51. 
  87. Golden, Hunter (2006-05-08). «Raw Results – 5/8/06 Anaheim, CA (Hardcore Rematch, ECW, more)». WrestleView. Consultado em 2010-01-12. 
  88. Martin, Adam (2006-05-15). «Raw Results – 5/15/06 – Lubbock, TX – (New IC Champion and more)». WrestleView. Consultado em 2010-01-12. 
  89. a b Elliott, Brian (2006-06-12). «ECW resurrected at PPV». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-13. 
  90. Martin, Adam (2006-06-25). «Vengeance (Raw) PPV Results – 6/25/06 – Charlotte, NC (DX, more)» WrestleView [S.l.] Consultado em 2009-09-23. 
  91. William III, Ed (2006-07-03). «Stolen Championship». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-05-02. 
  92. Zeigler, Zack (2006-07-15). «Cena snaps on Edge». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2010-01-12. 
  93. Plummer, Dale; Tylwalk, Nick (2006-08-21). «Flair & Hogan top average SummerSlam». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-13. 
  94. a b Golden, Hunter (2006-08-21). «Raw Results – 8/21/06 – Bridgeport, CT (Foley fired, & New title belt)». WrestleView. Consultado em 2009-09-23. 
  95. a b Plummer, Dale (2006-08-29). «Raw: A hellish night for DX». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-26. 
  96. a b Dee, Louie (2006-09-17). «The Champ is back». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-05-02. 
  97. John Cena: My Life (DVD). WWE Home Video. 2007. 
  98. Zeigler, Zack (2006-09-25). «SmackDown beatdown». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2007-12-26. 
  99. Golden, Hunter (2006-10-09). «Raw Results – 10/9/06 – Columbia, SC ('Raw Family Reunion' Results)». WrestleView. Consultado em 2009-09-24. 
  100. Zeigler, Zack (2006-10-09). «Cyber Sunday Blockbuster». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2007-12-28. 
  101. Elliott, Brian (2006-11-06). «K-Fed costs Cena at Cyber Sunday». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-13. 
  102. Zeigler, Zack (2006-11-13). «Rated-RKO Champions». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-01-06. 
  103. a b «History of the World Tag Team Championship — Edge & Randy Orton». World Wrestling Entertainment. 2006-11-13. Consultado em 2008-01-06. 
  104. Golden, Hunter (2006-11-27). «Raw Results – 11/27/06 – Pittsburgh, PA (The Hardy Boyz Reunite...)». WrestleView. Consultado em 2009-09-24. 
  105. Plummer, Dale; Tylwalk, Nick (2007-01-08). «Cena retains, Triple H injured at Revolution». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-13. 
  106. Plummer, Dale (2007-01-30). «Raw: HBK & Cena Trump Edge & Orton». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-09-24. 
  107. Elliott, Brian (2007-04-29). «No filler makes for a consistent Backlash». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-09-24. 
  108. Mooneyham, Mike (2007-12-02). «'Mr. Kennedy' endures pitfalls». The Post and Courier. Consultado em 2009-09-24. 
  109. a b DiFino, Lennie. «Gold digging». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-07-09. 
  110. Lennon, Patrick (2007-05-11). «WWE hits the buffers». Daily Star [S.l.: s.n.] 
  111. Elliott, Brian (2007-05-20). «WWE just passes on Judgment Day». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2008-05-02. 
  112. Kaplan, Brett (2007-06-04). «Cena wins again; Hardys retain tag belts». The Miami Herald [S.l.: s.n.] 
  113. McAvennie, Mike (2007-06-24). «Batista's last stand falls». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-05-02. 
  114. Martin, Adam (2007-07-06). «Smackdown Results – 7/6/07 – Dallas, TX (Edge & Kane — much more)». WrestleView. Consultado em 2009-09-24. 
  115. Waldman, Jon (2007-07-21). «Smackdown: A champion is crowned». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-02-26. 
  116. Tylwalk, Nick; Plummer, Dale (2007-11-18). «Survivor Series ends with an Edge». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2008-05-02. 
  117. Dee, Louie (2007-11-24). «Rated "T" for Tombstone». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-01-17. 
  118. McAvennie, Mike (2008-12-01). «Three-dogged night». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-01-24. 
  119. Kapur, Bob (2007-12-17). «Edge brings in the clones to win at Armageddon». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2008-05-02. 
  120. Dee, Louie (2007-12-17). «A Major revelation». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2007-12-17. 
  121. Tello, Craig (2008-01-22). «Chavo's night». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-01-23. 
  122. Rote, Andrew (2008-01-15). «Edge spoils CM Punk's run». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-01-24. 
  123. Dee, Louie (2008-01-18). «Champions, contenders and carnage». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-01-24. 
  124. McNamara, Andy (2008-02-16). «Smackdown: Edge pops the question». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-12-10. 
  125. Fishman, Scott (2008-03-31). «A final bow for Flair». The Miami Herald [S.l.: s.n.] 
  126. Dee, Louie (2008-04-27). «Second verse, same as the first». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-05-02. 
  127. Dee, Louis (2008-05-02). «Title turmoil». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-05-03. 
  128. a b Kapur, Bob (2008-05-18). «Judgment Day spoils streak of good shows». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2008-06-16. 
  129. a b Mackinder, Matt (2008-05-30). «One Night Stand WWE's best this year». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-03-28. 
  130. Sitterson, Aubrey (2008-07-01). «A Draft Disaster». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-07-01. 
  131. Passero, Mitch. «A champion scorned». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-07-12. 
  132. DiFino, Lennie. «SmackDown — Eternal Love?». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-07 12. 
  133. Martin, Adam (2008-07-20). «Great American Bash PPV Results – 7/20 – Long Island (HHH & Edge)». WrestleView. Consultado em 2009-09-28. 
  134. DiFino, Lennie (2008-08-25). «SmackDown: A woman's scorn, a Deadman reborn». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-08-08. 
  135. Passero, Mitch (2008-08-08). «Edge’s descent into darkness». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2008-08-12. 
  136. DiFino, Lennie (2008-08-17). «Unleashed in Hell». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2009-02-05. 
  137. Plummer, Dale; Nick Tylwalk (2008-11-24). «Two new world champs at dull Survivor Series». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-10-23. 
  138. Watson, Dustin. «The Wrestling Genius: Brotherly history». Observer-Dispatch [S.l.: s.n.] 
  139. DiFino, Lennie (2009-01-25). «Hardy's twisted fate brings gold to Edge». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2009-01-26. 
  140. Passero, Mitch (2009-02-15). «Regaining the throne». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2009-02-28. 
  141. a b c d Tello, Craig (2009-02-15). «Shameless in Seattle». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2009-02-28. 
  142. Fishman, Scott (2009-04-06). «HBK, Taker strike gold at WWE WrestleMania's silver anniversary». The Miami Herald [S.l.: s.n.] 
  143. Passero, Mitch (2009-04-26). «Fueled by hatred and desperation». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2009-04-26. 
  144. Passero, Mitch (2009-05-17). «Game changer». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2009-08-10. 
  145. Mackinder, Matt (2009-06-07). «Extreme Rules sees many title changes, but fails to live up to its name». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2010-04-04. 
  146. Sitterson, Aubrey (2009-06-07). «Game changer». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2009-08-10. 
  147. Adkins, Greg (2009-07-28). «Uninvited guests». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2009-08-10. 
  148. Aldren, Mike (2009-06-04). «Edge in serious injury blow». The Sun. Consultado em 2009-07-06. 
  149. Styles, Joey. «Edge to face surgery». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2009-07-07. 
  150. Adkins, Greg (2010-02-22). «Taking the bull by the horns». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2010-03-29. 
  151. Plummer, Dale and Tylwalk, Nick (2010-03-29). «Undertaker ends Shawn Michaels' career in thrilling rematch to cap off Wrestlemania XXVI». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2010-04-04. 
  152. «Results: No escape for Chris Jericho». World Wrestling Entertainment. 2010-04-25. Consultado em 2010-04-26. 
  153. Plummer, Dale (2010-04-26). «Raw: Feeling a draft». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2010-05-03. 
  154. Hillhouse, Dave (2010-05-01). «Smackdown!: Comings and goings». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2010-05-03. 
  155. Eck, Kevin (2010-05-24). «Ring Posts: Over the Limit thoughts». The Baltimore Sun [S.l.: s.n.] Consultado em 2010-06-09. 
  156. Eck, Kevin (2010-06-21). «Fatal Fourway thoughts». The Baltimore Sun. Consultado em 2010-07-21. 
  157. Sokol, Bryan (2010-12-20). «TLC delivers highs, lows and a new champ». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2010-12-20. 
  158. Bishop, Matt (2011-04-03). «The Rock costs Cena as The Miz retains at WrestleMania XXVII». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2011-04-04. 
  159. Plummer, Dale (2011-04-11). «RAW: Edge calls it a career». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2011-04-12. 
  160. a b «Injury forces Edge to retire». WWE Inside. World Wrestling Entertainment. 2011-04-11. Consultado em 2011-04-12. 
  161. Meltzer, Dave (2011-04-11). «Major star announces retirement; Extreme Rules main event». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 2011-04-12. 
  162. Passero, Mitch (2011-08-14). «Randy Orton def. Christian in a No Holds Barred Match (New World Heavyweight Champion)». WWE. 
  163. Burdick, Michael (2011-09-16). «SmackDown results: Mark Henry unleashed ‘Cutting Edge’ chaos». WWE. 
  164. Powers. «WWE Raw SuperShow results: The fury of Kane's hate». Consultado em 10 de janeiro de 2012.  Texto "Kevin" ignorado (Ajuda);
  165. «EDGE RETURNS TO RAW TO GIVE JOHN CENA ADVICE BEFORE HE BATTLES BROCK LESNAR: RAW, APRIL 23, 2012». Consultado em 24 de abril de 2012. 
  166. Burdick, Michael. «The Rated-R Superstar got swept up in a therapeutic moment between WWE Tag Team Champions Daniel Bryan & Kane». Consultado em 22 de setembro de 2012. 
  167. «The Wrestler Actor Database: Movies about wrestling ... wrestlers in movies». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2009-06-01. 
  168. "WWF Superstars Edition 2". Weakest Link. NBC Universal. NBC. 2002-03-10.
  169. "Episode #213". Mind of Mencia. Comedy Central. 2006-08-06. 22 minutos.
  170. a b Martin, Adam. «WWE stars on NBC's 'Deal or No Deal', Howie Mandel + Edge and MadTV». WrestleView. Consultado em 2009-06-01. 
  171. «WWE Superstar Edge Guest Stars as an "Abnormal" in Season Finale of Syfy's Popular Series "Sanctuary"». The Futon Critic. November 2, 2010. Consultado em 2 November 2010. 
  172. Ultimate Opportunist pursues new challenges By: Mitch Passero July 14, 2011
  173. «WWE Hall of Famer Edge and Lana to star in WWE Studios’ ‘Interrogation’». 
  174. a b Mihaly, John (2008). «Edge's Decade of Awesome». WWE [S.l.: s.n.] 24: 56. 
  175. a b Tedesco, Mike (2009-03-04). «Smackdown Results – 3/13/09». WrestleView.com. Consultado em 2009-08-05. 
  176. «World Heavyweight Champion Edge def. Jeff Hardy». WWE. Consultado em 30 June 2011. 
  177. «Fear of the Spear». WWE. Consultado em 30 June 2011. 
  178. «5/31 WWE in Bowling Green, Ky.: Edge vs. Hardy, Punk vs. Umaga, Bourne vs. Kidd, Ref Armstrong pulls out a dropkick». PW Torch. Consultado em 4 July 2011. «Edge cut a promo... He knew that Jeff received a concussion from the top-rope Edgecution Jeff received from Edge at Judgment Day.» 
  179. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 158. ISBN 0743483472. «We [Edge and Christian] became known as 'the chairmen of the WWE' with our illegal finishing move, the Conchairto. Essentially a chair sandwich around our opponents' heads.» 
  180. a b c d Caldwell, James. «CALDWELL'S WWE ROYAL RUMBLE PPV RESULTS 1/30: Complete "virtual time" coverage of live PPV - Miz vs. Orton, 40-man Rumble». PW Torch. Consultado em 4 July 2011. 
  181. a b Keller, Wade. «KELLER'S WWE BACKLASH PPV REPORT 4/27: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV event». PW Torch. Consultado em 4 July 2011. 
  182. «WWE NEW YEAR'S REVOLUTION FLASHBACK - 6 yrs. ago (01-09-05): Triple H wins Elimination Chamber, terrible undercard, Who's in WWE & TNA in 2011?». PW Torch. Consultado em 4 July 2011. 
  183. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge WWE Books [S.l.] p. 104. ISBN 0743483472. 
  184. a b c d «Edge's Title History». World Wrestling Entertainment. Arquivado desde o original em 2010-04-05. Consultado em 2009-12-14. 
  185. «World Tag Team Championship history». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2009-02-28. 
  186. «Edge and Rey Mysterio's WWE Tag Team Championship title reign». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2007-11-09. 
  187. «Edge's WWE title history». World Wrestling Entertainment. Arquivado desde o original em 2007-11-11. Consultado em 2007-11-09. 
  188. «Slammy Award Winners». World Wrestling Entertainment. 2008-12-08. Consultado em 2009-02-05. 
  189. «RAW Results December 13, 2010». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2010-12-13. 
  190. a b c d Meltzer, Dave (January 26, 2011). «Biggest issue of the year: The 2011 Wrestling Observer Newsletter Awards Issue». Wrestling Observer Newsletter (Campbell, CA [s.n.]): 1–40. ISSN 1083-9593. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Edge