Spirit Squad

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Spirit Squad

Nicky, Mikey e Kenny em 2006.
Grupo
Nomes The Spirit Squad
Membros Kenny
Mikey
Alturas Kenny:
1 93 m
Johnny:
1 83 m
Mitch:
1 88 m
Nicky:
1 83 m
Mikey:
1 68 m
Ex-membros Johnny
Mitch
Nicky
Promoções Chikara
NWA
NYWC
OVW
WWE
Estreia 23 de janeiro de 2006
Período em
atividade
2006, 2009, 2014, 2016–presente

The Spirit Squad é uma dupla de luta livre profissional formada por Kenny e Mikey. Eles trabalham na WWE no programa SmackDown. Anteriormente um grupo, tinha também Nicky, Mitch e Johnny como membros. As personagens iterpretadas pelos lutadores eram de um time de animadores de torcida.

Antes de formarem o grupo, topos os membros competiram na Ohio Valley Wrestling (OVW), território de desenvolvimento da WWE, onde eram oponentes. Em janeiro de 2006, o Spirit Squad fez sua estreia no Raw. Três meses depois, venceram o World Tag Team Championship e por uma "decisão executiva", todos foram reconhecidos como campeões apesar de só dois lutadores por vez defenderem o título. O reinado deles foi o primeiro da história em que cinco lutadores foram reconhecidos como campeões mundiais de duplas da WWE ao mesmo tempo.

Depois de perderem o título em novembro de 2006, a equipe foi desfeita, com Kenny sendo o único membro a continuar aparecendo regularmente na WWE. Nicky, Mikey e Johnny voltaram para a OVW, enquanto Mikey e Nicky formaram dupla, até Mitch ser liberado da WWE em 2007. Atualmente, apenas Nicky continua trabalhando regularmente na empresa, lutando com o nome Dolph Ziggler. Os outros membros voltaram a lutar juntos ocasionalmente no circuito independente.

História[editar | editar código-fonte]

O grupo foi formado fazendo pequenas participações em shows na WWE.[1] Em 13 de janeiro de 2006 fizeram sua estréia na televisão, no programa RAW e ajudaram Jonathan Coachman a vencer a luta classificatória para o Royal Rumble contra Jerry "The King" Lawler.[2][3]

Após isso, participaram de uma pequena rivalidade, ajudando o dono da WWE Vince McMahon em algumas lutas contra Shawn Michaels. Então, McMahon fez a equipe lutar contra Michaels, atacando ele várias vezes. A rivalidade durou algumas semanas[4][5]

A equipe também se envolveu em lutas contra Triple H, e mais tarde contra a D-Generation X, antes do seu fim, em novembro de 2006.

Na luta livre[editar | editar código-fonte]

Campeonatos e prêmios[editar | editar código-fonte]

  • New York Wrestling Connection
    • NYWC Tag Team Championship (1 vez) – Kenny e Mikey

Referências

  1. «The Spirit Squad». Consultado em 26 de dezembro de 2007 
  2. «Ready to Rumble». WWE. 23 de janeiro de 2006. Consultado em 26 de dezembro de 2007 
  3. «Wasted opportunity?». WWE. 30 de janeiro de 2006. Consultado em 16 de janeiro de 2008 
  4. «"Big Time" Pedigree». WWE. 20 de fevereiro de 2006. Consultado em 16 de janeiro de 2008 
  5. «Sneak Attack». WWE. 13 de março de 2006. Consultado em 16 de janeiro de 2008 
  6. Elliott, Brian (1 de maio de 2006). «Heaven can't help Backlash». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 8 de janeiro de 2010 
  7. a b «Spirit Squad». World Wrestling Entertainment. 3 de abril de 2006. Consultado em 5 de janeiro de 2008 
  8. Martin, Adam (25 de junho de 2006). «Vengeance (Raw) PPV Results - 6/25/06 - Charlotte, NC (DX, more)». WrestleView. Consultado em 6 de janeiro de 2010. Mickey hit HBK with a big bulldog over the top rope after springboarding off the mini-trampoline setup on the outside. 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Spirit Squad
Ícone de esboço Este artigo sobre luta livre profissional é um esboço relacionado ao Projeto wrestling. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.