Pete Rose

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Baseball pictogram.svg Pete Rose
Pete Rose Caesar's Palace in Las Vegas.jpg
Informações pessoais
Nome completo Peter Edward Rose, Sr.
Data de nasc. 14 de abril de 1941 (78 anos)
Local de nasc. Cincinnati, Ohio
Nacionalidade norte-americano
Apelido Charlie Hustle
Informações profissionais
Posição Defensor externo, defensor interno,
treinador
Rebatidas 4 256
Aproveitamento 30,3%
Corridas impulsionadas 1 314
Home Runs 160
Rebate Ambidestro
Lança Direito
Clubes principais
1963–1978
1979–1983
1984
1984–1986
Estados Unidos Cincinnati Reds
Estados Unidos Philadelphia Phillies
Estados Unidos Montreal Expos
Estados Unidos Cincinnati Reds
Treinador
1984–1989 Estados Unidos Cincinnati Reds

Peter Edward "Pete" Rose, Sr. (14 de abril de 1941) é um ex jogador de beisebol e treinador dos Estados Unidos. Atuou como profissional na Major League Baseball (MLB) de 1963 a 1986.[1]

Rose, que é ambidestro, tem mais rebatidas (4 256), jogos disputados (3 562), vezes ao bastão (14 053), rebatidas simples (3 215) e outs (10 328) na história da MLB. Ele venceu três World Series, três títulos de rebatidas, um prêmio de jogador mais valioso, duas luvas de ouro, foi novato do ano e ainda foi nomeado para dezessete Jogos das Estrelas. Rose era conhecido por jogar em várias posições, ganhando dois títulos de luva de ouro como defensor externo.[2]

Em agosto de 1989, três anos após se aposentar, Rose foi banido de tentar entrar na lista dos jogadores no Hall da Fama dos Estados Unidos em meio a um escândalo envolvendo apostas que começou quando ele ainda era jogador e treinador dos Reds, incluindo acusações de que ele apostou no próprio time. Em 1991, a MLB votou por formalmente aprovar sua inexigibilidade para o Hall da Fama. Em 2004, após anos em negação, Rose admitiu e confessou que realmente apostou em favor, e não contra, os Reds. Essa controvérsia persiste até os dias atuais.[3]

Em 22 de junho de 2015, a ESPN concluiu uma investigação e determinou que o problema de apostas por parte de Pete Rose durou, enquanto ele era jogador, de 1984 e 1986. A investigação tornou público vários arquivos das apostas de Rose na carreira.[4] Ele também foi acusado e depois preso por evasão fiscal. Ficou cinco meses na cadeia e pagou uma multa de US$ 50 mil dólares.[5]

Em 2016, Rose foi aceito no hall da fama do Cincinnati Reds.

Referências

  1. "Pete Rose biography". Página acessada em 8 de setembro de 2016.
  2. Guinness World Records. Londres; New York: HiT Entertainment. 2007. p. 233. ISBN 978-0-9735514-4-0 
  3. «The Baseball Archive presents The Dowd Report». baseball1.com. 9 de maio de 1989. Consultado em 8 de setembro de 2016. Arquivado do original em 16 de fevereiro de 2003 
  4. Weinbaum, William; Quinn, T.J. (22 de junho de 2015). «Entries in long-hidden notebook show Pete Rose bet on baseball as player». ESPN. Consultado em 9 de setembro de 2016 
  5. «Pete Rose timeline». reds.enquirer.com. Consultado em 9 de setembro de 2010. Arquivado do original em 14 de agosto de 2009 

Ligação externa[editar | editar código-fonte]