Denise Del Vecchio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde Junho de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Denise Del Vecchio
A atriz em 2016, na estreia do filme Os Dez Mandamentos
Nome completo Denise Del Vecchio Falótico
Nascimento 3 de maio de 1954 (63 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Ocupação Atriz
Atividade 1971-presente
Cônjuge Celso Frateschi
IMDb: (inglês)

Denise Del Vecchio Falótico (São Paulo, 3 de maio de 1954) é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sua infância foi passada nos bairros da Moóca e Belém, ambos localizados na zona leste de São Paulo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou sua carreira jovem, aproximadamente com 15 anos, levada por um professor de Geografia no Teatro de Arena, em São Paulo, no início dos anos 70. A primeira peça que assistiu foi Vida e Morte Severina. Assistiu Cacilda Becker em sua última apresentação, em 1969. E a partiu dali renasceu uma grande paixão com isso resolveu seguir nessa profissão, só que ela se achava muito velha. Depois, foi estudar Bertolt Brecht na escola Auguste, e logo em seguida resolveu encenar diálogos do filósofo Platão junto com a sua turma de filosofia, foi a partir daí que seu interesse por teatro tornou fundamental na sua vida. Foi fazer um curso do Emílio Fontana, no TBC, e depois de seis meses foi para o Teatro de Arena, onde se profissionalizou, interrompendo sua formação em História.[1]

Ao lado de seu ex-marido Celso Frateschi, Denise formou um grupo Teatro Núcleo que procurou manter rigidamente o que aprendeu com Augusto Boal , desde construir, até apresentar o ato teatral. A" troupe" de Denise apresentava-se em teatros da periferia e isso foi até 1978. No Núcleo do Teatro de Arena em São Paulo, participou do espetáculo Teatro Jornal 1ª Edição, encenado por Augusto Boal, e Arena Conta Zumbi em (1971). No ano seguinte, fez Doce América, Latino América, criação coletiva. Ainda em 1972, entrou para o Teatro Studio São Pedro, de Maurício e Beatriz Segall e encenou Tambores na Noite e A Semana - Esses Intrépidos Rapazes e Sua Maravilhosa Semana de Arte Moderna. Mais tarde ela fundou uma escola de teatro, onde sempre demonstrou vontade de evoluir e ali sua carreira no teatro decolou.

Dos tempos pra cá, Del Vecchio tem uma trajetória enorme no teatro e então resolveu partir para a carreira individual atuando em telenovelas. Começou na TV Tupi, em 1974 na telenovela Ídolo de Pano. Na televisão, atuou em séries e novelas das emissoras Rede Globo, Rede Bandeirantes, Manchete e SBT. Denise tem uma coleção de grandes trabalhos, e desde 2006, participa das novelas da RecordTV. Em 2007, Denise realizou leitura do texto Querida Mamãe, de Maria Adelaide Amaral, ao lado de Tuna Dwek e sob a direção de seu filho, André Frateschi (ator, músico e diretor).

A rica trajetória artística e pessoal da atriz Denise Del Vecchio está em Memórias da Lua, de Tuna Dwek, da Coleção Aplauso, da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, que foi lançado em fevereiro de 2008.[2]

"Minhas experiências artísticas sempre foram experiências de vida". diz Denise

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Denise já foi casada com o ator Celso Frateschi com quem atuou no teatro e na minissérie José do Egito, o casal tem um filho André Frateschi que também é ator, além disso é diretor e músico.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1974 Ídolo de Pano Renée
1975 Um Dia, o Amor Adriana
1977 Um Sol Maior Betty
1978 O Direito de Nascer Rosário
1979 O Todo Poderoso Carmem Sílvia
1982 Pic-nic Classe C Marieta
Maria Stuart Roberta
Os Imigrantes - Terceira geração Marinha
1983 Acorrentada Laura
Pecado de Amor Helga
1984 A Máfia no Brasil Anita
1988 Fera Radical Olívia Flores Mendes
1989 Colônia Cecília Duzolina
Top Model Lia
1990 Mãe de Santo Prazeres
1991 Ilha das Bruxas Alma
Felicidade Dinorah
1992 Anos Rebeldes Dolores [3]
1994 A Viagem Glória Gusmão
1995 As Pupilas do Senhor Reitor Joana
Tocaia Grande Jacinta
1997 Os Ossos do Barão Rosa
O Desafio de Elias Rebeca
1998 Serras Azuis Netinha
1999 Força de um Desejo Bárbara Ventura
2000 Malhação Yolanda Albuquerque (Ioiô)
2002 Esperança Soledad
2003 Chocolate com Pimenta Dona Mocinha Limeira da Silva
2004 Como uma Onda Mariléia Paiva
2006 JK Naná (Maria da Conceição Kubitschek)
Linha Direta Yara Amaral (Bateau Mouche)
Bicho do Mato Alzira Redenção
2007 Amor e Intrigas Celeste Camargo de Souza
Louca Família Argélia
2009 Bela, a Feia Vanda Alcântara
2011 Vidas em Jogo Augusta Figueira de Andrade (Augusto)
2013 José do Egito Lia
Pecado Mortal Das Dores [4]
2015 Milagres de Jesus Keila [5]
Os Dez Mandamentos Joquebede[6]
2016 Os Dez Mandamentos - Nova Temporada Joquebede [7]
2017 O Rico e Lázaro Elga

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Papel
1977 Jecão, um Fofoqueiro no Céu Jaqueline[8]
1978 Doramundo
1979 A Noite dos Imorais Ana[9]
1983 A Próxima Vítima
2001 Lavoura Arcaica Prostituta[10]
2016 Os Dez Mandamentos: O Filme Joquebede
2018 Syndrome Olivia

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Peça
1971 Teatro Jornal 1ª Edição
Arena conta Zumbi
1972 Doce América, Latino América
Tambores na Noite
A Semana - Esses Intrépidos Rapazes
1973 A Queda da Bastilha???
1975 A Epidemia
1977 Dois Homens na Mina
1978 Os Imigrantes
1979 Vejo um Vulto na Janela
Me Acuda que eu Sou Donzela
1980 Ato Cultural
1981 Lua de Cetim
Os Órfãos de Jânio
1982 Mahagonny Songspiel
1983–88 Feliz Ano Velho
1985 Lembranças da China
1986 Electra
1988 Vestido de Noiva
1989 O País dos Elefantes
1991 Florbela Espanca
1992 Cobras Voadoras
1996 Três Maneiras de Dançar um Tango
1997 Anchieta, Nossa História
1998 Um Crime Perfeito
1999 Somos Irmãs
2000 Feliz Ano Velho
2002 Silvia
2003 Unha e Carne
2004 A Máscara do Imperador
2005 Sossego e Turbulência no Coração de Hortência
2006 A Mentira
2007 De Corpo Presente
Mar de Gente
2008 A Estressada Doméstica
2008–09 A Cabra ou Quem é Sylvia?
2009–10 As Pontes de Madison [11]
2011–12 Circuito Ordinário [12]
2013 A Bala na Agulha [4]
2014–17 Trágica.3 – Electra Medéia Antígona [13]
2017 Aqui, Fora[14]

Literatura[editar | editar código-fonte]

Ano Livro Nota Ref
2008 Denise Del Vecchio – Memórias da Lua da Coleção Aplauso [2]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado Ref
1981 Prêmio Molière Melhor Atriz
Lua de Cetim
Venceu [2]
1985 Prêmio Governador do Estado Melhor Atriz
Lembranças da China
Venceu [2]
2011 Prêmio Arte Qualidade Brasil Melhor Atriz
Vidas em Jogo
Indicado [15]
2014 Prêmio Shell Melhor Atriz
Trágica.3
Venceu [16]
Prêmio Arte Qualidade Brasil Melhor Atriz Teatral Drama Indicado [17]
2015 Troféu AIB de Imprensa Melhor Atriz
Os Dez Mandamentos
Indicado [18]
Troféu Internet Melhor Atriz Indicado [19]

Referências

  1. «Coleção Aplauso: Denise Del Vecchio». Coleção Aplauso. 2008. Consultado em 1 de março de 2017 
  2. a b c d «Denise Del Vecchio por Tuna Dwek». SP - escola de teatro. 18 de outubro de 2012. Consultado em 1 de março de 2017 
  3. Rede Globo, Memória Globo, Anos Rebeldes [em linha]
  4. a b «Denise Del Vecchio brilha em "Pecado Mortal" e na peça "A Bala na Agulha"». Folha Uol. 26 de outubro de 2013. Consultado em 1 de março de 2017 
  5. http://entretenimento.r7.com/famosos-e-tv/fotos/milagres-de-jesus-veja-a-transformacao-de-denise-del-vecchio-para-viver-personagem-biblico-29012015
  6. «Conheça os personagens de Os Dez Mandamentos». R7 Entretenimento. 18 de março de 2015. Consultado em 20 de março de 2015 
  7. Record divulga lista com elenco completo da nova temporada de “Os Dez Mandamentos”
  8. Cinemateca Brasileira, Jecão... Um Fofoqueiro no Céu [em linha]
  9. «A Noite dos Imorais : Elenco, atores, equipe técnica, produção». Cinemateca. 1979. Consultado em 1 de março de 2017 
  10. «Resenha de 'Lavoura Arcaica'». Terra. 2001. Consultado em 1 de março de 2017 
  11. «Com Denise Del Vecchio, "As Pontes de Madison" encerra temporada». Folha Uol. 27 de fevereiro de 2010. Consultado em 1 de março de 2017 
  12. «A premiada atriz Denise Del Vecchio dá vida a uma cidadã de conduta exemplar, que passa a ser suspeita dos crimes que ajudou a delatar». ABC do ABC. 12 de fevereiro de 2012. Consultado em 1 de março de 2017 
  13. «'Trágica.3' revisita mitos femininos gregos em reunião de monólogos». Globo teatro. 27 de abril de 2014. Consultado em 1 de março de 2017 
  14. «Denise Del Vecchio apresenta monólogo inédito na Casa do Saber». Veja São Paulo. 9 de fevereiro de 2017. Consultado em 1 de março de 2017 
  15. «Confira os INDICADOS e GANHADORES do Prêmio Arte Qualidade Brasil 2011 - Categoria Televisão». Prêmio Arte Qualidade Brasil. 2011. Consultado em 1 de março de 2017 
  16. «Denise Del Vecchio conquista prêmio shell». R7. 18 de março de 2015. Consultado em 1 de março de 2017 
  17. «Categoria Teatro - 2014 - Prêmio Arte Qualidade Brasil». Prêmio Arte Qualidade Brasil. 2014. Consultado em 1 de março de 2017 
  18. «Guilherme Winter e Denise Del Vecchio concorrem na categoria de melhor ator e atriz de televisão». R7. 15 de setembro de 2015. Consultado em 1 de março de 2017 
  19. «Troféu Imprensa 22/05/2016 – Definição dos premiados». TN Audiência. 22 de maio de 2016. Consultado em 1 de março de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.