Um dia, o Amor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Um Dia, o Amor)
Ir para: navegação, pesquisa
Um Dia, o Amor
Informação geral
Formato Telenovela
Criador(es) Teixeira Filho
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) David Grimberg
Carlos Zara
Elenco Carlos Zara
Maria Estela
Henrique Martins
Glauce Graieb
Lisa Vieira
Nádia Lippi
Felipe Carone
Denise Del Vecchio
(Ver mais)
Tema de abertura "Tanto Amor (Aurora)" - Maria Odette e Carlos Zara
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Tupi
Transmissão original 22 de setembro de 1975 - 29 de maio de 1976
Cronologia
Meu Rico Português
Os Apóstolos de Judas

Um Dia, o Amor foi uma telenovela brasileira produzida pela extinta TV Tupi e exibida de 22 de setembro de 1975 a 29 de maio de 1976, contando 212 capítulos[1].

Baseada na radionovela As Três Marias, foi escrita por Teixeira Filho e dirigida por David Grinberg.

Trama[editar | editar código-fonte]

Ricardo é um viúvo com três filhas jovens e bonitas: Maria Leonor, Maria Cecília e Maria Isabel. Seu amor do passado é Marília, mas não ficou com ela. Por causa das intrigas de Amadeu, os dois se separaram. Amadeu se casou com Marília, e para mantê-la longe dos olhos de Ricardo, a levou para morar consigo na Itália, onde ele foi dirigir a filial da empresa de sua família.

Mas o casal retorna ao Brasil, se instalando na casa em frente à casa de Ricardo. Marília e Ricardo redescobrem o amor da juventude e passam a se cortejar da sacada de suas mansões. O retorno de Amadeu tem um propósito: ele está interessado em se apossar dos negócios da família, mais precisamente em tirar o velho pai, o Dr. Maciel, da frente das empresas. Ele tem o apoio de sua mãe, a autoritária Lucinha, que só tem olhos para o filho. Mas o velho é esperto e distribui as ações com Ricardo, alto executivo da companhia.

O Dr. Maciel é morto num acidente de carro – os freios foram violados, o que causou sua morte. Amadeu e Ricardo são os principais suspeitos. Assim como o mecânico Zanata, que fora ludibriado por Lucinha. As investigações do delegado Celso levam à Maria Eunice, um caso do passado de Amadeu, que tivera uma filha com ele. Essa menina fora adotada por Ricardo: qual de suas três filhas não é legítima?

Ao final descobre-se que a responsável pelo atentado que causou a morte do Dr. Maciel foi sua mulher, Lucinha. E a filha de Amadeu e Maria Eunice, criada por Ricardo, é Maria Leonor.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Trilhas Sonoras[editar | editar código-fonte]

Trilha Sonora Nacional[editar | editar código-fonte]

  1. Tanto Amor (Aurora) - Maria Odette e Carlos Zara (tema de abertura)
  2. Solo Pleno de Sogni - Flávio Carvalho
  3. É Sempre o Mesmo Amor - Os 3 Morais
  4. Maria Isabel - Cleston Teixeira (tema de Maria Isabel)
  5. Te Quero, Amor - Márcio Prado (tema de Marília)
  6. Tudo Bem - Antônio Carlos de Carvalho
  7. Nada na Cuca - Flávio Carvalho
  8. Tema Triste - Luiz Arruda Paes (tema de Ricardo)
  9. Tema de Cecília - Luiz Fabiano (tema de Maria Cecília)
  10. Brinquei de Querer Você - Ângelo Antônio
  11. Leonor - Os 3 Morais (tema de Maria Leonor)
  12. Aurora (Tanto Amor) - Luiz Arruda Paes

Trilha Sonora Internacional[editar | editar código-fonte]

  1. Aurora - Massimo Guantini (tema de Ricardo)
  2. Me And My Love - Ace Spectrum
  3. Tornerai, Tornerò - Homo Sapiens (tema de Maria Leonor)
  4. I Don't Want To Lose You - Spinners (tema de Ricardo e Marília)
  5. We Must To Live Together - Black Island Group
  6. Love Is Alive - Gary Wright
  7. Haunted (By Your Love) - Blue Magic (tema de Maria Cecília)
  8. I Found Love - The Sweepers
  9. Goodnight - Mickey Newbury
  10. Every Beat Of My Heart - Ronnie Jones
  11. Part Time Love - David Gates (tema de Maria Isabel)
  12. Lady In Blue - Joe Dolan (tema de Lucinha)

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde dezembro de 2009).

Referências

  1. «Um dia, o amor». Teledramaturgia. Consultado em 23 de abril de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.