Vende-se um Véu de Noiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vende-se um Véu de Noiva
Informação geral
Também conhecido(a) como A Ilha do Profeta[1]
Formato Telenovela
Gênero
Duração 45 minutos
Estado Finalizada
Criador(es) Íris Abravanel
Baseado em Véu de Noiva de Janete Clair
Desenvolvedor(es) SBT
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Del Rangel
Diretor(es) de criação Rodolfo Silot (supervisão)
Luiz Antônio Piá
Wirlandi Soares (ilustrações)
Cláudio Santos (operações)
Produtor(es) Diego Spinelli
Roteirista(s) Jaqueline Vargas
Yoya Wursch
Elenco
Tema de abertura "Um Novo Amor", Flávio Venturini
Exibição
Emissora de televisão original SBT
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 16 de junho de 20099 de janeiro de 2010
N.º de episódios 177
Cronologia
Programas relacionados Véu de Noiva

Vende-se um Véu de Noiva é uma telenovela brasileira que foi produzida e exibida pelo SBT de 16 de junho de 2009 a 9 de janeiro de 2010, em 177 capítulos, substituindo Revelação.[2] De autoria de Íris Abravanel com a colaboração de Jaqueline Vargas e Yoya Wursch, a história é um remake da obra homônima Véu de Noiva de Janete Clair, exibida pela Rede Globo em 1969, contando ainda com a colaboração de Caio Britto, Carlos Marques, Fany Lima, Grace Iwashita, Gustavo Braga, Helly Aguiar, Raphael Baumgardt e Rita Valente. A direção é de Luís Antônio Piá e Rodolfo Silot, com direção-geral de Del Rangel.[3]

Contou com Daniel Alvim, Day Mesquita, Jiddu Pinheiro, Elaine Cristina, Thaís Pacholeck, Zé Carlos Machado, Ana Carolina Godóy e Sérgio Abreu nos papéis principais da trama.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

A radionovela foi escrita na década de 60, originalmente para a Rádio Nacional. Janete Clair teve a inspiração ao ler um anúncio, Vende-se um véu de noiva, publicado num jornal carioca.[4][5][6] Influenciada pelo sucesso de Beto Rockfeller pelo jeito moderno e arejado, a direção da Rede Globo produziu a telenovela Véu de Noiva,[7] em 221 capítulos, entre 10 de novembro de 1969 a 27 de junho de 1970.

Em 2009, após o fim do contrato com a Televisa, Íris Abravanel escreveu a obra original Revelação, antecessora de Vende-se um Véu de Noiva.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

1981. No litoral paulista, Maria Célia Baronese e Rubens Baronese tinham tudo para serem felizes. A não ser com a chegada da prima de Maria Célia, Eunice. Logo pela primeira vez que a vê, Cora Baronese, tia de Rubens e sócia marjoritária da empresa Baronese Pescados, alimenta certa desconfiança da moça. Maria Célia está grávida e Eunice tem um plano que tinha de tudo para ser perfeito. Um dia, Rubens faz uma viagem de negócios. Eunice aproveita a oportunidade e diz a prima que quer visitar A Ilha do Profeta. Sem comunicar Cora, Eunice, Maria Célia e a empregada, Isabel, fazem o passeio até a ilha. Fabrício Vilela, amigo e empregado de Rubens leva as três para Ilha do Profeta. Mas ao chegar lá, a bolsa de Maria Célia estoura e o plano de Eunice tem ação. Ela impede que haja comunicação com o Guarujá e após nascer o filho de Maria Célia, ela o toma de seus braços. Eunice manda a empregada Isabel matar a criança, só que Isabel a contraria e leva a criança para Maria Célia. Com medo, Maria Célia corre pela ilha. A moça acaba tropeçando e acaba se segurando em um penhasco. A criança fica salva e logo Maria Célia vê Fabrício. Desesperada, pede que ele cuide da criança. O fiel empregado dos Baronese promete cuidar do bebê. Maria Célia morre ao cair ao mar. Ao descobrir o ocorrido, Eunice faz com que Isabel se sinta culpada e a empregada deixa a mansão dos Baronese.

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

28 anos se passam desde o acontecimento na Ilha. Fabrício se casou com Rita, uma moça da região. Por amor a Fabrício ela aceita registrar Daniel Vilela, que não é nada mais nada menos que o filho de Rubens e Maria Célia. Apenas Fabrício e Rita sabem disso. Além disso o casal tem outra filha Eliana Vilela que está de casamento marcado. Daniel é apaixonado pela "irmã", fato que tenta lutar contra. Cora Baronese continua com desconfiança de Eunice que agora é casada com Rubens Baronese. Rubens e Eunice têm um filho, Gustavo Baronese, que é noivo de Marize Franco. Eliana Vilela está de casamento marcado com o mecânico Mário. O que ela não espera é que um trágico episódio mudasse sua vida. Após o casamento, Mário e Eliana sofrem um acidente onde outro carro está envolvido. No outro carro está Gustavo Baronese que decide pagar todas as despesas de Eliana. Gustavo é apaixonado por Eliana, o que provoca a revolta de Eunice e o ciúme de Marize. Orgulhosa, Eliana não aceita a ajuda de Gustavo e passa a desprezá-lo. Então ela decide colocar seu véu de noiva à venda pela internet. Eunice descobrirá que Daniel é filho de Maria Célia e Rubens, e para que não tenha que dividir o dinheiro de Rubens, fará de tudo para que Daniel fique longe da família Baronese. Já Marize fará de tudo para impedir que Gustavo fique com Eliana. Todavia, Gustavo fará o possível para conquistar Eliana, que após o episódio do acidente, passou a desprezá-lo.

Produção[editar | editar código-fonte]

Praia das Pitangueiras um dos cenários da novela.

Em setembro de 2008, o SBT adquiriu todas as obras radiofônicas de Janete Clair, que consistiam em 35 textos para adaptações[8].

A primeira telenovela que a emissora decidiu adaptar foi Vende-se um véu de noiva. Ficou decidido que a adaptação ficaria a cargo de Iris Abravanel[9].

A trama teve título provisório de A Ilha do Profeta. Porém o nome não agradou à direção do SBT, então decidiram manter o nome original[10].

A telenovela tinha previsão de 188 capítulos,[11] cada capítulo custou R$ 180 mil[12] e a primeira telenovela do SBT a ser captada e exibida em Full HD.[3] Nos seis primeiros capítulos, passados na década de 80, foi utilizado a técnica colorimetria.

Ambientada no Guarujá, na Praia do Perequê,[13] no litoral paulista,[11] as principais locações foram centradas na cidade do Guarujá, explorando praias e ilhas. A Ilha dos Arvoredos, frente à praia de Pernambuco, foi um dos cenários. Uma casa de campo em Itatiba, interior de São Paulo,[13] também foi palco de um dos núcleos do folhetim. O restante das filmagens foram feitas nos estúdios 7, 8 e na cidade cenográfica na sede do SBT, o CDT da Anhanguera, em Osasco, São Paulo.[14][12] Suas gravações tiveram início em Abril e foram encerradas em Outubro, de 2009.

A abertura foi feita numa piscina com uma modelo e com a ajuda do presidente Roberto Faissal da Associação Brasileira de Cinematografia.[15]

A telenovela contou com a participação do apresentador Ratinho, interpretando um advogado[16]. A apresentadora Hebe também fez uma participação na novela[17].

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Daniel Alvim Gustavo Baronese
Day Mesquita Eliana Viela
Jiddu Pinheiro Daniel Vilela / Rubens Baronese Filho
Elaine Cristina Eunice Baronese
Thaís Pacholeck Renata Onofre
Maria Célia Baronese (jovem)
Zé Carlos Machado Rubens Baronese
Ana Carolina Godóy Marize Franco Baronese
Sérgio Abreu Leonardo Carvalho
Marcela Muniz Jaqueline Gusmão (Jackie)
Marcos Winter Dr. Homero Reis
Douglas Aguillar Lúcio Salvador (Marujo)
Maristane Dresch Yasmin Jamba
Tânia Bondezan Rita Vilela
Roberto Lopes Fabrício Vilela
Talita Castro Cristina Medeiros
Maria Estela Cora Baronese
Ernando Thiago Josias Ribeiro
Anastácia Custódio Isabel Ribeiro
Renata Zhaneta Irani Jamba
Velson D'Souza Cauã Jamba
Marcelo Batista Ulisses Jamba
Caroline Molinari Manuela Marques
Antonio Petrin José Ferreira (Zé Moréia)
Wanessa Morgado Rita Vilela
Janaína Lince Priscila Amaral
Daniel Morozetti Rafael
Moacyr Franco Walter
Ilana Kaplan Daura
Alejandra Sampaio Dedina
Rafael Chagas Ricardo Pedreira
Alexandre Bacci Tobias
Ariel Moshe Clodoaldo da Silva (Clóvis)
Cláudia Mello Glória Fonseca
Daniela Franco Maria Aparecida Cisotto (Cida)
Fábio Saltini Montanha
Felipe Cardoso Flávio Marques
Felipe Severo Joaquim (Quinzinho)
Fernando Patau Delegado Marcondes
Guilherme Lopes Klaus
Marcelo Arnal Ricardo
Lara Córdula Dra. Amanda Vieira
Marcelo Saback Roberto
Maurício de Barros Ney Rocha
Nábia Vilela Maria das Graças
Rafael Fernandes Téo Moreira Costa
Rayana Vidal Bruna
Veridiana Toledo Patrícia Moreira
Thomaz Costa Lucas
Saulo Meneghetti Felipe[18]
Vinícius Ricci Flávio

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Fábio Villa Verde Mário
Samantha Dalsoglio Eunice Baronese (jovem)
Nando Rodrigues Rubens Baronese (jovem)
Elam Lima Fabrício Vilela (jovem)
Márcia de Oliveira Isabel Ribeiro (jovem)
Ronaldo Oliva José Ferreira (Zé Moréia) (jovem)
Cristina Rio Branco Irani Jamba (jovem)
Bukassa Kabengele Ulisses Jamba (jovem)
Gabriel Miziara Clodoaldo da Silva (Clóvis) (jovem)
Christina Rocha Eva (Tia Evinha)
Max Fivelinha Pepe
Patrícia Salvador Monica
Lívia Andrade Luciana
Lígia Mendes Juíza
Fabianna Brazil Andressa Carla
Cristina Sano Médica
Carlos Massa Caetano Soares[19]
Cris Poli Diretora da escola de Manuela
Isabela Fiorentino Ela mesma
Arlindo Grund Ele mesmo
Eliana Ela mesma[20][21]
Íris Abravanel Ela mesma

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Músicas do CD[editar | editar código-fonte]

Vende se um Véu de Noiva
Trilha sonora de Vários artistas
Lançamento 2009
Gravação 2009
Gênero(s) Trilha sonora
Idioma(s) Português
Formato(s) Físico
Gravadora(s) Radar Records
SBT Music

Capa: Dayenne Mesquita e Daniel Alvim

  1. Um Novo Amor - Flávio Venturini
  2. Over the Rainbow - Thaeme Marioto
  3. You Are Everything - Shirley Carvalho
  4. Vem Morar Comigo - Cidade Negra
  5. Você Foi Atriz - Eduardo Costa part. Bruno & Marrone
  6. Versos Simples - Chimarruts
  7. Esperando Aviões - Vander Lee
  8. You Make Me Feel Brand New - Simply Red
  9. El Gran Desfile - Los Pericos
  10. Rua do Sosego - Muamba Bitt
  11. Noiei - ID3
  12. In Your Arms - Claudia Albuquerque
  13. Retrato em Preto e Branco - Chico Buarque
  14. Felicidade Não Espera - Ronny & Rangel
  15. Dias de Sol - Cheiro de Amor
  16. Não Custa Tentar - Pedro Nassif
  17. Pérola - Alma Serrana
  18. Doce Mel - Cyz
  19. Pout-Pourri - Dom Quirino

Todas as Músicas da Novela[editar | editar código-fonte]

  1. Um Novo Amor - Flávio Venturini (tema de abertura)
  2. El Gran Desfile (Fico Assim Sem Você) - Los Pericos
  3. Esperando Aviões - Vander Lee -
  4. In Your Arms - Cláudia Albuquerque -
  5. Na Rua do Sossego - Muamba Bitt
  6. Banho de Lua - Celly Campello
  7. Retrato em Preto e Branco - Chico Buarque
  8. Vem Morar Comigo - Cidade Negra
  9. Versos Simples - Chimarruts
  10. You Are Everything - Shirley Carvalho
  11. Somewhere Over The Rainbow - Israel Kamakawiwo'Ole
  12. Em Cada Nuvem Lá do Céu - Nathália Siqueira
  13. Dias de Sol - Cheiro de Amor
  14. Visitar a Rede - Moacyr Franco
  15. Quando eu Noiei - ID3 [22]
  16. Até o fim - Banda Strike[22]
  17. onde eu errei- Bruno Miguel

Exibição internacional[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Daniel Castro (26 de abril de 2009). «O Profeta da Ilha». Outro Canal. Folha de S.Paulo. Consultado em 4 de maio de 2014. 
  2. Karina Craveiro (13 de junho de 2009). «'Vende-se Um Véu de Noiva' estréia no SBT; saiba quem é quem». Terra Networks. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  3. a b «"Vende-se um Véu de Noiva" estreia nesta terça-feira no SBT». Folha de São Paulo. UOL. 16 de junho de 2009. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  4. Ferreira, Mauro; Coelho, Cleodon (2003). «Capítulo 6 - Véu de Noiva - Pág. 45». Nossa Senhora das Oito: Janete Clair e a evolução da telenovela no Brasil. [S.l.]: Mauad Editora Ltda. 148 páginas. ISBN 85-7478112-6 
  5. Keila Jimenez (24 de janeiro de 2009). «SBT inicia produção de Janete Clair». Estadão. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  6. «#JaneteClair: Véu de Noiva inovou ao retratar na TV a realidade brasileira». Rede Globo. Globo.com. 2 de julho de 2011. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  7. André Santana (10 de novembro de 2017). «Há 48 anos, estreava a clássica Véu de Noiva». Observatório da Televisão. UOL. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  8. «SBT compra toda obra radiofônica de novelista Janete Clair». Folha Ilustrada. 4 de setembro de 2008. Consultado em 6 de janeiro de 2018. 
  9. «Mulher de Silvio Santos adapta Janete Clair». Folha Ilustrada. 8 de outubro de 2008. Consultado em 6 de janeiro de 2018. 
  10. «Revelação boicotada». Estadão. 24 de abril de 2009. Consultado em 6 de janeiro de 2018. 
  11. a b Bruno Lofreta (10 de junho de 2009). «"É difícil chegar perto", diz Íris Abravanel sobre adaptação de Janete Clair». Folha de São Paulo. UOL. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  12. a b «Elenco de "Vende-se um Véu de Noiva" mostra bastidores da novela do SBT; veja vídeo». UOL. 12 de julho de 2009. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  13. a b Paulo Ricsrdo Moreira (30 de abril de 2009). «Próxima novela do SBT tem gravação na praia e triângulo amoroso». Jornal do Brasil. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  14. «Acompanhe um dia de gravações de "Vende-se Um Véu de Noiva"». Bem Paraná. 14 de julho de 2009. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  15. Alline Dauroiz (9 de agosto de 2009). «'Vende'se um véu de noiva': trabalho duro até debaixo d'água». Estadão. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  16. «Ratinho grava suas primeiras cenas como ator em "Vende-se um Véu de Noiva"». UOL. 14 de julho de 2009. Consultado em 6 de janeiro de 2018. 
  17. «Hebe fará participação em 'Vende-se um Véu de Noiva'». Estadão. 20 de julho de 2009. Consultado em 6 de janeiro de 2018. 
  18. «Saulo Meneghetti comemora ótima fase e fala da expectativa de "Escrava Mãe"». Campo Grande Notícias. Consultado em 16 de julho de 2016. 
  19. «Ratinho participa de Vende-se Um Véu de Noiva». SBT. 19 de julho de 2009. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  20. «Eliana interpreta ela mesma em novela do SBT». R7. 14 de outubro de 2009. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  21. «Eliana interpreta ela mesma em "Vende-se um Véu de Noiva"». A Tarde. UOL. 28 de outubro de 2009. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  22. a b http://www.sbt.com.br/veudenoiva/trilhasonora

Ligações externas[editar | editar código-fonte]