Cris Poli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cris Poli
Nascimento 24 de junho de 1945 (75 anos)
Buenos Aires,  Argentina
Nacionalidade argentina
brasileira
Ocupação Apresentadora e pedagoga
Página oficial

Cris Poli (Buenos Aires, 24 de junho de 1945)[1] é uma apresentadora de televisão, pedagoga e escritora argentina, conhecida por apresentar a versão brasileira do reality show Supernanny, no SBT. Sua linha de livros sobre como educar os filhos são considerados best-sellers.[2]

Biografia e carreira[editar | editar código-fonte]

É argentina radicada no Brasil, dedicou grande parte de sua vida à educação infantil. Formada em Educação pelo Instituto Nacional Superior do Professorado em Línguas Vivas Isaac Augusto Juan Ramón Fernandez, de Buenos Aires, Argentina. No Brasil, fez Licenciatura em Letras Inglês-Português na Universidade de São Paulo (USP).[3]

Atuou como professora em algumas das mais respeitadas escolas de Buenos Aires, até se mudar para São Paulo e aplicar seus conhecimentos em colégios da capital paulista.[4] Foi selecionada para ser a Supernanny brasileira, depois de um longo processo promovido pelo SBT. Já escreveu seis livros, dentre eles estão Viva a Infância e Pais Responsáveis Educam Juntos. Em 2009, participou da novela Vende-se um Véu de Noiva, sua primeira experiência como atriz.

No ano de 2012, voltou a atuar na versão brasileira da novela Carrossel, como a supervisora Bernadete. Em 28 de maio de 2014, Cris Poli deixou o SBT, depois que emissora não renovou seu contrato e cancelou o programa Supernanny, após oito anos no ar.

Em 23 de abril de 2015, lançou seu sétimo livro, S.O.S dos pais - 500 dicas para educar sem enlouquecer, um livro com 500 perguntas e respostas de como educar uma criança.[5] Em outubro de 2016, lançou Atenção! Tem Gente Influenciando Seus Filhos, seu oitavo livro.[6]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

É casada com Luciano Poli e possui três filhos: Esteban, Luciana e Federico.[7]

Se tornou cristã evangélica por meio de uma aluna a quem dava aulas. Ela afirma haver orado muito pelas famílias que participavam do programa.[8]

Obras[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Emissora Papel
2006–2013 Supernanny SBT Apresentadora
2009 Vende-se um Véu de Noiva SBT Diretora da escola de Manuela
2012 Carrossel SBT Supervisora Bernadete

Livros[editar | editar código-fonte]

  • Filhos Autônomos, Filhos Felizes (Gente, 2006)
  • Pais Separados, Filhos Preparados (Gente, 2007)
  • Pais e Professores Educando com Valores (Gente, 2008)
  • Viva a Infância! Ajude Seu Filho A Ser Criança Para Se Tornar Um Adulto Realizado (Gente, 2009)
  • Pais Responsáveis Educam Juntos (Mundo Cristão, 2011)
  • Pais Admiráveis Educam pelo Exemplo (Mundo Cristão, 2013)
  • SOS dos Pais: 500 Dicas para Educar Sem Enlouquecer (Mundo Cristão, 2015)
  • Atenção! Tem Gente Influenciando Seus Filhos (Mundo Cristão, 2016)

Referências

  1. Redação (2014). «Premiação homenageia apresentadores da TV». CARAS online. caras.uol.com.br. Consultado em 25 de outubro de 2016 
  2. Redação (7 de julho de 2016). «Palestra com Cris Poli atrai centenas de pessoas em Orlândia». Novacidade.com. Consultado em 25 de outubro de 2016 
  3. «Cris Poli - Supernanny». www.jornalvicentino.com.br. 17 de novembro de 2008. Consultado em 25 de outubro de 2016 
  4. Redação (27 de junho de 2016). «Cris Poli, a Super Nanny, esteve em Orlândia no último sábado». revistacomunique.com.br. Consultado em 25 de outubro de 2016. Arquivado do original em 25 de outubro de 2016 
  5. Redação (20 de abril de 2015). «Cris Poli lança livro para ajudar pais e mães a educarem os seus filhos». www.sbt.com.br. Consultado em 25 de outubro de 2016 
  6. Redação (30 de setembro de 2016). «Cris Poli lança novo livro neste sábado em São Paulo». www.acessocultural.com. Consultado em 25 de outubro de 2016 
  7. Duarte, Ana Cláudia (11 de maio de 2007). «A felicidade de Cris Poli ao reunir o clã em casa». Caras. Consultado em 9 de abril de 2020 
  8. Figueiredo, Amanda (4 de novembro de 2016). «Famosos que viraram evangélicos». M de Mulher. Consultado em 9 de abril de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.