A Família Addams (musical)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
250px
A New Musical Comedy
Música Andrew Lippa
Letra Andrew Lippa
Libreto Marshall Brickman
Rick Elice
Baseado em Os quadrinhos de Charles Addams
Produção 2009 Chicago
2010 Broadway
2011 Tour Nacional nos EUA
2012 São Paulo
2012 Suécia
2013 Sydney
2013 Buenos Aires
2013 Rio de Janeiro

The Addams Family (A Família Addams no Brasil) é uma comédia musical com letras e música por Andrew Lippa e um livro por Marshall Brickman e Rick Elice. O show é baseado nos personagens da Família Addams criados por Charles Addams em seus desenhos, que mostram uma estranha família Americana com afinidade por coisas macabras. Entre todas as adaptações já feitas dos desenhos, essa é a primeira feita para o teatro.[1] A Família Addams também foi a primeira produção produzida pela Elephant Eye Theatricals, uma organização da Broadway que mistura um time com experiência em produção com audiências de quinze centros de artes performáticas. [2]

Depois de um teste em Chicago, [3] o show estreou na Broadway em Abril de 2010. O elenco original trazia Nathan Lane como Gomez e Bebe Neuwirth como Morticia.[4] Uma gravação do elenco original da Broadway foi lançada em 8 de Junho de 2010

A produção original fechou em 31 de Dezembro de 2011. Uma versão revisada de uma turnê nacional pela América do Norte começou em Setembro de 2011.

Produções[editar | editar código-fonte]

Broadway (2010–2011)[editar | editar código-fonte]

Prévias do show na Broadway no Teatro Lunt-Fontanne começaram em March 8, 2010, com uma estreia oficial em 8 de Abril.[5] Os custos originais esperados eram de 10 milhões de dólares, porém notícias posteriores afirmaram que o orçamento foi de 15 milhões. [6] .

O elenco da Broadway foi o mesmo elenco das prévias de Chicago. O time criativo inclui direção por McDermott e Crouch, coreografias por Trujillo, iluminação por Natasha Katz, bonecos por Basil Twist, efeitos especiais por Gregory Meeh, e orquestras por Larry Hochman.[7]

O show ganhou um Drama Desk Award.

Um artigo na revista Playbill de Maio de 2011 afirmou que o show já havia lucrado 62 milhões de dólares. A performance de número 500 do musical se deu em 16 de Junho de 2011. [8]

Cassandra Peterson estava em discussões para pegar o papel de Morticia até que os produtores decidirem encerrar o show no final daquele ano.

Depois de 34 prévias e 725 performances, o show fechou na Broadway no dia 31 de Dezembro de 2011. [9]

Turnê Nacional (2011-2012)[editar | editar código-fonte]

No final de 2011, o show começou uma turnê por vários teatros pelos Estados Unidos.

São Paulo (2012) & Rio de Janeiro (2013)[editar | editar código-fonte]

A primeira produção internacional começou em Março de 2012 no Teatro Abril, de São Paulo, produzido pela T4F. O elenco envolvia nomes como Daniel Boaventura e Marisa Orth nos papéis de Gomes e Mortícia Addams. A produção fechou em dezembro de 2012. A mesma recomeçou em 10 de Janeiro de 2013 no Vivo Rio, no Rio de Janeiro.

Sydney (2013)[editar | editar código-fonte]

Uma produção Australiana no Capitol Theatre de Sydney vai começar em Março de 2013. O elenco inclui John Waters como Gomez Addams, Chloe Dallimore como Morticia Addams e Teagan Wouters como Wandinha Addams.

Buenos Aires (2013)[editar | editar código-fonte]

Uma produção na Argentina vai estreiar em Março ou Abril de 2013. Ainda não há confirmação do elenco.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

  • Nota: a seguinte sinopse é referente à produção original da Broadway.
Primeiro ato

A família Addams está visitando o cemitério para uma reunião anual dos membros da família (vivos, mortos, e não decididos) pra celebrar o que é ser um Addams ("When You're an Addams"). Tio Fester pede para os Ancestrais voltarem para suas covas para pedir suas ajudas. Ele explica que Wandinha, como protesto, convidou o seu namorado (normal), Lucas Beineke, e seus pais, Mal e Alice, para um jantar. Enquanto tortura seu irmão, Feioso, Wandinha confessa que o amor está a levando em outro caminho ("Pulled"). Enquanto isso, Morticia e Gomez se preocupam sobre essa virada de eventos ("Where Did We Go Wrong").

Os Beinekes chegam, e Wandinha e Lucas dizem para suas famílias agirem normalmente, de modo que eles possam ter um simples jantar ("One Normal Night"). Porém no momento em que Tropeço guia os Beinekes à mansão, a tensão começa. Mal quer destruír a casa velha, Alice começa a recitar poemas felizes sem razão aparente, Feioso, Fester e Vovó não conseguem agir normalmente e Wandinha (após vestir preto por dezoito anos), aparece vestida em amarelo. Depois, Lucas e Wandinha, longe de suas famílias, revelam que a razão real do jantar é para anunciar que os dois vão se casar. Gomes e Mal bebem juntos e Mal é apresentado à Bernice, a grande lula de estimação da família, e Alice confessa para Morticia que seu casamento com Mal tem sido infeliz. Morticia então escuta Wandinha a chamar de velha e se preocupa com o fato de estarem nascendo pés de galinha em seu rosto. Ela recusa um pedido de Gomes para dançar tango, deixando-o sozinho e insatisfeito ("Morticia"). Enquanto isso, Feioso se preocupa com o fato de, tendo se apaixonado, Wandinha não mais o torturará. Ele rouba uma poção de Vovó depois que ela revela que essa poção trará à tona a natureza obscura de alguém. Feioso então planeja dar essa poção para Wandinha no jantar ("What If?").

No jantar, "O Jogo" é jogado, onde cada pessoa na mesa confessa algo ("Full Disclosure"). Gomez conta uma história sobre assustar corvos e seus pés, mas sem querer chateia Morticia por acidentalmente tê-la comparado a um bode, enquanto tio Fester confessa que está apaixonado com a lua. Em uma mistura de eventos, Alice bebe a poção de Feioso e na frente de todos revela o seu casamento com Mal como uma bagunça desafetuosa e assume seu sofrimento e tristeza ("Waiting"). Humilhado, Mal tenta saír com sua família, porém Wandinha anuncia seu casamento com Lucas, que concorda. O caos toma forma em ambas as famílias, e tio Fester tentando ajudar, pede aos Ancestrais para criarem uma tempestade horrível, que faça todos ficarem na mansão naquela noite ("Full Disclosure - Part 2").

Segundo ato

Durante a tempestade, Wandinha tenta fugir, mas Lucas quer ficar e tentar resolver as coisas com suas famílias, levando os dois à sua primeira briga. Mais tarde, Morticia teme não ser mais importante para sua família e lembra do fato que a morte está à espera dela ("Just Around The Corner"). Feioso a pergunta se há um monstro embaixo de sua cama. Ela o diz que sim, mas que deve relaxar, porém ela não o consegue fazer confessar o que fez com Alice. Tio Fester cria uma pausa enquanto toca seu ukulele e canta uma canção de amor à Lua ("The Moon and Me").

Saíndo pelo jardim, Wandinha encontra Gomez. Ele está feliz que ela encontrou alguém para amar, mesmo estando triste que sua filha cresceu ("Happy/Sad"). Wandinha fica preocupada com o fato de ser muito diferente de Lucas. Como uma demonstração de confiança, Lucas a venda e pede que ela atire em uma maçã na sua cabeça com um arco e flecha ("Crazier Than You"). Ela consegue, e os dois se abraçam. Na caverna, Gomez e Fester tentam fazer Mal se abrir, sem sucesso ("Let's Not Talk About Anything Else But Love"). Ele é então pego por Bernice e levado aos esgotos. Vovó, escutando a palavra "amor", vem cantar com Gomez e Fester ("Let's Not Talk About Anything Else But Love" (reprise)). Momentos depois, Alice é guiada à caverna por Tropeço, onde Mal, agora de volta do seu passeio com Bernice, aprendeu a gostar mais do que ele tem após ficar nos braços de uma lula apaixonada e anuncia que ainda ama Alice ("In The Arms"). Gomez sobe ao telhado e profetiza seu amor para Morticia ("Live Before We Die"). Eles se beijam e dançam ("Tango de Amor").

Com todos os casais reunidos, Feioso confessa ter dado a poção para Alice, mas é agradecido pois colocou todos juntos. Tio Fester, usando um foguete, diz para todos que está voando para estar com a lua. As famílias começam a cantar uma última canção e ficam surpresos quando Tropeço canta pela primeira vez, assim como quando uma nuvem de fumaça é vista na lua, mostrando que Fester acabou de chegar ("Move Toward the Darkness").

Números musicais[editar | editar código-fonte]

Broadway[editar | editar código-fonte]

††Não incluído na gravação de elenco da Broadway.

Tour dos EUA[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Elencos[editar | editar código-fonte]

Papel Elenco original da Broadway Elenco final da Broadway Elenco original do tour Elenco da tour NonEquity [10] Elenco original do Brasil Elenco original da Austrália
Gomez Addams Nathan Lane Roger Rees Douglas Sills Jesse Sharp Daniel Boaventura John Waters
Morticia Addams Bebe Neuwirth Brooke Shields Sara Gettelfinger Keleen Snowgren Marisa Orth Chloe Dallimore
Tio Fester Kevin Chamberlin Brad Oscar Blake Hammond Shaun Rice Claudio Galvan Russell Dykstra
Vovó Addams Jackie Hoffman Pippa Pearthree Amanda Bruton Iná de Carvalho Meredith O’Reilly
Wandinha Addams Krysta Rodriguez Rachel Potter Cortney Wolfson Jennifer Fogarty Laura Lobo Teagan Wouters
Feioso Addams Adam Riegler Patrick D. Kennedy Sam Primack Nicholas Torres,
Gustavo Daneluz.
Matheus Lustosa (alternando)
Liam Faulkner-Dimond,
Anthony Garcia,
Graham-Wilson,
Blake Hurford,
Daniel Simpson (alternando)
Tropeço Zachary James Tom Corbeil Dan Olson Rogério Guedes Ben Hudson
Mal Beineke Terrence Mann Adam Grupper Martin Vidnovic[11] Mark Poppleton Wellington Nogueira Tony Harvey
Alice Beineke Carolee Carmello Heidi Blickenstaff[12] Crista Moore Blair Anderson Paula Capovilla Katrina Retallick
Lucas Beineke Wesley Taylor Jesse Swenson Brian Justin Crum Bryan Welnicki Beto Sargentelli Tim Maddren

CD[editar | editar código-fonte]

Um CD gravado pelo elenco foi produzido pela Decca Broadway.[13] Traz a maioria dos números musicais do show, e foi lançado em 8 de Junho de 2010, mesmo já estando disponível no teatro Lunt-Fontanne em 1 de Junho.

O álbum foi gravado em 19 de Abril do mesmo ano, e foi produzido por Lippa.[14]

Não foi gravado um CD para a versão brasileira do musical.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]