A Família Addams

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Da esquerda para a direita, Morticia, Pugsley, Gomez, Lurch, Wednesday e Grandmama.

A Família Addams (no original, The Addams Family) é uma família fictícia de senso de humor irônico e mórbido, uma inversão satírica da família americana ideal, originário das tiras de quadrinhos nos anos 1930, criado pelo cartonista norte-americano Charles Addams, passando pela televisão, pelo cinema, e teatro.[1] A Família Addams apareceram originalmente num grupo de 150 painéis de cartoons, cerca de metade dos quais foi publicada na revista de elite The New Yorker entre a estreia em 1937 até à morte de Addams em 1988, foram popularizados na série da ABC.[2][3] Desde então a história foi adaptada para outras mídias, incluindo a série de televisão dos anos 60, animações, videogames, o filme de 1991 e sua continuação de 1993, um direto ao vídeo direto ao vídeo de 1998, musicais e uma animação 3D.

Criação[editar | editar código-fonte]

Charles Addams (1912-1988) tinha uma queda pelo bizarro, com sua coleção de atiradores de flechas e a lápide de uma menina sendo usada como mesa de centro.[3] O mórbido dos desenhos do início da carreira acompanhou o artista para o resto da vida. Mas se converteu rapidamente em um excelente senso de humor.[4] Originalmente nenhum dos membros da família Addams tinham nomes, quando o conceito de uma família tipicamente americana às avessas chamou a atenção da rede ABC em 1964, Charles tratou de aprofundar as personalidades da família, e finalmente deu-lhes nomes.[3] Para o patriarca da família, surgiu os nomes Repelli e Gomez, sendo o segundo o nome escolhido, e seria filho Pubert, que foi rejeitado por tabu da época, entretanto, décadas depois o nome foi reaproveitado no filme A Família Addams 2. Em 1964 era lançado nos Estados Unidos o sucesso "The Addams Family" com 64 episódios estrelado por John Astin e Carolyn Jones, a série ficou no ar até 1966 e desde então é reprisada em várias emissoras de televisão em todo o mundo, que popularizou os personagens.[5]

Família Addams[editar | editar código-fonte]

As personagens da Família Addams incluem: o abastado advogado Gomez Addams (Covas/Gomez Addams, no Brasil), que tinha como passatempo favorito explodir trens de brinquedo, se excitava sempre que sua esposa Morticia falava em francês . A mulher de visual exótico e expressão macabra era mãe de duas crianças: Wednesday (Benenilda/Wandinha, no Brasil) e Pugsley (Eddie/Feioso, no Brasil), que se divertiam brincando de assassinato. A família ainda conta com o Tio Fester (Tio Funéreo/Tio Chico, no Brasil), que tinha um vasto conhecimento sobre tudo que é macabro; a vidente Grandmama (Vovó Addams/Vovó Bruxa, no Brasil), mãe de Gomez Addams, com um caldeirão cria suas poções mágicas para resolver o problema de todos e, é claro, para fazer as receitas; Itt (Primo Itt/Coisa), o primo de Gomez, um sujeito que tem tanto cabelo que não se vê nenhuma parte de seu corpo. Além do mordomo Lurch (Lacraio/Tropeço, no Brasil), uma criatura enorme, sem expressão e de poucas palavras; e o Thing T. Thing (Coisa/Mãozinha, no Brasil), uma mão sem corpo que vivia dentro de uma caixa.[1][6][7][8]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]