Anahy de las Misiones

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Anahy de las Misiones
Pôster promocional do filme.
 Brasil
1997 •  cor •  110 min 
Direção Sérgio Silva
Produção Gisele Hiltl
Produção executiva Monica Schmiedt
Roteiro Sérgio Silva
Gustavo Fernández
Elenco Araci Esteves
Marcos Palmeira
Dira Paes
Gênero Ficção histórica
Música Celso Loureiro Chaves
Direção de arte Luiz Fernando Pereira
Direção de fotografia Adrian Cooper
Companhia(s) produtora(s) M. Schmiedt Produções
Consórcio Europa Severiano Ribeiro
Quanta
Distribuição S. Ribeiro
Idioma Português
Receita R$ 492.560[1]

Anahy de las Misiones é um filme brasileiro de 1997, do gênero drama, dirigido por Sérgio Silva e com roteiro de Gustavo Fernández, Tabajara Ruas e Sérgio Silva.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em 1839, a andarilha Anahy viaja pelos campos de batalha do Rio Grande do Sul (chamado por ela de República de São Pedro do Rio Grande) , durante a Guerra dos Farrapos ou Revolução Farroupilha, saqueando os mortos e negociando os achados com os soldados sobreviventes. Com ela vão os filhos Solano, o mais velho que manca de uma perna, Teobaldo, simpatizante dos revoltosos (os "Farrapos", que lutam contra as forças do Império, apelidadas de "Caramurus"), Luna, que esconde sua beleza com bandagens, e Leonardo, o impetuoso caçula. À família se juntam ainda o revoltoso Manoel e a prostituta Picumã.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Venceu nas categorias de melhor filme, melhor cenografia, melhor roteiro, melhor atriz (Araci Esteves), melhor ator (Marcos Palmeira) e melhor atriz coadjuvante (Dira Paes), Festival de Brasília de 1997. Em 1998, Anahy de las Misiones foi premiada no Festival de Trieste, na categoria melhor atriz (Araci Esteves);[2] o Festival de Cinema Brasileiro de Miami, na categoria de melhor fotografia (Adrian Cooper);[3] no Festival de Cinema do Recife, na categoria melhor atriz (Araci Esteves) e melhor roteiro;[4] e Dira Paes também ganhou o Troféu APCA de melhor atriz coadjuvante.[5] O longa também foi indicado na categoria melhor filme no Festival de Cinema de Bogotá, em 1999.[6]

Referências

  1. «Filmes Brasileiros Lançados - 1995 a 2012» (PDF). Ancine. p. 33. Consultado em 17 de julho de 2013 
  2. «Anahy de las Missiones». Cinemateca Brasileira. Consultado em 17 de julho de 2013 
  3. «2º Brazilian Film Festival of Miami». Brazilian Film Festival. Consultado em 17 de julho de 2013 
  4. «III Festival de Cinema Nacional do Recife - 1997». Universo Online. Consultado em 17 de julho de 2013 
  5. «Dira Paes estrela saga farroupilha na tela». Diário do Pará. Consultado em 17 de julho de 2013 
  6. «Ocho paises buscan circulos precolombinos de festival de Bogota». Caracol TV. 12 de de outubro de 1999. Consultado em 17 de julho de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)