Tudo Bem (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tudo Bem
 Brasil
1978 •  cor •  110 min 
Direção Arnaldo Jabor
Roteiro Arnaldo Jabor
Elenco Paulo Gracindo
Fernanda Montenegro
Regina Casé
Luiz Fernando Guimarães
Zezé Motta
Gênero Drama
Idioma Português
Página no IMDb (em inglês)

Tudo Bem é um filme brasileiro de drama de 1978, dirigido por Arnaldo Jabor.[1] Em novembro de 2015 o filme entrou na lista feita pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Juarez é um aposentado e pai de familia de classe média que vive às voltas com uma obra no apartamento. Aposentado, ele está sempre cercado pelos fantasmas de seus amigos já falecidos.Elvira não acredita na impotencia do marido e pensa que tem uma amante.Os filhos Zé Roberto e Vera Lucia são oprtunistas ele executivo e ela preocupada com um marido.Para completar as empregadas Aparecida de Fátima mística fervorosa, e Zezé, que trabalha como prostituta nas horas vagas. Juntos eles precisam lidar com as dificuldades da vida e os operários da obra, que estão sempre no apartamento.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Festival de Brasília

Prêmios Moliére de Cinema

Festival de Taormina

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Filmografia Cinemateca acessado em 24/06/16
  2. André Dib (27 de novembro de 2015). «Abraccine organiza ranking dos 100 melhores filmes brasileiros». Abraccine. abraccine.org. Consultado em 26 de outubro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.