Maré, Nossa História de Amor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maré, Nossa História de Amor
Maré, Nossa História de Amor (BR)
 Brasil
2008 •  cor •  104 min 
Direção Lúcia Morat
Roteiro Lúcia Murat
Paulo Lins
Elenco Marisa Orth
Vinícius D'Black
Elisa Lucinda
Cristina Lago
Género drama musical
Idioma português
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Maré, Nossa História de Amor é um filme musical brasileiro dirigido por Lúcia Murat, com estreia comercial prevista para abril de 2008, embora já tenha sido exibido em alguns festivais durante 2007.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Analídia e Jonatha são dois jovens moradores da Maré, favela carioca que das palafitas dos anos 60 passou por diversos planos de urbanização chegando a uma população de cerca de 140 mil pessoas. Eles querem ser bailarinos e se encontram numa ONG que ensina dança para comunidades carentes.

Personagens e elenco[editar | editar código-fonte]

  • Fernanda (Marisa Orth) – é uma ex- bailarina que aceita trabalhar numa favela um pouco por falta de opção. Afetada e sem consciência social, vai aos poucos se definindo a favor de seus alunos e se envolvendo com eles. Representa a ligação entre a comunidade e o "outro lado" da cidade.
  • Analídia (Cristina Lago) – moradora da Maré, tem cerca de 16 anos e sonha em ser bailarina. É prima do chefe do tráfico (Bê) de um dos lados da Maré. É apaixonada por Jonatha, e aceita correr qualquer risco para preservar a sua paixão.
  • Jonatha (Vinícius D'Black) – é morador da Maré e tem cerca de 18 anos. É MC da comunidade e também estuda na escola de dança. Seu sonho é ser cantor e gravar um CD. É amigo de infância do chefe de tráfico do outro lado da Maré (Dudu). Apaixonado por Analídia, quer abandonar aquele mundo para poder realizar seus sonhos, mas é também muito críticos sobre os problemas sociais.
  • Leonardo (Rafael Diogo) – morador da Maré, tem cerca de 12 anos, e também é estudante na escola de dança. É irmão de Bê, que não aceita que ele estude dança.
  • Dudu (Babu Santana)– morador da Maré, é o atual chefe do tráfico do lado direito da Maré. É completamente enlouquecido e violento, mas tem uma profunda amizade com Jonatha, por quem é capaz de qualquer coisa.
  • Bê (Jefchander) – morador da Maré, tem cerca de 20 anos, é o atual chefe de tráfico do lado esquerdo da Maré. Disputa com Dudu o controle da comunidade.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde dezembro de 2009).
  • Maré, Nossa História de Amor foi um dos 24 filmes selecionados do programa cultural da Petrobrás 2004/2005.
  • Teve um orçamento de 3.893.090,15 reais
  • O roteiro foi livremente inspirado em Romeu e Julieta.
  • O filme foi lançado em 4 de abril de 2008.
  • Raro papel dramático da atriz Marisa Orth, consagrada por papeis de destaque em comédias.
  • A diretora Lúcia Murat e Marisa Orth reeditaram neste filme a parceria nas telas iniciada 10 anos antes com a comédia Doces Poderes, também protagonizada pela atriz.

Prêmios e festivais[editar | editar código-fonte]

  • Festival do Rio - 2007 (Prêmio especial do júri para Babu Santana)
  • Mostra de São Paulo - 2007
  • Festival de Berlim - 2008 (Panorama)
  • Festival de Guadalajara - 2008
  • Festival Open Doek (Bélgica) - 2008 (Prêmio especial do júri)
  • Festival de Toulouse -  2008 (Filme de Abertura)
  • Festival de Cannes - 2008 (Pavillon de Sud)
  • Festival de Granada - 2008
  • Festival de Shangai - 2008
  • Los Angeles Latino Film Festival – 2008 (Prêmio de Melhor Direção)
  • Open Doors Festival (Holanda) - 2008
  • Los Angeles Latino Film Festival - 2008
  • Barbican Centre, Londres - 2008 (Filme de Abertura)
  • Festival Oslo Films from the South - 2008 (Filme de Abertura)
  • Festival Filmar em América Latina (Suíça) – 2008 (Filme de Abertura)
  • San Francisco Latino Film Festival - 2008 (Women and Film Award)
  • Festival de Havana (Melhor música)
  • Festival ALe Kino - Polônia
  • Festival de Kerala - India

(Fonte: site oficial do filme www.mareofilme.com.br)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.