Ingra Liberato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ingra Liberato
Em 2015, na cerimônia de entrega do
26º Prêmio da Música Brasileira
Nome completo Ingra de Souza Liberato
Outros nomes A partir de 2016: Ingra Lyberato
Nascimento 21 de setembro de 1966 (51 anos)
Salvador, BA
Nacionalidade Brasileira
Ocupação atriz
Cônjuge Jayme Monjardim (1990–1995)
Duca Leindecker (2001–2012)
Outros prêmios
Kikito de Melhor Atriz em 2007
IMDb: (inglês)

Ingra de Souza Liberato (Salvador, 21 de setembro de 1966) é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha de cineastas, Ingra estreou no cinema aos 7 anos de idade, fazendo o papel de uma sereia no curta Ementário (1973), dirigido por seu pai Chico Liberato com roteiro de sua mãe Alba Liberato.

Trabalhou em telenovelas de grande sucesso na extinta Rede Manchete, como Pantanal e A História de Ana Raio e Zé Trovão, depois passou para Rede Globo.

Em 2002 passou a residir em Porto Alegre. Foi casada por cinco anos com o diretor Jayme Monjardim e por onze anos com o músico Duca Leindecker, da banda Cidadão Quem e do Pouca Vogal, com quem tem um filho, Guilherme (2003).

Em 2007, recebeu o prêmio Kikito na categoria melhor atriz por sua atuação no filme Valsa para Bruno Stein no Festival de Gramado.

Em 2013, retornou ao Rio de Janeiro, retomando a atuação no eixo Rio - São Paulo.

Em 2016, começa a criar e roteirizar séries documentais e escreve seu primeiro livro, O Medo do Sucesso editado pela L&PM, onde expõe os acertos e enganos na carreira artística.

[1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
1989 Pacto de Sangue Participação
Tieta Tonha (jovem) Episódio: "14 de agosto de 1989"
Top Model Modelo nos desfiles da Covery
1990 Pantanal Madeleine (jovem) Episódios: "28 de março–2 de abril de 1990"
O Canto das Sereias Teoxíope
Meu Bem, Meu Mal Suelen Participação
A História de Ana Raio e Zé Trovão Ana Raio
1994 Quatro por Quatro Rosa Episódios: "24–29 de outubro de 1994"[2]
1995 Decadência Rafaela do Couto Neves
1996 Você Decide Episódio: "Véu de Noiva"
1997 A Indomada Paraguaia
1999 Louca Paixão Soninha 38
2001 O Clone Amina
2004 Segredo Isabel
2005 Essas Mulheres Marli Lemos
2008 Os Mutantes - Caminhos do Coração Rainha Sibila Participação
2009 Parada 90 Teca
2011 Fora do Ar Leila Dias
2012 A Vida da Gente Produtora Episódio: "22 de fevereiro de 2012"[3]
Balacobaco Celina Fortunato Corrêa[4]
2014 Oxigênio Marta[5]
2015 Kalanga: Cidade das Bicicletas Helena / Lúcia[6]
2017 Perrengue Paloma Prado

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Trabalho Papel
1973 Ementário Sereia
1997 O Cangaceiro Olívia
1999 Dois Córregos Teresa
2000 Eu não Conhecia Tururu Isabel
Você Sabe Quem (curta-metragem)
2001 3 Histórias da Bahia enviada do diabo
Sonhos Tropicais Emília
Cine Paixão (curta-metragem)
2003 O General Bailarina
2005 As Vidas de Maria Maria
2007 Valsa para Bruno Stein Valéria
Chá de Frutas Vermelhas (curta-metragem)
2008 Sonho Lúcido vários personagens
2010 A Casa Verde
2011 O Carteiro Natalina
Contos Gauchescos
2013 Ensaio Ana
2014 Ritos de Passagem Maria Bonita (voz)
Catarse Lúcia (curta-metragem)
2015 #garotas: O Filme Suzana
Bem Casados cerimonialista
2016 Going to Brazil Brigitte

Premiações[editar | editar código-fonte]

  • 2007 - Melhor atriz no 35º Festival de Gramado (por Valsa para Bruno Stein)
  • 1999 - Melhor atriz no 3° Festival de Santa Maria da Feira (Portugal) (por Dois córregos)
  • 1999 - Melhor atriz no 7° Festival de Cuiabá (por Dois córregos)

Referências

  1. Lima, Danilo (18 de agosto de 2007). «Documentário surpreende e ganha como melhor filme». cinema.terra.com.br. Terra. Consultado em 12 de fevereiro de 2018. 
  2. Marcelo Migliaccio (18 de setembro de 1994). «Ingra Liberato faz participação especial na novela». Folha de S. paulo. UOL.com. Consultado em 31 de dezembro de 2017. 
  3. «Ingra Liberato fala sobre sua participação em 'A Vida da Gente'». Globo.com. 24 de fevereiro de 2012. Consultado em 31 de julho de 2017. 
  4. Ricco, Flávio (4 de agosto de 2012). «Ingra Liberato também acerta com a Record para nova novela». UOL. Consultado em 12 de fevereiro de 2018. 
  5. Confira o primeiro episódio da série 'Oxigênio', RBSTV, consultado em 13 de fevereiro de 2018. 
  6. «Minissérie com Ingra Liberato e Leonardo Machado começa a ser gravada na capital‏». Kzuka. 21 de novembro de 2014. Consultado em 12 de fevereiro de 2018. 

http://www.lpm.com.br/site/default.asp?Template=../livros/layout_produto.asp&CategoriaID=638453&ID=926461

http://emais.estadao.com.br/noticias/gente,sucesso-nos-anos-90-ingra-lyberato-lanca-livro-tinha-medo-do-sucesso,10000100127

http://kogut.oglobo.globo.com/noticias-da-tv/noticia/2016/11/eterna-ana-raio-ingra-lyberato-volta-tv-lanca-livro-sobre-medo-do-sucesso-e-diz-tenho-um-corpo-lindo-ainda.html

http://oglobo.globo.com/cultura/ingra-lyberato-fala-de-falta-de-maturidade-em-autobiografia-20589530

http://zh.clicrbs.com.br/rs/entretenimento/livros/noticia/2016/11/o-medo-do-sucesso-e-o-medo-da-exposicao-dizingra-lyberato-8116458.html

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ingra Liberato
Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.