Cidadão Quem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
este artigo cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cidadão Quem
CidadaoQuem2014.png
Informação geral
Origem Porto Alegre, RS
País  Brasil
Gênero(s) Pop rock, Rock gaúcho
Período em atividade 1990-2008

2013-2014

Gravadora(s) Som Livre
Polygram
Zoom Records
Warner Music
Orbet Music
OpenArt Play
Afiliação(ões) Humberto Gessinger
Pouca Vogal
Página oficial Página oficial
Integrantes Duca Leindecker
Luciano Leindecker
Claudio Mattos
Ex-integrantes Cau Hafner
Paula Nozzari
Eduardo Bisogno
Fernando Peters

Cidadão Quem foi uma banda brasileira de rock.[1] Surgiu em Porto Alegre, em meados de 1990, com formação original de Cau Hafner (bateria), Duca Leindecker (vocal e guitarra) e Luciano Leindecker (baixo). Seu nome é inspirado no filme Cidadão Kane, de Orson Welles. O baterista Cau Hafner faleceu no ano de 1999 em um acidente pará-quedas. Já o baixista Luciano Leindecker, após lutar 8 anos contra um câncer, veio a falecer no dia 21 de Novembro de 2014[2] .

Trajetória[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro show foi em maio de 1990, exatamente 49 anos após a primeira exibição do filme Cidadão Kane. Em 1991, a banda fica entre as finalistas do Rock in Rio 2, ultrapassando 368 bandas de todo o Brasil. Já participou de vários especiais para a RBS e foi revelação do jornal Zero Hora, tendo recebido o troféu Açorianos de melhor banda gaúcha em 1993, 1998 e 1999. Outras Caras, o primeiro CD da banda, foi lançado em 1993[3] , e teve mais de vinte mil cópias vendidas. Em junho de 1995, a banda iniciou as gravações de seu segundo CD em São Paulo, no estúdio Art mix, produzido por Luiz Carlos Maluly e finalizado em Los Angeles, no estúdio Castle Oaks, sendo mixado por Benny Faccione. Em maio de 1996, seu novo CD A Lente Azul foi lançado pela Polygram, tendo como música de trabalho Os Segundos, que entrou para a trilha sonora do seriado Malhação, da Rede Globo. Desse mesmo CD, foi gravado o clipe da música Balanço, que em 1997 foi lançado na MTV. Em novembro de 1998, a banda lançou Spermatozoon, seu terceiro CD, e que representou uma retomada ao espírito inicial do grupo, uma volta às raízes, à simplificação. O CD foi gravado em Porto Alegre e mixado e masterizado em Nova Iorque.

Foi o primeiro CD do selo gaúcho Zoon Records, que além da Cidadão Quem também é selo de bandas como a Graforréia Xilarmônica. O CD teve como música de trabalho Um Dia, com clipe na MTV. Com mais de setecentos espetáculos em sua bagagem, a banda formada na virada da década de 1980, percorreu o Brasil, da Bahia ao Rio Grande do Sul, do Planeta Atlântida ao Rock in Rio, passando pelo Festival de Verão de Salvador. Em 7 de julho de 2004, no Theatro São Pedro de Porto Alegre, foram gravados o CD e o DVD da banda, em formato acústico e em duas sessões, com ingressos esgotados com 48 horas de antecedência da data do show. Este grande momento contou com as participações especiais de Humberto Gessinger (Engenheiros do Hawaii) e Mônica Tomasi. Este show em formato acústico foi uma releitura das principais músicas que fazem e fizeram sucesso na carreira da banda, como Carona, Os Segundos, A la Recherche, Pinhal e Ao Fim de Tudo, entre outras. A banda interrompeu suas atividades em 2008 quando o seu baixista Luciano Leindecker foi diagnosticado com mieloma múltiplo e teve de ser submetido a um transplante de medula óssea.[4] Enquanto isso, Duca se junta a Humberto Gessinger, que havia anunciado a interrupção temporária das atividades dos Engenheiros do Hawaii, em um projeto intitulado Pouca Vogal, reunindo músicas inéditas escritas por Duca e Humberto, como também grandes sucessos das duas bandas.

Após a morte de Luciano Leindecker, em 21 de novembro de 2014), Duca anunciou o fim das atividades da banda, havendo assim o cancelamento de todos os shows que estavam marcados, exceto um show em especial na cidade de Xanxerê em Santa Catarina, onde por se tratar de um evento beneficente, motivou Duca a fazer desse a despedida da Cidadão Quem, portanto dia 29 de novembro de 2014 no parque da FEMI, em Xanxerê uma das maiores e melhores bandas de rock do Brasil, encerra suas atividades, em um show histórico e emocionante.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

A banda foi inicialmente formada pelos irmãos Duca e Luciano Leindecker e contou com a participação de diversos músicos

Duca Leindecker
Luciano Leindecker

Luciano nasceu em Porto Alegre, em 12 de março de 1973. Luciano começou a carreira aos 16 anos, como baixista, acompanhando seu irmão Duca Leindecker. Formou a banda Mani Mani ao lado de Paulo Inchauspe e Caio Girardi.[5] Faleceu no dia 21 novembro de 2014, aos 41 anos, em decorrência de complicações relacionadas a um mieloma múltiplo, câncer que se desenvolve na medula óssea, devido ao crescimento descontrolado de células plasmáticas.

Claudio Mattos

Baterista, substituiu Paula após o disco Girassóis da Rússia (2002) e acompanhará os irmãos Leindecker na turnê comemorativa de 20 anos da Cidadão Quem.

Cau Hafner

Cau Hafner nasceu em Porto Alegre, em 11 de julho de 1959. A banda sempre foi adepta dos esportes radicais, e foi praticando um desses esportes que Cau morreu, poucas horas antes de completar 40 anos. Seu último salto de pára-quedas foi em Montenegro, na tarde do dia 10 de julho de 1999. O paraquedas não abriu e a queda foi fatal. Cau, que foi um dos pioneiros do rock gaúcho, como cofundador do Taranatiriça, o qual também tinha na formação original Marcelo Truda, Valério Azevedo e Carlos Eduardo Miranda. O Taranatiriça é responsável por duas das músicas seminais do rock gaúcho: Rockinho e Reverber. Em 1990, juntou-se a Duca e Luciano para formar a Cidadão Quem. Era casado com Liana e tinha uma filha chamada Luíza. Ao lado de Nelson Sirotsky Dvoskin, Cau era sócio da gravadora Zoon Records.

Paula Nozzari

Com a morte de Cau Hafner, Paula Nozzari ficou no comando da bateria da Cidadão Quem. Ela começou a ter contato com a música aos seis anos, estudando piano. Aos dez, desistiu do aprendizado, dificultado pelo fato de não poder tocar em casa. Com quatorze, depois de dois anos de técnica vocal, começou a estudar bateria. Paula já tocou em bandas como DeFalla e Cozmic Blues, entre outros.

Eduardo Bisogno

Nascido em Lajeado, começou sua carreira artística nos teclados da soul band gaúcha The Hard Working Band, da qual foi um dos fundadores. Integrou a Video Hits e, depois, integrou a formação da Tom Bloch, banda do vocalista Pedro Veríssimo. Entre outros projetos paralelos, integrou a banda Vitória Sou, de Domingos Cray, e integra a formação da banda instrumental Kung Fu. Participou como músico convidado da gravação do DVD acústico da banda Papas da Língua.

Fernando Peters

Guitarrista, esteve na banda desde 2004 até o final e participou de diversos álbuns. Em 2010 lançou seu próprio trabalho, o álbum "Carta De Navegação".

Formações[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de Estúdio:

Coletânea:

Ao Vivo:

Cronologia[editar | editar código-fonte]

  • 1990 - Nasce a banda Cidadão Quem, com a formação original de Cau Hafner (bateria), Duca Leindecker (vocal e guitarra) e Luciano Leindecker (baixo);
  • 1991 - A banda fica entre as finalistas do Rock'n Rio 2;
  • 1993 - É lançado o primeiro CD, Outras Caras, com mais de vinte mil cópias vendidas, pela Polygram;
  • 1996 - Em maio é lançado o segundo CD, A Lente Azul, pela Polygram;
  • 1997 - É gravado o clipe da música Balanço, lançado na MTV;
  • 1998 - É lançado o terceiro CD, Spermatozoon;
  • 1999 - O baterista da banda, Cau Hafner, morre num acidente de pára-quedas. A banda passa por uma fase de mudanças, e Paula Nozzari passa a ser a baterista.
  • 2000 - É lançado o quarto CD, Soma;
  • 2002 - É lançado o quinto CD, Girassóis da Rússia;
  • 2004 - Em 7 de julho são gravados o CD e primeiro DVD da banda, em formato acústico.
  • 2007 - É lançado o sétimo CD, Sete.
  • 2013 - É lançado o Single Nosso Próprio Mar, marcando a reunião comemorativa da Cidadão Quem.
  • 2014 - Começa a turnê comemorativa.
  • 2014 - Falece o baixista e fundador da banda, Luciano Leindecker após 8 anos de luta contra o câncer.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]