Grupo RBS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde agosto de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Grupo RBS
Slogan "Comunicação é a nossa vida"
Tipo Privada
Indústria Comunicação
Fundação 31 de agosto de 1957 (56 anos)
Fundador(es) Maurício Sirotsky Sobrinho
Sede Porto Alegre, RS,  Brasil
Locais Rio Grande do Sul
Santa Catarina
Presidente Eduardo Sirotsky Melzer
Vice-presidente Jurídico e Relações Governamentais - Alexandre Kruel Jobim

Finanças - Claudio Toigo Filho

Gestão, Pessoas e TI - Deli Matsuo

Jornais, Rádios e Digital - Eduardo Magnus Smith

Negócios Digitais - e.Bricks - Fabio Bruggioni

Educação - Mariano de Beer

Estratégia e Desenvolvimento de Negócios - Luciana Antonini Ribeiro
Pessoas-chave Nelson Pacheco Sirotsky
Jayme Sirotsky
Eduardo Sirotsky Melzer
Empregados 6.500 (2012)
Produtos Emissoras de TV aberta
Emissoras de rádio
Jornais
Negócios Digitais
Educação Executiva
Logística
Faturamento Aumento R$ 1,38 bilhão (2012)[1]
Significado
da sigla
Rede
Brasil
Sul
Página oficial http://www.gruporbs.com.br/

Fundado em 31 de agosto de 1957 por Maurício Sirotsky Sobrinho, o Grupo RBS é uma das maiores empresas de comunicação multimídia do Brasil e a maior afiliada da Rede Globo. Trabalha conteúdos jornalísticos, de entretenimento e de serviços por meio de emissoras de rádio e de televisão, jornais e portais de internet. Com mais de 6 mil colaboradores, é o segundo maior empregador de jornalistas do país.

Plataformas do Grupo RBS: - 18 emissoras de TV aberta afiliadas à Rede Globo (RBS TV); - 2 emissoras de TV locais (TVCOM); - 24 emissoras de rádio (Rádio Gaúcha, Rádio Atlântida, Rádio Itapema, Rádio Cidade, Rádio Farroupilha, Rádio CBN Porto Alegre, Rádio CBN Diário); - 8 jornais (Zero Hora, Diário Gaúcho, Pioneiro, Diário de Santa Maria, Diário Catarinense, Hora de Santa Catarina, Jornal de Santa Catarina, A Notícia).

A RBS também opera uma empresa digital, a e.Bricks Digital, formada por empresas da área de tecnologia por meio das quais o Grupo RBS atua nas seguintes áreas: - mídia digital e tecnologia; - mobile; - e-commerce segmentado.

O Grupo RBS opera ainda com: - HSM (empresa de educação executiva, mídias e eventos); - Kzuka (operação voltada ao público jovem); - Engage eventos; - RBS Publicações (editora); - Orbeat Music (gravadora); - Mídia Gráfica (gráfica); - Vialog (empresa de logística); - Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho (fundação empresarial).

História[editar | editar código-fonte]

Em 1950, Maurício Sirotsky Sobrinho mudou-se de Passo Fundo em definitivo para Porto Alegre, atuando como locutor na Rádio Farroupilha e, no ano seguinte, na Rádio Difusora Portoalegrense. Tornou-se gerente de publicidade das Emissoras Reunidas em 1952 e, em 1953, fundou a Rádio Publicidade Ltda., escritório de representação de emissoras e jornais do interior do Rio Grande do Sul em Porto Alegre. Em 1956, estreia na Rádio Farroupilha o Programa Maurício Sobrinho, atração de auditório apresentada no Cinema Castelo, em cujo palco apresentavam-se nomes nacionais e locais da música brasileira. Apresentando-se toda semana no programa, uma iniciante Elis Regina assinou com Maurício Sirotsky Sobrinho seu primeiro contrato.

Em 1957, ao assumir como sócio da Rádio Gaúcha, Maurício Sirotsky Sobrinho dá início à formação do Grupo RBS. Cinco anos depois, a TV Gaúcha é inaugurada em Porto Alegre e mais tarde, em 1967, torna-se afiliada da Rede Globo. Em 1969, a primeira rede regional do país é fundada (TV Caxias, em Caxias do Sul) e, no ano seguinte, a RBS adquire seu primeiro jornal, Zero Hora. Em 1973, tem início a formação da rede de rádios FM da RBS – a Rádio Atlântida FM é inaugurada em Porto Alegre três anos depois. A expansão para Santa Catarina tem início em 1979, com a inauguração da primeira emissora da RBS TV em Florianópolis. No ano seguinte, a rádio Rádio Farroupilha AM, de Porto Alegre, é incorporada ao Grupo e, em 1981, a Rádio Atlântida FM inaugura filiais em Florianópolis e Blumenau. A rádio Diário da Manhã FM, da capital catarinense, é incorporada ao grupo na mesma década.

Sede da RBS TV.

A Fundação RBS surge em 1982, inaugurando os investimentos sociais do grupo. Atualmente, a Fundação é nomeada em homenagem a Maurício Sirotsky Sobrinho. O primeiro jornal da RBS em Santa Catarina é o Diário Catarinense, lançado em Florianópolis em 1986, mesmo ano em que a AM 1120 é incorporada ao grupo. O fundador do Grupo RBS morre nesse mesmo ano de 1986, e seu irmão Jayme Sirotsky torna-se presidente da empresa e Nelson Sirotsky assumiu como vice-presidente executivo, cargo que ocupou até 1991. Em 15 de maio daquele ano, tomou posse à frente do Grupo RBS quando seu tio Jayme Sirotsky passou a presidir o Conselho de Administração da empresa. Nos anos seguintes, vários veículos de comunicação são incorporados: em 1990, a Rádio Cidade FM; em 1992, mesmo ano do lançamento da NET Sul, o Jornal de Santa Catarina é comprado; em 1994, ano em que a 102 FM é inaugurada, é adquirido o Jornal Pioneiro. Primeira emissora de televisão comunitária do Brasil, a TVCOM é lançada em 1995 e, no ano seguinte, entra no ar o Canal Rural, com conteúdo direcionado ao setor agropecuário. A associação da RBS à Nutecnet, para o desenvolvimento do ZAZ, acontece no mesmo ano. O portal, atual Terra, foi o primeiro da internet no Brasil. Na mesma década, é inaugurada a rádio CBN Porto Alegre.

Sede da Zero Hora.

Em 2000, o Grupo RBS lança o jornal popular em formato tabloide Diário Gaúcho, a TVCOM é inaugurada em Florianópolis e Joinville, a NET Sul associa-se com a Globocabo e nasce a RBS Publicações. Em 2001, é criada a viaLOG, empresa de logística que atua na região sul do Brasil, e é lançada a gravadora Orbeat Music, voltada para a cena musical da região sul. No ano seguinte, surge o Diário de Santa Maria e, em 2003, a Rede Itapema FM. Em meados de 2006, são lançados o portal hagah e o jornal popular Hora de Santa Catarina, que circula na região metropolitana de Florianópolis. No mesmo ano, é adquirido o jornal A Notícia, de Joinville. Em 2007, pela ocasião de seus 50 anos, completados em 31 de agosto, o Grupo RBS lança uma nova logomarca. Também é realizada naquele ano uma exposição retrospectiva do grupo, chamada No Ar – 50 Anos de Vida, na Usina do Gasômetro, em Porto Alegre.

Sede da RBS Rádio.

Em 2008, a RBS TV lança seu sinal digital. No mesmo ano, a empresa adquire os portais de entretenimento Guia da Semana e ObaOba, além da empresa voltada a aplicativos para celulares Pontomobi. Em 2009, o Grupo RBS inaugura o Parque Gráfico Jayme Sirotsky e, em 2011, a RBS associa-se com a BR Investimentos e cria a HSM Educação, voltada à educação executiva.

Em 2012, no Estado de Santa Catarina, o Grupo RBS lança oficialmente O Sol Diário[2] , suplemento encartado nos jornais Diário Catarinense, A Notícia e Jornal de Santa Catarina, tendo como base as notícias da Microrregião de Itajaí, área que compreende as cidades de Itajaí e Balneário Camboriú. No Rio Grande do Sul, são criadas filiais locais da Rádio Gaúcha em Santa Maria e em Caxias do Sul, substituindo a Rádio Itapema FM em ambos os lugares.

Em agosto de 2012, por meio de uma edição única do Jornal do Almoço para os Estados de Rio Grande do Sul e Santa Catarina, foi lançada a campanha "A Educação Precisa de Respostas!", com o objetivo de encontrar soluções para o avanço do ensino brasileiro, questão deixada de lado por muitos políticos e bastante ofuscada recentemente pelos eventos esportivos que o Brasil está prestes a receber (Copa de 2014 e Olimpíadas de 2016).

Em outubro de 2012, o Grupo RBS lançou a e.Bricks Digital, uma companhia de desenvolvimento de negócios digitais.[3]

Investigações sobre prática de oligopólio/monopólio[editar | editar código-fonte]

Em 2006, o Ministério Público Federal em Santa Catarina ajuizou uma ação civil pública (Proc. nº 2008.72.00.014043-5 / SC) contra o oligopólio da empresa na região Sul do Brasil. O Ministério Público Federal requeria, entre outras medidas, a implantação de programação local, a redução do número de estações de rádio e TV do Grupo RBS nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina e a anulação da compra do jornal A Notícia de Joinville, consumada em 2006, que resultou, praticamente, em um monopólio do grupo sobre os jornais em Santa Catarina.[4] [5] O pedido foi julgado improcedente em 2011.[6]

Em 2009, a Procuradoria da República no município de Canoas, RS, realizou uma audiência pública para discutir a suposta prática de monopólio pelo Grupo RBS, bem como irregularidades nas concessões de estações de rádio e TV.[7] [8] A empresa afirmou possuir apenas duas emissoras de TV, mas em seu sítio na internet é possível encontrar referências a 12 emissoras.[9]

Bandeiras Institucionais do Grupo RBS[editar | editar código-fonte]

As bandeiras institucionais são uma tradição do Grupo RBS e uma de suas mais importantes iniciativas de investimento social. Sem fins lucrativos ou objetivos comerciais de qualquer natureza, são grandes campanhas de mobilização social com ações editoriais (com reportagens nos veículos do Grupo), publicitárias (com campanha em todas as mídias) e institucionais (com ações de mobilização junto ao poder público e às comunidades), que englobam toda a plataforma multimídia da empresa, assim como seus colaboradores.

Nos últimos anos, a RBS levantou bandeiras sobre segurança no trânsito, proteção às crianças, prevenção ao uso do crack. Entre os resultados dessas mobilizações estão a instituição de Jornadas de Debates sobre Infância e Juventude, que está completando 10 anos, a parceria com o Conselho Nacional de Justiça para veiculação em todo o país da campanha Crack, Nem Pensar (em 2011) e a criação do Instituto Crack, Nem Pensar, com sede em Porto Alegre. [10]

O Amor é a Melhor Herança, Cuide das Crianças[editar | editar código-fonte]

Essa campanha foi lançada em junho de 2003, e tinha como objetivo destacar a relevância dos cuidados que a sociedade precisa ter com a infância e a adolescência. Essa campanha também contava com a presença de cinco simpáticos monstrinhos e seus filhotes: o Diabo, o Bicho-Papão, a Bruxa, a Mula Sem Cabeça e o Boi da Cara Preta. No fim de 2003, entrou o sexto monstrinho, o Lobo Mau junto com seus filhotinhos. Em junho de 2013, foi lançada a segunda fase da campanha com o nome "O Amor é a Melhor Herança, Educação para as Crianças" em defesa da qualidade na educação e os monstrinhos estão de volta, agora incentivando a educação.

A Educação Precisa de Respostas[editar | editar código-fonte]

Lançada em agosto de 2012, a bandeira institucional “A Educação Precisa de Respostas” é uma grande campanha de mobilização da sociedade, liderada pelo Grupo RBS, para estimular o debate e a busca de soluções que elevem a qualidade da Educação Básica no país e, em especial, no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Realizada em parceria com a Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho e atuando em três frentes – editorial, publicitária e institucional –, marca a decisão da RBS de colocar a Educação no foco de seu investimento social, reforçando seu compromisso histórico com o desenvolvimento sustentado das comunidades em que está presente.

A bandeira de educação do Grupo RBS terá nova fase em 2013. O tema da educação continuará no foco da linha editorial dos veículos da RBS e novas ações institucionais promoverão mobilização e engajamento da comunidade em torno da causa ao longo do ano. [11]

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Rádio[editar | editar código-fonte]

Rádios Ao Vivo[editar | editar código-fonte]

Rio Grande do Sul

Rádio Gaúcha

Porto Alegre, operando na frequência 600 KHz FM[17]
e na frequência 93,7 MHz FM[17]
Santa Maria, operando na frequência 105,7 MHz FM[18]
Caxias do Sul, operando na frequência 102,7 MHz FM[19]


Rádio Itapema FM

Porto Alegre, operando na frequência 102,3 MHz FM[20]
Florianópolis, operando na frequência 93,7 MHz FM[21]
Joinville, operando na frequência 95,3 MHz FM[22]

Rede Atlântida

Rio Grande do Sul[editar | editar código-fonte]

Santa Catarina[editar | editar código-fonte]

Jornal[editar | editar código-fonte]

Internet[editar | editar código-fonte]

Carro da RBS TV na cobertura do Garota Verão de Santa Catarina.

Logística[editar | editar código-fonte]

Outros segmentos[editar | editar código-fonte]

Antigas empresas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://forbesbrasil.br.msn.com/negocios/presidente-do-grupo-rbs-duda-sirotsky-o-marinho-do-sul-mira-a-internet
  2. Grupo RBS lança oficialmente O Sol Diário
  3. http://www.valor.com.br/empresas/2858580/grupo-rbs-cria-ebricks-para-explorar-mundo-digital
  4. http://www.estadao.com.br/noticias/geral,mpf-de-sc-questiona-oligopolio-de-midia-do-grupo-rbs,305922,0.htm
  5. http://www.jusbrasil.com.br/noticias/467913/acao-civil-publica-do-ministerio-publico-federal-contra-o-oligopolio-da-rbs
  6. http://www.espacovital.com.br/noticia_complemento_ler.php?id=2477&noticia_id=24794
  7. http://noticias.pgr.mpf.mp.br/noticias/noticias-do-site/copy_of_geral/mpf-vai-requerer-informacoes-sobre-contratos-entre-a-globo-rbs-e-afiliadas-no-interior-em-relacao-a-distribuicoes-de-arrecadacao
  8. http://coletivocatarse.com.br/home/?p=963
  9. http://coletivocatarse.com.br/home/?p=961
  10. http://www.gruporbs.com.br/quem_somos/index.php?pagina=campanhas
  11. http://redeglobo.globo.com/rs/rbstvrs/noticia/2012/08/grupo-rbs-lanca-campanha-pela-qualidade-da-educacao.html
  12. TVCOM de Porto Alegre/RS - Assista no Windows Media Player
  13. TVCOM de Florianópolis/SC - Assista no Windows Media Player
  14. Rádio Farroupilha de Porto Alegre/RS - Ouça no Windows Media Player
  15. Rádio Rural de Porto Alegre/RS - Ouça no Windows Media Player
  16. Rádio Cidade de Porto Alegre/RS - Ouça no Windows Media Player
  17. a b Rádio Gaúcha de Porto Alegre/RS - Ouça no Windows Media Player
  18. Rádio Gaúcha de Santa Maria/RS - Ouça no Windows Media Player
  19. Rádio Gaúcha de Caxias do Sul/RS - Ouça no Windows Media Player
  20. Rádio Itapema de Porto Alegre/RS - Ouça no Windows Media Player
  21. Rádio Itapema de Florianópolis/SC - Ouça no Windows Media Player
  22. Rádio Itapema de Joinville/SC - Ouça no Windows Media Player
  23. Rádio Atlântida de Caxias do Sul/RS - Ouça no Windows Media Player
  24. Rádio Atlântida de Passo Fundo/RS - Ouça no Windows Media Player
  25. Rádio Atlântida de Pelotas/RS - Ouça no Windows Media Player
  26. Rádio Atlântida de Porto Alegre/RS - Ouça no Windows Media Player
  27. Rádio Atlântida de Rio Grande/RS - Ouça no Windows Media Player
  28. Rádio Atlântida de Santa Cruz do Sul/RS - Ouça no Windows Media Player
  29. Rádio Atlântida de Santa Maria/RS - Ouça no Windows Media Player
  30. Rádio Atlântida de Tramandaí/RS - Ouça no Windows Media Player
  31. Rádio Atlântida de Blumenau/SC - Ouça no Windows Media Player
  32. Rádio Atlântida de Joinville/SC - Ouça no Windows Media Player
  33. Rádio Atlântida de Chapecó/SC - Ouça no Windows Media Player
  34. Rádio Atlântida de Criciúma/SC - Ouça no Windows Media Player
  35. Rádio Atlântida de Florianópolis/SC - Ouça no Windows Media Player
  36. CBN Diário de Florianópolis/SC - Ouça no Windows Media Player

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Grupo RBS