Grupo Cidade de Comunicação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Grupo Cidade de Comunicação
Conglomerado de mídia
Fundador(es) José Pessoa de Araújo
Patriolino Ribeiro
Sede Fortaleza, Ceará
Área(s) servida(s) Partes do estado do Ceará
Presidente Miguel Dias Filho
Produtos
Website oficial grupocidadecomunicacao.com.br

Grupo Cidade de Comunicação é um conglomerado de mídia brasileiro com base no estado do Ceará. É considerado o maior complexo de mídia eletrônica do estado.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A primeira empresa do grupo, a TV Uirapuru é lançada em 30 de agosto de 1978. Somente em 1981 a emissora recebe o nome TV Cidade. Posteriormente, o grupo cresce após comprar e ganhar concessões de rádio AM e FM em cidades da região metropolitana de Fortaleza. A primeira rádio, a AM Cidade é lançada em 1982. Posteriormente, vieram as rádios Cidade FM (1986), Atlântico Sul FM (1987), Sucesso FM (1988) e Tropical FM (1992).

Em 1995, Miguel Dias de Souza decide por descentralizar as rádios e arrendar o controle de suas emissoras a empresários locais. As rádios Cidade FM, Atlântico Sul FM e Sucesso FM — esta última já como Jovem Pan FM — foram arrendadas à D&E Entretenimento. As rádios AM Cidade e Tropical FM foram arrendadas aos empresários Francisco de Sousa Possidônio e Assis Monteiro, que em conjunto fundam a AM Produções. Uma emissora que viria somente em 1996, a Capital FM, passaria a ser arrendada à Rede SomZoom Sat em 1997.[2]

Nos anos 2000, as rádios mudam suas administrações. Em 2004, a Rede SomZoom Sat deixa a Capital FM, para assumir o projeto da Rádio Liderança FM. A Cidade FM também passa a ser gerida pela Arte Produções em conjunto com a D&E Entretenimento. Em 2011, Assis Monteiro deixa a Tropical FM e a emissora é assumida pela F5 Produções, de Wesley Safadão. No entanto, o arrendamento dura menos de 1 mês e o grupo lança um projeto próprio, a FM 92. Este projeto é encerrado em março de 2013, quando o grupo incorpora a Rádio Beach Park, emissora pertencente ao parque aquático de mesmo nome que estava sem frequência no dial de Fortaleza após deixar a 101.7 FM, do Sistema Jangadeiro de Comunicação.

Em março de 2017, o grupo começa a centralizar suas operações de rádio e encerra os arrendamentos, iniciando pelas rádios Cidade FM e Jovem Pan FM — esta última que deixa de ter programação local de forma provisória. Em abril, a Liderança perde a transmissão na capital, sendo lançada no lugar a 89 FM.[3] Em julho, a AM Cidade deixa de ter equipe esportiva após seu responsável deixar de ter controle da emissora. Única emissora arrendada, a Atlântico Sul FM volta ao grupo em janeiro de 2018, enquanto que a D&E permanecia apenas na direção artística até então.

Em 2 de agosto, o Grupo Cidade lança o projeto SincroniCidade, que consiste em um bloco comercial de três minutos transmitido simultaneamente a partir das 8h30 por todas as suas emissoras de rádio, e que visa comunicar-se com todos os públicos, além de garantir um número maior de anunciantes.[4]

Empresas[editar | editar código-fonte]

Atuais[editar | editar código-fonte]

Rádios
Televisão
Internet
  • CNEWS
  • Coluna Frisson

Antigas[editar | editar código-fonte]

Notas

a - Em parceria com o Grupo 101.
b - Em parceria com o Grupo Beach Park.

Referências

  1. «TV Cidade - Institucional». 30 de julho de 2013. Consultado em 26 de abril de 2015 
  2. OLIVEIRA, F. G. R. (2009). «O FORRÓ ELETRÔNICO E A AM PRODUÇÕES EM FORTALEZA: A MANUTENÇÃO DE UMA INDÚSTRIA CULTURAL ATRAVÉS DO RÁDIO» (PDF). Fortaleza (em português brasileiro): 1-78. Consultado em 14 de abril de 2018 
  3. «NOTA DE ESCLARECIMENTO - REDE LIDERANÇA DE RÁDIOS». Rede Liderança de Rádios. 4 de maio de 2017. Consultado em 5 de maio de 2017 
  4. Carlos Massaro (2 de agosto de 2018). «Grupo Cidade de Comunicação lança projeto SincroniCidade que envolve rádios do grupo em Fortaleza». Tudo Rádio.com. Consultado em 2 de agosto de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]