Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia

IRDEB
Organização
Natureza jurídica Autarquia
Missão Desenvolver comunicação de interesse público, por meio da Rádio, Televisão e Web, para fortalecer a diversidade cultural, a cidadania e a democracia.[1]
Atribuições A comunicação de interesse público é o foco da instituição, que valoriza temáticas de identidades do estado e de produções culturais e expressões artísticas.
Dependência Secretaria da Educação do Estado da Bahia
Chefia Flávio Gonçalves, Diretor-geral
Órgãos subordinados TVE Bahia
TV Kirimurê
Educadora FM
Localização
Jurisdição territorial Bahia
Sede Salvador
Rua Pedro Gama, 413 E, Federação
Histórico
Criação 4 de dezembro de 1969 (49 anos)
Sítio na internet
www.irdeb.ba.gov.br

O IRDEB, acrônimo de Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia, é uma fundação ligada à Secretaria da Educação do Estado da Bahia, uma autarquia[2] que tem por missão difundir cultura e educação com uma programação criativa, inteligente e de reconhecida qualidade, além de oferecer importantes serviços à comunidade.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1961, foi criado um projeto de educação à distância por rádio, através de convênio entre a Secretaria de Educação e Cultura do Estado e o Movimento de Educação de Base. Essa parceria deu início ao chamado Programa de Educação de Base. Com um trabalho pioneiro, o projeto era voltado a estudantes da capital e de diversas cidades do interior baiano, além de oferecer apoio e organização às comunidades.

Utilizando a logística e estrutura já criada, somada à primeira década de experiência, foi fundado em 4 de dezembro de 1969, que deu continuidade ao trabalho de educação radiofônica e passou a desenvolver um das primeiras ações no Brasil, nesse campo de comunicação, voltadas para a formação deprofessores. Em 1977, o IRDEB, que funcionava, até então, no subsolo da Biblioteca Central dos Barris, ganhou sede própria: uma área de 10 mil m², no Alto do Sobradinho, na Federação, onde funciona até hoje.[3]

Por meio de seus principais veículos de comunicação, a TVE Bahia, a rádio Educadora FM e a TV Kirimurê, o Irdeb procura divulgar a história, as tradições, a arte e as belezas da Bahia e de sua gente. A estrutura, situada no fim de linha da Federação, compreende também um teatro e uma videoteca.

Como fundação de direito público, o IRDEB não tem fins lucrativos e reinveste as receitas que arrecada no aperfeiçoamento de sua programação e de sua tecnologia.

Diretores[editar | editar código-fonte]

  • Ruth Vieira (1968-1973)
  • Aristocléia Macêdo dos Santos (1975-1981)
  • Sergio Mattos (1983-1984)
  • Carlos Alberto Simões (1984-1987)
  • José Acácio Ferreira (1987-1988)
  • Walter Tanuri (1989-1990)
  • Fernando Vita (1991-1995)
  • Paolo Marconi (1995-2000)
  • José Estevez (2000-2003)
  • João Paulo Costa (2003-2004)
  • José Américo Moreira da Silva (2004-2006)
  • José Weliton dos Santos (2006-2007)
  • Pola Ribeiro (2007-2014)
  • José Araripe Jr. (2014-2016)[4][5]
  • Flávio Gonçalves (2016-presente)[6]

Mídias[editar | editar código-fonte]

Rádio[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]