Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia

IRDEB
Organização
Natureza jurídica Autarquia
Missão Desenvolver comunicação de interesse público, por meio da Rádio, Televisão e Web, para fortalecer a diversidade cultural, a cidadania e a democracia.[1]
Atribuições A comunicação de interesse público é o foco da instituição, que valoriza temáticas de identidades do estado e de produções culturais e expressões artísticas.
Dependência Secretaria da Educação do Estado da Bahia
Chefia Flávio Gonçalves, Diretor Geral
Órgãos subordinados TVE Bahia
TV Kirimurê
Educadora FM
Localização
Jurisdição territorial Bahia
Sede Salvador
Rua Pedro Gama, 413 E, Federação
Histórico
Criação 4 de dezembro de 1969 (49 anos)
Sítio na internet
www.irdeb.ba.gov.br

O IRDEB, acrônimo de Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia, é uma fundação ligada à Secretaria da Educação do Estado da Bahia, uma autarquia[2] que tem por missão difundir cultura e educação com uma programação criativa, inteligente e de reconhecida qualidade, além de oferecer importantes serviços à comunidade.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1961, foi criado um projeto de educação à distância por rádio, através de convênio entre a Secretaria de Educação e Cultura do Estado e o Movimento de Educação de Base. Essa parceria deu início ao chamado Programa de Educação de Base. Com um trabalho pioneiro, o projeto era voltado a estudantes da capital e de diversas cidades do interior baiano, além de oferecer apoio e organização às comunidades.

Utilizando a logística e estrutura já criada, somada à primeira década de experiência, foi fundado em 4 de dezembro de 1969, que deu continuidade ao trabalho de educação radiofônica e passou a desenvolver um das primeiras ações no Brasil, nesse campo de comunicação, voltadas para a formação deprofessores. Em 1977, o IRDEB, que funcionava, até então, no subsolo da Biblioteca Central dos Barris, ganhou sede própria: uma área de 10 mil m², no Alto do Sobradinho, na Federação, onde funciona até hoje.[3]

Por meio de seus principais veículos de comunicação, a TVE Bahia, a rádio Educadora FM e a TV Kirimurê, o Irdeb procura divulgar a história, as tradições, a arte e as belezas da Bahia e de sua gente. A estrutura, situada no fim de linha da Federação, compreende também um teatro e uma videoteca.

Como fundação de direito público, o IRDEB não tem fins lucrativos e reinveste as receitas que arrecada no aperfeiçoamento de sua programação e de sua tecnologia.

Diretores[editar | editar código-fonte]

  • Ruth Vieira (1968-1973)
  • Aristocléia Macêdo dos Santos (1975-1981)
  • Sergio Mattos (1983-1984)
  • Carlos Alberto Simões (1984-1987)
  • José Acácio Ferreira (1987-1988)
  • Walter Tanuri (1989-1990)
  • Fernando Vita (1991-1995)
  • Paolo Marconi (1995-2000)
  • José Estevez (2000-2003)
  • João Paulo Costa (2003-2004)
  • José Américo Moreira da Silva (2004-2006)
  • José Weliton dos Santos (2006-2007)
  • Pola Ribeiro (2007-2014)
  • José Araripe Jr. (2014-2016)[4][5]
  • Flávio Gonçalves (2016-presente)[6]

Mídias[editar | editar código-fonte]

Rádio[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]