Rede Fronteira de Comunicação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde junho de 2016).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.

A RFC - Rede Fronteira de Comunicação é um conglomerado de mídia brasileiro.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada em 31 de julho de 1984, quando foi adquirida a primeira emissora da rede, a Rádio Marajá AM de Rosário do Sul, pelo então advogado e professor Carlos Alberto Flores Ross, natural de Rosário do Sul e radicado na cidade de Blumenau, em Santa Catarina. Na oportunidade a emissora aumentou sua potência e mudou a frequência de 1550 para 660, passando a ter ampla cobertura para toda a região fronteira do Rio Grande do Sul e parte do Uruguai e Argentina.

No ano de 1986, a RFC adquiriu mais duas emissoras na cidade de Blumenau, as atuais Rádios Band FM e CBN Vale do Itajaí AM.

Em fase constante de crescimento. a RFC comprou no ano de 1994, na cidade de Lages, mais duas emissoras que na oportunidade pertenciam ao Grupo RBS, as atuais Rádio Princesa AM e Transamérica Hits FM.

Já no ano de 1998 mais uma emissora passou a fazer parte da RFC, a atual Rádio Band FM, na cidade de São Gabriel - RS.

Em 2008, a cidade de Rosário do Sul, sede da pioneira da RFC passou a ter o seu canal de FM, com a instalação da Rádio Transamérica FM.

Em abril de 2016, na cidade de São Pedro do Sul (RS), região de Santa Maria (RS), entrou no ar a Transamérica Centro Sul RS, na freqüência 88,5 FM.

Atualmente a RFC - Rede Fronteira de Comunicação participa da concorrência de mais dois canais de FM para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Empresas da RFC[editar | editar código-fonte]