Lista dos maiores grupos de mídia do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto (desde julho de 2017).

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e direta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.

Esta é uma lista dos maiores grupos de mídia do Brasil.

Posição Nome da empresa Estado sede Faturamento Data dos dados
1 Grupo Globo (Globo)  Rio de Janeiro R$ 15,3 bilhões[1] 2016
2 Grupo Silvio Santos (SBT)  São Paulo R$ 5,9 bilhões[2] 2017
3 Grupo Abril  São Paulo R$ 4,5 bilhões[3] 2013
4 Grupo Folha  São Paulo R$ 2,7 bilhões[4] 2010
5 Grupo Record (RecordTV)  São Paulo R$ 2,2 bilhões[5] 2013
6 Grupo Bandeirantes (Band)  São Paulo R$ 1,4 bilhão[6] 2011
7 Grupo RBS  Rio Grande do Sul R$ 1,1 bilhão[7] 2015
8 Grupo OESP  São Paulo R$ 872,1 milhões[8] 2010
9 Diários Associados  Distrito Federal R$ 550,6 milhões[9] 2008

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Grupo Globo». Wikipédia. Consultado em 06 de julho de 2018  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «Grupo Silvio Santos». Wikipédia. Consultado em 06 de julho de 2018  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «Terceira geração dos Civita traça futuro da Abril - Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito». Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito. 3 de dezembro de 2013 
  4. «Folha.com - Folha 90 anos - Grupo Folha triplica faturamento em dez anos e consolida liderança - 19/02/2011». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  5. TV, Notícias da (28 de março de 2014). «Lucro da Globo é maior que todo o faturamento anual da Record». Notícias da TV 
  6. «Johnny Saad - ISTOÉ Dinheiro». 5 de dezembro de 2011. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  7. «Grupo RBS». Wikipédia. Consultado em 06 de julho de 2018  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  8. Murad, Fernando (20 de abril de 2011). «Receita do Grupo Estado é de R$ 872 mi em 2010». Meio & Mensagem. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  9. «:: DIÁRIOS ASSOCIADOS::». www.diariosassociados.com.br. Consultado em 10 de janeiro de 2017