Grupo Bandeirantes de Comunicação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grupo Bandeirantes de Comunicação
Rádio e Televisão Bandeirantes S.A.
Tipo Empresa de capital fechado
Gênero Mídia
Fundação 6 de maio de 1937 (79 anos)
Sede São Paulo, SP
Presidente Johnny Saad
Vice-presidente
  • Marcelo Meira
  • (vice-presidente executivo)
  • Paulo Saad Jafet
  • (vice-presidente de canais pagos)
  • Marcelo Mainardi
  • (vice-presidente de comercialização)
  • Mário Baccei
  • (vice-presidente de rádio)
Pessoas-chave
  • André Aguera
  • (superintendente executivo)
Empregados 5.400 (2011)
Produtos
Faturamento R$ 1,4 bilhão (2011)
Página oficial band.com.br/grupo
[1][2][3][4][5]

Grupo Bandeirantes de Comunicação (comumente referido apenas como Grupo Bandeirantes) é um conglomerado de mídia brasileiro fundado a partir da criação do primeiro veículo de comunicação do grupo, a Rádio Bandeirantes, em 6 de maio de 1937.[2][6][7]

Empresas do grupo[editar | editar código-fonte]

Radiodifusão[editar | editar código-fonte]

Televisão aberta[editar | editar código-fonte]

Televisão por assinatura[editar | editar código-fonte]

Redes de rádio[editar | editar código-fonte]

Emissoras independentes[editar | editar código-fonte]

Mídia impressa[editar | editar código-fonte]

Mídia digital[editar | editar código-fonte]

  • Band.com.br — portal que abriga todos os sites da empresa, hospedado pelo UOL.[37]
  • Ipanema FM — estação de rádio online de rock.[38]
  • One Brasil — empresa de mídia interativa.[39]

Out of home[editar | editar código-fonte]

  • Otima — joint-venture com a Odebrecht, Kalítera Engenharia e APMR Investimentos e Participações, responsável pelo mobiliário urbano dos pontos de ônibus da cidade de São Paulo.[40]
  • Outernet — principal empresa de out of home do grupo, que atua com diversas outras empresas.[41]

Outras empresas[editar | editar código-fonte]

  • Band Content Distribuition — distribuição de conteúdos.[43]
  • Band Music — gravadora.[44]
  • Enter — promotora de eventos.[45]
  • payleven — empresa de pagamentos online.[46]
  • TkT1 — venda de ingressos.[47]

Notas

  1. Apesar de ser considerado um veículo de televisão por assinatura pela Bandeirantes, o Terra Viva é um canal de televisão aberta por manter seu sinal descodificado no satélite e possuir uma emissora que transmite seu sinal aberto por cerca de 11 horas em São Paulo, além de exibi-lo por streaming pela internet sem cobrar pagamentos ou exigir a assinatura de um serviço de televisão paga.[14]

Referências

  1. «Rádio e Televisão Bandeirantes S.A.». Junta Comercial do Estado de São Paulo. Consultado em 10 de abril de 2016. 
  2. a b Igor Ribeiro (4 de maio de 2012). «Band 75 anos: mais de 30 marcas e R$ 1,4 bi». Meio&Mensagem. Consultado em 10 de abril de 2016. 
  3. Flávio Ricco; José Carlos Nery (29 de dezembro de 2015). «Bandeirantes faz operação financeira de R$ 250 milhões». Coluna do Flávio Ricco. UOL. Consultado em 10 de abril de 2016. 
  4. Flávio Ricco; José Carlos Nery (7 de janeiro de 2016). «Grupo Bandeirantes sofre nova reestruturação em sua direção». Coluna do Flávio Ricco. UOL. Consultado em 10 de abril de 2016. 
  5. «Quem faz». Grupo Bandeirantes de Comunicação. Arquivado desde o original em 7 de março de 2016. Consultado em 10 de abril de 2016. 
  6. Milton Parron (29 de abril de 2015). «Uma história que nasceu há 78 anos». band.com.br. Consultado em 9 de junho de 2015. 
  7. «História». Grupo Bandeirantes de Comunicação. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  8. a b c «TV». Grupo Bandeirantes de Comunicação. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  9. Daniel Castro (21 de setembro de 1996). «Novo Canal 21 entra no ar hoje à noite com transmissão-teste». Ilustrada. Folha de S.Paulo. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  10. Daniel Castro (18 de fevereiro de 2016). «Band pede R$ 1 bilhão para vender canal de TV à Igreja Universal». Notícias da TV. UOL. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  11. Núria Coelho (23 de junho de 2005). «Grupo Bandeirantes lança o canal Terra Viva». Portal Imprensa. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  12. a b c d Maurício Araújo (14 de julho de 2014). «2001: O nascimento da Band programadora». TV Magazine. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  13. «Canal Terra Viva». Portofólio de Veículos. Meio&Mensagem. Consultado em 10 de abril de 2016. 
  14. «O canal». TV Terra Viva. Consultado em 10 de abril de 2016. 
  15. «Bandeirantes anuncia lançamento de novo canal». Band.com.br. UOL. 20 de março de 2013. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  16. Samuel Possebon (29 de maio de 2007). «Band Internacional e Bandnews chegam aos EUA via DirecTV». Tela Viva. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  17. Gustavo Martins (12 de agosto de 2008). «Canal erótico pago da Band e Brasileirinhas estréia em setembro». UOL. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  18. a b c d e «Rádios». Grupo Bandeirantes de Comunicação. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  19. «Quem Somos». BandNews FM. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  20. Ademir Medici (18 de julho de 2000). «Rádio Bandeirantes reconstitui sua história». Diário do Grande ABC. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  21. Anderson Cheni (8 de agosto de 2014). «Sem muito alarde, Bradesco Esportes FM “reestreia” no dial». Comunique-se. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  22. Bárbara Sacchitiello (11 de maio de 2012). «Rádio Bradesco Esportes entra no ar». Meio&Mensagem. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  23. «Grupo Bandeirantes e Grupo Camargo fazem incorporação de rádios». Portal da Comunicação. UOL. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  24. «Institucional». Band Vale FM. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  25. «Bandeirantes inaugura 1ª rádio brasileira nos EUA». Band.com.br. UOL. 10 de março de 2016. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  26. Luiz Gustavo Pacete (11 de fevereiro de 2016). «A estratégia do Grupo Bandeirantes nos EUA». Meio&Mensagem. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  27. Carlos Massaro (5 de setembro de 2015). «Extra: Educadora FM chega aos 37 anos em Campinas e região». Tudo Rádio. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  28. Bárbara Sacchitiello (13 de junho de 2012). «MPB FM passa para o comando da Band». Meio&Mensagem. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  29. Carmen Cagnoni (15 de setembro de 2007). «As marcas no dial». Portal da Comunicação. UOL. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  30. Daniel Starck (1 de julho de 2016). «Plantão: Rádio Trânsito surge em São Paulo após o fim da parceria com a SulAmérica Seguros». Tudo Rádio. Consultado em 1 de julho de 2016. 
  31. «Tendência: São Paulo ganha outro jornal de distribuição gratuita». Portal Imprensa. 9 de março de 2007. Consultado em 9 de abril de 2016. «[...] nos próximos meses, o Grupo Bandeirantes coloca no mercado editorial de jornais de distribuição gratuita [...]» 
  32. «Metro Publisher será lançado em abril». Propmark. 7 de fevereiro de 2007. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  33. Nonato Viegas (16 de outubro de 2015). «Câmara Empresarial do Tribunal de Justiça afirma que direito da marca é de outro jornal, o Metrô News». Época Negócios. Consultado em 9 de abril de 2016. «[...] parceria da Bandeirantes com a empresa sueca Metro Internacional [...]» 
  34. «Grupo Bandeirantes assume o Primeiramão». Band.com.br. UOL. 27 de agosto de 2011. Consultado em 10 de abril de 2016. 
  35. «Primeiramão agora é do Grupo Bandeirantes». Adnews. 25 de agosto de 2011. Consultado em 10 de abril de 2016. 
  36. «Quem Somos». Primeiramão. Consultado em 10 de abril de 2016. 
  37. «UOL e Band.com.br anunciam parceria inédita». Band.com.br. UOL. 16 de outubro de 2012. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  38. «Rádio Ipanema sairá do ar em FM a partir de 18 de maio». Entretenimento. Zero Hora. 11 de maio de 2015. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  39. «Com One Brasil, Band investe em games». Meio&Mensagem. 10 de maio de 2013. Consultado em 9 de abril de 2016. «O Grupo Bandeirantes ampliou os investimentos na área de games. Por meio da One Brasil, sua empresa de mídia interativa [...]» 
  40. «Consórcio cria marca para mobiliário de SP». Meio&Mensagem. 20 de abril de 2013. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  41. Keila Guimarães (10 de julho de 2012). «Mídia out of home cresce com grupos». Propmark. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  42. Luiz Gustavo Pacete (2 de fevereiro de 2016). «Interação digital favorece out-of-home». Mei&Mensagem. Consultado em 10 de abril de 2016. 
  43. «Band e Avianca fecham parceria de conteúdo». Band.com.br. UOL. 1 de julho de 2013. Consultado em 9 de abril de 2016. «[...] o Band Content Distribution, área responsável pela distribuição de conteúdos do Grupo Bandeirantes [...]» 
  44. Maria Lucia Rangel (11 de abril de 1997). «Clipe». Ilustrada. Folha de S.Paulo. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  45. «Grupo Bandeirantes lança empresa de eventos». Propmark. 20 de dezembro de 2010. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  46. «Grupo Bandeirantes e payleven se unem». Band.com.br. UOL. 30 de setembro de 2014. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  47. Bárbara Sacchitiello (30 de julho de 2013). «Band investe no setor de tíquetes». Meio&Mensagem. Consultado em 9 de abril de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Wikinotícias Categoria no Wikinotícias
Wikidata Base de dados no Wikidata