Rádio Globo São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rádio Globo São Paulo
{{{alt}}}
Rádio Globo de São Paulo Ltda.
País  Brasil
Frequência(s) AM 1100 kHz
Canais 318 (Claro TV)
403 (Sky)
958 (Oi TV)
300 (NET)
Sede Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo, SP
Rua das Palmeiras, 315 - Santa Cecília
MAPA
Slogan A única que tem você
Vamos juntos! (rede)
A casa do futebol paulista (esportes)
Fundação 1 de maio de 1952 (64 anos)
Fundador Victor Costa
Pertence a Sistema Globo de Rádio (Grupo Globo)
Proprietário Roberto Irineu Marinho
Antigo proprietário Victor Costa (1952-1959)
Victor Costa Júnior (1959-1966)
Roberto Marinho (1966-2003)
Sócio(s) Roberto Irineu Marinho (sócio presidente)
José Roberto Marinho e João Roberto Marinho (sócios majoritários)
Formato Emissora comercial
Género Entretenimento, Jornalismo e Esportes
Faixa etária Público de 30 a 75 anos
Afiliações Rádio Globo
Idioma (português brasileiro)
Prefixo ZYK 694
Prefixo(s) anterior(es) PRG 9
Nome(s) anterior(es) Rádio Nacional (1952-1977)
Rádio Nacional Globo (1977-1978)
Rádio Globo Nacional (1978-1979)
Emissoras irmãs CBN São Paulo
TV Globo São Paulo
Cobertura Estado de São Paulo
Coord. do transmissor 23° 36' 20.9" S 46° 32' 20.1" O
Potência 150 kW
Webcast Ouça ao vivo
Aplicativo móvel iTunes Store: [1]
Google Play: [2]
Sítio oficial radioglobo.globo.com

Rádio Globo São Paulo é uma emissora de rádio brasileira sediada na cidade de São Paulo, capital do estado homônimo. Opera no dial AM, na frequência 1100 kHz, e é uma emissora própria da Rádio Globo. Seus estúdios estão localizados na sede paulistana do Sistema Globo de Rádio na Santa Cecília, juntamente com sua co-irmã CBN São Paulo, e seus transmissores estão no Jardim Panorama.

História[editar | editar código-fonte]

A emissora foi inaugurada em 1º de maio de 1952 como Rádio Nacional de São Paulo pelo empresário Victor Costa, proprietário das Organizações Victor Costa. Em 1966, todos os veículos de comunicação da OVC foram adquridos por Roberto Marinho, e passaram a fazer parte das Organizações Globo. Por exigência do Governo Federal, que registrou para si o nome "Rádio Nacional", a emissora passou a se chamar Rádio Nacional Globo em 1977 e Rádio Globo Nacional em 1978, até adotar em 1979 o nome atual.

A emissora assume em 1967 a liderança do Rádio AM em São Paulo, mas sofreu com a forte concorrência da Rádio Record sendo que ou liderava de forma apertada ou tecnicamente empatada. Em 1988 perde a liderança esportiva e popular em SP para a Record mas recupera um ano depois no futebol com bola rolando e um ano mais tarde recupera a liderança também no esporte e no popular(devido a venda da Record para a IURD) estando nessa condição de líder geral do AM paulistano até hoje mesmo com a queda geral em todas as emissoras AM segundo dados do IBOPE.

Em 2001 passou a liderar junto com a Globo Rio a Rede Globo de Rádio tornando-se co-geradora da rede que conta com mais de 30 emissoras. Assim como a matriz carioca, recentemente vem aumentando o número de programas produzidos em São Paulo visando ficar mais regional possível mas alguns em vários horários são retransmitidos também pela Rádio Globo Minas deixando aos poucos de entrar em rede com a emissora do Rio de Janeiro. A emissora vem estreando gradativamente a nova programação com um perfil ainda mais local deixando de vez de entrar em rede com a matriz do Rio (na qual entra apenas nas madrugadas).

No início de 2013 passa a adotar nas jornadas esportivas o nome Rádio Globo Futebol Clube (substituindo a marca Futebol Show) e também adota o slogan "A rádio do torcedor paulista" (substituído em 2014 pelo slogan "A casa do futebol paulista"). Assim como a emissora do Rio passa a ter também o Domingaço da Globo, sendo que no caso paulista são 14h seguidas de programação esportiva.

Em 1º de dezembro de 2015, a Rádio Globo demite o narrador esportivo Doni Vieira, o repórter Rafael Esgrilis e outros profissionais. Além disso, anuncia que em 2016, transmitirá o Futebol em SP em cadeia com a CBN São Paulo, no mesmo formato da Fórmula 1.

Programas e comunicadores[editar | editar código-fonte]

Locais
  • Acorda Cidade (Thiago Matheus)
  • Enquanto a Bola não Rola (Maércio Ramos)
  • Central da Bola (Marcelo do Ó)
  • Globo Esportivo (Oscar Ulisses)
  • Manhã da Globo (Thiago Matheus)
  • Panorama Esportivo (Marcelo do Ó ou Raphael Prates)
Nacionais

Equipe esportiva[editar | editar código-fonte]

Transmissões conjuntas com a CBN São Paulo (Seleção Rádio Globo/CBN), podendo ser geradas individualmente em caso de jogos simultâneos

  • Oscar Ulisses, Marcelo Gomes, Marcelo do Ó e Vinícius Moura, narradores;
  • PVC, Osvaldo Pascoal, Mário Marra, Raphael Prates, Paulo Massini, Gabriel Dudziak e Gustavo Zupak, comentaristas;
  • Ana Thaís Mattos, André Sanches, Gabriel Dudziak, Guilherme Cimatti, Guilherme Dornelles, Guilherme Pradella, Gustavo Zupak, Jesse Nascimento, Maércio Ramos, Mayra Siqueira, Rafael Motta, Roberto Lioi e Vinícius Moura, repórteres;
  • Jesse Nascimento, André Sanches, Maércio Ramos, Gabriel Dudziak e Vinícius Moura, plantonistas da Central da Bola;
  • Osmar Santos, Osvaldo Pascoal e Oscar Ulisses, coordenação

Leituras adicionais[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.